Home Marinha Mercante Sindimar denuncia venda em massa de navios da Transpetro

Sindimar denuncia venda em massa de navios da Transpetro

2992
12

Transpetro - Romulo Almeida

ClippingNEWS-PA  O Sindicato Nacional dos Oficiais de Marinha Mercante (Sindmar) denunciou que, a pretexto de reduzir custos, a Transpetro cogita vender boa parte de sua frota. A Transpetro já chegou a ter mais de 70 navios próprios e, no momento, estaria com cerca da metade desse número. A uma consulta formal sobre a frota, a subsidiária da Petrobras informou apenas que “opera” 53 navios, sem discriminar quais são próprios ou de terceiros. De acordo com o Sindmar, a alegação para a venda de inúmeros navios é a de que isso geraria recursos à vista para o combalido sistema Petrobras/Transpetro, e o gasto posterior seria diluído, pois o aluguel (afretamento) é pago mensalmente.

O Sindmar refuta essa tese, porque os atuais navios estão envelhecidos e renderiam pouco no mercado internacional. Além disso, o afretamento é pago em dólares – que tem tendência de alta a curto e médio prazo. Alguns navios mais novos, como Cartola e Ataulfo Alves, dão lucro diário de US$ 50 mil e, portanto, não seria sábio vendê-los. Outro ponto é a corrupção. O afretamento de navios é fechado no mercado internacional, onde fica praticamente impossível se detectar se houve propina. No caso de compra de um navio no mercado interno, a operação é mais vigiada. No caso de afretamento, o montante é menor – difícil de ser apurado – mas pago ao longo do contrato, que pode durar dez anos ou mais.

A descoberta dessa intenção de venda pela Transpetro mostra que os dois programas de modernização de frota (Promefs), efetuados a partir de 2003, com a encomenda de 46 navios, dificilmente serão repetidos. Por pretensa medida de economia, a estatal foca o afretamento, como ocorreu no período de 1994/2002, no governo do PSDB, quando nenhum navio foi comprado no país pela Transpetro. Do Promef, a estatal já recebeu oito navios feitos no Brasil e, este ano, deverá chegar a 15 novos em sua frota.

Um documento do Sindmar lembra que, em 2013, o país gastou US$ 6,1 bilhões com afretamento, valor que seguramente aumentou em 2014. “Hoje a marinha mercante brasileira está restrita à navegação de cabotagem (entre os portos nacionais), sem qualquer participação significativa no longo curso, segmento dominado pelos armadores internacionais”, alerta. Para o Sindmar, o afretamento em larga escala é feito de forma simulada, com burla à legislação, alvo recente da Resolução Normativa 1/2015 da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Para o Sindmar, é “distorção que decorre da falta de uma política para o setor”.

Para Severino Almeida, presidente do Sindmar, embora a encomenda de petroleiros tenha sido positiva, não se tem notícia da construção de navios porta-contêineres, básicos para o comércio internacional. Almeida defende um Promef para a marinha mercante voltada ao comércio de bens, não apenas da área de petróleo. E conclui:

– A Marinha Mercante brasileira não pode ser vítima dos interesses da construção naval. Se a indústria naval está voltada para o setor de óleo e gás, porque é mais lucrativo, a marinha mercante nacional não pode estar subordinada a este interesse, sob o risco de desaparecer, como já está ocorrendo – disse o dirigente.

FONTE: Monitor Mercantil, via Portos e Navios

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Oganza
Oganza
5 anos atrás

”– A Marinha Mercante brasileira não pode ser vítima dos interesses da construção naval. Se a indústria naval está voltada para o setor de óleo e gás, porque é mais lucrativo, a marinha mercante nacional não pode estar subordinada a este interesse, sob o risco de desaparecer, como já está ocorrendo – disse o dirigente.” Sim Severino… a Iniciativa Privada do Setor que se movimente, Armadores e Construtores Nacionais que corram atrás de contratos no mercado internacional para justificar alguma benesse do GF… ou vc’s estão querendo dinheiro a fundo perdido com a possibilidade de mercados futuros? GF não é… Read more »

MO
MO
Reply to  Oganza
5 anos atrás

Ahhh agora que se tocaram disto …… ja faz alguns anos que a frota esta sedesfazendo, navios sendo vendidos para scrap, classes inteiras não existem mais e modernizações de classe mais antiga a outras que foram vendidas para desmanche bem mais navos (creio haver um motivo tecnico para isso, so pode … ) e agora que os caras acordaram ??? ta ruim a coisa mesmo viu … Ahhh lembrei, lembram que sempre falei daquela balelade construção naval no Brasil …. ta ai … cade … apenas encomendas estatais e embarcaçõees off shore para afretamentoa estatal … (estes ultimos de banderia… Read more »

MO
MO
Reply to  MO
5 anos atrás

olha so isto aqui = Transpetro – Baixas – recentes Classe 30 – foram todos – não existe mais a classe) Avaré Classe 36 (Restam 2 da classe) Guará Classe 38 – (foram todos, Não existe mais a classe) Camocim – Caravelas – Carioca Classe 39 (foram todos – não existe mais a classe) Carangola, Cantagalo e Candiota Classe 40 (foram todos – não existe mais a classe) Bicas, Bagé e Brotas Classe 42 (foram todos – não existe mais a classe) Rebouças, Rodeio Classe 44 (Restam 2 da classe) Poti Classe 45 – (Restam 2 da classe) Piquete Classe… Read more »

MO
MO
Reply to  Oganza
5 anos atrás

Um detalhe, pelo que li hoje os res da classe do Lages(Lages, Lambari e Lavras) foram convertidos emcasco dulplo, extendendo sua vida util

MO
MO
Reply to  MO
5 anos atrás

Atual Transpetro, não estão sendo condderados os afretados, estes são os proprios ou afretados a casco nu, com guarnição brasileira 7921887 AGUARA 1981 6,961 4,494 LPG Tanker TRANSPETRO Broken Up 9453846 710001422 ANDRE REBOUCAS 2015 81,324 157,055 Crude Oil Tanker TRANSPETRO Keel Laid 9492270 710001359 ANITA GARIBALDI 2015 45,100 72,900 Products Tanker PETROBRAS Launched 9183271 311067800 ATAULFO ALVES 2000 80,086 153,071 Shuttle Tanker TRANSPETRO In Service / Commission 9453858 ATLANTICO SUL EAS-C-006 2015 81,324 157,055 Crude Oil Tanker TRANSPETRO Launched 9453860 ATLANTICO SUL EAS-C-007 2015 81,324 157,055 Crude Oil Tanker TRANSPETRO On Order/Not Commenced 9453872 ATLANTICO SUL EAS-C-008 2016 81,324… Read more »

Oganza
Oganza
5 anos atrás

MO, meu caro, da sua lista só restaram 8? affff. Rapa… o que a maioria das pessoas não entendem é que transporte de carga em qualquer modal, seja marítimo, ferroviário, rodoviário, fluvial ou de carroça obedece a regra da Via de Mão Dupla, ou seja, vai carregado e volta carregado (em teoria). Se não for assim, a coisa quebra. Usando o Jargão rodoviário: Eu não vou mandar o meu caminhão carregado e voltar com ele “batendo” (vazio). Com o atual recuo da indústria e a já natural perda de competitividade dos nossos produtos industrializados para exportação no mercado internacional, perderemos… Read more »

MO
MO
Reply to  Oganza
5 anos atrás

Nein

estas são baixas recentes, uma relação de quantos erma da classe equem da classe deu baixo, ja passo ja ja a atual lista da fronape

mdanton
mdanton
5 anos atrás

TUDO que governo socialista coloca as mãos arrasa. Começam cheios da “boas intenções” (para corrupção claro) com discursos de que o Brasil não pode ficar pra trás dos estrangeiros, etc. etc. e FERRAM TUDO deixando desemprego, enormes dívidas/esqueletos e impostos/inflação na estratosfera. Parabéns brasilerios por sempre colocarem socialistas no poder desde 1950. Não aprende nunca, Gente instruida e simplórias compram ávidos esses discursos de coitadísmo/vitimismo de gente sem mérito. Simplesmente arrasaram a economia do Brasil.

Wellington Góes
Wellington Góes
5 anos atrás

Crise, uma oportunidade de negócio!

José da Silva
5 anos atrás

MO

Os Navion e os Nordic nao sao casco nu?

Outra coisa, como passei por e-mail o EAS 007 ja começou (parte do casco chegou da China?) e o EAS 006 se chama N/T MARCILIO DIAS

MO
MO
Reply to  José da Silva
5 anos atrás

Oi Zé, tinha visto sobre o D 25 e soube deles alguns dias antes de vc avisar, agorasessaum casco vinda da China eh novidadepara mim, ué Nao era tecnologia and construssaum nassionau ??? kkkkk … dos navions alguns deles sim, me parece, nao tenho certza que tem Navion gringo de comando gringo .. TBC …. e se for, qual deles seria, sei que nao eh nem o Nordic Rio nem o Brasilia …

Kojak
Kojak
5 anos atrás

“Wellington Góes
13 de março de 2015 at 15:21 #

Crise, uma oportunidade de negócio!”

A funerária, o cemitério e o coveiro que o digam. (rs)