Home Noticiário Internacional Marinha dos EUA na pindaíba: apenas 5 porta-aviões estão operacionais

Marinha dos EUA na pindaíba: apenas 5 porta-aviões estão operacionais

7926
46

O grande número de “deployments” nos últimos anos e o ritmo elevado das operações da frota de porta-aviões dos EUA, reduziu o número de navios disponíveis atualmente no mar a cinco unidades e acabou deixando o Oriente Médio sem um porta-aviões disponível na estação pela primeira vez desde 2007, informaram oficiais da Marinha do EUA (US Navy), nesta terça-feira.

“A Marinha está operando com um déficit” quando se trata de porta-aviões, disse Sean J. Stackley, secretário adjunto da Marinha para a investigação, desenvolvimento e aquisição, em uma audiência do Subcomissão do Poder Marítimo do Comitê de Serviços Armados da Câmara.

A exigência oficial da Marinha é ter uma frota de 11 porta-aviões, mas a realidade é que a Marinha tem operado com 10 navios desde a aposentadoria do USS Enterprise em 2013.

Com um menor número de plataformas disponíveis, os “deployments” duraram mais tempo, manutenções programadas foram adiadas e agora 5 porta-aviões estão parados em manutenção.

Atualmente, 4 dos 10 porta-aviões estão em “manutenção profunda” e um quinto, o USS George Washington, está voltando pela América do Sul para reparos, disse Stackley. A situação só deve melhorar quando em 2021 entrar em serviço o USS Gerald R. Ford.

A vulnerabilidade é mais evidente na área do Golfo Pérsico, na área do Comando Central dos EUA. “Nós atualmente estamos experimentando o que o comandante do CentCom chamaria de uma lacuna – é a própria essência de nossa estratégia marítima nacional”, disse Aquilino.

No mês passado, o porta-aviões USS Theodore Roosevelt e seu grupo de ataque – os destróieres Farragut, Sherman e Churchill (DDG 81), e o cruzador da classe Ticonderoga Normandy, deixou o CentCom e a área de responsabilidade da Quinta Frota no Oriente Médio. Foi a primeira vez desde 2007 que o Oriente Médio ficou sem um grupo de ataque de porta-aviões na estação.

O porta-aviões Eisenhower tinha sido programado para substituir o Roosevelt, mas ele precisou ficar mais 10 meses no Norfolk Naval Shipyard para manutenção.
Em vez disso, o Truman baseado em Norfolk – originalmente agendado para “deployment” no próximo verão – recebeu a ordem para acelerar a sua programação de treinamento e manutenção para que ele possa assumir o lugar do Eisenhower. Não ficou claro quando o Truman estará pronto para zarpar.

46
Deixe um comentário

avatar
45 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
36 Comment authors
Evandro SantosSilvino AbraaoRicardo SenamarcelohenriquedellapoorJose Souza Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
general-lee
Visitante
general-lee

Uma hora ou outra seja como for,todos eles tem que passar por manuten,cão,seja nuclear ou não,seja nos EUA, Inglaterra,França, etc etc só que o mais importante de tudo isso é ter dindim para manutenção e isso os Eua tem e de sobra…sds

Possani
Visitante
Possani

Toda potencia um dia vai cair, tomara que os EUA se perpetue por mais tempo no poder, pode ter certeza que as garras da águia é mais suave que a do dragão.

Jodreski
Visitante
Jodreski

Por isso que quem 1 Nae na verdade não tem nenhum! Tem um país aqui da America Latina que sequer tem escolta, mas quer por que quer ter um Nae. Deve ser pra servir de alvo, só se for, pois nem avião embarcada esse Nae vai ter.

CVN76
Membro
Noble Member

Situação hoje

Manutenção pesada que leva mais de um ano, incluindo doca-seca:

CVN 68 e CVN 72

Manutenção leve de uns 6 meses, sem doca-seca:

CVN 70 e CVN 77

Saindo de manutenção e iniciando período de treinamento:

CVN 69

Voltando para a base depois de uma comissão:

CVN 71

Em trânsito do PAC p/ o ATL e iniciar um período de manutenção pesada:

CVN 73

Em manobras / patrulha no Mar do Japão:

CVN 76

Prontos para uma comissão:

CVN 74 e CVN 75 (esse indo em breve em comissão)

joao.filho
Visitante
joao.filho

Na pindaiba??? Rsrsrs!!!
Queria que a MB tambem estevesse passando por uma pindaiba dessas…

Matheus Augusto
Visitante
Matheus Augusto

João.filho tirou as palavras da minha boca kkk

Leonardo
Visitante
Leonardo

Isso é pindaíba?

Cinco caras desses tem mais poder aéreo que a grande maioria dos países, se estiver falando de AL basta apenas um.

De fato se a MB tivesse numa pindaíba dessas estaria sorrindo de orelha a orelha!!!!

Jorge Knoll
Visitante
Jorge Knoll

– Se a Marinha deles (USA) está nessa pindaíba, o que deixa para nossa MB que só tem navios com + 30 anos, como as fragatas, e mais de 10 navios estão em manutenção, e/ou sendo descomissionados?

Jose Maria
Visitante
Jose Maria

O título da matéria é bem exagerado. Parece que nisso todos concordam. Agora comparar a marinha deles com a nossa é bem injusto.

Jhenison Fernandez
Visitante
Jhenison Fernandez

Para o padrão EUA é pindaiba, para o Padrão Brasil seria incrivel.

joao.filho
Visitante
joao.filho

De acordo. Um melhor titulo teria sido:

Mesmo com parte de seu inventario ancorado, US Navy mantem 5 porta-aviões na ativa, assim como seus grupos de batalha.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

Discordo… estão na pindaíba sim.

Quem está melhor de vida ? O cara q ganha 20 mil e gasta 22 ou o cara que ganha 5 mil e gasta 3 ?
É uma questão de perspectiva… a potência dominante atual precisa manter forças ativas em meio mundo !! Se ela não tem recursos para faze-lo, outros a substituirão…

Hoje a USN tem mais responsabilidades e planos do que dinheiro para custeá-los…

leopoldo
Visitante

Como disseram anteriormente o que a MB pretende fazer um porta aviões se quer tem escoltas, as vezes acho que o comando da marinha mal qualificada

Tropeiro do Cangaço
Visitante
Tropeiro do Cangaço

Com Rússia, China e meio Oriente Médio querendo uma tira de couro das costas do Tio Sam, é preucupante sim, embora no caso de urgência eles possam colocar alguns deles novamente em serviço em pouco tempo.Não confundam a nossa realidade com a deles…

Adriano
Visitante
Adriano

A administração Obama parece ser culpada dessa falta de visão estratégica e logística. Apesar disso, “apenas” com 5 dos 11, a USN continua sendo a força naval com maior número de porta-aviões e com maior poder de resposta.

joão
Visitante
joão

He he he, pior é o cara que ganha 1 mil, acha que ganha 5 mil e no fim gasta 10 mil. hue hue hue. A verdade verdadeira: é o fim da MB. Início da Guarda Costeira. ponto final. zéfini. o sub nuc sepultou a MB. o Nae é a coroa de flores.

eder
Visitante
eder

Com a capacidade industrial que os EUA mantem em estado de conflito em questão de meses todos os porta aviões estariam no mar, pode juntar todas as marinhas do mundo que em questão de meses todos os navios estariam no fundo do mar.

joao.filho
Visitante
joao.filho

Falando em US Navy…

Chinese submarine tracked U.S. aircraft carrier off Japan

http://www.cnn.com/2015/11/04/politics/chinese-submarine-u-s-aircraft-carrier-japan/index.html

Vader
Membro

Mais dez anos de administração democrata e os EUA arrebentam…

Obama deve ser o pior presidente americano da história.

Dalton
Visitante
Dalton

Essa “bagunça” toda foi originada da ideia de manter “sempre” 2 NAes no Mar da Arábia/Golfo Pérsico em outras palavras a Quinta Frota poucos anos atrás além da decisão
de inativar o “Enterprise” baixando temporariamente de 11 NAes para 10 sendo que o NAe baseado no Japão não
participa do rodízio.

A situação agora continua complicada pois o futuro USS Gerald Ford que estaria pronto para sua primeira missão em 2019 muito provavelmente só em 2021 agora devido à imposição do Congresso de submete-lo à mais testes.

Guuizmo
Visitante
Guuizmo

O pior disso é deixar o Oriente Médio “descoberto” em plena ascensão russa na região. Tem Turquia, tem Diego Garcia, tem Sicília, mas uma frota focada na região, faz diferença.

PS: Que foto hein?

Nonato
Visitante
Nonato

O título foi mais para chamar atenção.
Para quem tem dez porta aviões ficar com apenas cinco é pouco mesmo.
Mas não sei até que ponto eles seriam tão importantes, afinal de contas os EUA têm bases ao redor do mundo. Oriente médio, Japão, Europa, Alaska, Havaí, Diego Garcia, ascensão, etc.

Douglas Falcão
Visitante
Douglas Falcão

Essa notícia é um tapa na cara da MB que não tem dinheiro para escoltas mas quer ter sub nuc, PA, escoltas, patrulhas oceânicas, patrulhas litorâneas, SSK’s tudo ao mesmo tempo…

A MB já deveria ter priorizado algumas coisas como escoltas, SSK e patrulhas somente… é o que dá!!!

Mas a administração esquizofrênica quer tudo ao mesmo tempo, por isso vivemos de comprar sucata, modernizar sucata e pular de galho em galho como fizemos no caso dos subs alemães, abandonados em prol de um discurso onírico de subnuc com apoio francês.

Somos os reis da sucata.

Douglas Falcão
Visitante
Douglas Falcão

Outro ponto: A US Navy é muito ativa. O desgaste no equipamento é grande e os gastos de manutenção são elevadíssimos. A MB fica propagando que tem um PA . Todo mundo aqui sabe o estado do PA. Mas o discurso para a sociedade é “temos um PA….”. Aqui tudo fica fácil, pois não temos conflitos em andamento e o Brasil foge do envolvimento em guerras no estrangeiro. Então é fácil manter o discurso onírico “temos PA”, “estamos contratando um subnuc para 2030/2040 ou para o século XXII…” enquanto que não se consegue nem terminar um misero programa de barcos… Read more »

CVN76
Membro
Noble Member

Acho a notícia um pouco exagerada.

Devido ao alto uso dos PA`s ultimamente, acaba resultando mais tarde, num número maior de navios passando por manutenção.

Aí aparece um problema inesperado, como ocorreu com o CVN 69 por exemplo e isso acaba acarretando uma cascata de atrasos e mudanças no planejamento operacional.

Creio que é algo temporário e o número de PA`s operacionais deve aumentar.

Se bem que em qualquer época, sempre vamos ver de 10 (número atual) uns 3 ou 4 passando por algum tipo de manutenção; um ou dois em trânsito, uns 2 em treinamento e um ou dois em comissão…

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

¨Me tirem uma dúvida? E a Sexta Frota no Mediterrâneo? Tb está sem os 2 PAs? Tanto ali como no Oriente Médio, são lugares “quentes”. Eta deixa o Vladimir saber disso, vai deitar e rolar!!!!!

CVN76
Membro
Noble Member

A 6.Frota está sem PA a mais de 15 anos…..só quando estão em passagem para o Golfo Pérsico ou voltando de lá….

Tamandaré
Visitante
Tamandaré

Caro Vader,

Saiu matéria sobre isso recentemente. Obama foi considerado o pior presidente dos últimos tempos (não sei se foi votação, ou opinião de jornalistas…). Não sei se posso considerar a administração como desastrosa, mas é, seguramente, mediana ou ruim para os padrões americanos.

Boa tarde a todos!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

Xí, trincou….

Rachaduras no carro de fuga!!!

“Substantial cracks have been found in Brazilian Navy aircraft carrier NAe São Paulo (A 12), which is currently berthed at the Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) shipyard, an industry source has told IHS Jane’s .”

“The Brazilian Navy, however, has denied the issue. “Information about the existence of cracks on the aircraft carrier São Paulo is unfounded,” Rear Admiral Flávio Augusto Viana Rocha, the navy’s spokesperson, told IHS Jane’s on 29 October.”

(http://www.janes.com/article/55789/cracks-found-in-brazil-s-aircraft-carrier)

rodrigo
Visitante

Sabém qual é o motivo de os americanos terem tirado a frota naval do oriente médio a RUSSIA foi a responsavel por isso eo medo de perder um porta avião foi maior então se deslocaram para bem longe do conflito na síria, todos n´s sabem e não somos inocente que os russo possuem arma matadoras de porta aviões ea perda desse vazo de guerra acarretaria para os americano um impacto gigantesco para economia deles.

Nonato
Visitante
Nonato

Tamandaré,
Também não sei detalhes da administração, mas, se não me engano, a dívida pública Deve ter subido uns 100%, não?
E a pergunta. Como a dívida sobe tanto se a taxa de juros é quase zero?
Há um déficit anual trilionario?
O que estaria provocando esse déficit?

Cachalote
Visitante
Cachalote

Toda crise é um momento de oportunidade, e sempre é bom poder ajudar nossos amigos. Sendo assim, podemos aproveitar para alugar o porta aviões São Paulo para os americanos, incluindo a ala aérea completa com os A4 modernizados! E com o dinheiro arrecadado, terminaríamos de construir o nosso poderoso sub nu(n)c!!
Há braços
“o casamento é como um submarino: todos sabem ele que flutua, mas ele foi feito é para afundar.”

Cachalote
Visitante
Cachalote

Toda crise é um momento de oportunidade, e sempre é bom poder ajudar nossos amigos. Sendo assim, podemos aproveitar para alugar o porta aviões São Paulo para os americanos, incluindo a ala aérea completa com os A4 modernizados! E com o dinheiro arrecadado, terminaríamos de construir o nosso poderoso sub nu(n)c!!
Há braços
“o casamento é como um submarino: todos sabem que ele flutua, mas ele foi feito é para afundar.”

vanicio
Visitante
vanicio

pindaiba ??? com os 11 porta avioes eles acabam com a nossa marinha em 1 hora ,,, com apenas os 5 eles acabam com a nossa marinha em 1 minuto…rsrsrsrs

MO
Membro

3 subs acabam com 11 NAes num peido tbm …

vanicio
Visitante
vanicio

opaaa,,, e o que eu disse so que o tempo ficou invertido,,, com 5 eles levariam 1 hora ,,com 11 1 minuto,,,isso porque eles nos atacariam no carnaval e parariam uns segundos no meio do ataque pra ver o desfile no rio. kkk

Delmo Almeida
Visitante
Delmo Almeida

O título é uma manchete! Manchete deve ter um toque artístico quando possível e essa conseguiu. A matéria não compara com nenhuma outra força, fala apenas que metade da frota ta indisponível e isso realmente é muito. Eu ACHO que o problema maior é a falta de um planejamento realista no DoD ou algo proposital pra conseguir mais verbas. Na primeira hipótese eles sabem dos seus recursos orçamentários e da necessidade da força, sabem que devem equacionar isso, mas não fazem por megalomania de presença. Eles não enfrentaram ameaça convencional de grande porte nenhuma nos últimos anos e as irregulares… Read more »

Trovão Azul
Visitante

De se trata de portas aviões o custo de manunteção serà bastante alta se ñ tive $$$ vai fica servindo de trofeú nas doca igual o São Paulo que ném noticias oficial de como estão , EUA ñ podem dà o luxo de fica sem portas aviões jamais acontecerá isso atendencia será produzir mais destas navis navais , e submarinos. O que diz são a tenções entre a China e os EUA , e os Russo mostrando o seu poderio de fogo ,ou seja quêm cochilar nas defesa de sua nações vai se arepende severamente. Só falta o governo do… Read more »

Tamandaré
Visitante
Tamandaré

Caro Nonato,

Se a dívida pública americana sobe tanto assim, mesmo com juros tão baixos, não vejo outra explicação que não seja a obvia: crescimento dos gastos e queda da arrecadação. Não estou acompanhando de perto a administração Obama, mas ando sabendo que ele é bem gastador!!!

Daqui a pouco vem outra crise e os partidos “progressistas” de lá vão dizer que é culpa dos ricos, tipo o PSOL aqui! Kkkkkkkkk

Forte abraço

Ricardo
Visitante
Ricardo

Essa situação explica em parte a forte demonização das forças russas (não que elas sejam santas). Os militares americanos precisam desesperadamente de um inimigo que justifique seus gigantescos gastos militares. Rússia e China estão muito longe de por em causa o poder militar convencional dos EUA.

Jose Souza
Visitante

quem tem telhado de vidro….

Nossa FA é uma pantomina … um Don Quixote contra cataventos….se o cone sul se unisse contra nós…sérias duvidas o quanto resistiríamos… mesmo assim…seria uma guerra dos esfarrapados contra o roto… uma tragicomédia.

Face aos EUA… eles tem a muita..mais muita..e muita..rs… tecnologia em todas as áreas do saber uma …. e em primeiro lugar a militar.

Tenho sérias duvidas…. com o atual estagio tecnológico de misseis, drones, etc… a real vantagem de um PA contra países … “bem armados”… os rotos e esfarrapados são vassalos dos EUA e não contam….

Dalton
Visitante
Dalton

Ricardo… a “demonização das forças russas” tem um pequeno papel nos “gigantescos gastos militares” dos EUA, pois a verdade é que os EUA não possuem forças suficientes para garantir sua presença em todos os lugares nem cumprir todos os objetivos e nada indica que as coisas irão melhorar significativamente com ou sem russos. Por exemplo, em 1941 a Marinha Imperial era maior e não temia a frota americana do Pacífico, temia sim a imensa armada que estava em construção. Hoje há poucos navios em construção e não se sabe de onde virá o dinheiro para o plano de construção naval… Read more »

marcelohenriquedellapoor
Visitante

Ai esta preocupação de manter uma força operacional 15 porta aviões já caíram para 10 e só 5 estão operando o resto estão reparos já existe preocupação manutenção dos mesmos pôs os gastos já são muito altos, em fim para cada porta aviões preciso numero considerado 6 três submarinos para proteção do mesmo, e isso tem um efeito domino na economia EUA só o futuro ditara as novas doutrinas militares e politicas…

Ricardo Sena
Visitante
Ricardo Sena

Se a marinha dos EUA está na pindaíba imagina a do Brasil então…

Silvino Abraao
Visitante

Não é que os E.U.A tenham dinheiro sobrando , mais levando se enquanto o fato histórico ocorrido na guerra do Vietnã em que os Estados Unidos fabricaram U$ 500.000.000,00 de dólar sem lastro nem um , apenas a confiança do povo no papel, o que os impedem fazerem de novo a mesma coisa para restaurarem sua grande frota?

Evandro Santos
Visitante
Evandro Santos