Home Conflitos em andamento Rússia envia cruzador Moskva à Síria para defesa antiaérea

Rússia envia cruzador Moskva à Síria para defesa antiaérea

10089
69

russianwarshipmoskva-web

O cruzador Moskva da classe “Slava”, que possui mísseis similares ao S-300/400, está se dirigindo para a base naval Russa em Latakia.

O navio vai operar ao largo da costa síria para fornecer proteção antiaérea às unidades da Rússia na região.

A Rússia também posicionará mísseis S-400 na Síria, a 30km da fronteira turca.

Subscribe
Notify of
guest
69 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Adam
Adam
4 anos atrás

Este cruzador já não estava lá? Estou confuso.

Egídio Gomes da Luz
Egídio Gomes da Luz
4 anos atrás

Rússia, EUA, França, Inglaterra, Turquia estão bem preparados no que tange ao seu Poder Naval. E o Brasil, caso fosse solicitado enviar navios para formar uma coalisão no combate ao EI, quais navios atualmente estão prontos para o combate real? Corvetas? Fragatas? NAe?

Emerson Fully
Emerson Fully
4 anos atrás

Essa derrubada do caça Russo, era tudo oque os aliAdos dos EUA, não deveriam ter feito.Pois os Russos vão fazer da Síria seu quintal, irão colocar todo tipo de armamento convencional que tem lá…Vão simplesmente fazer uma nova “CUBA”, só que essa vai dar certo e os EUA, vão assistir de camarote os Russos acabarem com os rebeldes na Síria, e com quem mais quiser se meter por aquelas bandas… A onde tem DIN-DIN…RS Petróleo…

JP
JP
4 anos atrás

Egídio, creio que o mais correto seria a Corveta Barroso, que já se encontra no Líbano.
Agora o estado de prontificação das fragatas aqui no Brasil já não sei dizer, creio que ao menos as fragatas que estão participando do exercício UNITAS poderiam ser enviadas, apesar de algumas terem algum tipo de restrição (assim como a Barroso).

Gerson
Gerson
4 anos atrás

O mais correto é ficarmos onde estamos. Isso tudo que está ocorrendo no oriente médio foi arquitetado pelo EUA afim de jogar a OTAN neste cenário e ficar assistindo de camarote o circo pegar fogo pra depois emprestar dimdim pro trouxas como fizeram depois da segunda guerra. Ages decidirem se realmente querem enfrentar o poderio militar russo!

Arthur Fernandes
Arthur Fernandes
4 anos atrás

O Moskva é o flagship de uma missão naval russa que sempre está ali no mediterrâneo

Oganza
Oganza
4 anos atrás

Bosco, Um pensamento: Me parece que o Moskva está lá mais para mostrar bandeira do que qualquer outra coisa mais efetiva… …digo isso (puro achismo), pois se ele realmente ficar locado em patrulha na região do Latakia Banks, isso irá se confirmar como uma “inutilidade” total… ali ele é completamente vulnerável (ele é uma vaso de águas azuis), um simples voo de reconhecimento em aeronave “civil” partindo do Chipre Turco seria capaz de dar seu plot ou outra alternativa, um voo de um dos Boeing 737 AEW&C ou mesmo de um CN-235 de EW dos turcos seriam capazes de plotar… Read more »

Oganza
Oganza
4 anos atrás

Segue o mapa das bases aéreas turcas. É possível ver tb a Ilha de Chipre e todo o litoral da região.

https://www.globalsecurity.org/military/world/europe/images/airfield-tu.gif

Grande Abraço.

Bosco
4 anos atrás

Oganza,
É isso mesmo. Se o cruzador ficar muito próximo do litoral de modo a cobrir a área em que houve o abate do Su-24 em um nível minimante eficaz para impor respeito (se estiver muito longe ele só cobriria alvos em média e alta altitude) ele também se torna um alvo fácil.
A sua utilidade tática como um guarda chuva para os caças russos é duvidosa no caso de eclodir um conflito.

Oganza
Oganza
4 anos atrás

Bosco, vlw…

acho e espero que o circo todo fique nas bravatas, cada uma do “seu” lado da cerca…

Grande Abraço.

juarezmartinez
juarezmartinez
4 anos atrás

Oganza o mais importante é o seguinte, se e tão somente se, Vladimir Rasputin disparar um buscapé sequer daquele cruzador, os Russos vão ter que achar outro caminho de volta ao mar Negro, que não seja pelo Bosforo.
Acho que teriam que cavar um canal desde o mar Branco até a Crimeia, vai demorar bastante….

G abraço

Oganza
Oganza
4 anos atrás

Juarez,

nãoooo se esse túnel “sair” vamos ter que ouvir horrores dos vermelhuxos sobre as superultramepuxas capacidades russas… kkkkkk

Ps.: Eita buscapé que ia sair caro… kkkkk

Grande Abraço.

Marinho Av
4 anos atrás

meus amigos não esqueça que se russia quiser passa ela pode passa basta aponta uns mísseis nuclear para a turkia e avisar se abater seu cruzador as coisas iria azeda para o lado turco assim como fizeram quando atacaram a Geórgia

Mauricio R.
4 anos atrás

O Putin já enfiou as asas pela cauda, agora só falta faze-lo enfiar as patas pelas nadadeiras!!!

Lyw
Lyw
4 anos atrás

Se os marinheiros da Corveta Barroso estava tendo trabalho no litoral libanês, agora a tensão chegará a nível máximo! Estarão bem pertinho dos navios russos em um momento de tensão.

juarezmartinez
juarezmartinez
4 anos atrás

A sugestão para o capitão da Barroso é aquela de sempre, ou seja, se o pau comer, procure o carrier batle strike group da Navy e cole no PA, vai ser o lugar o lugar mais seguro para se estar.

G abraço

Luiz Trindade
Luiz Trindade
4 anos atrás

Tá todo mundo aqui dizendo que é burrada a Rússia enviar cruzador Moskva para Síria. Não podemos esquecer que a Rússia também é detentora de armas nucleares. Isso nada mais é que um jogo de xadrez aonde se joga os peões, que são peças sacrificáveis para a morte e mostra o bispo e o cavalo para ameaçar. A Turquia não vai ser louca de explodir o cruzador russo, pois daria a Rússia o direito de se defender contra-atacando e ae não vai ser mais com armas convencionais. Seria a detonação da Terceira Guerra Mundial e ninguém quer isso. Nem os… Read more »

Bosco
4 anos atrás

Luiz, Não é essa a doutrina de utilização de armas nucleares adotada pela Rússia e nem por ninguém. Os EUA teve o 11/09 e nem por isso usou armas nucleares contra os Talibãs no Afeganistão. A França não cogita de usar armas nucleares contra o EI. E olha que estamos falando de países sem nenhuma força política na arena internacional. Não será por esse incidente e nem por um afundamento de um cruzador que a Rússia usará armas nucleares. Elas, até prova em contrário, serão usadas como autodefesa se o outro lado fizer uso primeiro, numa escalada. Ou seja, o… Read more »

Oganza
Oganza
4 anos atrás

Luiz, quem levantou a questão do Moskva foi eu… e não chamei de burrada. Questionei sua utilidade e eficácia prática anti a alguma escalada de tensões na região, pois nakele spot ele estará sim vulnerável e não poderá fazer muita coisa contra um EVENTUAL ataque oriundo da Turquia, pois ele não possui os meios navais aéreos e terrestres integrados e necessários para se defender eficazmente contra o tipo de ataque que foi descrito acima, ainda mais levando em conta um artefato como o SOM, que além de ter um alcance de ≈ 250 km e poder ser disparado do interior… Read more »

Mauricio Veiga
4 anos atrás

Sinceramente, qualquer coisa que chegar perto deste cruzador não vai voltar para casa, ainda que obtenha sucesso no ataque, os Russos sabem muito bem como explorar as capacidades deste navio em qualquer TO, seria necessario um ataque de saturação para abate-lo, as baixas seriam altas em ambos os lados, a melhor opção neste momento é a cautela associada a diplomacia …

Carlos
Carlos
4 anos atrás

Oganza, entendi sua colocação. Só que o problema ali é que a Turquia está em casa, com toda sua artilharia. Já a Rússia, está longe de casa. Esse navio, assim como o uso dos SU 30 para escoltarem os SU24 e 25 seria apenas um quebra galho. Seria uma proteção mínima. Se a Turquia quiser lutar para valer, claro que não serão esse navio russo nem uns 6 su30 que darão conta do recado. Para esse navio ficar protegido, precisariam de uma esquadra inteira e olhe lá… Na verdade, na área existem vários navios de diversos países, incluindo o Charles… Read more »

Carlos
Carlos
4 anos atrás

Na minha opinião, a situação da Rússia é a seguinte. Ela tem dois fronts. Os rebeldes e a Turquia. Uma alternativa viável é continuar os bombardeios aos rebeldes, tentando aperfeiçoá-los. Parece-me que a inteligência deles não é tão boa. Podem até localizar alvo, mas deixam muitos outros boiando. Um exemplo, no caso daqueles caras que atiraram no piloto caindo de paraquedas. Se o perímetro estivesse mais fortemente sob vigilância, aqueles caras, tanto quando atiraram, quando como estavam comemorando a morte e observando o corpo, teriam sido exterminados. Poderia ser com vants de ataque ou mesmo usando vants de vigilância e… Read more »

Bardini
4 anos atrás

Mauricio Veiga,

E o que garante que a movimentação do Moskva não esteja sendo monitorada por algum dos U-209 dos Turcos?

Se esse Cruzador for realmente utilizado contra alguma aeronave turca, haverá grande possibilidade de este vir a se tornar um possível alvo a ser retaliado.

Haja sangue frio.

Mauricio Veiga
4 anos atrás

Bardini, com certeza o cruzador tem “escolta” submarina, não sei se os U209 seriam pário contra os subs soviéticos, na minha opinião os Russos levam vantagem tanto acima quanto “debaixo” d’agua, caso ocorra um ataque por parte do Moskva o mesmo seria retaliado sem a menor dúvida ou piedade, mas acredito que a Turquia será muito cautelosa antes de puxar o “gatilho” novamente …

Abraço.

juarezmartinez
juarezmartinez
4 anos atrás

Mauricio,a Rússia não tem nenhum SSN no mar Negro e se um dos seus Kilo passou pelo Bosforo, os Turcos sabem até a “placa” dele, pois aquele estreito é recheado de sensores de detecção submarina.

G abraço

Bosco
4 anos atrás

Para a cobertura de radar (e dos mísseis) do Moskva ser efetiva, o ideal é que o navio fique o mais próximo da costa possível e não além do horizonte radar, e quase no limite das águas territoriais da Síria com a Turquia. Isso o deixaria a uns 30 km do local dos acontecimentos recentes envolvendo a derrubado do Su-24 russo. Na medida que o navio se afaste desse ponto ideal e vá mais para além do horizonte radar a sua cobertura em baixas altitudes se reduz (devido, claro, à circunferência da Terra). Ou seja, no modo de atuação mais… Read more »

EBS75
EBS75
4 anos atrás

Eu costumo comentar esporadicamente no PA, mas gosto de visitar o PN também. O que eu mais curto são os comentários, rssss
O do juarezmartinez foi hilario, rsss … kkkk
“Cavar um canal”….. essa foi show !

Dalton
4 anos atrás

Juarez…

de fato não há SSNs russos no Mar Negro, mas, nada impede que um SSN da Frota do Norte seja enviado se é que não há nenhum por lá agora, mesmo os russos tendo tão poucos disponíveis descontados os que encontram-se sendo modernizados ou passando por manutenções de rotina não seria problema enviar um para o Mediterrâneo se os russos
sentirem ser importante.

Quanto ao Moskva já havia sido anunciado sua ida à Síria muito antes do incidente com o SU-24 o que mudou é que agora “oficialmente” ele também poderá ser utilizado contra aeronaves
“hostis”.

abs

Alexandre Samir Maziz
4 anos atrás

Cruzador Moska li sobre ele quando adolescente no fim dos 90 não sei se pessoal aqui que é da era antes da internet fazia comprava aqueles livrinhos da chamados guias de Armas de Guerra da Abril la tinha vários artigos militares era nossa fonte de conhecimento naquela época tenho os meus ate hoje rsrs , um belo navio só não gosto da cor dele , no Brasil infelizmente não temos nada parecido pois não temos cruzadores …

kfir
kfir
4 anos atrás
Dalton
4 anos atrás

Nem me lembre Alexandre…tenho os tais “livrinhos ” sim…éramos jovens então ! : )

CVN76
4 anos atrás

Eu também comprava esses livros; me lembro do antigo “Moskva”….aquele junto do “Leningrado” que eram algo meio bizarro; uma mistura de cruzador com porta-helicópteros.
Ja o atual “Moskva” é o antigo “Slava”…

Além de eventualmente terem um SSN na área, creio que 2 “Improved Kilo” também estão por lá.
Sabe-se que os 2 primeiros da classe estão no Mar Negro, mas creio que o “Krasnodar” e o “Stary Oskol” ainda estão a caminho….seriam o 4. e o 3. respectivamente..

CVN76
4 anos atrás

Mas pelo que me lembro, os tais livros foram publicados nos anos 80…..

CVN76
4 anos atrás

Interessante que na próxima semana, o CVN 75 e as suas escoltas entrarão no MED.
Será que seguirão diretamente para o Canal de Suez ou devido a crise fiquem antes por algum tempo naquela região do MED??

soldat
4 anos atrás

Que bom que o Cruzado ta la para detonar os Turcos.

Agora com certeza sempre vai ter comentários dizendo que só um Guppi é capaz de destruí-lo etc….

Renato B.
Renato B.
4 anos atrás

Minha dúvida. Os russos não tem mesmo nenhum AWACS que preste para colocar lá?

O que me leva a pensar sobre os indianos comprarem o E-99 (ainda que modificados) quando tinham acesso aos A-50 russos.

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

juarezmartinez 25 de novembro de 2015 at 21:39
juarezmartinez 26 de novembro de 2015 at 6:25
Kkkkk rsrsrsrsrs ………… Valeu Galdério !

carlos alberto soares
carlos alberto soares
4 anos atrás

Nossa que MÊDA, o Adolf Putin já aceita um pedido de desculpas formal. Não são burros. A Turquia tem as maiores FA’s convencionais das zeuropa, tem sangue nos olhos e facas no meio dos dentes, o Erdogan é queixo duro, opera diplomacia com o dedo no gatilho, vejam o mapa ….. tem dois estreitos ali que …… pronto o URSO se funicou. Nem USA, nem Turcos nem O Billy do JM deixarão os URSOS terem qualquer tipo de domínio nos dos estreitos e ponto. Já era ! Desde o começo afirmei, Turcos não jogam Xadrez e que não ia dar… Read more »

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
4 anos atrás

Então,podia levar o São Paulo rebocado para lá sem tripulação é claro e deixar protegendo o Moskva,economizaria nosso dinheiro,e um dia quando tivemos um governo sério pela frente compraríamos um novo PA.

Oganza
Oganza
4 anos atrás

É como eu disse: os meninos vão tirar os seus brinquedos da garagem, espalhar no gramado e ficar xingando um ao outro por cima da cerca. E só. – A Rússia vai engolir o abate, que na verdade foi o recado Turco para deixarem de ser folgados. – Os Turcos vão ter que engolir a presença Russa, enquanto durar o dinheiro pelo menos, e se contentar que o gasoduto Quatar-Turquia não irá cortar o seu território a caminho da Europa. – Assad, se continuar vivo, terá que sambar conforme o Putin manda, afinal ele escolheu(?) continuar a ser leal a… Read more »

gengisduEduardo Pereira
4 anos atrás

Opa Alexandre e Dalton eu tbm tenho ainda alguns livros da coleção Guias de Armas de Guerra, lá até rola aquele PA classe Kiev cheio de armamentos de Cruzador.rs A alguns anos encontrei em um cebo uma desova de basicamente a coleção daquelas revistas fininhas que vinham com um pôster de 80cm Aviões de Guerra, mas comprar todas ficaria caro(estavam todas dentro de saquinhos e bom estado) tinha algumas da coleção e cheguei a ter a edição especial que era uma revistona só de pôsteres (20 poster’s que troquei por uns três livrinhos meus que meu amigo não tinha )que… Read more »

Leo
Leo
4 anos atrás

O cruzador já chegou e os S-400 também.
https://youtu.be/bmjV0KcBCkE

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Alguém sabe me informar qual a capacidade de ataque ao solo dessa Belonave ? Que dano era causaria em um inimigo, se fosse designado para apoiar um combate próximo ao litoral ?

Bosco
4 anos atrás

Melky,
Esse cruzador russo é de uso totalmente “naval”, sem capacidade de prover apoio de fogo ou ataque terrestre de qualquer natureza.
Dotado de 16 SS-12 com função antinavio (mais precisamente, anti-porta-aviões) e até onde é divulgado, não possuindo nenhuma capacidade contra alvos em terra, salvo a versão nuclear (que não deve estar disponível).

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Oxi Bosco, então é inútil na Síria rsrs, pelo menos os marinheiros vão viajar um pouco 🙂
E aqueles dois canhões ali não servem pra nada ?
Valeew BoscoPédia 🙂

Bosco
4 anos atrás

Melky,
Esqueci da torreta única com uma dupla de canhões de 130 mm. Serve, mas para apoio de fogo a 23 km.
E não é inútil não. Ajuda a controlar o espaço aéreo.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Valew Bosco 🙂

Bosco
4 anos atrás

Melky, Até que os SS-N-12 (versão P-1000) poderiam ser usados contra alvos em terra se tivesse sido atualizados com um sistema de navegação por satélite (Glonass), mas ao que se sabe isso nunca foi feito. Mesmo com uma ogiva de 1 t sua “imprecisão” só no modo “inercial” não seria muito útil. Contra navios o míssil usa o radar na fase terminal mas se fosse usado contra alvos no solo (não há informação que seja) ele seria desligado e o míssil contaria só com o sistema inercial e seria tão preciso quanto possível usando esse sistema. Provavelmente na distância máxima… Read more »

Eduardo Pereira
Eduardo Pereira
4 anos atrás

Grande Boscopedia!

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Vai saber se não instalaram né Bosco, o que acontece no Kremlin fica no Kremlin, agora uma ogiva de 1t que brutalidade, isso deve, literalmente, partir no meio navios menores.
Bosco tu acha que o Kremlin chegara a usar uma bomba FOAB ? Tipo só para causar mais “treta”.