Severodvinsk - Yasen class - 2

No momento, a Marinha russa tem apenas um submarino da classe ‘Yasen’ – o Severodvinsk – que é orgânico da Frota do Norte

Vishakhapatnam, Índia 9 de dezembro / TASS /. A Frota do Pacífico da Rússia receberá seu primeiro submarino multifunção de propulsão nuclear da classe “Yasen” em 2017-2018, informou à agência TASS o vice-comandante da frota, contra-almirante Andrey Ryabukhin, que está tomando parte no exercício naval conjunto russo-indiana em curso Indra-2015. “Nós vamos obtê-lo e estamos ansiosos para o dia, mas ainda é um pouco remoto”, disse ele. “Vamos tê-lo em um ou dois anos.” Ryabukhin lembrou que em 2015 a frota do Pacífico foi complementada com o submarino de propulsão nuclear estratégico recém-construído da classe “Borei” – Alexander Nevsky. Seu irmão gêmeo idêntico, The Vladimir Monomakh, vai chegar à Península Kamchatka em 2016.

A Frota do Pacífico está sendo reforçada com novas corvetas Project 20380, sistemas de mísseis costeiros Bal e Bastion, aviões de patrulha atualizados Ilyushin-38 e sistemas de defesa aérea Pantsir e S-400 Triumf. No momento, a Marinha russa tem apenas um submarino classe Yasen – o Severodvinsk – cuja construção começou em 1993 e que foi entregue aos militares para testes no final de 2013. Ele é orgânico da Frota do Norte. O próximo submarino, o Kazan, está sendo construído sob projeto atualizado 885M. Sua construção começou em 2009. A Marinha espera recebê-lo em 2017.

Comparação do nível de ruído dos submarinos americanos e soviéticos/russos

640px-Sub_Noise_Comparison_ENG.svg

FONTE: TASS

Previous articleÍndia pode comprar submarinos ‘Scorpene’ adicionais
Next articleVídeo oficial da Marinha Indiana em 2015
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
AL

Tudo bem que é um SSN, que é bemmmm mais complexo, mas… O Severodvinsk levou 20 anos para ser construído. A Barroso daqui a pouco até sai do pódio dos navios que levaram mais tempo de construção…

Rafael

Esse seria o equivalente Russo ao Virginia enquanto o Borei e ao Ohio.

Dalton

AL

os argentinos levaram mais tempo para construir algumas de suas corvetas do que o Brasil
levou para construir a Barroso e a delicada situação da economia russa além de problemas
técnicos e qualificação de pessoal nos anos 90 causaram inúmeros atrasos, mais que dobrando o prazo estipulado para a entrega do primeiro “Yasen”.

Washington Menezes

Esta constatação foi feita por quem? Tirando é claro a TASS que é fonte da informação.