d25
Contratorpedeiro Marcílio Dias D25

A classe “Gearing” é um grupo de 98 destróieres (contratorpedeiros) construídos para a Marinha dos EUA durante e pouco depois da Segunda Guerra Mundial. Eles continuaram servindo, com uma série de atualizações, até a década de 1970 nos EUA. Depois, muitos navios foram transferidos para outras Marinhas.

O “Gearing” é um “Allen M. Sumner” mais comprido, com a adição de uma seção a meia nau de 14 pés, que possibilitou o embarque de mais 160 toneladas de óleo combustível. Com essa seção a mais o alcance do navio aumentou 30% navegando a 20 nós, de 3.300 para 4.500 milhas. Graças à seção adicional que aumentou a distância entre as chaminés, foi possível instalar um lançador óctuplo de foguetes antissubmarino ASROC a meia nau, durante a modernização FRAM nos anos 1960.

Dois navios da classe Gearing foram transferidos para a Marinha do Brasil em 1973, e foram batizados como Marcílio Dias (D25) e Mariz e Barros (D26). O primeiro foi desativado em 1994 e o último em 1997.

Contratorpedeiro classe “Gearing” FRAM I
Deslocamento: 2.616 t standard; 3.460 t carregado
Comprimento: 119 m; Boca: 12,5 m; Calado: 4,4 m
Propulsão: 2 eixos; turbinas a vapor General Electric;
4 caldeiras; 60,000 shp;
Velocidade: mais de 30 nós
Alcance: 4.500 milhas náuticas (8.300 km) a 20 nós (37 km/h)
Tripulação: 350

Armamento:
4 canhões de 5 pol (127 mm)/38 cal em 2 torretas Mk 38
1 lançador óctuplo de foguetes ASROC
2 lançadores triplos Mark 32 para torpedos Mk 44
1 drone DASH ou um helicóptero leve

ct-marcilio-dias

Contratorpedeiro Mariz e Barros D26 e fragata Liberal F43
Contratorpedeiro Mariz e Barros D26 e fragata Liberal F43
Contratorpedeiro Marcílio Dias (D25) a Alagoas D36 liderando formatura de navios na Operação Unitas XXXI
Contratorpedeiros Marcílio Dias (D25) e Alagoas D36 liderando formatura de navios na Operação Unitas XXXI
mariz-e-barros-d26
Mariz e Barros D26

TENHA UMA LEMBRANÇA DOS CONTRATORPEDEIROS DA MARINHA DO BRASIL

caneca-d25

Nossa loja Defesa Store lançou a caneca e camiseta comemorativas dos CTs Marcílio Dias e Mariz e Barros, para quem serviu no navio ou deseja presentar um amigo ou parente. Compre a sua clicando aqui. Em breve iremos disponibilizar canecas e camisetas de outros navios também.

caneca-d26

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
z tonio ribeiro matos
z tonio ribeiro matos
3 anos atrás

Servi no Contra torpedeiro Espírito Santos.Foi uma experiência e tanto. Muitas fainas.passagem de combustivel passagem carga leve etc.sinto saudades do companheirismo. 30 anos. Agradeço a Marinha toda a experiência que tenho hoje.viva o dia do marinheiro.

Paulão
Paulão
3 anos atrás

Felicidades pelo dia do marinheiro Galante!

Paulão

Dalton
Dalton
3 anos atrás

Clicando no nome “Marcílio Dias” descobrimos que o ano da desativação foi na verdade 1994 e não 1993, portanto um pequeno erro de digitação sem maiores consequências. . Ambos foram os melhores contratorpedeiros da marinha brasileira e cada um encabeçou os 2 esquadrões existentes nos anos 70/80, o “Marcílio Dias” no Primeiro Esquadrão e o “Mariz e Barros” no Segundo Esquadrão. . Eventualmente no fim dos anos 80, foram adquiridas 4 fragatas da US Navy classe “Garcia” que na marinha brasileira foram classificadas como contratorpedeiros classe “Pará” que mantiveram vivos, juntamente com as novas corvetas classe “Inhaúma” os 2 Esquadrões… Read more »

Gabriel
Gabriel
3 anos atrás

Gostaria de saber sobre a foto dos marinheiros no convés do navio, qual seria a data ?

Bueno
Bueno
3 anos atrás

OFF TOPIC um KC2 da RAF saindo do Rio de Janeiro, Indo para as Malvinas ou Falklands?
https://www.flightradar24.com/RRR9001/be1217b

_RR_
_RR_
3 anos atrás

Excelentes fotos. Belíssimos navios.

Parabéns ao Naval.

Claudio silva
Claudio silva
3 anos atrás

Me parece que q marinha Peru ainda possui navios deste tipo.

Fernando
3 anos atrás

que belos navios!! impunha respeito, dava gosto de ver.

OFF
Poxa existe a possibilidade de retirar pessoalmente os produtos da loja? Fica a dica pra aprimorar a venda de vcs, pontos fixos em algumas capitais do país. O frete mata de caro!

Bardini
Bardini
3 anos atrás

Pra não perder o costume…
OFF Topic: UK MoD signs £287m contract to build two more OPVs for Royal Navy
http://www.naval-technology.com/news/newsuk-mod-signs-287m-contract-to-build-two-more-opvs-for-royal-navy-5693089

Rudinei Krolow
Rudinei Krolow
3 anos atrás

Saudações… O D36 Alagoas tinha 2 torres de canhões na proa? TKS

Dalton
Dalton
3 anos atrás

Rudinei…
.
sim…o “Alagoas” da classe “A.M Sumner” foi submetido apenas ao programa de modernização FRAM II que preservou ambas as torres de canhões a vante enquanto os dois “Gearings”
recebidos pela marinha brasileira passaram por um programa mais complexo o FRAM I.
.
abs

Maria Lúcia Moraes Lehwing
Maria Lúcia Moraes Lehwing
2 anos atrás

Sou filha de um comandante ( já falecido) do Contra torpedeiro Acre ( D 10).Tenho muito orgulho de meu pai e da Marinha do Brasil e gostaria de comprar algo ( um chaveiro ou caneca ou um bottom) relacionado ao navio que ele comandou, o CT Acre.E possível? Como faço? Aguardo resposta.Desde já grata.

ANTONIO FARIAS
Reply to  Maria Lúcia Moraes Lehwing
27 dias atrás

Servi a marinha embarcado no CT ACRE de 1967 a 1968 dei baixa em 1972 hoje 08/07/20 ví as fotos do mesmo e a saudade bateu forte , senti que estava ainda embarcado.Experiencia que levarei para eternidade.

Joãoo Rubens Carvalho da Silva
Joãoo Rubens Carvalho da Silva
11 dias atrás

Eu tive a honra de embarcar no CT Marcilio Dias, 1981 / 1982, fui MN QSO, trabalhei na secretaria do Comandante CF Hargriaves e CC Júlio Pinto, nosso 2Ten Roberto Sacchi, pessoas maravilhosas e humanas me espelho em tudo que aprendi enquanto estive a serviço de nossa Briosa Marinha do Brasil.
João Rubens