segunda-feira, junho 21, 2021

Saab Naval

Curso de curta duração ‘The World Nuclear Industry Today’

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A WORLD NUCLEAR UNIVERSITY, ABDAN E MARINHA PROMOVEM O  CURSO DE CURTA DURAÇÃO “THE WORLD NUCLEAR INDUSTRY TODAY”

Inscrições gratuitas, até 15 de março, no site: http://abdan.org.br/wnu-short-course/

A World Nuclear University (WNU), em parceria com a Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) e com a Marinha, representada pela Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), promoverá o Short Course “The World Nuclear Industry Today”, no período de 19 a 23 de março, na Escola de Guerra Naval (EGN), no Rio de Janeiro (RJ).

O Curso inclui Visitas Institucionais à Eletronuclear, às Indústrias Nucleares do Brasil e ao Complexo Naval de Itaguaí.

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas no site da ABDAN: http://abdan.org.br/wnu-short-course/, até o dia 15 de março, enquanto houver disponibilidade de vagas. Serão emitidos Certificados de participação.

O Curso tem como objetivos: ampliar o conhecimento sobre Energia Nuclear no mundo de hoje; identificar como as habilidades e a experiência locais se alinham ao cenário nuclear global; fomentar o desenvolvimento de uma visão prospectiva da indústria nuclear; e formar uma rede de profissionais da área, em âmbito nacional e internacional.

Para militares, o Uniforme será o 5.5 (Marinha) ou correspondente (demais Forças). O Traje Civil sugerido é o ‘Passeio”.

DIVULGAÇÃO: Marinha do Brasil

- Advertisement -

7 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Soledade

Critério de exclusão apresentar tudo em inglês?
Isso realmente é muito irritante por parte de segmentos da sociedade brasileira, puro elitismo…

Delfim

Forma de selecionar a audiência. Assim como um traje. Não é um evento universitário.

Delfim

Digo universitário com viés ideológico, se me entendem.

Bardini

Tive um professor que atua (acho que ainda atua) como orientador de Pós Graduação em tecnologia nuclear, no IPEN… Certa vez, conversando com ele, me disse que sobrava vaga de Pós na área. “Não tem demanda” no Brasil e pouca gente da Química se interessa em seguir carreira nesse setor.
.
Gostei dessa iniciativa.

Bardini

Pra quem quer saber o que “vai rolar” no curso: http://abdan.org.br/wnu-short-course/

Delmo Almeida

Caramba!!! Se eu ainda fosse do meio universitário teria ficado louco!!!! Mas agora não tenho como pedir licença do trabalho…

Nonato

Tamu nessa, como diz Bosco.
Acho que Bosco vai na qualidade de palestrante.

- Publicidade -

Reportagens especiais

A evolução da estratégia naval brasileira (1991-2018)

Com o final da Guerra Fria em 1991, a Marinha do Brasil teve que adequar seu planejamento à nova...
- Advertisement -