Home Marinha Mercante ‘Piratas’ atacam navio de bandeira italiana na costa de SP

‘Piratas’ atacam navio de bandeira italiana na costa de SP

6459
105
Navio chegou a Santos após fazer escala em Montevidéu, no Uruguai; cargueiro segue rota para a Europa (Foto: José Claudio Pimentel/G1)
Navio chegou a Santos após fazer escala em Montevidéu, no Uruguai; cargueiro segue rota para a Europa (Foto: José Claudio Pimentel/G1)

Cargueiro estava a 15 quilômetros da entrada do Porto de Santos. Policiais federais, militares da Marinha e equipes da Receita Federal encontraram 1,3 tonelada de cocaína a bordo

Por José Claudio Pimentel, G1 Santos

Homens armados invadiram o navio ‘Grande Francia’, de bandeira italiana, a 15 quilômetros do acesso ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo. Tripulantes estrangeiros foram rendidos, e o comandante pediu socorro via rádio. A bordo, estava 1,3 tonelada de cocaína, informou a Polícia Federal nesta segunda-feira (13). Uma investigação foi aberta para determinar se o grupo embarcou a droga.

A invasão ocorreu no domingo (12), enquanto o navio, da armadora Grimaldi, estava no Fundeadouro 4. Trata-se de uma área, na Barra de Santos, onde os cargueiros aguardam ancorados a liberação para acessar o cais e atracar em um terminal.

Pelo menos quatro homens com armas em punho conseguiram subir ao convés (cobertura superior) do navio. A suspeita é que eles tenham utilizado uma corda com um gancho, que foi lançada e ficou presa a uma das grades das aberturas localizadas na área frontal (proa).

Diferentemente da maioria dos navios, as laterais do ‘Grande Francia’ são seladas, uma vez que a embarcação (do tipo Ro-ro) é destinada ao transporte de veículos. Entretanto, esse cargueiro também movimenta contêineres, que foram os alvos dos criminosos.

A tripulação, refugiada em diversos compartimentos a bordo, pediu socorro enquanto a invasão ocorria. O capitão solicitou, em canal aberto de rádio, ajuda às autoridades brasileiras, e alertou os oficiais das demais embarcações no entorno sobre o que estava acontecendo.

A equipe da Praticagem de São Paulo atendeu ao chamado de socorro do capitão do ‘Grande Francia’ e acionou o Núcleo Marítimo da Polícia Federal (Nepom). Militares do recém-ativado Grupamento de Patrulha Naval Sul-Sudeste, da Marinha, também foram mobilizados.

Entretanto, a agitação marítima impediu a operação ofensiva. Ondas de mais de 2,5 metros, segundo dados do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram registradas durante madrugada na região.

“Ficamos de prontidão e nos comunicando com o capitão via telefone e rádio a todo o momento. Eles estavam assustados, mas todos da tripulação estavam em locais seguros e não havia ninguém machucado”, informou a delegada responsável pelo caso.

Militares em Aviso-Patrulha da Marinha foram mobilizados para escoltar navio invadido em Santos, SP (Foto: José Claudio Pimentel/G1)
Militares em Aviso-Patrulha da Marinha foram mobilizados para escoltar navio invadido em Santos, SP (Foto: José Claudio Pimentel/G1)

O G1 apurou que a ação criminosa, inédita na história recente do Porto de Santos, durou, aproximadamente, duas horas. Os criminosos fugiram da mesma maneira que chegaram ao navio: em uma embarcação rápida de alumínio, de cinco metros de comprimento.

No amanhecer e ciente de que não havia mais nenhum clandestino a bordo, o capitão informou às autoridades brasileiras que havia localizado dois contêineres abertos e revirados. Até então, não se sabia se tinha sido uma ação de roubo ou tentativa de contrabando.

O navio estava sem previsão para atracar no Porto de Santos, mas foi autorizado para entrar no cais às 16h. Ele foi escoltado por militares no Aviso-Patrulha ‘Barracuda’ até o cais do Saboó, na Margem Direita, onde foi vistoriado pela Polícia Federal e pela Receita Federal.

“Verificamos, na verdade, que os contêineres abertos e revirados eram uma distração para todos. Em outros dois contêineres, encontramos 41 bolsas pretas, algumas ainda molhadas [pelas ondas ou chuva], que estavam com mais de 1,2 mil tabletes de cocaína”, conta Luciana.

As autoridades não sabem informar, ainda, se todas as bolsas localizadas foram içadas a bordo na ocasião da invasão. Toda a droga foi descarregada e o navio foi retido. Ao final da contagem, na madrugada de segunda-feira, foram contabilizados 1.322 kg de cocaína apreendida.

O ‘Grande Francia’ foi construído em 2002, tem 214 metros de comprimento, 32 de largura (boca) e faz escalas rotineiras em portos da América Latina, Europa e África. Segundo a Codesp, ele movimenta, em Santos, 200 toneladas, entre embarques e desembarques.

Leia a matéria completa no site do G1, clicando aqui.

NOTA DO PODER NAVAL: Segundo a reportagem, nem a lancha da PF, nem a lancha do novo Grupamento SUL-SUDESTE conseguiram suspender devido ao estado do mar, já os bandidos navegaram livremente sem serem importunados. Está faltando navio para esse tipo de missão na MB.

Subscribe
Notify of
guest
105 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
2 anos atrás

Mais essa…virou o “Chifre da África” agora?

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  Willber Rodrigues
2 anos atrás

Parece que a MB vai ter que pedir reforço da marinha do Chile…. rsrs.

Burgos
Burgos
2 anos atrás

Servi na CPSP !!!
Não é a 1ª vez que isso acontece no final dos anos 90 teve um caso parecido sendo perseguido pelos militares da Marinha e capturado em S.Vicente em terra firme já !!!
Foram presos atuados em flagrante e entregues à Polícia Federal .
Obs: essa perseguição foi com emoção (troca de tiros por ambas as partes).

Alex II
Alex II
2 anos atrás

A Somália é aqui.

Parabellum
Parabellum
2 anos atrás

Para comprovar que este Grupamento de Patrulha já deveria ter sido criado há tempos. Pirataria existe e sempre existirá aonde houver oportunidade de ataques. Parabéns MB pelo pronto emprego. Presença é fundamental.

Roberto Bozzo
Roberto Bozzo
2 anos atrás

“NOTA DO PODER NAVAL: Segundo a reportagem, nem a lancha da PF, nem a lancha do novo Grupamento SUL-SUDESTE conseguiram suspender devido ao estado do mar, já os bandidos navegaram livremente sem serem importunados. Está faltando navio para esse tipo de missão na MB.”

Este tipo de missão, mais próximo a costa, são pros avisos mesmo, certo ? Ou deveria haver uma patrulha tipo Macaé de prontidão para eventuais ações ?

BILL27
BILL27
Reply to  Roberto Bozzo
2 anos atrás

Então ,mas o barco dos bandidos conseguiram enfrentar as ondas né …

J.Neto
J.Neto
Reply to  Roberto Bozzo
2 anos atrás

Não entendi…lanchas de alumínio são mais capazes que Avisos?

Valim
Valim
Reply to  J.Neto
2 anos atrás

Os bandidos tem mais determinação………

Felipe
Felipe
Reply to  Roberto Bozzo
2 anos atrás

Isso, até então, não era realidade e não valia o investimento. Porém agora parece justificar e o MB deve investir em equipamentos adequados para esse tipo de manobra.

Rawicz
Rawicz
2 anos atrás

Pergunto cade a classe macaé nestas horas? Está aguardando verbas…
Aonde está os helicópteros da marinha, da PF?

Duas horas nas mãos dos piratas e nossas forças nem reagir, reagiram….. PALMAS AO BRASIL!

Bardini
Bardini
2 anos atrás

Acho que não foi preciso canhão, radar diretor de tiro, míssil, SICONTA e outras parafernálias para ir a Guerra nesse ocorrido…

Zorann
Zorann
Reply to  Bardini
2 anos atrás

Perfeito

Burgos
Burgos
2 anos atrás

O Bozzo !!!
Tá faltando pra esse pessoal ter um pouco de “sangue no olho”.
Pq no meu tempo tocava a gente ia !!!
Aí depois querem dizer que são “Nautas”.
Tem que ter um pouco de romantismo e rusticidade e brabeza senão toda vez que tiver um entrevero desses aí na entrada do Porto a coisa vai ficar à mercê dos Piratas aí !!!

Roberto Bozzo
Roberto Bozzo
Reply to  Burgos
2 anos atrás

Burgos, desculpa minha ignorância. Fico vendo aqui, 2,5 mts é um pouco maior que uma porta padrão….influencia tanto assim nas condições de navegação?

Burgos
Burgos
Reply to  Roberto Bozzo
2 anos atrás

Bozzo !!!
Naquela época tínhamos uma lancha patrulha Espadarte, ela dava 29 nós a plena velocidade.
Fazíamos suspender inopinadamente e um dia desses o mar tava bem grosso.
Acredito em algo próximo do que vc relatou aí .
O único cuidado que tínhamos que ter era na hora de guinar e voltar pro Porto pois a mesma podia adernar !!!

Marcos Paulos
Marcos Paulos
Reply to  Burgos
2 anos atrás

0 1/11 foi a anos pra Natal…só tem adm na Base aérea do Guarujá…

Airacobra
Airacobra
Reply to  Burgos
2 anos atrás

Realmente falta sangue no olho, já peguei muita onda grande em LAEP 7 e LAEP 10 e to vivo aqui pra contar, um Aviso dessa classe ai não aguentar 2,5 metrinhos de onda ta de sacanagem com aminha palhaça

Bueno
Bueno
2 anos atrás

E os Helicópteros da Marinha? Não tem nenhum baseado ai na aera de Santos

Burgos
Burgos
Reply to  Bueno
2 anos atrás

Ainda não !!!!
Mas tem a Base Aérea de Santos no Guarujá (se não foi fechada ainda)

Marcos Paulo
Marcos Paulo
Reply to  Burgos
2 anos atrás

O 1/11 foi anos para Natal…só tem pessoal ADM lá…

GabrielBR
GabrielBR
2 anos atrás

Policia Hidroviaria Federal já!

Bardini
Bardini
Reply to  GabrielBR
2 anos atrás

E o NEPOM?

Zorann
Zorann
Reply to  GabrielBR
2 anos atrás

E quem paga a conta, esperto? O dinheiro vai sair de onde?

GabrielBR
GabrielBR
Reply to  Zorann
2 anos atrás

Simples.
1)Parte do fundo da marinha mercante seria destinado por lei a criação e manutenção da frota impulsionando a construção naval no Brasil.
2)Taxas Portuárias.
3) Remanejamento do imposto cobrado pela Marinha sobre imoveis litorâneos.
4)Nada mais natural que disponibilizar parte dos royalties do Petróleo.

Uma Policia hidroviária é infinitamente mais útil ao Brasil que uma Marinha de Guerra dispendiosa e que dificilmente será empregada algum dia.

Zorann
Zorann
Reply to  GabrielBR
2 anos atrás

Isto na pratica nao funciona assim.
.
Taxas e impostos vão pro caixa da união. Vira tudo um bolo só. Qualquer remanejamento, (Royalties do petoleo ja tem seu destino) implica cortes em outras áreeas. Pra criar novas despesas, tem de cortar outras.
.
Concordo em partes com o ultimo paragrafo.
.
A Marinha não vai deixar de existir. E criar outra força para fazer o papel de guarda costeira, é criar mais um gasto e transferir o problema de lugar.

GabrielBR
GabrielBR
Reply to  Zorann
2 anos atrás

Taxas são por natureza vinculadas e não viram um bolo só na União como o senhor disse, isso é conhecimento básico de orçamento público.

A lei de Royalties pode e deve ser revista com a finalidade de garantir a segurança do mar onde nosso petróleo é extraído…é uma questão de sustentabilidade da atividade.

Atividade policial tem uma natureza bem diferente de operações de guerra…precisamos de especialização e profissionalização, e cada um no seu quadrado. Essa economia porca que está sendo feita é contraproducente e sem lógica alguma.

Marcelo
Marcelo
Reply to  GabrielBR
2 anos atrás

A chamada “taxa de marinha” não vai para a marinha…

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
2 anos atrás

Estranho, muito estranho, o barco dos “piratas” conseguiu chegar ao cargueiro mas o barco da PF não… é bom investigar as causas, as pessoas tudo…

Só “conseguiram” chegar após os piratas terem ido embora…

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Jefferson Ferreira
2 anos atrás

Só complementando ao que parece eles içaram 1,3t de cocaína, no “mar revolto” enquanto a PF se quer conseguia chegar no cargueiro! Ou eles tem treinamento e equipamento melhor que grupamento naval ali destacado ou no mínimo houve conivência de quem deveria agir!

Humberto
Humberto
Reply to  Jefferson Ferreira
2 anos atrás

Não vejo nada de estranho. Se a policia militar demora algumas horas para mandar uma viatura em caso de roubo, imagina enviar um barco em alto mar, toda a operação durou duas horas.
Temos que ficar indignados pela péssima qualidade dos serviços prestados pelo Estado, mas não vejo nada de excepcional no tempo de resposta deste caso. A coisa tá ruim para todos os lados.

André Bitencourt
André Bitencourt
Reply to  Humberto
2 anos atrás

A policia militar demora “algumas horas” porque muitas vezes a (s) VTR (s) que atende aquela determinada região já esta em atendimento, e elas intervem nas ocorrências por determinação dos CIOPS de cada Estado. Ou seja, demoram por falta de Vtrs ou pessoal, não é o caso em questão, já que os pessoal da marinha e da policia federal não navegaram até o local em virtude das condições maritimas.

Humberto
Humberto
Reply to  André Bitencourt
2 anos atrás

André,
Coloquei o exemplo da PM pois o pessoal estava estranhando a demora, esquecendo dos nossos problemas do dia a dia. Como postei, temos que ficar indignados com a péssima qualidade dos serviços do Estado

André Bitencourt
André Bitencourt
Reply to  Humberto
2 anos atrás

Entendi Humberto, e as vezes a versão oficial nem sempre condiz com a realidade, infelizmente para esconder problemas estruturais coloca-se a culpa em diversos problemas, como talvez as condições marítimas!

Madmax
Madmax
2 anos atrás

Foi o Barba Negra?

André Bitencourt
André Bitencourt
Reply to  Madmax
2 anos atrás

Talvez os espíritos de Sir Francis Drake e Thomas Cavendish resolveram atacar Santos novamente!

737-800RJ
737-800RJ
2 anos atrás

Não vou comentar o quão vergonhoso é isso, senão daqui a pouco aparecem os censores de críticas alegando que quem nunca vestiu uma farda não pode falar nada… Tá tudo lindo.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Essa não é a função da pf nem da marinha, acabou que os criminosos conseguiram fugir mesmo com a tripulação dando o alerta imediatamente e eles passando duas hora lá no navio. O que precisa é de uma GUARDA COSTEIRA.

Renan Nunes
Renan Nunes
2 anos atrás

Não seria essa uma das missões que cabe ao Grumec? O porto de maior movimentação do país e não temos condições de responder ao pronto emprego, tudo baseado no Rio de Janeiro! Comanf, Grumec, helicópteros em São Pedro da Aldeia, patrulhas Macaé na Baía da Guanabara…

Nico 88
Nico 88
2 anos atrás

A marinha ancorada no porto com medo de mar grosso e os caras vão lá com um barquinho de 5 metros com 1300 kg de cocaína. Sobem ao navio, fazem todo o transbordo de 1300 kg de pó! E simplesmente retornam ao mar sem se quer serem incomodados. Tudo isso no maior porto da América do Sul há apenas 9 milhas da costa. É de arrepiar o estado de prontidão de nossas forças. Lamentável. Que fique a lição e o aprendizado.

Roger
Roger
2 anos atrás

Pelo que lí na nota do Poder Naval… Houve dificuldade da lancha do Grupamento SUL-SUDESTE da Marinha chegar ao local devido as condições do mar. Mas vou fazer uma ressalva que considero importante, segundo notícia do site G1 do dia 05/08/2018 (em ocasião da inauguração do Grupamento de Patrulha Naval) haverá incremento de um “Navio Patrulha” vejam na informação abaixo: -A nova equipe contará com as embarcações “Barracuda” e “Espadarte”, e um Navio-Patrulha Classe “Grajaú” que será transferido para Santos na segunda quinzena de outubro. Então este fato que houve de restrição de navegação do Grupaento de Patrulha Naval em… Read more »

Brandenburg
Brandenburg
2 anos atrás

Os criminosos chegaram e partiram em um barco rápido de alumínio com 5 m de comprimento em mar com ondas de 2,5 m de altura. Presumo que sejam semelhantes às voadeiras que usamos na Amazônia e Pantanal que carregam 1 GC mais piloto. E o Aviso Patrulha da Capitania, muito maior e barco da PF não conseguem suspender? E o “barquinho” de alumínio ainda carregava 5 mais 1300kg de cocaína? Alguém mais afeito ao mar pode esclarecer a este pé de poeira?

Roberto Silva
2 anos atrás

Qualquer tempo ruim agora será motivo para novas operações contra outros navios na área já sabem que não haverá qualquer reação.

Marcos
Marcos
2 anos atrás

Na minha opinião de leigo, se a Marinha deu cabo nos marginais não seria divulgado, afinal imagina os problemas jurídicos que isso daria, ou o pior, optam por não agir para evitar esses problemas jurídicos.

Caio
Caio
2 anos atrás

China, Índia e os EUA possuem uma grande frota de lanchas e pequenos barcos para patrulhar seu litoral, na terra dos mais inteligentes precisamos de porta aviões, navios docas e submarinos nucleares, um dia quem sabe? Precisaremos desses pequenos reforços.

Ivan BC
Ivan BC
2 anos atrás

Jesus…eu comentei há 2 semanas sobre isso, sobre a quantidade de portos no sul-sudeste e sem embarcações para uma forte presença.
Eu entendo e apoio o desenvolvimento do submarino nuclear e outros programas, mas antes de tudo deveríamos ter ótimas lanchas rápidas e bem armadas (semelhantes a lanchas da Noruega, Dinamarca, Suécia etc…esses países tem ótimas lanchas rápidas); helicópteros de salvamento, socorro e operações anti-pirataria; corvetas relativamente bem armadas.
Tudo isso funcionando 24 horas e todos os dias do ano…pessoal na marinha não falta, é um contingente enorme que sinceramente não entendo.

Gustavo
Gustavo
2 anos atrás

isso que dá não tem um helicóptero para empregar. os bandidos entraram e saíram como se não houvesse nada impedindo. (e não há)
Se não me engano a PM-SP tem dois ou mais esquilos só em Santos, poderiam ter sido acionados em uma ação conjunta…

Mazzeo
Mazzeo
Reply to  Gustavo
2 anos atrás

Tem em Praia Grande, mas não fazem parte do acionamento da MB.
Aí surge a pergunta idiota, será que foram acionados pela MB e pela PF ?

Top Gun Sea
Top Gun Sea
2 anos atrás

Alguem sabe como anda o processo de formalização do repasse dos 10% do FMM para a MB que havia sido postergado para agosto?

Top Gun Sea
Top Gun Sea
Reply to  Top Gun Sea
2 anos atrás

Enquanto isso a solução que são as construções de novos e numerosos navios de patrulhas através do FMM foi empurrado pelos políticos para agosto em plena corrida eleitoral o que muito provável não sai antes do Short List das CCTs em outubro.

Até que foi bom quem sabe assim MD juntamente com este resto de governo ilegítimo […..] toma uma ação!

Victor Carvalho
2 anos atrás

16 km da costa… não seria melhor atuar com helicópteros??? A PMESP tem helicópteros em Santos.

jagderband#44
jagderband#44
2 anos atrás

Fosse em algum porto de pais sério, teriam sofrido consequências.

Um Marujo
Um Marujo
2 anos atrás

Mais de 25 anos de mar e não creio que esses piratas foram no navio embarcar essa droga. É uma faina complicada o embarque de material ainda mais de uma embarcação pequena para um navio desses e ainda mais com tempo ruim. E mais de 1 ton? Creio que essa droga já estava no navio. Posso até estar errado, mas acho estranho o “embarque” dessa droga dessa forma. Agora, o pq houve problemas na ação da PF/MB, isso é outra história.

Gabriel
Gabriel
Reply to  Um Marujo
2 anos atrás

Pra mim essa droga já estava lá e aquilo foi o que sobrou dos que eles pegaram. Vamos aguardar as investigações.
Mas que papelão essa nossa marinha, não consegue nem defender um navio a 15 km do porto? Estava ruim a navegação? Também estava ruim para os ladrões, mas eles tiveram muito mais culhões. Me pergunto se o nosso país está de alguma forma sendo protegido, pelo visto não.

Mk48
Mk48
Reply to  Um Marujo
2 anos atrás

Penso da mesma forma.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Já tem vídeo mostrando a ação deles içando coisas para dentro de um outro navio dessa mesma companhia quando estava parado no porto, dessa vez, pelo jeito, resolveram fazer com o navio no mar porque a droga no outro tinha sido apreendida.

Jr
Jr
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Pois é, da outra vez tentaram fazer isso mais perto do porto e se deram mal, na época, não me lembro se foi a PF ou a MB que mandou bala em uma perseguição, acho que prenderam e houve uma morte do lado dos bandidos e a droga foi apreendida, talvez com medo de isso acontecer de novo a quadrilha foi colocar as drogas no contêiner em alto mar, não é por nada que eles ficaram 2 horas no navio. A principio eles queriam passar despercebidos, mas alguém da tripulação viu e foi contar para o comandante que pediu ajuda,… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Um Marujo
2 anos atrás

Me parece claro que a droga já estava lá. Afinal qual seria o objetivo de “plantar” isso lá tão escancarado que facilmente seria achado? E como outros disseram, como diabos 5 pessoas iam fazer pra carregar mais de 1 tons de um barquinho pro cargueiro subindo pelo costado? Muito provavelmente era carga de um grupo rival cuja localização vazou. Os 5 caras provavelmente pegaram apenas o q dava nas próprias roupas e mochilas (estimo não mais de 50 kg/pessoa) e fugiram. Sendo um ataque a um carregamento de um grupo rival, eles nem precisavam levar nada, bastava a ação acontecer… Read more »

alexcg
alexcg
2 anos atrás

E isso é uma vergonha para MB e para a PF é melhor logo alugar o Brasil pq esse pais ta cada vez pior.

Diogo Prado
Diogo Prado
2 anos atrás

Sempre defendo nossos militares… mas dessa vez nao tem como. Primeiro: No maior porto do país, nao tem um heli de prontidão? Seja da marinha ou da PF? ou da PM que seja? Isso só ja é vergonhoso. Segundo: o mar estava agitado para os militares profissionais e para os policiais altamente qualificados em lanchas modernas? Os piratas estavam no mesmo mar, a diferença que sao uns mulambos numa canoa de 5m e um motor de popa. Essa atuação (ou a falta dela) dos militares e dos policiais tem que ser investigada.

farragut
2 anos atrás

a mídia brasileira tende a rotular de pirataria ações criminosas que não estão assim definidas na convenção das nações unidas das nações unidas sobre o direito do mar. “Constituem pirataria quaisquer dos seguintes atos: a) todo ato ilícito de violência ou de detenção ou todo ato de depredação cometida, para fins privados, pela tripulação ou pelos passageiros de um navio ou de uma aeronave privados, e dirigidos contra i) um navio ou uma aeronave em alto mar ou pessoas ou bens a bordo dos mesmos; ii) um navio ou uma aeronave, pessoas ou bens em lugar não submetido à jurisdição… Read more »

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
2 anos atrás

Será que pela competência apresentada, quem comandava os piratas não era o Jack Sparrow atacando o baú da morte? st4

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Saldanha da Gama
2 anos atrás

Imagina se fosse uma frota de um país inimigo? st4

Guizmo
Guizmo
2 anos atrás

A MB e a PF podiam perguntar aos piratas que meios eles usaram para conseguirem navegar e cumprir o roubo em mar grosso, quando eles falharam

Jota ka
Jota ka
Reply to  Guizmo
2 anos atrás

Uma boa idéia seria contrata-Los para dar instrução na Escola Naval,!

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Estou achando uma estorinha mal contada. Invadir para deixar em vez de levar, esta nunca vi.

Jr
Jr
Reply to  Delfim
2 anos atrás

A droga foi achada em bolsas pretas e ainda molhadas, creio que eles içaram essas bolsas para dentro do navio, ficaram lá 2 horas e como perceberam que foram descobertos, abriram outro contêiner que tinha produtos, reviraram ele e provavelmente levaram alguns produtos para despistar a policia. A droga eles provavelmente colocaram em outro contêiner e fecharam. Para a policia achar a droga, ou eles já deviam estar monitorando essa quadrilha ou alguém da tripulação viu eles mexerem nesse contêiner das drogas e contou para a polícia

Marcos Paulo
Marcos Paulo
2 anos atrás

A ação durou SIC 02 horas e as críticas parecem ser muito superficiais carregadas de desconhecimento…o tempo só para acionar estes deptos, os criminosos já tinham se evadido…agora que seria interessante os comentários aqui com paralelos ao ataque da Stark, seria…

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Marcos Paulo
2 anos atrás

Eles são acionados por pombos correios ?! Sinceramente não sei que tipo de contato leva 2h…

Jota ka
Jota ka
Reply to  Jefferson Ferreira
2 anos atrás

Pombos Correios são mais rápidos.
O caso foi transmitido por tartaruga -aleijada-correio. 😆

Ivan BC
Ivan BC
Reply to  Marcos Paulo
2 anos atrás

Esses departamentos precisam rever sua comunicação…ligou, disse que estão sendo invadidos, sirene? Bora subir nos barcos e helicópteros e ação…

Gabriel
Gabriel
Reply to  Ivan BC
2 anos atrás

A culpa são dos ladrões que não avisaram com antecedência suficiente para a marinha preparar todos os meios para a missão.

Jota ka
Jota ka
2 anos atrás

Marinha-nutella e PF-nutella versus PCC-raiz.
1 a zero para estes! 😂

Eliab
Eliab
2 anos atrás

Isso é vergonhoso ,se tá assim em Santos imagina nas nossas fronteiras marítimas .

juliano
juliano
2 anos atrás

piratas , isso tá mais para traficante mesmos e que levaram um baita de prejuízo , isso é trabalho da capitanias dos portos nada mais .sem ficar fazendo drama isto ai acontece em todos porto do mundo . em grande ou baixa intensidade .

Zorann
Zorann
2 anos atrás

Não tem um navio de patrulha que preste em São Paulo. E os caras vão comprar tamanduá? É por isso que este país não vai pra frente… Não fazem nem o básico e querem ter Porta Aviões, escoltas, caças….É ridíulo. . A MB não tem capacidade nem de patrulhar o principal porto do país…. Olhem isto!!! Olhem a gravidade disto!! É só o principal porto da América Latina…no litoral do mais importante estado da união. . Ahhh é…lembrei…não tem dinheiro, não tem navio. Mas tem 20.000 fuzileiros que não servem pra nada. Efetivo de 80.000 pra que? . Desculpem..é uma… Read more »

jota ká
jota ká
Reply to  Zorann
2 anos atrás

Tamanduá, acho até que é necessário alguns.
Agora, navio aeródromo, caças embarcados, submarinos atômicos que custam dezenas de bilhões de reais …. é megalomania pura!

Zorann
Zorann
Reply to  jota ká
2 anos atrás

Tamandua nao serve pra nada!! Nem terá munição/misseis pro navio em estoque.
.
Precisamos é de OPVs e NPa, baratos de comprar e operar, e em quantidade. Não esta porcaria s.uperfaturada que a MB pretende adquirir com o FMM (R$150 milhões num navio de patrulha de 500t?). Precisamos de uma aviação de patrulha decente. Isto é o mínimo.
.
Te juro…desanima ser brasileiro. Quanto será de mal que fiz na última encarnação, pra merecer tamanho castigo.

Diego
Diego
2 anos atrás

Caramba, então se invadirem o território e por estar com más condições climáticas fica tudo certo. Tinha ondas de mais de 2.5m? Não tem helicóptero pra essas situações? A marinha não podia chegar por conta disso mas os ‘piratas’ com uma lanchinha conseguiram fazer tudo isso e sair de buenas…

Ozawa
Ozawa
2 anos atrás

São notícias assim que, legitimamente ou não, antagonizam com as pretensões oceânicas da MB, conduzindo inevitavelmente o senso comum à incerteza da capacidade de reação – ou reação intempestiva – de uma Força Naval a um episódio policial costeiro (recorrente), e à pergunta retórica: quem não pode o menos pode o mais?

5.56
5.56
2 anos atrás

Para com isso. Pra bom entendedor meia palavra basta. Carregaram 1.3 ton de cocaina em mar com ondas de 2.5m pra dentro do navio? Obvio que esta droga ja estava la. E nao me surpreenderia nada se a PF ja soubesse disso. Afinal porque nao foram atras? Vai ter que ser muito bem explicado.

Milico safo
Milico safo
2 anos atrás

Que vergonha disso, uma força de reação ficar apática frente a uma situação criminosa!!! Os militares em parte nem tem culpa, treinamento voltado pra trabalhos braçais e pouco se fala em armamento nos quartéis da MB, o que importa é o piso limpo, treinamentos deixam a desejar, enquanto tivermos um pensamento arcaico e sem operacionalidade da força, isso irá continuar até não sabemos quando.Ta na hora do Comando da MB rever seus conceitos sobre treinamento militar, e não transformar esses homens que anseiam por mudanças, porem amordaçados, servindo de guardinha, porteiro, limpador de chão e banheiro, serviços gerais de pintura… Read more »

Flávio Henrique
Flávio Henrique
2 anos atrás

Para poder criticar a PF e MB (essa ultima não está no melhores dias): 1°Qual eram as embarcações disponíveis de uso imediato? 2° Elas seriam aptas ao estado de Mar? 3°Se Negativa da 1° ou 2° quais meios aptes disponíveis ? 4° Qual a mais próxima? 5° Em quanto tempo ela chegaria a aérea? 6°Caso o tempo seja grande. Que helicópteros estariam disponíveis? 7°quanto tempo de chegada? 8° Os criminosos teriam em pose de arma de alto poder de fogo (fuzil, metralhadores etc)? 9° Caso sim da anterior. Os meio disponíveis conseguiria supontar esse armamentos? 10° Caso não. Qual seria… Read more »

Theo Gatos
Theo Gatos
2 anos atrás

Espera, mas porque levar mais de uma tonelada de cocaína pra um navio que vai voltar para o Brasil e descarregar? Faria muito mais sentido se ele fosse pra Europa… Se os bandidos estavam com cocaína em terra firme pronta pra distribuir, pra que colocar no barco que justamente iria atracar? Não faz sentido…
.
Plantou a cocaína lá, tocou o terror sabendo que ia perder a droga na sequência (sabiam que a abordagem seria informada às autoridades)…
.
Sds

Zorann
Zorann
2 anos atrás

Eu penso o seguinte… . Estamos falando do maior porto, no litoral do estado mais importante do país. E não há um navio de patrulha que preste em Santos. . 1.3 toneladas de cocaina. A droga estando ou não originalmente no navio, se não fosse o aviso do comandante, ninguém nem saberia desta droga. Ia passar batido!! Porque ninguém fiscaliza. Nem marinha, nem ninguém. Se tivesse fiscalização, traficante não iria arriscar perder toda esta droga de uma vez só!! Isto não é pouca coisa. Se está entrando esta quantidade de drogas em Santos, deve estar entrando armas também. O contrabando… Read more »

Marcelo
Marcelo
Reply to  Zorann
2 anos atrás

Zorann, concordo muito com a primeira parte da sua análise, mas discordo mais ainda da última. Mas vamos nos ater às concordâncias: episódios assim mostram quais são as ameaças modernas e a incapacidade da MB de lidar com elas. Não adianta a MB querer ficar se preparando para uma guerra convencional com NAe, SubNuc, escoltas de defesa AA de área e tudo mais, se os conflitos futuros se mostram cada vez mais assimétricos. A guerra moderna é difusa, com inimigos de difícil identificação. Nenhuma esquadra estrangeira vai bloquear nossos portos, minar nossa costa ou desembarcar em nossas praias — isso… Read more »

Zorann
Zorann
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Olá Marcelo! . Isto que você relatou é muito triste. . Eu sou contra as CCT. Estes navios jamais terão valor militar real. Seja pelo nível de adestramento das tripulações, pela falta de disciplina/empenho (que vc citou), pela pouca quantidade, pelos eternos PMGs, ou pela falta de munição/armamentos mesmo. . Não estamos falando de comprar um navio de segunda mão por 80 milhões de libras. Estamos falando de construir 4 corvetas, cada uma custando mais de R$1.5 bilhões!!! Quantos OPVs, NPa de 500t (de projeto simples, sem frescura, pra atuar como navio de patrulha – nao é navio de guerra)… Read more »

XO
XO
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

“Quando a MB estava formando as tripulações para ir ao Reino Unido buscar o Atlântico teve enorme dificuldade, pois ninguém queria ir, não haviam voluntários. Os militares tiveram que ser convocados à força.” O processo seletivo para grupos de recebimento é feito pela DPMM e baseado em pontuação na carreira… uma vez divulgada a lista dos selecionados, existe a opção em declinar da escolha… então, ninguém foi convocado à força, quem não quis ir deve ter externado seu desejo, como eu mesmo testemunhei no U27… Infelizmente, a indisponibilidade de meios dificulta a manutenção do adestramento e do “espírito de navio”…… Read more »

Burgos
Burgos
Reply to  Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Carlos Alberto !!!
Servi nessa P-8003 aí em Santos !!!
Por ocasião da participação de uma Retrex no Porto de S Sebastião chegamos primeiro que a aeronave investigamos,e prendemos os “meliantes” do exercício !!!
Fomos muito elogiados pela presteza e preparação da LP para o exercício !!!
Uma pena a MB não ter investido na modernização dessas !!!
Obs: esse projeto é inglês (feito sob licença no Brasil)e me parece que tem algumas operando nas Antilhas Inglesa !!!!

USS Montana
USS Montana
2 anos atrás

Querem acabar com isso? Simples, é só acabarem com as favelas do Guarujá, principalmente a tal da “Pouca Farinha”, de onde vem a maioria dos “piratas” que atuam no porto de Santos.

Walfrido Strobel
Walfrido Strobel
Reply to  USS Montana
2 anos atrás

Que ideia smples e genial….acabar com uma favela.
Agora nos diz como se faz isso.

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Crimes não são assunto de Militares, e sim de Policiais.
“Ah mas o crime aconteceu no mar, é com a MB…” e daí ? Criminalidade em terra firme é problema do EB ?
Tem que haver foco no fato, no delito : quando uma atividade ilegal, por sua especificidade e constância, começa a se tornar de difícil solução pata uma Instituição inicial – no caso a MB, que tem outras e mais importantes atribuições, ligadas diretamente à atividade militar – está na hora de se passar para outra Instituição existente ou que seja criada.

Adriano Luchiari
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Depende Delfim. Um avião sem plano de voo dentro do espaço aéreo nacional transportando narcóticos ou contrabando está incorrendo em infração, mas não é a polícia e sim a FAB que tem por missão interceptá-lo, forçar seu pouso no aeroporto determinado e até mesmo abatê-lo se necessário. Nos rios e no mar, é a Marinha que tem essa missão, seja pela Capitanias dos Portos ou pelos Distritos Navais. Isso é feijão com arroz, o básico do básico, se houvesse meios realmente dissuasórios e em quantidade adequada esse “piratas”, pesqueiros estrangeiros, narcotraficantes e contrabandistas não agiriam tão impunemente em nossas águas,… Read more »

TJLopes
TJLopes
2 anos atrás

Tem que contratar esses piratas pra ensinar doutrina de como navegar em mar revolto pra MB.

Tem certas notícias que dá até vergonha de ler. Se fôssemos um país sério, teria sido enviado um helicóptero pra esse navio imediatamente, com uma equipe que desceria de rapel (é esse o termo certo?) e mandaria os “piratas” pra uma estadia eterna com o coisa ruim. Pena que, como disse o Embaixador Carlos Alves de Souza, na frase erroneamente atribuída a Charles de Gaulle, “Le Brésil n’est pas un pays sérieux”.