Home Asas Rotativas PHM Atlântico é transferido ao Setor Operativo

PHM Atlântico é transferido ao Setor Operativo

3828
17

No dia 5 de setembro, no Cais Norte do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro-RJ, foi realizada a Cerimônia de Transferência de Subordinação do Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico” para o Setor Operativo da Marinha.

A transferência de subordinação do PHM “Atlântico” deve-se ao fato de ser o Setor do Material da Marinha o responsável por coordenar e executar a obtenção de meios navais, enquanto o Setor Operativo é o responsável pelo emprego adequado desses meios, contribuindo, assim, para o cumprimento das atribuições da Marinha do Brasil.

A cerimônia, presidida pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, contou com as presenças do Ministro de Estado da Segurança Pública, Raul Jungmann, e o Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI-PR), General de Exército Sergio Westhphalen Etchegoyen, e demais membros do Almirantado.

Também participaram o ex-Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Roberto de Guimarães Carvalho, outras autoridades militares e convidados civis.

Durante a cerimônia, foram assinados o Termo de Transferência de Subordinação e o Livro do Navio.

O Navio
O PHM “Atlântico”, incorporado à Marinha do Brasil em 29 de junho deste ano, no Reino Unido, iniciou viagem rumo ao Brasil no dia 1º de agosto e chegou ao seu porto sede no dia 25 do mesmo mês, após escala no porto de Lisboa, Portugal.

Inserido no Programa Estratégico de “Construção do Núcleo do Poder Naval”, que prevê a substituição gradual dos meios navais e aeronavais com vistas a ampliar a capacidade operacional da Força Naval, a aquisição do PHM “Atlântico” representou mais uma iniciativa bem-sucedida da Marinha do Brasil em proveito de seu reaparelhamento.

Devido à sua versatilidade, o “Atlântico” poderá ser empregado em diferentes missões, realizando Operações de Controle de Área Marítima, Anfíbias, de Paz, de Caráter Humanitário e Logísticas. Essas possibilidades reforçam, significativamente, o preparo da Marinha do Brasil para executar as Tarefas Básicas do Poder Naval e, consequentemente, para cumprir sua missão constitucional.

FONTE: Marinha do Brasil

17 COMMENTS

  1. Considerando que já foi discutida a operação conjunta da aviação das Três Forças numa reunião entre os chefes de Estad-Maior das mesmas, entendo que agora é só aguardar o estabelecimento de Doutrina específica e devidas certificações operacionais para esta operação.

  2. Homens com roupinhas engomadas, cheias de listrinhas, medalhas, bottons, etc. Devem se sentir orgulhosos por liderar uma marinha com navios obsoletos, quarentões. É um orgulho!

    Comem Marinha do Brasil e arrotam US NAVY

    • Eles usam o que a nação lhes proporciona. As “listinhas” e “bottons” significam anos de estudo e dedicação exclusiva à Marinha do Brasil. Mais respeito com os “Homens do Mar”!

    • Inapropriado seu deboche. Esses homens dedicam sua vida ao serviço com muitíssimo sacrifício pessoal e familiar, e os meios materiais de que dispõem não têm nada de depreciativo. Pelo o contrário, comparar a MB com a USNAVY é que é ridículo. Melhor será olhar ao redor: olhe para o México, Chile, Colômbia, Argentina, e verá que esses navios “obsoletos” na verdade são é objeto de cobiça, e que muito nos honra sim senhor.
      Quanto ao fardamento com listrinhas, botões e medalhas… bonito, não é? Você infelizmente jamais poderá ostentá-lo.

      • Caro XO. Quem teve a chance de ler a fábula da raposa e das uvas (ou visto um desenho animado do Walter Lantz ou Disney) tomaria cuidado para não comentar bobagens. Mas isso, como você disse corretamente, demandaria algum esforço e dedicação. Preciso aprender a ser preciso como você. Um abraço de quem o admira.

        • Grato, Camargo… e posso dizer que é uma satisfação ler seus comentários em geral e, particularmente, aqueles que trazem sua visão da Academia… abraço cordial…

  3. Integração e “enxugação” já estão na ordem do dia para o ano que vem, quem quer que seja o presidente. Estamos no caminho certo. Que venham também os “homens de verde” à bordo. Todos têm muito à contribuir. Novas doutrinas de emprego, técnicas e táticas. Muito treinamento e cuidaremos do Atlântico Sul como deve ser, afinal somos a melhor marinha nesta parte do atlântico.

  4. Marcos!!!
    Me recuso a comentar suas declarações ridiculas.
    Com certeza vc nunca teve e nunca terá a oportunidade e orgulho usar um uniforme, seja ele Verde, Branco ou Azul assim como muitos de nós tivemos.
    Brasil acima de tudo!!!!!!
    Deus acima de todos!!!!!!!

  5. O Atlantico foi uma boa aquisição,que venha o Albion, os caças minas holandês.Mesmo na crise estamos conseguindo repor os meios navais.Conjuntamente com o Banhia temos uma excelente projeção anfíbia,diga de passagem que nunca tivemos.Teremos também a melhor frota de submarinos na América latina.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here