Home Marinhas de Guerra Fragata Almirante Gorshkov vai ao mar para treinamento de combate

Fragata Almirante Gorshkov vai ao mar para treinamento de combate

6885
11
Almirante Gorshkov
Almirante Gorshkov

É a primeira viagem do navio líder da classe na Frota do Norte da Rússia

MOSCOU, 18 de setembro/TASS/. O navio do projeto 22350, Almirante Gorshkov, que a Marinha Russa incorporou em 28 de julho, deixou a base principal da frota do norte (Severomorsk) para o mar de Barents para treinamento de combate, informou à imprensa o serviço de imprensa da frota.

“O navio vai agir em conjunto com as aeronaves. As armas e equipamentos eletrônicos da fragata serão testados por aviões do regimento aéreo misto da Força Aérea e pela defesa aérea da Frota do Norte”, disse a frota.

A tripulação testará o navio em movimento, realizará testes de sobrevivência e exercícios de comunicação e uma série de exercícios de combate à defesa aérea e antissubmarino.

Esta é a primeira viagem do Almirante Gorshkov na qualidade de um navio da Frota do Norte.

O Almirante Gorshkov chegou a Severomorsk de São Petersburgo em 8 de setembro. É o primeiro navio de superfície da Frota do Norte que transporta mísseis de cruzeiro Kalibr.

FONTE: TASS

11
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
ScudBDaltonLuiz Floriano AlvesWalfrido StrobelCleber Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ypojucam
Visitante
Ypojucam

E hoje foi “lançado” ao mar o segundo submarino convencional da classe Lada. Depois do primeiro submarino não ter sido aprovado pela marinha russa por deficiência encontradas, os dois submarinos subsequentes tiveram sua construção paralisada para a devida correção do projeto. Hoje com o lançamento do segundo submarino SSK de quarta geração da classe Lada, o projeto efetivamente se mostra viável e com possibilidade de produção em serie para substituirem os SSK classe Kilo mais antigos. Quanto a Gorshkov, depois de tanto tempo, parece que finalmente as coisas começam a se tornar positivas para a classe ( mas obviamente jamais… Read more »

Vovozao
Visitante
Vovozao

Está fragata é das mesmas que estão sendo construídas para a Índia?? São umas fragatas bonitas e bem armadas.

Almeida
Visitante
Almeida

MUITO bem armadas!

Ypojucan
Visitante
Ypojucan

Não. As projeto 11356 classe “Talwar” da India são baseadas no projeto 11351 classe “Nerey” ou Krivak III. As novas fragatas indianas que serão construídas para a marinha indiana serão baseadas no projeto 11356P/M que são os navios das classe “Admiral Grigorovich” dos quais a marinha russa opera 3 navios e tem pelo menos outros 2 em construção bem lenta (com mais 1 navio iniciado e constantemente em questão. Ora dizem que é um dos vendidos para a Índia, ora dizem que será terminado para a marinha russa – que poderia até mesmo encomendar outros navios da mesma classe –… Read more »

AL
Visitante
AL

Prezados Editores.

Acho que faltou por esse link no final da matéria que traz muitas informações adicionais:

https://www.naval.com.br/blog/2018/08/08/russia-comissiona-fragata-almirante-gorshkov-project-22350/

Abraço.

Cleber
Visitante

Essa ai mete medo senhores ….Já as 4 corvetinhas que ainda nem saíram do papel …

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Navio da Indocésia tem incêndio grave e afunda esta semana.
O Fast Missile Ship (KCR) KRI Rencong 622 teve um princípio de incendio no momento que ligaram a turbina, com o aumento do fogo logo abaixo dos mísseis C-802 chineses o CMT evacuou rapidamente o navio que depois afundou, não houveram vítimas.
O Rencong é de 1979 e foi constuido na Coreia do Sul, tem 290 tons e 2 motores 2 M504 Diesel, 1.425 hp e 1 turbina GE LM 1500, consegue 40 nós com a turbina.
. https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTipPoZ68TB13IQUQQRkMYSJWfMlpcxN-qk4Jtq550ByklSCiwDbRt1LyGgYg

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

O KRI Rencong 622 é um Mandau class, qie é um Asheville-class construido na Coreia do Sul, ele é de alumínio e com uma General Electric J79 navalizada, a LM 1500 pegando fogo logo abaixo dos misseis o melhor foi cair fora e evitar uma tragédia maior.
Em incendio de navios de alumínio o fogo fura o piso e passa facilmente ao compartimento superior.
.comment image

Luiz Floriano Alves
Visitante

O alumínio reage com o ferro, em alta temperatura, e ocasionando o efeito de aluminotermia. O calor resultante é muito intenso e destrói tudo sob sua influencia. Por esta razão se estão abandonando os carros de combate (Sheridan e M-113, etc…) e os barcos de combate feitos deste metal.

Dalton
Visitante
Dalton

Há vantagens e desvantagens…não à toa um dos 2 modelos de “LCS” da US Navy é
de alumínio, vários estão em construção e novas encomendas foram recentemente feitas
e a US Navy também já recebeu 9 “EPFs”, navios de transporte velozes de alumínio, um
décimo já passou pelas provas de mar e outros 2 encontram-se em construção e deverão
ser entregues em 2019 e 2020 respectivamente.

ScudB
Visitante
ScudB

O que faltou mencionar é o fato que este navio recebeu patente “Rank 1” que automaticamente indica armamento “especial” (nuclear) a bordo.