Home Força Aérea Brasileira Comissão aprova emendas com recursos para Ministério da Defesa e Forças Armadas

Comissão aprova emendas com recursos para Ministério da Defesa e Forças Armadas

15499
43

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (10) quatro emendas ao projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019 (PLN 27/18). As sugestões serão agora analisadas pela Comissão Mista de Orçamento.

A primeira emenda da comissão destina R$ 654 milhões ao Ministério da Defesa para a aquisição de helicópteros. A segunda encaminha R$ 345 milhões à Marinha para a construção de um navio patrulha. A terceira destina R$ 222 milhões ao Exército para compra de 25 veículos blindados.

A última emenda prevê R$ 600 milhões para que a Aeronáutica adquira uma aeronave no âmbito do Projeto FX-2. Nesse programa está prevista a compra, ao longo dos próximos anos, de até 36 caças supersônicos modelo Gripen.

A proposta orçamentária deve ser votada até o dia 22 de dezembro, último dia dos trabalhos do Congresso, segundo a Constituição. O texto é relatado pelo senador Waldemir Moka (MDB-MS).

FONTE: Agência Câmara Notícias

Subscribe
Notify of
guest
43 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renato
Renato
1 ano atrás

“A primeira emenda da comissão destina R$ 654 milhões ao Ministério da Defesa para a aquisição de helicópteros.”
A que helicópteros isto se refere?

Cbamaral
Cbamaral
Reply to  Renato
1 ano atrás

Seriam os os cobra ?

Pedro
Pedro
Reply to  Renato
1 ano atrás

Deve ser o que falta das Kombi voadoras entubadas pela Anta.

André Luiz
André Luiz
Reply to  Renato
1 ano atrás

Os helicópteros são do programa H-XBR, os H225M.

Pablo
Pablo
Reply to  André Luiz
1 ano atrás

H-XBR é programa para aquisição de helicópteros de ataque ou to enganado?

João
João
Reply to  Pablo
1 ano atrás

São para a compra de helicópteros de transporte, os H-225M

Renan
Renan
1 ano atrás

Que aprove tudo na semana que vem
Quem sabe a luz ilumine aquele povo e eles resolvem trabalhar.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

“As sugestões serão agora analisadas pela Comissão Mista de Orçamento.
A proposta orçamentária deve ser votada até o dia 22 de dezembro, último dia dos trabalhos do Congresso, segundo a Constituição.´´´
Tava quase colocando umas cervejas pra gelar…de qualquer modo, que bom que, ao menos, essa proposta não está parada e mofando esquecida em algum gabinete.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

Alguém saberia dizer quais seriam os helis e os 25 blindados que seriam adquiridos com esse fundo?

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Deve ser alguma versão do Guarani com alguns brinquedos ou alguns brinquedos do Tio Sam…

Lemes
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Os blindados devem ser Guarani, os helis devem as kombosas que faltam desse contrato lesa pátria que o nove dedos entubou quando estava no comando da quadrilha.

Lucas Schmitt
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Tá meio caro pra ser Guarani.

Lucas Schmitt
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Tá meio caro pra ser Guarani.

Marcelo R
1 ano atrás

R$ 345 milhões para a marinha construir “um” navio patrulha, sério mesmo….
Os três navios Classe Amazonas, com 90 metros, vieram da Inglaterra…., compra de oportunidade, lembram e outros mi…mi…mi… Custaram 133 milhões de libras ou R$665 milhões.

Gilbert
Gilbert
Reply to  Marcelo R
1 ano atrás

deve ser para conclusão do navio que está no arsenal da MB

Paulo Guerreiro
Paulo Guerreiro
Reply to  Gilbert
1 ano atrás

acho que são verbas orçamentaria para pagar coisas ja contratadas … nada demais
e pelo o que li a MB nao tem interesse em mais nenhuma classe amazonas infelizmente

Vovozao
Vovozao
1 ano atrás

Sr. Marcelo R, 12/10 – sexta feira, os 345 ( milhões) são rubricas específicas –“”construção de navios patrulha de 500t, porém, aí fica uma pergunta: irão acabar os classe (M), que está/estava no EISA, ou irão criar nova classe.
Ainda existe uma verba também aprovada de 225 milhões, “”aquisição meios navais”” este através da comissão de relações exteriores e defesa (CRE), poderia ser para aquisição do WAVE RULER???? Se for feita conversão dará (+-) 40 milhões de libras Esterlinas???? Alguém sabe informar??

James Marshall
James Marshall
1 ano atrás

Que seja um patrulha, pelo menos isso.

Marcos
Marcos
1 ano atrás

600 milhões para o FX-2? Mais Gripen NG ou armamentos?

Anderson Luiz ribeiro Luiz Ribeiro
1 ano atrás

Infelizmente o governo que temos não apóia os militares

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

Quem sabe os blindados não sejam o Guarani com a torre Torc 30 ou a versão porta morteiro ?
O valor para navio patrulha daria ,talvez,pra uns 4 Napa500br?
O dindin pro Fx2 tbm ,como o colega acima, creio ser para armamentos e o dia helis pra continuidade do Hxbr,o dos Cobras o EB terá que desembolsar de seus recursos diretos.

Lucas Schmitt
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Boa noite Tom. Bom, eu sei que a versão básica do Guarani custa cerca de 4 milhões de reais. A Torcida 30 custa se não me engano 2 milhões de dólares, totalizando assim 12 milhões de reais pelo guarani com Torc 30. Pelas minhas contas, 222 milhões dividido por 25 dá quase 9 milhões por blindado, então eu creio que não se trate dessa versão do guarani. Só se forem outras versões mais básicas, ou forem os simples de 4 milhões só que superfaturados.
Sdds.

pm
pm
1 ano atrás

R$345mi por um unico navio de patrulha é uma fortuna, na faz sentido. Manda o Moro prender que assinou isso.

Nao seria isso um valor para adquirir varios navios de patrulha de 500t???

ALEXANDRE
1 ano atrás

Sera que vai vir gripen m?

Souto.
Souto.
1 ano atrás

OS 345 milhões de reais deve ser para construção de um navio patrulha oceanico.

Lucas Schmitt
1 ano atrás

Cerca de 9 milhões de reais por cada blindado. Um guarani sai por 4 milhões, com a torreta 30mm sai tudo por mais de 10, então creio que não deva ser sobre o Guarani. O pessoal do fórum deveria fazer alguma estimativa sobre que blindado deve ser, pois eu acho que que os preços não condizem com os do Guarani, pois a versão desarmada é mais barata e a armada é mais cara.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Lucas Schmitt
1 ano atrás

Pode ser a versão porta-morteiros.
Ou pode ser a versão com a torre UT30BR.
Ou pode ser dois lotes. Um com viaturas básicas e outro de viaturas (10 de uma e 15 de outra, por exemplo).

Lucas Schmitt
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Pode ser uma mescla de blindados mesmo. Mas eu torço para que seja algum blindado de reconhecimento ou de combate a infantaria. Já temos tantos de transporte de tropas. Mais de 500 M113, urutus (se aposentando mas ainda em operação), os 2000 guaranis contratados… Em compensação, blindados como o da classe do cascavel, o EB detêm de tão poucos.

Washington Menezes
1 ano atrás

O senador Moka do meu estado MS não foi reeleito, tomara que não interfira na relatoria.

Marcelo R
1 ano atrás

Saudações, caro Sr. Vovozão, o texto parece que da nome a “um” boi….. ou no caso não da nome nenhum… apenas relata sobre “um” navio patrulha, acredito que se fosse para construir outros poderia ter o relato deste jeito : ” para a construção de dois navios” … ou “para a construção de tres navios”. Penso eu que seria dinheiro suficiente para a construção de três navios desta classe…. Poderiam ter os nomes assim P – xx – Macumba, P – xx+1 – Maromba e P – xx+2 – Mafuá…… Seria uma complementação (por exemplo) ao texto….e uma certificação de… Read more »

Vovozao
Vovozao
Reply to  Marcelo R
1 ano atrás

13/10 – sábado – Marcelo R, na comissão de relações exteriores e defesa consta ……R$ 345 (milhões) para navio(s) patrulha de 500t, no PLURAL, então eu perguntei se seria para terminar os classe (M) do falido estaleiro EISA, 1 já no AMRJ, outros 2 inacabados no EISA, 4 nem começaram, ou se Engeprom lançaria nova classe de patrulhas de 500, entendeu??? Simplificamos para dar espaço para outros externaram suas opiniões sem se alonga, veja quanto espaço gastei aqui explicando.

Vovozao
Vovozao
Reply to  Vovozao
1 ano atrás

Marcelo R, complementando as informações: dados disponíveis Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN),
Ministério da Defesa 645 (milhões) – projeto HX-BR – aquisição de 50 helicópteros em execução para MB, EB, FAB
MB – 345 ( milhões) – para construção de navios
patrulha de 500t (no plural).
EB – 220 (milhões) aquisição de blindado(s) Guarani sem especificar quantidade.
FAB – 600 (milhões) projeto FX-2 – caças Gripen NG.

ALEXANDRE
1 ano atrás

345milhoes pra 1 navio patrulha ta de brincadeira…

Paulotd
Paulotd
1 ano atrás

345kk deve ser pro Napa500, uma 4/5 unidades pelo menos feitos lá na Inace, que está atrasando mas ao menos está entregando.

carvalho2008
carvalho2008
1 ano atrás

teste

Cleber
1 ano atrás

E os Iveco 4×4 que venceram a licitação do EB , vem quando ?

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Cleber
1 ano atrás

Vc foi na mosca Cléber,acabei de lembrar dos LMV’s os quais fazem parte do projeto Guarani, então podem ser os primeiros.

Marcelo R
1 ano atrás

Saudações, caríssimo Vovozão!!! Mais uma vez, o que é escrito é: “A primeira emenda da comissão destina R$ 654 milhões ao Ministério da Defesa para a aquisição de helicópteros. A segunda encaminha R$ 345 milhões à Marinha para a construção de um navio patrulha. A terceira destina R$ 222 milhões ao Exército para compra de 25 veículos blindados.” Agora eu faço o meu comentário: Portanto verifica-se que não sabemos se é para terminar de construir os navios do EISA ou para construir uma nova classe, nem quantos são para ser construídos. Mas o dinheiro é um valor elevado para ser… Read more »

Souto.
Souto.
1 ano atrás

Pessoal dos navios patrulha classe Macae o Maracanã sera concluído no AMRJ
a marinha abriu licitação para transportar os cascos que estão no Eisa para o AMRJ
agora se serão concluídos so Deus sabe, faço aqui um pedido ao Luiz Monteiro e ao XO
que são oficias de alta patente da MB para que nos informe algo a respeito??

Nota, Em dezembro a marinha vai abrir licitação para construção do novo
navio paytrulha 500 BR que é um navio melhor que os Macae projetado pelo CPN.

Haroldo Fiocco
Haroldo Fiocco
1 ano atrás

É, aqui só temos um texto jornalístico. Para sabermos ao certo a que itens com detalhamento técnico de cada modelo referente a cada verba de cada pasta (ministério, FAB, Marinha, EB) teríamos de ter acesso ao texto completo da Emenda, se é que isto está descrito no tal texto.

Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Temos que acelerar os patrulhas de 500 ton. É o que temos no momento para reforço na defesa do litoral. Por oportuno devemos atualizar seus armamento, tipo o que colocaram na USN, classe Cyclone. Um reparo lançador de Darter AA vai bem ao invés dos Sidewinder do Cyclone.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
1 ano atrás

Entrei no site da CREDN e encontrei algumas respostas: COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL 55ª Legislatura – 4ª Sessão Legislativa Ordinária RESULTADO DA REUNIÃO ORDINÁRIA EM 10/10/2018 LOCAL: Anexo II, Plenário 01 HORÁRIO: 10h A- SUGESTÕES DE EMENDAS À LOA/19 (PL 027/2018-CN) APROVADAS NA COMISSÃO: 01. Sugestão de Emenda nº 01 (apropriação) – destinada ao Ministério da Defesa Descrição da Ação: Aquisição de Helicópteros para Emprego das Forças Armadas. APROVADA A SUGESTÃO DE EMENDA Nº 01 02. Sugestão de Emenda nº 02 (apropriação) – destinada à Marinha do Brasil Descrição da Ação: Construção de Navios-Patrulha de 500… Read more »

Luiz Floriano Alves
1 ano atrás

Os recursos aparecem, como conta gotas. Para a defasagem de nossos meios navais o comprometimento orçamentário teria que ser mais expressivo. Pena que não citam números nessa matéria.