Home Apoio Logístico RFA Fort Victoria termina grande reforma

RFA Fort Victoria termina grande reforma

5004
11
RFA Fort Victoria

O navio de abastecimento RFA Fort Victoria está agora a caminho de Faslane depois de deixar Birkenhead, a fim de se preparar para novas comissões, diz a Marinha Real Britânica.

Em julho de 2017, o Fort Victoria retornou ao Reino Unido após um longo período de desdobramento de 26 meses, muito do qual foi gasto a leste de Suez em apoio a operações anti-pirataria. Isto incluiu o Mar Egeu em abril de 2016, rendendo o RFA Mounts Bay.

Após seu retorno, o navio passou por uma série de modificações no Cammell Laird Yard, próximo a Liverpool, para permitir que o navio apoie o porta-aviões HMS Queen Elizabeth, e também para atingir os requisitos de redução de poluição por petroleiros.

De acordo com um comunicado da Royal Navy:

“Desde janeiro, os construtores navais e técnicos acrescentaram cascos protetores extras aos tanques de combustível – usados ​​para reabastecer navios menores do que os porta-aviões, que têm os navios classe “Tide” para reabastecê-los (dois reabastecimentos do Queen Elizabeth esvaziam os tanques do Fort Victoria). Mais importante, o navio de abastecimento tem 3.377 metros cúbicos de espaço para a munição – de armas de pequeno porte até mísseis ar-ar e bombas guiadas a laser Paveway para os caças stealth F-35 Lightning – mais de 2.941 metros cúbicos de espaço para carga seca (peças de reposição, motores sobressalentes, alimentos).

Se o seu cérebro não trabalha em metros cúbicos, isto é munição suficiente para preencher 100 contêineres de navios e cargas secas para mais de 85 contêineres de 20 pés. As plataformas que são usadas para transferir as munições/cargas pelo jackstay foram adaptadas para que possam ser usadas com os novos porta-aviões.

A tripulação voltou a bordo no início de agosto para começar a se preparar para levar o RFA Fort Victoria de volta ao mar, tendo que provar à organização Flag Officer Sea Training (FOST) que eles podem operar o navio com segurança e lidar com quaisquer emergências e baixas a bordo”.

FONTE: UK Defence Journal

11 COMMENTS

  1. 16/11 – sexta-feira, btarde, o Fort victory e um transportador mais antigo que wave Euler, aparentemente na mesma função, só não sei se o mesmo pode transportar gêneros alimentícios frescos como o Euler. Acho que para a MB seria melhor o Wave ruler

  2. Foi modernizado para ser compatível com os Porta Aviões… Já postei imagens do sistema em outro tópico. Eles criaram até um centro de treinamento em terra para treinar transferência de carga com este sistema. Coisa top de linha. Primeiro mundo.
    .
    Também foi modernizado pq eles ainda não compraram os três novos Fleet Solid Suport Ship.
    .
    A Royal Navy de hoje foi pensada praticamente a 20 anos… Não compraram só os dois Porta Aviões. Tem os caças na conta, Merlin AEW, 4 Classe Tide, os 3 Fleet Solid Suport Ship… E assim segue o plenejamento de Marinha, que leva em conta o todo, não um navio de forma isolada como se fosse o salvador e resolvedor de todos os problemas. Marinha é o conjunto…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here