Home Indústria de Defesa WEG e Praxis firmam cooperação no consórcio Damen Saab na licitação da...

WEG e Praxis firmam cooperação no consórcio Damen Saab na licitação da Marinha do Brasil

10387
22
Sigma 10514 Tamandare - imagem Damen Saab Wilsons
Sigma 10514 Tamandaré – imagem Damen,Saab e Wilson Sons

No dia 13 de dezembro de 2018, a WEG Equipamentos Elétricos e a Praxis Automation Technology, empresa holandesa na área de automação e navegação, assinaram um memorando de entendimento para trabalhar em conjunto com a Damen e Saab na licitação promovida pela Marinha do Brasil para a construção de quatro corvetas classe Tamandaré.

Com o acordo, a Praxis e a WEG serão parceiras no fornecimento do Sistema Integrado de Gerenciamento de Plataforma (IPMS).

A assinatura foi feita nos escritório da Damen Schelde Naval Shipbuilding, na Holanda, e contou com a presença de colaboradores da Damen, SAAB e do parceiro estratégico brasileiro, Wilson Sons Estaleiros.

A Praxis e a WEG possuem um comprovado histórico de cooperação no Brasil, com a instalação de equipamentos em mais de 40 embarcações entregues pela Wilson Sons Estaleiros e projetadas pela Damen, incluindo a construção do primeiro PSV diesel-elétrico do Brasil.

A Praxis desenvolve, fabrica e distribui equipamentos inovadores de automação e navegação, enquanto a WEG é uma empresa brasileira de tecnologia que, entre muitas outras atividades, atua na área de automação industrial.

FONTE: Portos e Navios

22
Deixe um comentário

avatar
18 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
21 Comment authors
Leonardo AraújoJames Marshallsergio ribamar ferreiraLeonardo M.Josué Ferreira da silva Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
FERNANDO MARTINS
Visitante
FERNANDO MARTINS

Ótimo. quanto mais cooperação com essa gente, melhor. WEG é top. Vem SAAB.

Burgos
Visitante
Burgos

Vai dar Saab na kbeça !!!
Não tenham dúvidas disso !!!

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Tbm estou crendo nisso. Até já aprovaram projeto de modernização/adequação do estaleiro Wilson Sons Guarujá 1 pelo FMM no valor de 24 milhões pra melhor atender ao projeto CCT.

Jr
Visitante
Jr

Ainda acho que a tkms é favorita, vamos ver se eles conseguiram convencer o pessoal da MB que foram lá depois da Euronaval

Roberto Bozzo
Visitante
Roberto Bozzo

Também torço pela dupla Damen/Saab, mas a TKMS, pelo projeto apresentado até agora, será um concorrente de peso.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Eu vou torcer para Marinha do Brasil escolher a Fincantieri porque o projeto e nacional e no futuro se navios dessa classe forem vendidos pela fincantiere a outros países o dinheiro vem para a MB também …

jose luiz esposito
Visitante
jose luiz esposito

Quero ver outros países as comprando , um projeto medíocre , precisamos de MEIOS NAVAIS , e não Vitrines de lojas de Comércio de Embarcações !

Robsonmkt
Visitante

Na verdade é a vitrine de loja de comércio que garante a existência de uma indústria naval de defesa viável pois nenhuma web sustenta somente com encomendas de sua própria Marinha.
E sem uma indústria naval que se sustente, a NB estará sempre dependendo de fornecedores que nem sempre terão boa vontade para atender um cliente eventual e de pequeno volume como é a MB.

Luís Henrique
Visitante

Eu torço pela TKMS.

Marcelo Bardo
Visitante

SAAB/DAMEN são a melhor escolha.

Filipe
Visitante
Filipe

A Gowind, com a novo proposta de 3 mil Toneladas deve ser a melhor

Davi Pereira
Visitante
Davi Pereira

Estou torcendo pela Gowind. Pois, me parece melhor equipada.

Br
Visitante
Br

Bem que poderiam aproveitar a WEG e adotar uma propulsão híbrida, mesmo aumentando o custo de aquisição, o custo operacional seria bem menor, mas agora já é tarde, não temos tempo para isso.

Bruno
Visitante
Bruno

Li hoje na pagina do facebook da SAAB que eles fecharam uma parceria para a construção de partes dos futuros navios na fabrica da AKAER, os caras estão jogando pesado, difícil perder essa!
Pessoal do blog corra atrás da notícia e poste ai, se der eu coloco ela aqui.
Abraço.

OCT
Visitante
OCT

Um estaleiro com tal peso estratégico mais o histórico de construções com as demais empresas do consórcio, pode fazer a diferença.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Eu torço para que a MB escolha o melhor projeto.

Josué Ferreira da silva
Visitante

A Afincantiery sem dúvida alguma é o melhor projeto, e com certeza será a escolhida.

Josué Ferreira da silva
Visitante

Só a vinda do ministro da defesa da Itália ao Brasil, e do desenvolvimento social, ao estado de Pernambuco e assinar junto com o governo, várias comperacao de projetos sociais, ambientais, Cultura,e lazer já diz tudo.

Leonardo M.
Visitante
Leonardo M.

Muita gente torcendo para time A ou B
Eu só tô torcendo para assinar logo isso

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. José Luz . Sei que sua intenção e argumentos são bons(visão de propriedade nacional) .Porém devo lembrá-lo ao prezado que foram décadas de descaso com as Forças Armadas. Por mim teríamos 10 corvetas mais 10 fragatas e 15 submarinos, mais outras belonaves como minagem e varredura. etc Mas depende da MB, MD e dinheiro disponível. Foi um descaso, uma corrupção e desvio de dinheiro público sem precedentes. Daí uma das causas da quebradeira ,( que não é de hoje) de nossa Indústria de Defesa. Sr Robsonmkt possui razão. Peço desculpas, e grande abraço reitero meus respeitos

James Marshall
Visitante
James Marshall

Quem ”SAAB” logo logo teremos nossas novas escoltas.

Leonardo Araújo
Visitante