Home Indústria de Defesa Submarinos Scorpène da Índia ainda estão sem torpedos modernos

Submarinos Scorpène da Índia ainda estão sem torpedos modernos

6630
26
INS Kalvari, primeiro Scorpène indiano

Houve pouco progresso na aquisição de novos torpedos pesados ​​para a frota submarina da Marinha Indiana

O primeiro submarino de míssil balístico de ppropulsão nuclear da Marinha Indiana (SSBN), INS Arihant, e o submarino diesel-elétrico (SSK) da classe Scorpène (SSK) INS Kalvari ainda não carregam torpedos pesados devido a um longo processo de aquisição que começou há mais de uma década.

Os torpedos são os principais sistemas de armas de um submarino para atacar e defender-se contra submarinos de ataque inimigos e navios de guerra de superfície. Por enquanto, submarinos da classe “Arihant” e da classe “Kalvari” devem estar armados com torpedos mais antigos e menos eficazes, deixando a força submarina da Índia mais vulnerável a ações inimigas no caso de um conflito no futuro próximo.

O Ministério da Defesa indiano (MoD) deverá discutir a aquisição de novos torpedos durante uma reunião de alto nível nos próximos dias, de acordo com relatos da mídia indiana. “Espera-se que uma reunião de alto nível do Ministério da Defesa discuta a proposta de adquirir torpedos pesados ​​para o submarino nuclear INS Arihant e os submarinos da classe “Kalvari” da Marinha Indiana”, disse uma fonte da Marinha Indiana. como dito pela ANI News em 30 de janeiro.

No entanto, os observadores da defesa não acreditam que isso leve a um processo de aquisição acelerado. O MoD indiano emitiu seu último pedido de informações há mais de um ano, mas até agora não emitiu uma proposta oficial. A Marinha Indiana está atualmente avaliando o torpedo alemão SeaHake e o francês F21 Artemis. O MoD cancelou um pedido de 98 torpedos do Black Shark em 2017, após um escândalo de corrupção envolvendo a compra de helicópteros.

INS Khanderi, o segundo Scorpène indiano

O torpedo Black Shark era especificamente para ser adquirido pela Marinha Indiana para serviço a bordo dos submarinos da classe “Arihant” e “Kalvari”. De acordo com funcionários do MoD, tem havido alguma discussão sobre a revitalização do negócio do Black Shark.

A Marinha Indiana também encomendou 73 torpedos pesados Varunastra de 533 milímetros (21 polegadas) de producão autóctone, embora não esteja claro quando a produção em série do novo sistema de armas terá início. A Bharat Dynamics Limited obteve uma licença para fabricar o torpedo Varunastra da Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa da Índia (DRDO) em abril passado. O torpedo é atualmente adotado para os tubos de torpedos dos submarinos diesel-elétricos classe “Kilo” (classe “Sindhughosh”).

Notavelmente, o Varunastra, juntamente com o estoque existente de torpedos da Marinha Indiana, não pode ser disparado da classe “Arihant” ou classe “Kalvari” sem modificações nos tubos de torpedos e no software. Não está claro se essas modificações estão atualmente em curso no primeiros de suas classes, INS Arihant e INS Kalvari.

Torpedo Black Shark
Torpedo Black Shark
Torpedo Varunastra
Torpedo Varunastra
Torpedo F21 Artemis sendo embarcado em um submarino Scorpène
Torpedo SeaHake

FONTE: The Diplomat

26
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
17 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
GeneralSofáEdsonKemenEufraziowilliam Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
kevinbuenuu
Visitante

Mesmo assim assim, a Índia, um país com população pobre, consegue tecnologia e dinheiro para operarem submarinos lançadores de mísseis balísticos, e também ICBM’s (se não me engano). Os indianos levam a sério as forças armadas.

Maus
Visitante
Maus

Eles tem muito motivo para isso.

kevinbuenuu
Visitante

Maus, se refere a China?

Cangaceiro
Visitante
Cangaceiro

Índia e seu vizinho Paquistão já travaram 3 guerras, e vivem num estado de beligerância permanente desde a independência de ambos os Estados, antes, domínios ingleses.
Somando-se a isso temos o expansionismo Chinês ali ao lado!

É como se já tivéssemos travados 3 guerras com a Argentina, e a Colômbia fosse a Russia!

Luiz Floriano Alves
Visitante

Fabricar submarinos e não fabricar os torpedos e mísseis que o barco requer é meio Kafkiano. Não há logica em termos a arma e não termos a munição. Os modernos torpedos inteligentes são obras prima de engenharia. Sua guiagem, a considerar o que os russos alardeiam, está muito adiantada. O torpedo pode ter um raio de ação enorme e atingir alvos a ,ilhares de km. do lançador. Isso revoluciona a guerra submarina. Aquela cena do capitão virar o boné e cruzar os fios do retículo em cima do alvo está para istórias do passado.

Delfim
Visitante
Delfim

Luiz, o BR fabricará caças e não fabricará seus mísseis.
Desde que haja um estoque forte de torpedos, pode nem precisar, e até custe menos.

Jorge Augusto
Visitante
Jorge Augusto

É claro, se eles não levarem a sério serão consumidos pela China ou explodidos pelo Paquistão.

kevinbuenuu
Visitante

Tinha ouvido sobre tais tensões com a China por causa de território, mas essa sobre o Paquistão eu não sabia, parece que a coisa tá feia pra Índia então, com desavenças com 2 vizinhos, pobre nação.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Kevin. A Índia e o Paquistão estão em conflito desde que conquistaram a independência da Inglaterra. O fileme “Gandhi” retrata bem a origem do conflito.

Luis Antonio Marcello Senger
Visitante

Com relação ao Pakistão estás apenas desatualizado uns 60 anos , mas tudo bem! kkkk

Paulo Siqueira
Visitante
Paulo Siqueira

Kevin,o Paquistão era uma província pertencente à Índia e logo após a independência da Inglaterra ,esta província declarou também a sua independência do estado indiano ,por ter a sua população majoritáriamente muçulmana.Já a Índia hinduísta, por razões óbvias não aceitou a cisão,e logo iniciaram os conflitos.

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Não sei o motivo do porquê esse vacilo deles, mas, considerando-se que eles tem o Paquistão no cangote e a China alí do lado, é um grande erro.
Pergunta off-topic, mas e aquele sub nuclear indiano que submergiu com a escotilha aberta, já voltou a ativa?

Marcos
Visitante
Marcos

It was most probably a false flag There is only one service hatch on the hull ( other than the ones in the conning tower ) Arihant is a double hull submarine and any hatches for the matter are of the interlocking types with close looped safeguards. It is not possible to get the submarine to dive untill and unless all hatches are closed and the same is reflected in the command centre , the inbuilt security protocols won’t allow it , also audio and visual warnings in the command centre won’t stop beeping. Unless the Indians are smart enough… Read more »

Sérgio Melo
Visitante

Gozado é aquele croc no casco. Parece o tal chinelo. Para que será aquilo?

Flamenguista
Visitante
Flamenguista

É tipo aqueles carros antigos “saia e blusa”

Roberto Dias
Visitante

A tinta vermelha é para proteção submarina, ela evita o surgimento de “cracas”, que ficam grudadas no casco. A parte preta não precisa porque fica emersa a maior parte do tempo, matando os bichos, kkkk. E a parte preta também deve ser preta por razões de camuflagem.

Marcos
Visitante
Marcos

Indian defence writers are clueless about own defence programmes

Varunastra heavy weight wire guided torpedo is a ship launched torpedo.

How is the Indian reporter expecting a ship launched torpedo to be launched from a submarine ? Idiot

All other indian torpedoes Light advanced torpedo (TAL), Shakti thermal torpedo are ship and helicopter launched.

The only submarine launched torpedo EHWT (Electrical Heavy Weight Torpedo) fiber optic wire guided 533mm x 6.4m submarine launched torpedo is still under development trials.

wwolf22
Membro
Noble Member
wwolf22

Eh viavel/possivel ter 4 tipos ou mais de torpedos pesados operando ao mesmo tempo no submarino??

Luiz Floriano Alves
Visitante

Delfin
O Brasil vai ter uma linha de montagem de caças. A fabricação dos itens vitais será feita no exterior. Os motores, radar, telecomunicações, canhão, misseis, assentos ejetáveis, geração de oxigênio até o alumínio especial da estrutura será será fabricado fora. A Suécia fabrica os motores, a eletrônica, armamentos, gera software etc…Pode dizer que fabrica. Acho. Abço.

Edson
Visitante
Edson

Ou seja o caça quase todo,pelo menos as partes que realmente importam

Marcos
Visitante
Marcos

Yes provided that the torpedoes fire-control system used for feeding fire-control solutions into the torpedoes mission computer is compatible with the submarines onboard combat management system.

But certifying a torpedo FCR and integrating the same with the submarine CMS is a costly and time consuming effort.

Therefore generally one or two types of torpedoes are certified to be fired from a submarine.

william
Visitante
william

Alguém tem o comparativo desses torpedos?

Eufrazio
Visitante
Eufrazio

Me ficou uma dúvida os nossos submarinos atuais tem torpedos para guerra. Ou só para treinamento ???

Kemen
Visitante
Kemen

O PIB da India é maior que o do Brasil (sétimo no mundo) o que acontece é que quem nasceu pobre na india morrera pobre, pouquissimas chances e oportunidades de mudar o futuro e os indianos aceitam isso normalmente, pois era um pais que classificava a população em “castas”. Apesar do dominio britanico e algumas poseções portuguesas a cultura indiana permaneceu predominante na população. Essa compra de torpedos que não ocorreu é ridicula, se gasta uma fortuna com os submarinos e não se compram os torpedos modernos.

Marcos
Visitante
Marcos
GeneralSofá
Visitante

Situação parecida com o Brasil se a FAB não comprar um novo míssel BVR para o Gripen