Home Asas Rotativas EsqdHA-1 recebe dois helicópteros AH-11B ‘Wild Lynx’

EsqdHA-1 recebe dois helicópteros AH-11B ‘Wild Lynx’

5349
23
Aeronave AH-11B (N-4001) no Hangar do EsqdHA-1
Aeronave AH-11B (N-4001) no Hangar do EsqdHA-1

O 1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque recebeu, em 22 de janeiro, os dois primeiros helicópteros “Wild Lynx”, designados de AH-11B na Marinha do Brasil. A partir deste momento, será iniciada a fase de montagem e aceitação final das aeronaves, dando prosseguimento a mais uma etapa do contrato com a empresa “Leonardo Marconi Westland” para modernização de oito AH-11A.

Entre os diversos sistemas modernizados, destacam-se a instalação de novos motores CTS-800-4N, Glass Cockpit compatível com Night Vision Goggles, novo sistema tático e de navegação, sistema de autodefesa que inclui lançadores de chaff e flare e novo equipamento MAGE-RWR, os quais possibilitarão um grande salto tecnológico e de conhecimento ao EsqdHA-1.

Após a transferência para o Setor Operativo da Marinha, as duas aeronaves iniciarão o processo de transição dos pilotos, fiéis e mecânicos do EsqdHA-1, os quais necessitarão se qualificar no novo modelo tornando-se aptos para cumprir as diversas missões desta Organização Militar como parte componente do sistema de armas dos Navios de Superfície da Esquadra.

"Glass Cockpit" das aeronaves modernizadas AH-11B
“Glass Cockpit” das aeronaves modernizadas AH-11B

FONTE: Marinha do Brasil

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa
Leandro Costa
1 ano atrás

Excelente notícia!

edcarlosprudente
edcarlosprudente
1 ano atrás

Além dessas oito células existem outras capazes de receber essa modernização, pois é uma aeronave impressionante e necessária para as futuras escoltas.

Saudações

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Ficou Show.
Não sei se procede, mas caso haja seria interessante MB adquirir mais algumas células deste equipamento e implantar a mesma modernização nessas novas células.
Ainda vejo a enorme necessidade de um pacote de sistemas de armas e EW nacional para emprego nas aeronaves das FAA,s.
Quem sabe uma versão aérea do MAGE Defensor etc.

Top Gan Sea
Top Gan Sea
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Lembrando que a Royal Navy possui um lote a venda mas infelizmente o novo comandante não gosta de compras de oportunidade.

Vicente Roberto De Luca
Vicente Roberto De Luca
Reply to  Top Gan Sea
1 ano atrás

Inicio de gestão! Vamos aguardar as necessidades se sobrepujarem ao $$$.

cwb
cwb
1 ano atrás

helicóptero novo ou modernizado combina com navio novo….
esperamos boas novas nessa área também.
mesmo assim bravo zulu para a marinha e seus tripulantes.
já está definido os armamentos para guarnecer a aeronave?
abraço a todos!

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

Ficou filé, helicóptero pra mais uns 25 anos de uso!!!

TeoB
TeoB
1 ano atrás

Muito bom! com certeza é um salto de qualidade!
Espero que no futuro sejam adquiridos alguns Lynx Wildcat para os escoltas, alguns seahawk alem e alguns de meios de ataque para o Alântico já que parece que vai ser diminuída a compra dos super cougar…

Adriano Luchiari
Reply to  TeoB
1 ano atrás

Eu não acredito que virão Wildcats, os AH-11B servirão bem como aeronave orgânica de escoltas por um bom tempo. E as novas escoltas que certamente virão terão convoo e hangar dimensionados para comportar os Seahawks também.

Paulo costa
Paulo costa
1 ano atrás

Todos os Lynx deveriam passar por esse processo de modernização e também a MB podia tentar comprar mais alguns para quando as novas corvetas e fragatas chegarem

Celso
Celso
Reply to  Paulo costa
1 ano atrás

todos nao, somente 8

Paulo costa
Paulo costa
1 ano atrás

Todos os Lynx deveriam passar por esse processo de modernização e também a MB podia tentar comprar mais alguns para quando as novas corvetas e fragatas chegarem

Adriano Luchiari
Reply to  Paulo costa
1 ano atrás

Consta que a MB destinou as melhores células, e da versão mais recente para a modernização. Ficarão de fora os de uma versão anterior que foram atualizadas para o padrão “A” há alguns anos.

Flanker
Flanker
Reply to  Adriano Luchiari
1 ano atrás

Adriano, um breve resumo: – Os primeiros Lynx da MB foram recebidos em 1978. Foram 9 células novas de fábrica, denominadas SAH-11 e matriculadas do número N-3020 ao N-3028; – Em 1994, restavam 5 dessas células em operação (N-3021, N-3023, N-3025, N-3026 e N-3027). Foi decidida a aquisição de mais 9 células, essas da versão Super Lynx, novas de fábrica. Ao mesmo tempo e, no mesmo contrato, foi contratada a modernização das 5 células originais do Lynx, igualando-as aos 9 Super Lynx novos. As células novas receberam as matrículas N-4001 a N-4009 e as células modernizadas foram rematriculadas como N-4010… Read more »

Adriano Luchiari
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Obrigado Flanker!

Dalton
Dalton
Reply to  Adriano Luchiari
1 ano atrás

Adriano ou mais alguém interessado… . do primeiro lote de 9 aeronaves adquiridos em 1978, 4 foram perdidas em acidentes e as cinco restantes foram modernizadas no padrão “Super” em meados da década de 1990 e dessas 5, 2 foram selecionadas agora para nova modernização. . Do segundo lote de 9 aeronaves adquiridos na década de 1990, 2 foram perdidos em acidentes e um não valia a pena modernizar, porém os 6 remanescentes foram selecionados para modernização. . Então se tem 2 aeronaves do primeiro lote e todas as 6 sobreviventes do segundo lote totalizando os 8 que são alvo… Read more »

Adriano Luchiari
Reply to  Dalton
1 ano atrás

Obrigado Dalton!

Agnelo
Agnelo
1 ano atrás

Excelente!!! Parabéns, Marinha do Brasil!!!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Muito bom!!

Wellington
Wellington
1 ano atrás

Houve apenas atualização dos sistemas eletrônicos? Ou houve revitalização da célula tmbm?

Juarez
Juarez
Reply to  Wellington
1 ano atrás

Para colocar o novo motor no berço aonde ficava o antigo e me exsario reforçar toda a estrutura, inclusive a que fixa a transmissão e o mastro do hélices. Caso contrário teríamos uma nova Kombi no inventários.
Ficou muito bom e foi bem gerenciado. Vão ser eles e os SH que vão carregar o piano por um booooom tempo.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 ano atrás

Show de bola. O esquadrão HA-1 merece ter esses tipos de aeronaves. Perdemos um NaeL para ganharmos helicópteros excepcionais de ataque. Nem tudo tá perdido.

Elton
Elton
1 ano atrás

Excelentes helicópteros da MB e o atrito , perdas operacionais que tiveram ao longo dos anos revela a sua importância para a esquadra e o ambiente inóspito que suas tripulações enfrentam quando em suas missões embarcadas.