Home Feira de Defesa Saab apresenta o 9LV CMS na LAAD 2019

Saab apresenta o 9LV CMS na LAAD 2019

4992
39
Sistema de gerenciamento de combate Saab 9LV
Sistema de gerenciamento de combate Saab 9LV

A LAAD International Defence and Security é considerada, pela Saab, um importante espaço para encontrar potenciais parceiros, clientes, e para apresentar suas principais soluções. Entre os destaques estará o Sistema de Gerenciamento de Combate 9LV CMS.

O 9LV CMS oferece um sistema C4I completo (Comando, Controle, Comunicações, Computadores e Informação) para todos os tipos de plataformas navais. Fornece à equipe de comando excelentes capacidades operacionais, suportando todo tipo de missão, desde as manobras no litoral quanto em mar aberto, sendo empregados em diversas plataformas navais, desde os navios-patrulhas, corvetas e fragatas, submarinos e navios de grande porte.

Além de adequar-se a todos os tipos de plataformas, o sistema 9LV oferece integração de qualquer subsistema ou armas selecionadas pelo cliente, seja ele desenvolvido pela Saab, por terceiros, ou a combinação de ambos. O 9LV CMS também fornece apoio para interoperabilidade e operações de cooperação como parte de uma força internacional. Entre outros atrativos que oferece, está o suporte ao treinamento da equipe, gravação e avaliação.

O 9LV é baseado em uma arquitetura aberta modular, o que dá ao cliente a liberdade de escolha e a vantagem de ter um sistema naval C4I flexível, totalmente adaptável às necessidades e exigências específicas, conectando ainda qualquer arma a qualquer sensor.

O Sistema de Gerenciamento de Combate 9LV da fragata HMAS Perth da classe Anzac
O Sistema de Gerenciamento de Combate 9LV da fragata HMAS Perth da classe Anzac

Além do 9LV, a Saab, como uma empresa completa de defesa e segurança, leva para a LAAD sua ampla gama de produtos de reconhecida qualidade e de conteúdos tecnológicos comprovados, para atender às necessidades das três forças: Marinha, Exército e Aeronáutica. Dentre os produtos, estão:

  • Caça Gripen, incluindo réplica em tamanho real e simulador
  • Navio de contramedida de minagem – MCMV
  • Sistemas de radares de aplicação naval
  • Família de radares de superfície
  • Sistemas de controle de armas
  • Veículo submarino operado remotamente – Double Eagle
  • Sistema de Gerenciamento de Combate – 9LV CMS
  • Sistema de mísseis antinavio – RBS 15
  • Sistema Míssil de Baixa Altura Telecomandado – RBS 70 NG
  • Soluções para treinamento e simulação
Navio de contramedida de minagem – MCMV
ROV Double Eagle da Saab
Míssil antinavio RBS 15

A LAAD acontece entre os dias 02 e 05 de abril, no centro de exposições Riocentro, no Rio de Janeiro (RJ). A Saab apresentará suas soluções no Pavilhão 3, estande J.10.

DIVULGAÇÃO: Saab/MSLGROUP Publicis Consultants

39
Deixe um comentário

avatar
14 Comment threads
25 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
29 Comment authors
Carlos CamposWilliam MunnyHumbertoDaltonJunior Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
TeoB
Visitante
TeoB

Realmente o sistema é muito interessante!
a Saab tem ótimas soluções tanto em hardware como em software..
meio fora do assunto mas eu sempre me questiono e perdoem-me a ignorância sobre o assunto, mas por que as pontes das belonaves mais modernas não são localizadas próximo ou abaixo da linha da água? e assim totalmente digitais? poderiam ser feitas para oferecer mais proteção a tripulação e ainda sobraria espaço para mais sistemas na parte onde são localizadas as pontes, como sensores e armamentos.

Fernando XO
Visitante
Fernando XO

Teo, o passadiço (termo que usamos na MB) é a estação onde são realizadas as manobras do Navio… atracação e desatracação, aproximação e manutenção em posição durante fainas de transferência, operações aéreas etc… carece, portanto de um visual do ambiente externo… já o COC (Centro de Operações de Combate) é a estação de onde é determinado o emprego tático do Navio… daí ficar localizado alguns conveses abaixo do convés principal… acrescento que essas estações são complementares, permitindo ao Comando um idéia clara da situação tática… em uma analogia simples, no COC, temos um visual “de cima” (por meio dos displays… Read more »

TeoB
Visitante
TeoB

Sim me referia ao passadisso…

mollzi
Visitante

Nas classe Niterói, dos anos 70, o COC fica acima da linha d’água, mas em PC o comandante pode se deslocar para um compartimento (mestra da giro) que fica abaixo e no centro do navio protegido de onde tem informações e pode seguir no controle.

Guacamole
Visitante
Guacamole

Não entendo nada de navios, mas eu chutaria ser por causa da estanqueidade.
Um míssil anti-navio que perfure o casco na linha da água acabaria inundando tudo o que estiver abaixo d’água (vasos comunicantes) e se a tua ponte estivesse situado nesse local, mesmo que não tivesse sido diretamente atingido, acabaria ficando inoperante justamente por causa da água.
Novamente, é apenas chute.

Fernando XO
Visitante
Fernando XO

Guaca, eu descrevi acima a razão para o passadio ser localizado acima do convés principal… sobre o seu comentário, navios de guerra são compartimentados para evitar exatamente esse cenário que você descreveu… claro que se for perdida a reserva de flutuabilidade, não tem porta estanque que segure… o navio vai para o fundo… abraço…

india-mike
Visitante
india-mike

O colega parece ter descrito um submarino, ou pelo menos um submarino da 1 guerra, que era mais um submersível do q um submarino propriamente dito. A maior parte das operações eram feitas na superfície, com basicamente apenas a vela e o canhão acima da linha d’agua, e com o benefício de poder se submergir totalmente por curtos períodos para obter uma furtividade extra.

filipe
Visitante
filipe

Então a DAMEN-SAAB venceu ? hoje esta todo mundo ancioso com a noticia do vencedor das CCT, tem muitas torcidas aqui, SIGMA 10514, MEKO A100 , qual delas será vencedora ??? Vamos esperar para ver, que vença a melhor…

Luiz Floriano Alves
Visitante

A SAAB e a BAE estão investindo pesado no Brasil. A perspectiva é de que obtenham mais alguns bons contratos. Sabem o caminho das pedras e apresentam bons equipamentos.

filipe
Visitante
filipe

Mas com o PRosub e a base de Itaguai a Naval Group deu um salto bem maior do que todo mundo… quase 9 Bilhões de Euros investidos. Investimento bem pesado, sem esquecer a Thales com o Satelite SGDC I /II, sem esquecer os 50 EC-725 Super Cougar da Helibras, os franceses só perderam o FX-2 (Rafale) e se calhar as corvetas CCT (?????).

Adenio
Visitante
Adenio

Isso foi tempos atrás, outro governo alinhado a França…

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

sem esquecer que no pronae eles podem ser nossos parceiro na construção de nosso porta-aviões em 2030

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Ué? Era pra hj? Não é amanhã, dia 27?

Roberto Bozzo
Visitante
Roberto Bozzo

Estou ansioso pelo resultado da concorrência Tamandaré…outro forista havia dito que a MB cancelou o certame, vários pediram as fontes e todos os comentários foram apagados….

Alguém tem alguma notícia das Tamandarés ??? Foi agendado alguma coletiva de imprensa para o anúncio ?? Ou vão soltar somente uma nota ?

Joaquim Nilson
Visitante
Joaquim Nilson

Considerando todas as informações passadas sobre o L9V eu duvido que a SAAB perca a licitação, ja que o sistema de combate se prova capaz de operar em varios navios independente de armamentos e tipo do navio.
Ou seja isso representa uma oportunidade que a MB
não tem no momento: padronizar todos os sitemas de combate de seus navios (tirando o Atlantico e o Bahia).

Mauricio R.
Visitante

Já se esqueceu de que precisam por que precisam, arrumar serviço pra ESD não é exatamente fazer; mas justificar sua existência…

Chevalier
Visitante
Chevalier

E aí, qm venceu p0rr4?

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Todos os concorrentes tem chances iguais e nao tem essa favorito nao …
todos tem algo diferencial a oferecer

Almeida
Visitante
Almeida

Cadê o anúncio das CCT?

Leonardo
Visitante

Creio que sera na Laad 2019 dias 02/05 de Abril

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Estou ansioso! kkkkk

Marcos
Visitante
Marcos

Alguém leu uma matéria do Sputnik (sei que a maioria delas é furada) sobre o USS Harry S. Truman? Nela eles falam que a marinha americana pretende desativar essa embarcação a partir de 2020, mesmo ainda com pelo menos mais 20 anos de vida útil pela frente. Minha questão é, com a aproximação dos governos brasileiro e americano, não seria possível uma tentativa de compra por parte da MB? Se lá ela ainda teria mais 20 anos de vida útil, sendo constantemente utilizada em operações, aqui ainda teria uns 30. Sei que não é tão simples uma venda de uma… Read more »

Elcimar
Visitante
Elcimar

Nuclear.. esquece..a política americana proíbe essa transferência pra qualquer nação e pro Brasil o custo de manutenção e enorme, não compensa.seria subutilizado aqui. Não justificaria tal gasto.

Sandro
Visitante
Sandro

Os Franceses estão pensando em desativar o Charles Degaulle. Esse serviria para nós. Derrepente rola uma jogada ai, dos EUA, venderem o Truman para a França e nos ficamos com o Degaulle. Sonhar nao custa nada kkk.

Dalton
Visitante
Dalton

Marcos… . há quem queira sim descomissionar o USS Harry Truman, em 2024 para poupar bilhões de dólares no reabastecimento dos reatores nucleares e modernização de meia vida…então…mesmo que fosse colocado à venda alguém teria que pagar para “Newport News” para ele navegar outros 25 anos só que nenhuma outra marinha, além da US Navy operou um navio tão caro e uma “Ala Aérea” igualmente cara e certamente não será a marinha brasileira que irá começar. . No mais a ideia não é ruim…com o dinheiro gasto na modernização e reabastecimento dos reatores e o que se gastaria com ele… Read more »

Humberto
Visitante

Marcos, vamos por partes. Não li a matéria do Sputnik, mas sim, existe esta ideia. Leia sites mais especializados como: https://www.defensenews.com/naval/2019/02/28/house-seapower-chairman-early-aircraft-carrier-decom-is-a-non-starter/ No mesmo dá para ver que já houve uma tentativa de não realizar o reabastecimento (George Washington) no governo Obama. Já li em vários fóruns criticando esta medida, acho que o reabastecimento vai rolar, pois a pressão dos Estados é forte. Particularmente não acredito que o Brasil tenha musculatura para uma compra destas. 1- Não temos dinheiro, pois jamais seria dado de “graça”, no mínimo vão querer empurrar o reabastecimento (que demora 4 anos) do mesmo e custa alguns… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

Esperando o anuncio das Tamandaré!

Luiz Monteiro
Visitante
Luiz Monteiro

Aos amigos que indagam sobre as CCT:

No que tange à MB, a decisão já foi tomada. Agiarda-se agora a ratificação das “Instâncias Superiores” para anúncio.

Grande abraço

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Muito obrigado pela informação.

Não sei se o momento é adequado para o Presidente anunciar tamanho investimento, pois, infelizmente, muitos dirão que se o governo tem dinheiro para comprar navios, não tem que tirar dos aposentados.
Mas como o Bolsonaro faz o que dá na telha, talvez ele anuncie a decisão em breve.

Nilson
Visitante
Nilson

Imagino que as instâncias superiores vão ter que pensar muito entre divulgar ou não o vencedor nesse momento, devido à situação política governo x congresso. Imagine o efeito de, nesse momento conturbado, anunciar uma contratação de 8 bilhões em 8 anos, que comeria praticamente toda a economia de 10 bilhões em 10 anos constante da reforma previdenciária/reestruturação militar. Uma coisa não tem relação com a outra, mas a contemporaneidade das situações leva a uma ligação automática por parte da política e da imprensa… Bem, tomara que eu esteja muito errado e na LAAD seja possível anunciar o vencedor.

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Ele poderia anunciar o vencedor e postergar a assinatura do contrato

Nilson
Visitante
Nilson

Do ponto de vista do impacto perante os atores sociais, anunciar o vencedor ou assinar o contrato têm praticamente o mesmo efeito…O que pesa é o impacto da cifra, que inevitavelmente acompanhará o anúncio do vencedor.

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Eu estou achando que esse anúncio está demorando por uma razão que não é boa…espero que o presidente não seja desajuizado a esse ponto.

Junior
Visitante
Junior

Se esse anuncio não for feito no máximo durante a LAAD, pode começar a ficar preocupado, é sinal que a coisa tá mais feia do que aparenta. Vamos aguardar

filipe
Visitante
filipe

o mesmo de sempre… é sempre assim…

William Munny
Visitante
William Munny

Se não houver atrasos não é Brasil!

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Eu acredito que não devemos esperar para antes de Dezembro, espero que seja realmente no dia do Marinheiro, e tem a situação de que a Reforma da Previdência precisa passar, o povo não entende o que é navio de guerra, nem pra que ele serve, nem quando é caro ou quando é uma boa escolha, só vão ver o número que chega perto de 8 bi de reais.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Se bem que na compra dos Gripens o povo não ligou. Nem mesmo a imprensa fez campanha contra.
Às vezes a gente fica com medo e esse medo é infundado.

Nilson
Visitante
Nilson

Concordo, 90% dos medos não se transformam em realidade. O problema é descobrir onde estão os danados dos 10%…