Home Marinha do Brasil Marinha Portuguesa treina cenários de instabilidade e insegurança com cerca de 500...

Marinha Portuguesa treina cenários de instabilidade e insegurança com cerca de 500 militares

5193
6

A Força Naval Portuguesa partiu para o mar nesta segunda-feira, dia 8 de abril, iniciando assim a fase de mar do exercício INSTREX19/ALCANTARA19 que se prolongará até ao dia 12 do presente mês. Os principais objetivos do exercício realizado pela Marinha são o treino de operações litorais em grupo-tarefa promovendo as relações bilaterais com a Marinha Real Marroquina e o United States Marine Corps, que também participam no exercício.

O INSTREX19 é conduzido segundo um cenário de crise regional que requer a intervenção de uma força-tarefa multinacional para a realização de uma operação destinada a contribuir para a segurança, estabilidade e paz da região, ao abrigo de um mandato do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

A Força Naval Portuguesa integra diversos meios da esquadra, nomeadamente, a fragata NRP Corte-Real (Navio-chefe), o reabastecedor NRP Bérrio e os navios de patrulha oceânica NRP Figueira da Foz e NRP Viana do Castelo, contando também com a participação da fragata Marroquina RNM Sultan M. Ismail.

A bordo do navio-chefe estará embarcado o Comandante da Força Naval Portuguesa, Capitão-de-mar-e-guerra João Paulo Silva Pereira, e respetivo Estado-Maior.

Os referidos meios irão operar com uma Força de Fuzileiros Nacional (Força de Desembarque), uma Força de Fuzileiros do U.S. Marine Corps, o Destacamento de Ações Especiais e diversas aeronaves da Força Aérea Portuguesa.

Sendo este o primeiro exercício naval de 2019, o INSTREX19/ALCANTARA19 permitirá desenvolver as competências do Estado-Maior da Força Naval Portuguesa para a condução de operações navais, o treino de operações anfíbias e operações especiais, e, a interoperabilidade com as Marinhas dos Estados Unidos e de Marrocos.

A Força Naval Portuguesa contará aproximadamente com 492 militares no teatro de operações.

FONTE: Marinha Portuguesa

6
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
André BuenoTiago PederneiraPeter nine nineVitor SilvaSedrick Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Instabilidade e insegurança? Treinaram aonde? No Rio de Janeiro???

Vitor Silva
Visitante
Vitor Silva

Cara, treinaram nos alterosos mares dos Açores, juntamente com os marines e também com a Marinha Marroquina. São navios com requesitos NATO, então teem que ter elevados níveis de prontidão. Só para dizer que 24h sobre 24h existe 2 F-16C MLU com nível de prontidão máxima , quer dizer de 15 minutos. Ainda á pouco 2 F-16 Portugueses encaminharam um avião comercial civil que tinha saído das OGMA para BA 11 em Beja, depois de ter em ficados sem qualquer comunicações em completo desnorte , no entanto foram salvos de morte certa.

Tiago Pederneira
Visitante

Precisas de estudar só mais um bocadinho de geografia. Começares desde a escola primária deve chegar.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Hehehe 😉

André Bueno
Visitante

Prezados patrícios, o colega João Moita apenas fez uso de sarcasmo, colocando a cidade do Rio de Janeiro à baila por conta de sua assaz situação de insegurança.

Sedrick
Visitante

É tão bonito visto e lido deste prisma.