Home Marinhas de Guerra MODELISMO: Destróieres Zumwalt e Type 055 lado a lado

MODELISMO: Destróieres Zumwalt e Type 055 lado a lado

13075
34
Zumwalt e Type 055 (clique nas imagens para ampliar)

Foram divulgadas imagens nas redes sociais dos modelos dos super destróieres Zumwalt (DDG 1000) da Marinha dos EUA e do Type 055 (DDG 101) da Marinha Chinesa, navegando lado a lado.

As maquetes na mesma escala permitem comparar os maiores escoltas da atualidade. O Zumwalt desloca cerca de 15.000 toneladas carregado, enquanto o Type 055 chega a 13.000 toneladas.

Por outro lado, o Zumwalt tem 80 lançadores VLS para mísseis, enquanto o Type 055 tem 112 VLS.

A classe Zumwalt terá somente três navios de um total planejado de 32 unidades. Já o Type 055 tem seis navios em construção, com 8 unidades planejadas inicialmente.

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel
Gabriel
1 ano atrás

Quais seriam as vantagens e desvantagens de cada uma? Acredito que o deck maior é uma vantagem.

JPC3
JPC3
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

O Zumwalt tem propulsão silenciosa, é muito mas seguro contra submarinos em comparação com os navios tradicionais que usam técnicas de disfarce .

Salim
Salim
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

Fica claro quem cria e quem copia, vendo características de cada projeto a disparidade aumenta ainda mais, porem tudo tem um custo e neste caso ate marinha USA esta dando passo atrás.

Alessandro
Reply to  Salim
1 ano atrás

Olha, nem sempre quem cria é copiado em, mil vezes 20 Type-055 que 3 ferros de passar que n podem usar seus canhões como planejado, agora a USN tem q engolir

Eduardo
Eduardo
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

A assinatura de radar do Zumwalt é mínima, igual a de um barco pesqueiro.

Evandro
Evandro
1 ano atrás

O Zumwalt parece o Frank puxa penas rsrs

Maus
Maus
1 ano atrás

Não seria 16 mil toneladas?

Williams
1 ano atrás

Desde a concepção do zumwalt, não me sai da cabeça q ele foi projetado especificamente para o Railgun e os lasers(Lógico que no futuro todas as belonaves estarão dotados deste sistema).

Veiga 104
Veiga 104
1 ano atrás

Boa noite a todos. Na type da pra ver claramente as saídas dos mísseis,, mas não identifiquei por onde os mísseis da zumwalt são lançados. Alguém pode me esclarecer por favor. Desde já agradeço. Abraço.

H.Saito
H.Saito
Reply to  Veiga 104
1 ano atrás

Nas laterais, ao lado dos canhões e dos decks

Alessandro
Reply to  H.Saito
1 ano atrás

Tbm imaginei isso, parece que projetaram o navio e não tinha onde por os VLS, meteram onde dava kk

H.Saito
H.Saito
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

foi proposital, colocaram nas laterais para garantir poder de retaliação, caso um lado fosse atingido e os vls destruidos, o outro lado continuaria com capacidade de dispará-los, teoricamente falando.

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  H.Saito
1 ano atrás

Ou seja, para destruí-lo bastaria atacá-lo com mísseis por ambos os bordos e seus próprios VLS se encarregariam da destruição.

JPC3
JPC3
1 ano atrás

Poderia ter mais matérias dessas quando falta assunto.

Esteves
Esteves
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Olha…assunto é o que não tem faltado.

JPC3
JPC3
Reply to  Esteves
1 ano atrás

Sei, mas as vezes a trilogia posta umas notícias para criar polêmicas desnecessárias só para ganhar visualizações.

Giovane
Giovane
1 ano atrás

Queria uma matéria atualizada sobre como se encontra nossos escolhas e submarinos, quais em manutenção e ativos, reparos, modernização…

Aerokicker
Aerokicker
Reply to  Giovane
1 ano atrás

Tem no Naval matérias sobre que não têm um ou dois meses de idade. Só dar uma procurada.

Lucker
Lucker
1 ano atrás

Lindos mas fica a duvida , quem é mais poderoso?

Dario Renato
Dario Renato
Reply to  Lucker
1 ano atrás

Depende da missão. Apesar da proximidade de deslocamento estes navios não são exatamente comparáveis. Os Type055 estão mais para destroyers clássicos, como os Burke, apesar do deslocamento maior. Os Zumwalt até pouco tempo não tinham missão porque boa parte dos sistemas acabaram não sendo integrados. Armas como o AGS, que teve sua munição cancelada; SAM de longo alcance, que não foram instalados porque também não foram instalados os radares SPY-4; armas ASW orgânicas como torpedos também não fazem parte do projeto, dependendo de aeronaves para a missão, enfim, tudo isso degradou a capacidade da plataforma. Agora a USN decidiu remaneja-los… Read more »

Favaratti
Favaratti
Reply to  Lucker
1 ano atrás

Só numa guerra pra saber.

Dalton
Dalton
1 ano atrás

A ideia não foi ter apenas “dimensões maiores” e sim permitir a instalação periférica ao invés da linha central, uma melhor exaustão de gases e
menor manutenção entre outros.

carvalho2008
carvalho2008
1 ano atrás

O zumwalt era para ser o Iowa do século 21, os novos battleships….mas seu armamento principal foi pro saco e dinamitou o sentido do conceito É um senhor navio, superlativo em varias características, mas ficou um gigante sem espada….que usa apenas escudo… Óbvio que ainda assim é um dos mais bem armados na atualidade, mas este mesmo tipo de armamento pode responder com melhor custo beneficio nos cascos tradicionais e assim ser produzidos nas qtdes necessárias Noves fora, navios mais baratos podem fazer a mesma missão… É o F22 naval….o melhor de todos sem dúvida, mas num custo que ficou… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  carvalho2008
1 ano atrás

O “Iowa” foi pensado para combater outros encouraçados, depois graças a sua maior velocidade tornou-se escolta para NAes e quando reativados nos anos 1980, tornaram-se capitânia de grupos de combate de superfície e eventualmente poderiam ser usados no bombardeio de posições terrestres. . O “Zumwalt” foi pensado desde o início para apoiar operações terrestres com seus 2 canhões de 155 mm e o embarque de cerca de 60 mísseis “Tomahawks”o que é mais que o dobro do número embarcado em “Arleigh Burkes” normalmente. . No fim das contas o alcance dos canhões ficou aquém do esperado e com o cancelamento… Read more »

JPC3
JPC3
Reply to  carvalho2008
1 ano atrás

Não, o armamento principal são os mísseis.

Hélio
Hélio
1 ano atrás

Enquanto aqui ficam implicando por chamar um navio de 3400 toneladas de corveta, lá eles chamam monstros de 15000 toneladas de contra-torpedeiro. O Ticonderoga não chega nas 10000 toneladas.

Dalton
Dalton
Reply to  Hélio
1 ano atrás

O “Ticonderoga” tem uma imensa superestrutura de alumínio justamente para permitir um tamanho e deslocamento menor, mas, há muito mais espaço interno do que em um “Arleigh Burke IIA” que desloca quase a mesma coisa. . O “Ticonderoga” portanto pode cumprir a função de navio coordenador da defesa de um grupo centrado em Navio Aeródromo, enquanto o “Arleigh Burke” só poderia faze-lo de forma mais limitada, e um “Zumwalt” teria que ser modificado para isso, que no fim, não ajudaria, pois há um número maior de NAes do que haverá de “Zumwalts”. . Muitas vezes é a função e/ou tradição… Read more »

jodreski
jodreski
1 ano atrás

Seria interessante colocar mais uma belonave ao lado: Pedro, o Grande.

Alessandro
Reply to  jodreski
1 ano atrás

Verdade, seria bem interessante mesmo, os Kirov deslocam ate 28 mil toneladas, mais que o dobro do Type-055, por falar nisso, o blog poderia dar uma pesquisada sobre como andam as obras no Nakhimov ne?

Danilo Henrique
Danilo Henrique
1 ano atrás

Sei que é fora do tópico, mas comprar um navio desses em maquete é muito caro ou dificil de achar?

JPC3
JPC3
Reply to  Danilo Henrique
1 ano atrás

Os dois! Conhecendo o o pessoal que trabalha com isso até consegue achar ou encomendar, mas é caro porque dá muito trabalho para fazer.

É fácil achar os kits para montar, só que ficar bem feito é difícil e precisa de um monte de acessórios par ficar bom.

Danilo Henrique
Danilo Henrique
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Obrigado. Valeu

Favaratti
Favaratti
1 ano atrás

Se o Brasil tivesse 3 desses estaríamos soltando rojões. A grande vantagem dos EUA sobre a China é que os EUA longa experiência em combates navais. Coisa que a China não tem. Igualmente vale para os pilotos de caça.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
1 ano atrás

Shut up and take my money!