Home Indústria de Defesa Novo submarino norte-coreano poderá transportar 3 mísseis balísticos

Novo submarino norte-coreano poderá transportar 3 mísseis balísticos

10266
109
Kim Jong Un visitou o novo submarino na semana passada
Kim Jong Un visitou o novo submarino na semana passada

Um submarino norte-coreano recém-construído parece ser capaz de transportar três mísseis balísticos lançados por submarinos (SLBMs), disse o Ministério da Defesa sul-coreano na quarta-feira.

O Ministério da Defesa determinou que o submarino norte-coreano está pronto para ser lançado em breve, disse o repórter Lee Hye-hoon, chefe do comitê de inteligência parlamentar, a repórteres após o briefing do ministério.

O líder norte-coreano Kim Jong-un inspecionou um novo submarino, cuja incorporação ele diz estar “próxima”, segundo relatos da mídia norte-coreana na semana passada.

O ministério disse que o submarino (classe Sinpo) parece ser um pouco maior que um submarino da classe “Gorae” de 2.500 toneladas.

O ministério acrescentou que a Coreia do Norte disparou dois mísseis em 4 de maio, revisando seu relatório anterior do lançamento de um dos mísseis.

FONTE: The Korea Herald

NOTA DO EDITOR – Nos últimos anos, com base em imagens de divulgação e de satélites, foram feitos desenhos especulativos sobre o submarino classe “Sinpo” com capacidade para até dois mísseis balísticos:

Mísseis NK-11 em desfile na Coreia do Norte
Míssil balístico KN-11 sendo embarcado em um submarino
Míssil balístico NK-11 sendo embarcado em um submarino

Subscribe
Notify of
guest
109 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
1 ano atrás

É , aquela região está com a chapa esquentando! China, Coréia do Norte, Japão, Russia, os pequenos tentando se defender como podem e a Coréia do Sul e EUA. Se alguém errar vai dar m….. !

Não entendo ! O baixinho não tem se encontrado com o Trump e o Presidente do Sul de vez em quando? qual é a bronca dele agora? As Manobras Navais US Navy/ Coréia do Sul?

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Então, o acordo era não ter mais manobras conjuntas e suspeição dos embargos econômicos. Nem uma coisa e nem outra foi feita, então os Norte-Coreanos seguiram como antes e segue o baile.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Na verdade o Trump Ta empurrando com a barriga jogando com o tempo e deixando o norte cada dia mais pobre e irritando o gordinho doido.
Assim não da ne… nem o doido e tão burro que não perceba isso … enquanto isso os chineses tem que gastar grana na Coreia do norte so pra manter esse aliado e seu regime e nao ter que lidar com fugas em massa de famintos pra la.

Fabio Mayer
Fabio Mayer
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

A única segurança que o ditador norte-coreano tem contra os EUA, a Coreia do Sul, o Japão e mesmo a China, é estar armado até os dentes, com capacidade de produzir estragos enormes em toda a região. Ele vai continuar produzindo armas, por questão de sobrevivência pessoal dele mesmo!

Luciano
Luciano
Reply to  Marcelo Andrade
1 ano atrás

Mas então continuamos com o mesmo problema e a mesma instabilidade. As ameaças e encontros portentosos pouco serviram. De cada parte, ninguém foi efetivo na realização das propostas. Ai, paralelo a isso retoma-se uma tensão com o Irã?

Hilton
Hilton
1 ano atrás

Difícil acreditar que com todos os embargos possíveis e outras restrições, que possuam conhecimento e técnica para tal empreitada!

Arariboia
Arariboia
Reply to  Hilton
1 ano atrás

Nosso incompetência em N aéreas não serve de parâmetros para duvidar das capacidades dos outros. Parabéns a eles por seus esforços e prioridades.
* Não apoio nem de longe o governo da CN.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Hilton
1 ano atrás

Amigo de Russos e Chineses, conseguem tudo!

Eduardo Siqueira
Eduardo Siqueira
Reply to  Hilton
1 ano atrás

Lembre que os embargos e restrições são de países alinhados com os estados unidos, a China e a Rússia não reconhecem esses embargos.

Almeida
Almeida
Reply to  Hilton
1 ano atrás

Como se o mercado negro do tráfico de armas internacional respeitasse embargos…

Brunow Basillio
Reply to  Almeida
1 ano atrás

Isso sem contar com uma cópia do Iskander Russo que apareceu lá derrepente….

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

A Coreia do Norte não é tão atrasada quanto muitos pensam. E a aerodinâmica é a mesma em todos os lugares.
Na Coreia do Sul, também, tem o seu “Iskander”:comment image

Roberto
Roberto
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

isso não é Norte Coreano….. eles ganham dos Russos e dos ching ling é logico….. lá não tem nem comida!

gordo
gordo
Reply to  Roberto
1 ano atrás

Olha até pode ser Russo ou chines, mas justificar a partir da falta de comida não é lá muito logico. Lá há comida farta para alguns (assim como aqui), e pode ser que sejam esses alguns quem estejam a frente de tais programas militares.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Roberto
1 ano atrás

Não tenha medo. Há comida lá, mas apenas em cartões.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Hilton
1 ano atrás

Difícil é ter coragem de embarcar nesse submarino sem ser obrigado a tal.

Señor batata
Señor batata
1 ano atrás

Boa tarde à todos. Uma dúvida que me veio a cabeça, a propulsão desse submarino me parece convencional (pelo que indica o deslocamento), não seria melhor já investir fichas em um subnuclear. Eu sei q os valores de um submarino de propulsão nuclear são bem mais altos, mas pra uma nação q domina o ciclo atômico e se imagina enfretando uma coalizão com US, não seria um caminho mais interessante?
Desde já agradeço a respostas e tchau.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Em teoria, sim, eles dominam o ciclo atômico. Mas falta a tecnologia pra miniaturizar reatores atômicos para caberem dentro de subs, o nível de enriquecimento de urânio pra uma bomba é diferente do nível pra mover reatores nucleares, tecnologias para construção de submarinos de mais de 4.000 ton, estaleiros com tecnologia pra fazer a manutenção e reabastecimentos do reator desse sub, e fabricar submarinos com baixo nível de ruído. Nosso projeto de sub nuclear tem mais de 40 anos de P$D. São tecnologias complexas demais, não sei se a CN tem tempo e grana pra pesquisar tudo isso por baixo… Read more »

Señor batata
Señor batata
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Olá Willber. Vlw pela resposta. Mas seguindo com o tema, seus pontos sobre a dificuldade de adquirir tecnologias necessárias são realmente muito bons, entretanto o senhor não acredita q a CN com algum trabalho e com algumas parcerias (China e sabe lá quem mais…), não poderia adquirir capacidade de produzir esses meios? Afinal se eu tivesse q enfrentar a maior marinha do mundo, escolheria dispor do melhor q eu pudesse.
Tchau e abs.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Prezado; Sim, em teoria, é possível. Mas lembre-se do detalhe que eu disse: nosso sub nuclear BR é um projeto de 40 anos. É o tipo de tecnologia que consome enorme quantidades de recursos e tempo. A CN já estava fazendo P&D desse tipo de tecnologia? A China estava ajudando com isso por debaixo dos panos? Ou eles simplesmente deram´´ essa tecnologia pronta pro gordinho norte-coreano? Não custa lembrar que a CN é MUITO pobre, então desenvolver esse tipo de tecnologia iria consumir enormes quantidades de recursos que talvez eles não tenham, ou teriam que sacrificar suas outras forças armadas… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

E sobre subs convencionais com lançadores verticais, encontrei essa proposta da SAAB. Fico me perguntando se isso já foi tentado antes, equipar subs diesel-elétricos com lançadores verticais:

https://www.naval.com.br/blog/2018/06/12/saab-e-damen-apresentam-proposta-de-submarino-a26-para-a-holanda/

Señor batata
Señor batata
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Willber vlw pela reposta. Realmente eu pintei um cenário digamos improvável hehehe. E aproveitando o gancho sobre submarinos diesel-elétricos, se não cometo engano Israel opera submarinos diesel-elétricos com capacidade de lançar armas nucleares se não cometo o engano, tá certo q eles se encontram em TO diferente, mas creio que serve para alguma base.
De todo agradeço a paciência, tchau e abs.

Humberto
Humberto
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Meio complicado explicar de forma resumida, mas vamos lá. Ter um artefato nuclear é somente uma das pernas, a outra é a possibilidade de lançar os mesmos no seu inimigo. O jeito mais obvio é lançar por aviões (como nas bombas nucleares jogado no Japão) ou mesmo por artilharia (neste caso em um cenário mais tático). Outras formas de lançar seria por mísseis intercontinentais baseados em terra (teoricamente destruíveis, pois a sua localização é relativamente conhecida), sim existem mísseis mais táticos também e por fim, lançáveis por submarinos. O submarino tem como vantagem serem difíceis de serem detectados e neste… Read more »

Señor batata
Señor batata
Reply to  Humberto
1 ano atrás

Humberto realmente a discussão de como entregar o presente é longa e complexa. Aproveitando a chance qual sua opinião sobre os SSB para um cenário como o coreano?
Tchau e abs.

Humberto
Humberto
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Señor batata, antes de mais nada, sou um grande entusiasta. Dito isto. A Coreia do Norte sabe que não tem capacidade bélica para repelir um ataque aéreo da Coreia do Sul ou dos EUA (o Japão também, mas em menor grau). Um grande ataque de mísseis e aviões em tese, poderiam tirar a capacidade de lançar os mísseis intercontinentais da Coreia do Norte (já os táticos seriam bem mais difíceis). Em uma situação de crise iminente, poderiam lançar o SSB e deixar ele em stand by para ter um porrete para uma possível retaliação e para isto o SSB já… Read more »

Moriah
Moriah
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Lada Amur com Brahmos, pequeno e perigoso.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Ola Batata. Os submarinos da Coreia do Norte são convencionais. Eles têm uma enorme frota deles. Um programa de armas nucleares que incluem o desenvolvimento dos mísseis e dos submarinos de lançamento e caríssimo. Talvez isso se torne um objetivo futuro. pode ser que o desafio agora seja miniaturizar os dispositivos nucleares para que possa me ser lançados pelos mísseis. As primeiras bombas são geralmente grandes e pesadas. Reduzir o tamanho e o peso seria tão caro quanto fazer a primeira bomba

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Prezado, não custa lembrar que 90% dos subs dele são submarinos com menos de 1.200 ton de deslocamento, ou mini-submarinos de, no máximo, 200 ton. Igual a Marinha Iraniana.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

E aí Camargoer, prazer reler os comentários do senhor. Agora tratando do tema, eu entendo q realmente submarinos nucleares exigem uma grande monta de recursos para funcionarem, toda via na situação da CN me soa um caminho razoável, no fim eles já estão em um caminho sem volta (a existência deles está atrelada com se tornarem um país q seja impossível de invadir sem grandes custos para o agressor). Mas sem dúvida eles podem estar postergando um subnuc para focar em capacidades q eles entendem como prioritárias.
De todo modo tchau e abs.

Almeida
Almeida
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Eles não precisam de caríssimos SSBN para enfrentar a US Navy em alto mar, eles só precisam garantir que um primeiro ataque externo seja respondido com um contra-ataque nuclear para possuir deterrencia.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Almeida
1 ano atrás

E aí parente (sou Almeida tb) td tranquilo? Eu tentei apontar e admito q me faltou capacidade de ser mais claro q a CN poderia tentar investir em subnuc tanto de ataque como SSNB, entretanto já surgiram algina colegas para apontar as dificuldades nessa ideia. De toda maneira vejo um SSNB como uma boa alternativa para aumentar a chance de conseguir reponder a algum eventual ataque, o problema é ter dinheiro pra ter o próprio.
De todo modo agradeço a reposta, tchau e abs.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Na realidade eles não precisam se preocupar em atingir os EUA, basta ser capaz de afundar um lançador de mísseis que pode estragar Seul e já era. Fora que como já explicaram, a miniaturização dos reatores e seus devidos sistemas de refrigeração e abafamento acústico são complexos. Talvez complexos demais pra um país como a CN.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Fernando realmente a miniaturização do reator seria um problema, e eu duvido q a china ajude nesse caso. De todo modo ela ainda pode ajudar em outras tecnologias q poderiam ser aproveitadas q poderia ir de metalurgia até eletrônica. Mas como já apresentaram antes isso poderia exigir muito mais do q CN pode dispor.
Tchau e abs.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Certamente a China não ajudaria em algo assim. Aliás, a Coreia do Norte já tem um bom tempo que se tornou um problema diplomático para a própria China, que cresceu e buscou e busca se integrar mais do que outrora na política mundial. Um submarino nuclear coreano poderia vir a ser um problema até para a China num caso de conflito real, onde ou entrariam do lado da CN ou poderiam se emputecer e avacalhar com o antigo aliado de uma maneira mais eficaz.

Zé Mané
Zé Mané
1 ano atrás

Quero ver se agora os gringos metidos a Rambo vão ter coragem de se enfrentar o Rato que Ruge. Americanos são muito corajosos quando enfrentam cachorro morto.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Zé Mané
1 ano atrás

O rato que ruge… Peter Sellers. Excelente.

Edison Castro Durval
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Adoro esse filme e sua continuação.

Rene Reis
Rene Reis
Reply to  Zé Mané
1 ano atrás

Desde a guerra da independência não sabem oque e ter a guerra em casa contra outra potência , esse temor está bem visível no orçamento militar e não guerrearam pouco não viu.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 ano atrás

A maior parte ( ou toda ) das embarcações e submarinos norte-coreanos são da época da Guerra Fria, com deslocamento inferior a 1.000 ton.
E de repente, os caras estão fazendo um submarino ( aparentemente diesel-elétrico ) que lança mísseis balísticos?
Sei não….tem algo errado nessa história….

Caso isso seja verdade, prevejo a Coréia do Sul e o Japão aumentando suas encomendas de submarinos em breve.

André Luiz
André Luiz
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Bom quem divulgou foi um jornal sul coreano o que levar a crer que a grandes chances de ser real.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  André Luiz
1 ano atrás

Existe uma outra hipótese bem plausível: pressão por mais orçamento militar. Os EUA comumente fazem isso, sempre fizeram, em relação antes a URSS, Rússia e agora com a China. Países democráticos precisam de um… estímulo para que a população tope gastar os tubos em armamento, faz parte do jogo.

Masa
Masa
1 ano atrás

Pura retórica bélica…
Este submarino será um alvo ambulante para os subs nucleares de ataque americanos.

Felipe
Felipe
Reply to  Masa
1 ano atrás

Tecnicamente, TODOS os subs são alvos ambulantes para os subs nucleares de ataque americanos, isso quer dizer que os outros países deveriam desistir de fazer submarinos? Aliás, do meu ponto de vista, todos os submarinos de misseis balísticos são retórica bélica, diferentemente de submarinos de ataque ou submarinos de misseis de cruzeiro, os submarinos de mísseis balísticos são armas construidas para nunca serem usadas.

Almeida
Almeida
Reply to  Masa
1 ano atrás

Como se achar um submarino no mar fosse uma tarefa simples assim… Pergunte aos indianos e argentinos

Rene Reis
Rene Reis
Reply to  Almeida
1 ano atrás

franceses tambem.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Masa
1 ano atrás

gosto do quanto a galera acha que é fácil encontrar um submarino hoje em dia…
Se submarinos já eram o inferno na época da WWII onde essencialmente passavam a maioria do tempo e até mesmo realizavam ataque na superfície, imagina só depois que o glorioso Tipo XXI fez escola e eles passaram a realmente frequentar muito o fundo do mar!

João Moro
João Moro
1 ano atrás

O Kim é um cara perigoso… ele ainda vai causar algum problema naquela região.

Andrigo
Andrigo
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Se ficar só naquela região, “está ótimo”. Potencial pra arrumar encrenca global.

João Moro
João Moro
Reply to  Andrigo
1 ano atrás

Das últimas informações que eu me lembro, o Brasil é um dos poucos países que os mísseis balísticos nucleares da Coreia do Norte – CN não consegue acertar. Algum problema direto não teremos, mas consequências indiretas de conflitos que o CN estejam envolvidos podem afetar o Brasil.

Fawcett
Fawcett
Reply to  João Moro
1 ano atrás

Kim é o último cara daquela região que quer uma guerra. Ele apenas está mostrando ao mundo que tem armas nucleares para que ninguém faça na Coréia do Norte o que foi feito no Iraque, na Líbia, na Síria, etc.

Oséias
Oséias
1 ano atrás

A CN é o pitbull da China. Os chineses liberam tecnologia a conta gotas para eles, nem a ponto de se tornarem um perigo fora de controle, mas sempre mantendo os americanos ocupados.

Leandro Costa
Leandro Costa
1 ano atrás

Nossa… carregando mísseis na vela como um velho Classe Golf? Será que tem que ir para a superfície para o disparo também? Há muitas dúvidas sobre algumas dessas imagens em relação à qualidade da construção do casco.

Celso
Celso
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

Exatamente isso….aí está a tal tecnologia da década de 50…..via Rússia e China. Não pode lançar abaixo da Linha d água. O resto e baboseira, a cn não tem toda essa tecnologia, nem mesmo para produzir o aço na liga desejada para o casco. E o motor ? Acessórios, etc..? Com certeza pré montados na China e Rússia com a velha tecnologia dos idods 50 60. Alguem ai já assistiu filme sobre esse passado dos subs da extinta URSS ,? Rsrsrsrs

Bosco
Bosco
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

Só como curiosidade, os SSBNs americanos não podem lançar seus Tridents se não estiverem submersos.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Pô Bosco o senhor me deixou curioso. Se não for muito engano poderia discorrer mais sobre essa curiosidade?
Desde já agradeço e tchau.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Incomodo=engano dessa vez o corretor me traiu kkkkkkkkkkk

Bosco
Bosco
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Señor Batata,
Os submarinos SSBNs americanos para lançar seus mísseis SLBMs precisam criar bolhas que empurram o míssil para fora do tubo. O sistema só funciona dentro d’água, senão, o míssil não sai do tubo e ele não pode acender seu motor dentro do tubo.
Sei dos submarinos americanos (e britânicos) mas não dos outros.
Salvo engano o método russo permite que seus mísseis sejam lançados com o submarino na superfície.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Vlw pela resposta bosco, abusando da oportunidade novamente. Esses gases seriam água vaporizada ou seria outro composto armazenado no submarino.
Tchau e já fica o agradecimento pela atenção dada.

Bosco
Bosco
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Señor,
Sinceramente não sei. Ou são reagente químicos ou é ar comprimido injetado na água. Mas realmente não sei.

MBP77
MBP77
1 ano atrás

Bom, não sou nenhum especialista na área de soldagem de chapas e/ou construção de submarinos (bem longe disso), mas é normal aquele “desalinhamento” de peças/chapas que compõem o casco, melhor visualizado na 3ª foto de cima para baixo (canto direito, detrás da escada)?
Ademais, o mosaico* de peças que formam o casco inferior (sem pintura), também me causaram certa estranheza.
Isso é corriqueiro na fabricação de submarinos?
Sds.
*Sem uniformidade alguma dos componentes.

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  MBP77
1 ano atrás

Se compararmos com as imagens das partes dos classe Riachuelo sendo transferidas realmente parece haver uma absurda diferença no nível de acabamento, o sub coreano parece que passou por um Funileiro bem ruinzinho depois de capotar, ta todo remendado!

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  MBP77
1 ano atrás

Realmente parece uma colcha de retalhos de chapas de aço.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  MBP77
1 ano atrás

Bem observado.

comment image

Compare com essa foto do link sobre nosso sub e veja a diferença

MBP77
MBP77
Reply to  Willber Rodrigues
1 ano atrás

Pois é, Wilber… a diferença no acabamento é absurda!
Sem contar que a rigidez do casco – se o norte coreano for mesmo um submarino operacional – deve ser para lá de limitada.
Sds.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  MBP77
1 ano atrás

O casco do sub norte-coreano parece aquelas ruas que foram asfaltadas e sofreram vários recapeamentos mal-feitos durante anos.

ECosta
ECosta
1 ano atrás

Parece que a Coreia esta seguindo o mesmo rumo que a China.
Se armando nuclearmente para ser respeitada no cenário internacional. E esta conseguindo.

Lembrando que antes Taiwan era considerada a capital da China e a China não tinha acesso a ONU. O cenário se inverteu, graças ao respeito imposto pelos chineses.

Nostra
Nostra
1 ano atrás

The North Korea submarine with ballistic missile launch capability is most probably based on Soviet golf class submarines and Chinese derivatives of the golf class submarines ie Type 031. The North Koreans had considerable access to the same over a period of time , but lacked the competency and resources to fructify the same untill some time ago China is looking to deliver type S32 technologies to Pakistan and possibly have transferred technologies of the same to North Korea , including consultancy. https://i.imgur.com/TQDj23U.jpg By what I know North Korea is proxy testing the same on behalf of the Chinese and… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Nostra
1 ano atrás

That would mean a renewal in ballistic missile development information exchange between North Korea and Iran, if that partnership was ever severed, that is. As with early chinese missile development, North Korea and Iran base their own missile designs on Scuds.

I think the really big question right now is what type of launch those submarines are capable of. Launching from the surface like the old Golfs or actual submerged launch?

Nostra
Nostra
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

It’s a matter of convenience and opportunity. One country simply doesn’t shut it’s doors completely. That said, also fact is these countries don’t even trust each other. Let me tell you a funny story. Long time back the North Koreans and Pakistanis negotiated a deal , NK will supply complete plans and toolings for liquid fuelled missile and Pakistanis will supply centrifuges and their technology for the NK nuclear program. The Pakistanis double crossed the NK as they sent older generation centrifuges that too with incomplete drawings. later a Pakistani general in his memoir on Kargil war wrote how the… Read more »

Carlos
1 ano atrás

Chapas de aço de corte irregular soldadas… É assim mesmo que se constrói um submarino???

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
1 ano atrás

Não sei como ainda tem gente que vê com simpatia ditaduras. Quer ricas, como a China, classe média, como a Rússia, ou pobres, como Cuba, Venezuela, Coréia do Norte, etc, todas elas tem algo em comum: uma atitude agressiva contra o mundo livre e um desrespeito completo pela vida de todos, cidadãos ou estrangeiros. Que o mundo livre não as tenha ceifado antes nos põe a todos à mercê destes patifes…

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Alex Barreto Cypriano
1 ano atrás

Não existe muita lógica na sua classificação. Russia tem um PIB per capita superior ao chinês, por exemplo, além de não ser exatamente uma ditadura. Parece como uma, mas na prática não é bem assim. É um bom lugar pra viver? Aposto que não, contudo existe uma considerável distância entre eles e China ou Cuba.

Heli
Heli
Reply to  Alex Barreto Cypriano
1 ano atrás

Tomou Haldol hoje não foi? Você, por acaso, não tem livros de historia em casa? Os EUA desde o Destino Manifesto, no final do seculo 19, quando já eram uma potencia industrial, adotam uma politica agressiva e belicista. Isso pra não falar dos estados que simplesmente roubou do México na “guerra” EUA-México (Califórnia e Texas com muito petróleo, Novo México, Nevada, Arizona, e grandes partes do Colorado e Wyoming). Depois veio a guerra com a Espanha e o Tio Sam pegou ilhas de Guam, territórios nas Filipinas, Gunatanamo e outros em Cuba, Porto Rico. Chegaram ao ponto de ameaçar bombardeio… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Heli
1 ano atrás

Heli, Sem contextualizar tudo o que disse vc só deixa claro que acredita no tal “destino manifesto” dos EUA. Em todas que ele entra ele só ganha e mesmo antes de ser a potência hegemônica pós SGM. “Depois vei a guerra com a Espanha”. Então ele ganhou a guerra. “Chegaram ao ponto de ameaçar …” Então não o fizeram. “Guerra EU x México”. Os EUA novamente ganhou a guerra (não me recordo de ver o México ou os estados “roubados” reivindicarem voltar a serem do México). Você é do tipo comunista de Iphone que diz não apoiar ditaduras e odeia… Read more »

Heli
Heli
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Português é uma língua complicada, ou compreensão textual é difícil. Não, eu não sustendo o destino Manifesto. O intento era demonstrar que os EUA são beligerantes e não só os malvados comunistas da Coreia do Norte. Não sou comunista, tampouco de iPhone, uso um Zen. Não apoio Maduro e os outros que você citou. Acho que você deve é que admirar o Trump e afins.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  Heli
1 ano atrás

Você não apóia ditaduras e acha o mundo livre mau como o picapau. Isentismo (diríamos, antigamente, ceticismo absoluto) também é um tipo de loucura. Aproveite a sua com intensidade, pois não sou louco de te receitar remedinho.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Definitivamente não irá mudar a cotação do dólar. Russos e Americanos são professores nessa área, esse treco Coreano não consegue se lançar ao mar em segurança.

Enes
Enes
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 ano atrás

Falou bem, Ricardo, isso ai é um treco mesmo.

leonidas
leonidas
1 ano atrás

Isso depõe conta a sanidade da China para exercer a função de uma superpotência. A Coreia do Norte JAMAIS teria desenvolvido um míssil intercontinental capaz de ser lançado de um submarino e ainda mais um próprio meio para esta função sem a tutela Chinesa. O que esses animais não entendem é que o interesse geoestratégico de uma nação como a Coreia do Norte é completamente distinto do interesse geoestratégico que uma nação da envergadura Chinesa tem ou que é obrigada a se submeter. Com armas nucleares desse nível os Norte Coreanos são uma ameaça até mesmo para os Chineses pois… Read more »

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  leonidas
1 ano atrás

Lembro-me de ler anos atrás quanto a um auxílio norte coreano ao programa de submarinos iraniano.
Quanto a levar a China junto numa guerra, teria uma dupla vertente: ou a China se veria obrigada a entrar numa guerra uma vez que o território na sua fronteira estaria a ser violentamente atacado para não perder a moral ou, no caso de recusar-se a participar, enfrentaria a ira e o sentimento de traição do país nanico com armas nucleares, que graças a proximidade, poderiam ser lançadas até de trabuco para a China.

Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

Incrível, e o Brasil ainda tem que pedir ajuda da França, não gosto da CN mas é incrível.

ODST
ODST
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Incrível o que? Ela recebe ajuda não apenas de um, mas de DOIS países para desenvolver suas tecnologias…..

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  ODST
1 ano atrás

Recebe ajuda mais que o Brasil que tem que pagar caro pela ajuda da França.

JT8D
JT8D
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Incrível é o seu comentário

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  JT8D
1 ano atrás

Obrigado, sempre acreditei que um dia seria capaz de coisas maravilhosas, esse comentário é só o começo

Victor Filipe
Victor Filipe
1 ano atrás

A primeira foto pareceu computação gráfica, mas a segunda e terceira estavam mais criveis.

filipe
filipe
1 ano atrás

O nosso SNBR é bem grande comparado com esse ai dos Norte Coreanos, o nosso dá para ter muitos Misseis SLBM (talvez 12 SLBM comparado ao Arianth Indiano) se a gente modificar o projecto tem 6000 Toneladas, 105 metros de cumprimento, 9.8 metros de diâmetro, dá para tudo, dá para ser SSN/SSGN/SSBN , depende da MB, o Alvaro Alberto vai por o Brasil noutro patamar. Se os Norte Coreanos com um SSK estão fazendo isso, e ainda por cima um SSK antigo, imagina o que fariam com um SSN, acredito que eles irão tentar fabricar SSBN bem maiores do que… Read more »

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  filipe
1 ano atrás

Rapaz, passa aí pra nós onde encontrou o projeto do SNBR que ainda está em fase de estudos, por favor. És um viajante temporal?
Não existe ainda um SNBR, não existe sequer seu projeto no papel. Não existe qualquer lógica em comparar algo inexistente.

filipe
filipe
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Você esqueceu que o projecto já entrou na fase C, ou seja já passou a fase B (fase de estudos), a fase C é a dos detalhes técnicos e de engenharia, muito mais precisas do que o tamanho (peso submerso e a superfície) e a dimensão (cumprimento, largura, altura e diâmetro). Essa dimensões já foram aqui publicadas, a única indefinição é o cumprimento, por estimativa são 100 metros, mas há quem diga mais de 100 metros, e há publicações que dão em torno dos 105 metros, razão pela qual assumi ser 105 metros, uma diferença de 5 metros, o mesmo… Read more »

Jagderband#44
Jagderband#44
1 ano atrás

Tenho pena é dos submarinistas que servirão nessa lata.
Chance alta de morte em serviço.

FighterBR
FighterBR
1 ano atrás

Esse submarino norte coreano tá meio enferrujado e com as chapas tortas.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Quando apareceram os testes com estes mísseis lançados por submarinos, o pessoal não dizia que era tudo fake?!!!! E agora é tudo verdade? Estranho…

Roberto
Roberto
1 ano atrás

Isso é novo????? ou usado? kkkkkkkk ele racha no meio depois de lançar…… é feito de Lego? isso parece piada…………………………..

Genair
Genair
1 ano atrás

Enquanto isso a população daquele país morrendo de fome.

Bosco
Bosco
1 ano atrás

A capacidade atual de defesa continental dos EUA (DMGB) é suficiente para lidar com essa ameaça limitada.
Ping Pong III é bom mais tem que se esforçar mais.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

mais = mas

Dr. Telêmaco
Dr. Telêmaco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Acho que ele não está mostrando isso para dizer que é capaz de atacar os EUA. Eu acho que essas demonstrações do “pequeno gafanhoto norte-coreano” são, na verdade, para provar que ele é capaz de cumprir a promessa que fez anos atrás: que se os EUA o atacassem, ele transformaria “toda a península coreana em um mar de fogo”, ou seja, se alguém tentar fazer com a CN o mesmo que foi feito no Afeganistão ou Iraque, ele não vai hesitar em levar todos juntos para a cratera nuclear, a própria CN, a Coreia do Sul e o país invasor.… Read more »

JT8D
JT8D
1 ano atrás

O monstrinho norte coreano não existiria sem o patrocínio da China. Ditaduras financiando ditaduras

Señor batata
Señor batata
Reply to  JT8D
1 ano atrás

JT8D tristemente o senhor está coberto de razão na dua afirmação, e para piorar essa situação deve persistir por muito tempo ainda. Mad sabe os novos protestos na China somados com uma classe média cada hora mais estabelecida não mudam esse cenário ao longo das décadas ¯\_(ツ)_/¯.
Tchau e abs.

sub urbano
sub urbano
1 ano atrás

Não é uma cópia da Classe Golf… é baseado no projeto que compraram da Iugoslávia de um submarino de 900t de deslocamento. Alongaram o casco para aumentar a tonelagem e inserir os lançadores de SLBM. A Coréia do Norte opera mais de 90 submarinos de diversos tamanhos, a maioria costeiros até 300 toneladas. Vendeu tecnologia para o Irã de minisubmarinos, que o Irã fez bom uso. A classe iraniana Bezat é de projeto norte-coreano. Eles sabem o que estão fazendo. A dissuasão deles até a pouco tempo era baseada na infiltração de Comandos Anfíbios em território japonês e sul-coreano que… Read more »

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Acho que o que mais me impressiona é a capacidade de certas pessoas de subestimar países A, B ou C por questões de políticas ou por puro preconceito. Quando a NK ameaçou explodir sua primeira arma nuclear, ninguém acreditou. Quando fez o primeiro teste, houve analistas que disseram que fora um artefato com explosivos convencionais! Imagine o tamanho! Depois disseram que ela incapaz de miniaturizar um artefato nuclear. Ela mostrou com fotos uma ogiva miniaturizada. Em seguida disseram que ela era incapaz de produzir uma arma termonuclear. Ela mostrou a ogiva miniaturizada explodiu o artefato no dia seguinte. E ainda… Read more »

Jagderband#44
Jagderband#44
1 ano atrás

Enquanto isso, no campo de concentração ou fazenda coletiva, a molecada lava as fezes das vacas à procura de grãos de cereais.

Cristiano Gr
Cristiano Gr
1 ano atrás

Barbaridade, mas me apavorei com a quantidade de retalho nas soldas do casco do sub!
Dá a impressão que foram remendando conforme os pedaços de chapa que iam conseguindo. Nem de longe se compara com a qualidade da construção dos SBr, ao menos visualmente.

carvalho2008
carvalho2008
1 ano atrás

Mestre Galante,

Numa analise mais detalhada de fotos parciais na web, este SSK parece ser derivado da classe Romeu. eles podem ter alguns derivados da Goreo, mas as fotos mostram 2 helices e um grande bulbo sonar de casco na proa….

Aquela helice ali realmente parece estar na lateral

Dá uma olhada no bulbo do sonar, parece ser um Romeo Modificado mesmo.

http://www.hisutton.com/ROMEO-Mod_Submarine.html

http://www.hisutton.com/images/DPRK_Romeo-Mod_Profile.jpg

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
1 ano atrás

Veja que na proa existe aquele bilbo do sonar parecido com os casos de navios de superficie.

É nesta dica fotografica que realmente parece ser uma modificação dos antigos classe Romeo

http://www.hisutton.com/images/DPRK_Romeo-Mod_bow.jpg

Roberto Santos
Roberto Santos
1 ano atrás

Grande piada esse monte de chapas soldadas aleatoriamente kkkkkkkk, não precisa ser especialista pra ver que é um engodo.

Fawcett
Fawcett
1 ano atrás

O casco está bem surrado para ser um novo submarino. Tudo indica de que é um velho Romeo modificado ou mais um blefe norte-coreano.

rommelqe
rommelqe
1 ano atrás

Com relação aos elementos de chapa soldados entre si realmente trata-se de uma caldeiraria lastimável. Parece mesmo um casco que foi reaproveitado de um sub que tenha sido danificado por algum artefato explosivo e foi remendado. Deve estar super tensionado com concentrações de esforços remanescentes das soldagens aparentemente bem elevados e de difícil alívio. Mas há fatos interessantes que me chamam a atenção e podem ser observados nas fotos 1 e 3: há duas áreas no casco, distintas entre si e demarcadas por uma linha horizontal bem visivel, com uma coloração mais amarronzada na parte inferior. Aparentemente são superfícies tratadas… Read more »

Sandro
Sandro
1 ano atrás

O que esforço e empenho são capazes heim!