Home Academia Semanas acadêmicas movimentam agosto na Poli-UFRJ

Semanas acadêmicas movimentam agosto na Poli-UFRJ

613
2

O segundo semestre começa com a agenda repleta de atividades extracurriculares na Escola Politécnica da UFRJ (Poli-UFRJ). Entre elas estão as semanas acadêmicas de Engenharia Mecânica, Elétrica, Civil e Ambiental, com programações que incluem palestras, minicursos, visitas técnicas e concursos, entre outras atividades, que ocorrerão durante este mês. A maioria das atividades é gratuita.

Com o tema “Sibila da Realidade”, a Semana de Engenharia Mecânica (SEMEC) traz, de 12 a 16, debates a respeito do meio ambiente, diversidade e inclusão, o papel da mulher na Engenharia e transporte do futuro. Já a Semana da Engenharia Elétrica (SENEL) aborda, de 19 a 23, o tema “A energia que moverá o Brasil”, com debate sobre como ficará no futuro a matriz energética no país, principalmente com a crescente popularização de fontes de energias alternativas, como a solar e eólica.

Também de 19 a 23, a XIV Semana da Engenharia Civil apresenta o tema “A engenharia brasileira está preparada para desafios?” e oferece oportunidade aos alunos de contato também com empresas que atuam no mercado há bastante tempo. Na última semana do mês, de 27 a 30, acontece a 14ª edição da Ambientável, que propõe debate sobre os problemas ambientais e soluções criativas para o setor, intitulado “Fome de mudança: alimentando o ciclo de um Brasil Sustentável”.

Confira abaixo a agenda e onde obter mais informações sobre cada semana acadêmica.

Semana de Engenharia Mecânica (SEMEC)

Semana da Engenharia Elétrica (SENEL)

XIV Semana da Engenharia Civil

XIV UFRJ AMBIENTÁVEL

DIVULGAÇÃO: Pacto Comunicação

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
CamargoerJõao Boran Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Jõao Boran
Visitante
Jõao Boran

A EMGEPRON vai acabar? Muita gente sendo demitida. Por que essas pessoas não estão sendo aproveitadas no projeto da construção da Tamandaré?

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro João. Segundo o Min.Guedes, o que não for privatizado vai ser fechado. Pode colocar na conta do Papa.