Home Aviação Naval O porta-helicópteros chinês Type 075 pode ficar assim quando estiver operacional

O porta-helicópteros chinês Type 075 pode ficar assim quando estiver operacional

7364
30
Modelo em 3D atualizado do Type 075
Modelo em 3D atualizado do Type 075 (clique na imagem para ampliar)

A China lançou seu primeiro porta-helicópteros de assalto anfíbio Type 075 no dia 25 de setembro.

O navio, o primeiro de três em construção de seis planejados, marca o rápido progresso do projeto desde que as primeiras imagens de sua construção surgiram seis meses atrás.

O Landing Helicopter Dock (LHD) da classe Type 075 terá um deslocamento máximo estimado de cerca de 40.000 toneladas e um comprimento de quase 250 metros.

Terá capacidade para até 30 helicópteros, além de duas embarcações de desembarque rápidas de colchão de ar (LCAC) em sua doca alagável na popa.

Muitas concepções artísticas de aficionados foram produzidas antes do início da construção do navio, mas por basearem-se em estimativas, poucas foram precisas.

A concepção em 3D apresentada acima foi atualizada logo após o lançamento do navio, por isso está mais representativa do navio definitivo.

Porta-helicópteros Type 075 na água

30
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
20 Thread replies
3 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
21 Comment authors
TupinambaLuiz Floriano AlvesMgtowPedroUSP Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Pelo amor de Deus, não mostra.
Dá inveja!!!

Leonardo
Visitante
Leonardo

Parabéns China !

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Parabéns por quê? Por copiar tudo dos outros?

Mgtow
Visitante
Mgtow

Senta e Chora. A invejaé uma coisa muito feia

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Repararam nos PDMS (à vante da ilha e na popa) e CIWS (um em cada costado, em sponson)? Dois elevadores (à vante da ilha e na popa).

MMerlin
Visitante
MMerlin

De longe, esta é a maior ameaça para Taiwan em caso de uma eventual invasão.

Gordo
Visitante
Gordo

Não sei se a China invadiria Taiwan no contexto atual, teria um custo alto de mais para se arriscar e sem falar na possibilidade de fracasso. A China vai tentar conseguir Taiwan pela via econômica, com paciência, afinal o que são 100 anos para uma nação com 4000 anos de história. Tenho pra mim que esses navios serão usados na costa africana.

Esteves
Visitante
Esteves

Não precisa de tanto esforço para a costa africana.

Machado
Visitante
Machado

Os chineses estão isolando Taiwan. Várias nações nos últimos tempos tem cortado relação com Taiwan e reconhecendo apenas a China continental como a única sendo Taiwan parte do território chinês. A última nação foi Ilhas Salomão. Restam poucas no mundo agora reconhecendo independência de Taiwan. É assim que vão recuperar Taiwan

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

‘Poucas’? Tem certeza? E Ilhas Salomão? Isso lá é ‘nação’? Tem alguma relevância?

Cheng
Visitante
Cheng

Somente neste ano, TW já perdeu mais 2 países, restam apenas 15.

Vc acha isso é muito?

USP
Visitante

Sábia afirmação!

Pedro
Visitante
Pedro

Iriam fazer o que lá ? Criar colônias chinesas ?

Carlos Eduardo
Visitante
Carlos Eduardo

Para quem conhece Taiwan e/ou tem ou já teve contato com a população local, sabe muito bem que o governo Chines não precisa se preocupar tanto em invadir a ilha, pois a grande maioria da população local apoia a reunificação toral das duas nações. Em Taiwan, são uma parte não muito grande da nação os apoiadores da independência total, sendo que a grande massa, incluindo quase a totalidade do empresariado local apoiam a reunificação. De certa forma, as duas já estão unidas, de maneira econômica, pois os principais parques fabris das industrias de Taiwan estão localizados nos continentes. Normalmente na… Read more »

Tupinamba
Visitante
Tupinamba

A questão mais sensível em uma eventual unificação seria a questão do modelo político. Os chineses não são muito adeptos de democracia.

Alex Barreto Cypriano
Visitante
Alex Barreto Cypriano

Eventualmente, vai acontecer essa invasão. Mas Taiwan não é prioridade, Hong Kong é (ela é a jóia da coroa pro partidão, já que Hong Kong é um gigante econômico). Tá acontecendo agora um embate entre protestantes e policia local (supostamente autorizada pra uso de força letal) que é o modelo em escala reduzida da luta antitotalitária. China Uncensored (YouTube) cobre esse assunto longamente. Mas vamos ouvir esta entrevista de Fanell a Chapell, Shelley e Matt?
https://youtu.be/1EDA-A3DSWg

Esteves
Visitante
Esteves

Isso não é um porta helicópteros. Isso é uma base flutuante. Que avança.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Até hoje a MB não encheu o Deck do Atlântico pra uma foto… kkkk

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Só se eles pegarem tudo que tem e por, ai cabe tudo lá… kkkkkkk

ANGELO
Visitante

Não dá idéia que segundo alguns que postam aqui vai parecer pátio da volkwagem cheio de kombi.

ANGELO
Visitante

volkswagen

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Não criam nada, copiam tudo.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Aos que não gostam de fatos: esse navio é IDÊNTICO a seus similares dos EUA. Cópia descarada.

Mgtow
Visitante
Mgtow

E tão errados?
Vá falar para os americanos devolverem todo o know how surrupiado da Alemanha no campo espacial. Ai a gente conversa

Sincero
Visitante
Sincero

O Atlântico pelo visto vai repousar no fundo do Atlântico. Ah, Brasil…

Amauri Soares
Visitante

E em pensar que nois nem precisamos comprar ferro para produzir nossas máquinas pois minério de ferro temos de sobra. Já imaginaram do que seríamos capazes de uma hora chegarmos ao patamar da china ? Maldita corrupção , seríamos um maior país do mundo se nossos políticos fossem patriotas

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Não criam nada, copiam tudo…

Cheng
Visitante
Cheng

Seu comentário também tá neste nível de Ctrl+C e Ctrl+V, infelizmente!

Luiz Floriano Alves
Visitante

Esse barco parece aqueles destróiers do Japão, que se preparam para receber F35 B. Só falta a cópia do avião. Quanto ao Atlântico continuamos só no desejo de equipa-lo melhor. O convés vazio não é um bom sinal.