Home Indústria de Defesa TCU arquiva denúncia e libera construção de navios da Marinha que vai...

TCU arquiva denúncia e libera construção de navios da Marinha que vai gerar 2 mil vagas em SC

12248
143
Concepção em 3D da classe Tamandaré
Concepção em 3D da futura classe Tamandaré

Por Dagmara Spautz

Prevista para ocorrer este mês, a assinatura do contrato entre a Marinha do Brasil e o Consórcio Águas Azuis, para a construção de quatro navios militares em Itajaí, será formalizada após a virada de ano. Foi adiada devido ao trabalhoso processo para conclusão dos documentos que embasam a contratação.

A assinatura do contrato dependia de decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre uma denúncia apresentada pelo Sindicato das Indústrias Metelúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Pernambuco, que questionou uma série de itens na licitação. No dia 27 de novembro, a denúncia foi arquivada pelo Tribunal, que entendeu não haver provas de irregularidades.

O voto do relator, ministro Augusto Sherman Cavalcanti, chamou atenção para a importância estratégica da construção dos navios de guerra, do tipo corvetas. Lembrou que a frota brasileira está com 40 anos de uso, e alertou para o risco de atrasar um processo de escolha que levou dois anos, por parte da Marinha.

O TCU determinou que o contrato seja acompanhado em auditoria, que vai analisar cada passo do complexo processo de construção das embarcações, que inclui a transferência de tecnologia entre a Alemanha e o Brasil.

Com o processo resolvido no TCU, há agora uma pequena “disputa” para sediar a solenidade. A Emgepron, empresa de projetos da Marinha do Brasil, propôs o Rio de Janeiro. A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), a sede da entidade, na Capital. E a prefeitura de Itajaí defende que a assinatura ocorra na cidade, onde serão fabricados os navios.

Veja matéria completa no NSC Total.

143
Deixe um comentário

avatar
30 Comment threads
113 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
64 Comment authors
RenatoRodrigo Martins FerreiraTomcat4.0CamargoerJuarez Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Esteves
Visitante
Esteves

Não sei como acontece em outros países. Regionalismos, picuinhas, aproveitadores, sindicatos, políticos.

Aqui tem que matar um leão por dia. Boa sorte MB. Vai precisar.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Esteves. Aconteceu a mesma coisa nos EUA na concorrência do A29 e o outro (que esqueci o nome). Em um país federativo, existe uma ampla concorrência entre os estados. O período de recursos e coisa e tal são legítimos. A outra opção seria centralizar as decisões em Brasilia que iria decidir o que, onde, quando colocando alfinetes coloridos em um mapa na parede.

Esteves
Visitante
Esteves

Sim.

Para evitar e até preparar, li que a MB atuou junto ao TC compartilhando.

País federativo é uma coisa. Picuinha de sindicato, anarquismo de governadores, além morte de estaleiros sem encomendas, não ajuda.

Vamos torcer para dar certo. Os jacarés que se lixem.

Everton Sbrisse
Visitante
Everton Sbrisse

camargoer, nosso modelo de federação já e bem centralizado, principalmente se comparamos com outros países que o adotam.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Everton. O Brasil passa por períodos de centralização e descentralização, mas em todos os momentos os estados disputam investimentos, como refinarias, portos, indústrias. E comum que os investidores recebam benefícios fiscais no limita da guerra fiscal.

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Caro Camargoer, Sem me alongar no assunto meio off-topic, mas me chamou a atenção entrarem nesse ponto. Não dá pra comparar o grau de federalismo norte-americano e o brasileiro. Nos EUA, o federalismo surgiu de baixo pra cima. Inclusive, se não me engano, foi o único caso de Confederação na história mundial (cerca de 2 décadas) e não à toa eles são os Estados Unidos da América. Os estados se uniram e concederam sua soberania e algumas competências a um ente maior, o ente federal. O grau de autonomia dos estados é muito grande. No Brasil, não. O federalismo foi… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá GFC. Concordo que mesmo tendo se inspirado nos EUA, o federalismo brasileiro é mais centralizado (talvez herança do Império). Eu tenho dúvidas se o modelo dos EUA é melhor que o nosso. Na maioria das vezes acho que o modelo brasileiro é melhor, no qual o legislativo estadual atua principalmente na fiscalização do executivo, enquanto que o parlamento federal centraliza os principais debates. Tenho dúvidas se o Brasil seria melhor com estados mais independentes. Acho que não.

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Caro Camargoer,

Discordo, mas repeito a opinião.

Apenas, meu camarada, cuidado com o termo “independência” porque isso supõe auto-soberania e, neste caso, nem os estados americanos possuem. Independência são os casos da Catalunha ou de Quebec, por exemplo, com desejos de formar nações independentes e soberanas.
A questão é o maior ou menor grau de autonomia dos entes regionais (seja um estado ou uma província). Pode-se legislar sobre as competência delegadas na Constituição, mas dentro de um mesmo ente federal.

Abraços.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá GFC. Obrigado por lembrar que em muitos casos a palavra “autonomia” é muito mais adequada que “independência”, mesmo que o contexto fosse explicito que se falava em estados federados.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Um complemento, nos EUA devido a esse pacto federativo, o governo federal e o que mebos recebe dinheiro na partilha dos impostos, aqui no Brasil e o contrário.

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Caro Cristiano.

Isso mesmo.

No Brasil a União arrecada mais de 20% do PIB, estados somados cerca de 10% e municípios somados cerca de 5%.
Apenas que, educação básica e média, saúde básica e média, segurança pública, além do saneamento e coleta/tratamento de esgoto são de competência de estados e municípios…

“Mas a União faz repasses a estados e municípios”… Verdade! Mas nem todos os repasses são automáticos e lineares e, assim, abrem-se as portas do clientelismo.

Abraços.

Marcelo
Visitante
Marcelo

O outro é o AT-6. Recorreram da decisão, houve nova concorrência e o A-29 ganhou de novo.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Marcelo. Isso mesmo, o AT6. Ele perdeu a segunda licitação mas a USAF divulgou que irá adquirir algumas unidades dele. O escritório de lobby deles é muito competente.

Esteves
Visitante
Esteves

Sim.

De Volta às Aulas. 1986.

Lobby, competição, subornos. Tem esse filme americano…uma comédia sobre um sênior que volta à escola…por conta do filho. Em uma aula sobre custos na construção, Rodney Dangerfield, o sênior,
acrescenta 5% com corrupção nos cálculos dos custos.

Faz parte. Pode pegar os 5% e reverter para o negócio. Não precisa enfiar no bolso.

O que não faz parte é ir até a Itália prometer contrato. O que não faz parte é tentar atrapalhar e postergar. O que não faz parte é sindicalizar.

Deixa a vida seguir.

Ten.Bruno
Visitante
Ten.Bruno

Não se trata de escritório de lobby e sim de politico de mão molhada. Lá também tem muita corrupção.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá TB. Pelo que lembro, os escritórios de lobby são legais assim como as doações de empresas para partidos (eu concordo com os escritórios de lobby e a favor das doações de pessoas aos partidos, mas sou contra empresas doarem para partidos). A corrupção é uma ação entre pessoas. Ela pode ser maior ou menor dependendo do nível democrático do país. A democracia é condição para reduzir a corrupção. Instituições democráticas são mais abertas, possuem uma burocracia transparente e um sistema jurídico comprometido com a democracia e com os direitos humanos. Corrupção é uma questão de caráter, não de cultura… Read more »

Junior
Visitante
Junior

O caso dos novos aviões tanques da USAF também teve quase uma guerra santa entre estados americanos, houve uma sucessão de recursos de parte a parte, quem perdia não aceitava de jeito nenhum, tem gente no Alabama que tem ódio mortal da Boeing até hoje

Anderson Rodrigues
Visitante
Anderson Rodrigues

Sindicato é chupim, mais um bando de gente para o trabalhar carregar nas costa.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Anderson. No inicio da revolução industrial, as condições de trabalho eram desumanas. Trabalho infantil, assédio (moral e sexual), jornadas de 12 ou 15 horas, nem férias, nem nada. Os sindicatos pressionaram por mudanças por meio de greves. A resposta dos empresários foi violenta, as vezes empregando as forças policiais do Estado e outras vezes usando forças paramilitares privadas (os mais famosos eram os Pinkertons). Esses confrontos resultaram em mortes. Estados totalitários de direita e esquerda geralmente estatizam os sindicatos, tornando parte do Estado. Estados liberais buscam criminalizar o movimento sindical. A ideia do sindicato chupim é uma das peças… Read more »

Ten murphy
Visitante
Ten murphy

Pela minha experiência os sindicatos que conheci ou estavam de conluio com os industriais (têxtil e depois o químico da minha região) ou cooptados pelos partidos políticos (metalúrgicos-esse meu pai conviveu desde as primeiras greves com o Lula).

Fico na dúvida: como obter as vantagens que o sindicato traz aos trabalhadores sem esses acertos corruptos com empresários ou políticos?

E depois, há quem diga que a melhoria para os trabalhadores é fruto do próprio capitalismo, e não dos sindicatos. Não sei quem está certo.

Wilson França
Visitante
Wilson França

Nego mete o pau no sindicato porque não sabe que aquele reajuste anual que tem no salário é fruto de convenção coletiva; que o triênio ou quinquênio que recebe também decorre de negociação coletiva; que o adicional de horas extras de 100% depois de tantas horas idem.
Acham que o patrão dá porque é bonzinho, e não porque é obrigado.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Ten. Acho que basta ler Dickens para ter certeza que o bem estar dos trabalhadores nunca foi uma prioridade do capitalismo. Um benefício trabalhista pode ser conquistado por dois modos 1) pela legislação ou 2) pelo acordo entre entre o sindicato e o empresário. Nos dois casos, o benefício resultada da negociação política. A burguesia capitalista pode sentir a pressão por dois modos, 1) pela redução dos ganhos por meio de uma greve ou 2) pela expropriação por meio revolucionário. Geralmente, a democracia reconhece o direito à greve. Em uma ditadura, a greve pode assumir um papel de insatisfação… Read more »

MMerlin
Visitante
MMerlin

Isso só existe na teoria. Hoje, ou antes, um sindicato apenas era aberto com o único e exclusivo fim para arrecadação. O auxílio ao trabalhador e defesa dos seus direitos era totalmente secundário.
Os acertos sempre eram feitos junto ao sindicato Patronal.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro MMerlin. Todo sindicato busca um acordo com o patrão. A greve, o conflito é muito pior para o trabalhador que para o empresário. Um bom sindicato consegue avanços por meio da negociação. Reajustes, benefícios, etc, são conseguidos por meio de um acerto entre o sindicato dos trabalhadores e os empresários. O debate sobre leis é feito no parlamento, geralmente pelo embate entre os partidos trabalhistas e os partidos liberais. Todos regime revolucionário (de esquerda e de direita) precisa intervir nos sindicatos para consolidar seu poder.

MMerlin
Visitante
MMerlin

O movimento sindical foi criado no século XIX, como forma a combater irregularidades e trabalho escravo. A realidade atual é muito diferente para profissões já regulamentadas. Quer você acredite ou não, antes da reforma trabalhista, Sindicatos eram vistos como um negócio bem rentável. Pós-reforma, o que vemos acontecer? O mesmo processo de afunilamento que vemos em todos os setores industriais sendo aplicados com a unificação da vários sindicatos. O motivo? Deixou de ser rentável. O sindicato, em sua raiz, tem sua importância indiscutível de existir. O sindicato, como em sua grande maioria existe no Brasil, confrontando regimes de estado, criando… Read more »

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Essa “batalha” pela autoria de projetos importantes entre estados, departamentos, distritos, províncias etc acontece no mundo democrático inteiro.

Afinal, o primeiro voto se ganha em casa.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Felipe. Essa guerra também ocorria entres os “distritos” na URSS e ocorre ferozmente dentro da China também. Algumas empresas patrocinam esse tipo de disputa dentro de suas fábricas (eu ainda não encontrei um estudo que mostre algum ganho real. Por outro lado, sistemas colaborativos como o da Toyota são muito eficientes)

Esteves
Visitante
Esteves

Complicado.

Sistema colaborativo é complicado.

Temos raizes fincadas no modelo recompensa > reconhecimento.

Sistemas colaborativos são complicados. Requerem muito treinamento, disciplina e desapego.

Um capítulo à parte.

Sergio
Visitante
Sergio

Caro Esteves….Eu sei de uma coisa.
SINDICATO É UM CANCER…….

Souza
Visitante
Souza

Concordo plenamento, o Brasil tem em torno de 16.000 sindicatos enquanto naçoes como Alemanha, EUA e muitas outras tem na faixa de 15 sindicatos, esse é um câncer implantado pelo desgoverno do PT.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Souza. Esse número não pode ser comparado. As “Unions” europeias e no EUA representam trabalhadores de várias cidades e setores. Elas se parecem mais com “Confederações” ou “Centrais sindicais” do que sindicatos. Um sindicato é restrito a uma região, queno Brasil é geralmente o município. Brasil são 11 mil sindicatos de trabalhadores e 5,2 mil sindicatos patronais. Na média, existem 2 sindicatos de trabalhadores e 1 sindicado patronal por município

Marcelo Baptista
Visitante
Marcelo Baptista

Não, a estrutura sindical brasileira, foi cooptada por Getúlio Vargas, com a CLT e o imposto sindical obrigatório. A partir deste ponto, deixamos de ter sindicatos representativos.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Aqui tem Sindicato dos trabalhadores dos sindicatos!!!

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Sergio. O movimento sindical tem origens no Sec XIX como resposta ao capitalismo selvagem e desregulamentado. Foi muito influenciado pela ideia marxista de “consciência de classe” . A Grande Guerra coloca de um lado a burguesia industrial e financeira que enriqueceu com a venda de armas, suprimentos e empréstimos aos governos em luta, e do outro a população civil nacionalista e chauvinista que foi arrastada a um pesadelo. O movimento trabalhista identifica a guerra como a crise capitalista descrita por Marx. Aliás, foi essa guerra que deu as condições para a revolução russa (inicialmente financiada pelo Kaiser) e depois… Read more »

Marcelo Baptista
Visitante
Marcelo Baptista

Foi o que o Vargas fez, estatizou os sindicatos.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá MB. Sim. O Estado Novo tinha inspiração fascista. Quase todo mundo imaginava que o fascismo era a solução contra o bolchevismo. A burguesia capitalista apoiou entusiasticamente as soluções fascistas no mundo todo. Hitler foi considerado pela revista “Time” o homem do ano 1938. A biografia de Vargas (recomendo a do Lira Neto) é fascinante. Castilhista, conspirador, revolucionário, ditador, nacionalista, trabalhista, democrata. Tem gente que consegue ser medíocre durante toda a vida, até quando vira presidente.
É, mas quando entra na água
É, na primeira braçada
É, ele não vale uma naba
Ele não surfa nada, ele não surfa nada

Esteves
Visitante
Esteves

Apoiou e financiou. Depois promoveu a guerra.

Bem bacana.

Marcelo Baptista
Visitante
Marcelo Baptista

Camargoer, obrigado pela sugestão, está na minha lista de leitura, e quanto ao surfista calhorda, ô saudade quando eu era novo e tudo era mais simples.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Marcelo. O que surpreende é que eles continuam estudando lá fora mas aqui eles não surfam nada, nada. Isso faz lembrar aquele tempo quando eu era mais simples e tudo era novo. A biografia de Vargas é bem legal. Aprendi a entender muita coisa que antes era sem sentido.

Kemen
Visitante
Kemen

Pelo que eu sei nos USA os Estados da União tem suas próprias leis. A Constituição norte americana é curta e sucinta, sem os detalhismos que complicam as leis e causam modificações constantes numa constituição. Entretanto note-se que a organização sindical é pequena e geralmente faz acordos benéficos para ambos, trabalhadores e empresas, as demagogias que existiram no passado deram lugar a um sindicalismo moderno que sabe que se não existir empresa não existe trabalhador.

TeoB
Visitante
TeoB

Quero deixar o meu desagradecimento ao desilustre sindicato, responsável por atrasar mias ainda esse importante processo, atraso esse na minha opinião motivado por birra e briguinha politica de uma criança que queria doce e não ganhou, pois essa escolha da marinha acho eu, que foi muito mais transparente se comparada a compra dos submarinos, e lá não me recordo desse mimi

Ricardo Ramos
Visitante

A escolha dos submarinos foi correta, lembrando que nenhum outro fabricante estava disposto a auxiliar nas alterações necessárias para construirmos um SSN.

EduardoSP
Visitante
EduardoSP

Já a escolha da Odebrecht para construir os submarinos não foi nada isenta de intere$$es.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Eduardo. Entendo sua preocupação. O MinDef poderia ter fundado uma estatal para administrar o estaleiro e construir os submarinos. Essa empresa estatal ficaria encarregada de licitar uma construtora para construir o estaleiro que seria cedido para a DCNS construir os submarinos. Contudo, foi fundada uma empresa 51% Odebrect e 49% DCNS para construir o estaleiro e construir os Scorpenes, da qual a MB está adquirindo os submarinos. A MB poderia adquirir os submarinos diretamente da DCNS, que contrataria uma empreiteira de sua preferência para construir o estaleiro para ela, talvez uma empresa francesa (que subcontrataria as empresas brasileiras para… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro TeoB. Por outro lado, o sindicato poderá dizer aos seus associados que eles tentaram tudo. É provável que o sindicato dos trabalhadores de Itajai fariam tudo que fosse possível para revisar o contrato caso a MB tivesse escolhido Pernambuco. Sindicato patronal faz o mesmo tipo de pressão. Os sindicatos dos caminhoneiros colocou o governo de joelhos.

Esteves
Visitante
Esteves

Mestre,

Para colocar aquele governo de joelhos bastava uma varinha de condão.

– Vira bosta!

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Esteves. Eu fico pensando o que seria pior, uma “varinha” ou “um cabo”.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Duvido de aqui fariam isso, duvido mesmo.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Space. Então o caminho e montar uma chapa e concorrer na próxima eleição do sindicato.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

O caminho é aceitar as derrotas quando ocorrem, colocar a pátria em segundo plano é coisa de safado. Os deslikes falam por sí.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Space. O recurso a uma decisão é legítimo e previsto em todos os processos de licitação e concursos. Primeiro porque é possível ocorrer fraudes ou direcionamentos. Segundo porque os avaliadores podem errar. As duas coisas são incomuns mas possíveis. A ideia de colocar a “nação” em primeiro pode ocultar outras motivações nada patrióticas. O escândalo Irâ-Contras é um exemplo de uma ação escondida sob a alegação do bem da nação. O “patriot act” também pode ser usado como exemplo de manipulação em nome do bem da nação. Talvez a maior “safadeza” seja manipular o sentimento de patriotismo para tirar… Read more »

nonato
Visitante
nonato

E o sindicato dos outros estados que participaram do certame?

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Nonato. Você tem razão de lembrar dos outros sindicatos. Imagino que na próxima eleição para diretoria, a chapa de oposição vai usar isso na campanha.

Everton Sbrisse
Visitante
Everton Sbrisse

Não podemos culpar o sindicato por defender e “brigar” para criar empregos na sua região, pois em tese essa que sua função na sociedade.

Marcos Borges
Visitante

O importante, pelo menos deveria ser, o interesse público acima dos interesses das corporações e “sindicatos”.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Marcos. O problema com a ideia de institucionalizar os sindicatos para que eles coloquem a nação ou o Estado acima da categoria que eles representaria é que isso nos remeteria a uma organização fascista. A ideia dos sindicatos é dar aos trabalhadores, que seria a parte fraca na relação capital x trabalho, uma capacidade de organização que possa ao menos equilibrar essa relação. Foi a luta sindical em todo o mundo, inclusive nos EUA, que colocou limites civilizados nas bde trabalho, como férias, limite de jornada, adicional de hora extra, seguro, previdência, proibição do trabalho infantil.. etc. Pelo lado… Read more »

Esteves
Visitante
Esteves

Mestre, “Apresenta-se, então, os Princípios do Direito Fundamental e os Direitos Fundamentais na Constituição de 1988, que inovou ao juntar a proteção dos direitos individuais e sociais à tutela dos direitos difusos e coletivos, assim como ao apresentar os direitos fundamentais no seu texto, antes da organização do próprio Estado.” Os direitos antes do estado. Os privilégios antes do estado. Os sindicatos antes do estado. As políticas antes do estado. Os governadores que foram prometer aos italianos antes do estado. O estado quebrou-se. Redução de “direitos”, desoneração da folha, ajuste fiscal, reforma tributária, reformas previdenciárias, não são pensados e tentados… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Esteves. Em um país com um nível de desigualdade muito grande, como o Brasil, que tem um IDH pior que a Venezuela ou Irã, a percepção sobre a proteção do Estado ou a repressão do Estado varia muito sobre os diferentes grupos sociais. É importante distinguir a “leis naturais” dos “consensos”. A gravidade é uma lei natural. Manter-se à direita é um consenso. Eu concordo (por outras razões) que a sociedade brasileira vive o oposto daquela que acredito possível muito mais por causa dos consensos do que das leis naturais.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá E.S. exatamente. Sindicato que ajuda patrão e pelego.

Marcos Borges
Visitante

Foi o velho choro dos perdedores.

Eduardo
Visitante
Eduardo

Já urge a hora de iniciar a construção desses 4 navios!

Carlos
Visitante
Carlos

BOA TARDE , COLEGAS ! Só prá pontuar , como ficam essas demandas desproporcionais e totalmente inoportunas ? Quem se responsabiliza ? Quem paga o custo das Sucumbências e despesas processuais ? Essas pessoas que tentam manipular e se escondem atrás de conglomerados e usam Tribunais para Benefícios próprios tem que serem Responsabilizadas e arcarem com todo o custo do Transtorno e Atrasos a qualquer obra que embarque por embargar . Isso chamasse Litigância de Má FÉ . Uma NAÇÃO não pode ficar refém de interesses clandestinos não . Houve uma Concorrência e Disputa pelo Melhor Projeto e houve um… Read more »

Diego
Visitante
Diego

Discordo de seu comentário. Está no direito reclamar, não concordar, faz parte do jogo, se descobre uma corrupção é melhor parar tudo e reabrir o processo, os fins não justificam os meios, certo é certo e errado é errado, agora quando se trata de defesa nacional a justiça que tem que ser rápida para não atrasar os cronogramas.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Carlos. Seria preciso ler o processo para saber os argumentos. Anos atrás, teve o caso “Bar Bodega” e “Escola de Base” nos quais pessoas inocentes tiveram suas vidas destruídas. Existem dezenas de casos eleitorais que um dos candidatos foi prejudicado por calúnias e armações (Eu sempre lembro do caso dos sequestradores do Abilio Dinz fotografados com camisas eleitorais). Eu concordo com você sobre a manipulação de processos, manipulações partidárias, manipulações midiáticas. Sabemos de outros escândalos que tiveram consequências muito mais graves mas ainda tem gente fazendo cara de paisagem.

Carlos
Visitante
Carlos

Verdade Mesmo, Companheiro

Camargoer
Visitante
Camargoer

Cumpanheiro, depois vamos tomar uma longa com.mel para comemorar nossa concordância.

Everton Sbrisse
Visitante
Everton Sbrisse

A regra na justiça é quem perde paga os honorários sucumbências e despesas processuais.E quem embargar algo e sempre o juiz, as partes só podem pedem, se o pedido for bem fundamentado e tiver respaldo jurídico, o juiz irá aceitar.

nonato
Visitante
nonato

Me parece que essas representações no TCU podem ter um caráter de interesse público e não apenas interesse privado, i que afastaria essa ideia de perda ou sucumbência.
Não sei se essa representação provocou atraso, especialmente se a Marinha já vinha preparando a documentação.

Wilson França
Visitante
Wilson França

Só que tribunal de contas não faz parte do poder judiciário e não tem os procedimentos regidos por código de processo civil ou tributário.
Os tribunais de conta fazem parte do poder legislativo e seu procedimentos tem rito próprio e distinto. Não tem sucumbencia.

nonato
Visitante
nonato

Não há custas processuais em processos administrativos.
Nem sucumbência.

Vilha
Visitante
Vilha

A politicagem bairrista brasileira, sempre atrapalhando.

Leonardo
Visitante
Leonardo

12 corvetas logo espalhar pelo estaleiro brasileiro

DOUGLAS
Visitante
DOUGLAS

Acho que o ideal seriam 10 navios como esse e pelo menos umas 6 unidades mais pesadas.

BMIKE
Visitante
BMIKE

Penso o mesmo, no mínimo 12 iniciais! Padroniza a frota e gera maise riquezas para o pais! Se iniciar com 4 vai morrer nesse numeração, que pra Costa brasileira é pífio!

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Mike. O risco do projeto apresentar problemas e baixo porque o projeto está evoluído, mas a MB poderia implementar algumas modificações em um segundo lote. Um grande lote inicial pode ser pior que a contratação de um segundo lote revisado.r

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Também acho um bom número, 12 corvetas (na verdade fragatas leves ).

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Bem agora vai!!!!!!!!
Well, em Terras Brasilis, tudo pode ocorrer!

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

Já era sem tempo! Quanto a quem vai sediar solenidade eu vejo como um simples detalhe e que gere mais atrasos com isso também. Quero ver o primeiro corte do aço! Siiiga!!!

Top Gun Sea
Visitante
Top Gun Sea

Op, s E que não gere atraso com isso também!

nonato
Visitante
nonato

Coloquem em campo neutro: Brasília ou Recife!!!

Camargoer
Visitante
Camargoer

Oi Nonato. Eu ia sugerir Itaguaí… é aqui perto. Dai o PN sorteia um colega para ir junto com o Nunão (se o critério for negativação, tenho grandes chances).

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

Vou ter que passar, Camargoer. Estou enfurnado finalizando minha tese.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Oi Nunão, Qual o prazo para depositar?

Camargoer
Visitante
Camargoer

(será que quem negativou sabe que existe um prazo para depositar a tese antes de marcar a defesa?)

João Moro
Visitante
João Moro

Curitiba, Paraná. rs

VovozaoR Bozo
Visitante
VovozaoR Bozo

10/12/2019 – terça-feira, btarde, Srs. O texto em nenhum momento fala que o atraso foi causado pelo sindicato e, sim “devido ao trabalhoso processo para conclusão (análise e leitura) dos documentos”, contudo cada mês de atraso, mais atrasa BA entrega final, é, como já estamos sem escoltas, corremos um risco muito grande de quando recebermos a 1a. Tamandaré não tenhamos mais escoltas na MB.

Marcos Rêgo
Visitante
Marcos Rêgo

Exatamente!

nonato
Visitante
nonato

Traduzindo: representações podem tee efeito cautelar ou não.
Se não tiver sido determinado a suspensão dos procedimentos administrativos, a MB pode ter aproveitado para adiantar a análise dos documentos.

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Pernambuco ainda chorando Nonato

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Erraado. Foi o sindicato que protocolou com despeito pq perdeu o contrato…

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Alison. Quem perdeu o contrato foi o consércio Vard Promar. O sindicato representa os trabalhadores da região onde está o estaleiro.

Marujo
Visitante
Marujo

O único equívoco deste programa é o pequeno. número de unidades que serão encomendas. Deveriam ser pelo menos oito. Não tem dinheiro? Então taxa as petroleiras que estão no pré-sal.

Marujo
Visitante
Marujo

…encomendadas…

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Taxa, imposto, tributação. Deixem as empresas trabalharem em paz. O regime de contraprestação da exploração de petróleo para o Estado, já está definido nos contratos.

E o pequeno número é o que deu para comprar com os recursos disponíveis. Havendo mais recursos, nada impede que sejam encomendadas novas unidades, afina, não estamos pagando mais caro pela tal TOT?

Mf
Visitante
Mf

O contrato prevê em 2026 a opção por mais 2 a 4 unidades da Tamandaré. Acredito que teremos 8 sim, até 2032, e então partir para um navio maior de 4500 toneladas pelo menos. A Tamandaré terá 3455t de deslocamento.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

O ideal seria destinar parte da renda do Pré-Sal para reequipamento da MB. Os políticos não deixaram e os militares não trabalharam para isso.

Vicente Júnior
Visitante
Vicente Júnior

Olá Pessoal!
Uma dúvida: O míssil antiaéreo das Tamandarés vai ser o CAMM ou CAMM-ER?

Junior
Visitante
Junior

Creio que seja o CAMM, o mesmo das fragatas britânicas, até porque o CAMM-ER ainda vai demorar um pouco para entra em operação, fora que ele vai ser bem mais caro

SN-10 Álvaro Alberto
Visitante
SN-10 Álvaro Alberto

Sea Ceptor

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

é o mesmo

Marcos
Visitante
Marcos

E os armamentos/sensores definitivos, quando vamos conhecer? Agora em dezembro ou apenas no próximo ano?

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Interessante a noção e o discurso de compromisso do relator em relação à defesa nacional.

Normalmente, nossas autoridades não se preocupam com isso e/ou ignoram totalmente. Algumas outras que conhecem das inúmeras carências fingem que não sabem.

João Moro
Visitante
João Moro

Também me surpreendeu, Felipe Morais.

IBZ
Visitante
IBZ

Como a avaliação do TCU ñ valem m.. nenhuma e o MP está sempre atrás de escândalos pra conquistar seus 15 minutos de fama é melhor ficarem atentos pra q outras ações ñ atrapalhem a construção das embarcações.

Adilson Cremasco
Visitante
Adilson Cremasco

Deixem um pouco para os outros estados tbem….tudo rio de janeiro chega de privilegiar só o rio….ele já tem as fabricações dos S40

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

Boa parte dos trabalhos na classe Tamandaré será em Itajaí, Santa Catarina.

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Embora eu considere o grupo vencedor plena e cabalmente apto para fornecer o produto ofertado, a questão relativa a não haver navio similar operando foi Superada? A MB justificou de qual forma esse desvio em relação ao edital?

Nunes-Neto
Visitante
Nunes-Neto

A questão de navio similar, temos o MEKO100, a tamandaré é uma versão extendida.

rommelqe
Visitante
rommelqe

Qual é a motorização da MEKO100?

Esteves
Visitante
Esteves

diesel.

Juarez
Visitante
Juarez

Bota “extensão” nisto, pois tem quase o dobro do deslocamento de uma Meko 100, mas cada .acredita naquilo que quer….

Renan
Visitante
Renan

Dinheiro já está na conta para começar
Espero que não tenha mais desculpas.
1,6 Bilhões de reais já fora repassados

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

1,6BI de reais🤔❓

Vai precisar de bem mais, em dólares…

Renan
Visitante
Renan

Para começa está ótimo
Um cronograma longo e já tem um valor expressivo na conta.

Marquês de São Vicente
Visitante
Marquês de São Vicente

Eu estava vendo um novo contrato para construção de mais 4 Tamandarés no AMRJ e ainda outras 4 no Nordeste. Construção de 6 Fragatas MEKO A 200 e um aditivo no contrato do PROSUB para construção de outros 4 submarinos Classe Riachuelo dessa vez com AIP. Foi aí que acordei…

Esteves
Visitante
Esteves

Esqueceu do Slava.

Leonardo
Visitante
Leonardo

Certo seria 12 corvetas de cara sendo feita estaleiro de cada estado pra formenta construção naval

ALEXANDRE
Visitante

Poderia ser assim se fizerem preço justo.
Dessa forma ficariam prontas mais rapido

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Só 4!? E ainda dá todo este trabalho?!
Continuaremos sem guarda costeira eficiente e a marinha não deixa a PF assumir esse policiamento marítimo que o almirantado não faz.

Precisamos de 12..no minimo.

Bezerra (FN)
Visitante
Bezerra (FN)

A Marinha nunca impediu a PF de fazer o que você disse, a PF é que não tem interesse, capital e efetivo para isto.

Esteves
Visitante
Esteves

A polícia faz. As polícias estaduais fazem. Se não fazem tudo o que deveriam é por falta de recursos.

A MB pediu 7 bilhões para as 4. O pagamento/financiamento com os alemães deve ser na casa dos 1.8 bilhões de euros. Euros que não emitimos.

Se assinar e avançar nas 4 será ótimo. Tarefa superada.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Esteves. Uma conta rápida, $ 1,8 bilhão de euros é cerca de R$ 8 bilhões. Acho que o financiamento do FX2 foi de 100% com juros de 2,19% ao ano. Encontrei que o acordo foi de US$ 245 milhões e SK$ 39,8 bilhões (coroas suecas), no total uns R$ 18 bilhões (ou $ 4 bilhões de euros). Acho que esses números nos ajudam a ter uma ideia do tamanho desses programas. Fiquei pensando nas coroas suecas…

Esteves
Visitante
Esteves

Tipo Ingrid Bergman? Morreu. Ainda choro quando assisto Casablanca.

O Esteves é sentimental.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Bingo. Play it Sam.

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Agora sim!

ALEXANDRE
Visitante

Imagina se os 21 bilhões que a jbs tera q pahar(que a gnt sabe que nao irá) ,mas, so imagina se fosse investido na marinha

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Assina o contrato em Brasilia e fim de papo.

BMIKE
Visitante
BMIKE

Ótima notícia.

Esteves
Visitante
Esteves

Esteves no Gulag.

Deixa o Esteves explicar 4 coisas.

1) Lucro não entra na formação do preço. Lucro é apuração do resultado em um período.
2) O dono do produto ou o vendedor do produto é responsável pela estruturação/formação/composição dos custos.
3) Preço de venda é determinado pelos concorrentes e pelos fornecedores.
4) Lucro não é fator para reduzir ou aumentar preço de venda. Quando a venda acontece o lucro ainda será apurado.

Claudio Moreno
Visitante
Claudio Moreno
Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Forças armadas soberbas !
Vão torrar o dinheiro do “combustível” com uma Ferrari em um país que não possui estradas de qualidade para a Ferrari desenvolver seu potencial máximo.
Em minha modesta opinião, pegava essa grana, construía o projeto original do CPN na China, Peru ou Colômbia e faria a integração dos sistemas de armas e EW no Brasil ( AMRJ ou ICN).
Sobrando alguma grana, de quebra construía mais algumas unidades da Barroso ante superfície, armada com lançadores de mísseis Mansup e MT-300 naval, minas, Torpedos, sonar e sistemas EW nacionais.
Mais um “tiro no pé”, ai vendo !

Esteves
Visitante
Esteves

O Esteves defendeu. Faz na China pela metade do preço.

Mas…

Nenhum país monta navio na caso alheia.
Precisa resolver problemas com os IKL.
Precisa aprender a montar navio de guerra.
Precisa ocupar algum estaleiro local.
Precisa ocupar Itaguaí.
Não estamos em guerra nem estaremos. Não guerra de agressão ou de ocupação.
Lobby dos estaleiros europeus.
Azedamos italianos e franceses. Nessa ordem. Precisamos tomar cerveja com alguém.
Agradar alemão é sempre bom.
Chique é ter navio novo europeu.

Deve ter mais uns 30.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

É o que cansei de escrever aqui caro Esteves.
Mas vão comprar uma Ferrari e gastar o salário mínimo em gasolina kkkkkk.
Fico imaginando quantos mísseis CAMM teremos para cada Meko Gambiarrada/ CCT.
Serão 36 células por navios e teremos no máximo 6 mísseis por navio.
O soberbas do almirantado não reconhecem a técnica de ataque massivo, não sabem que o que precisamos é de 100 fuscas e não de 10 Ferraris.
Mas como você disse, compraram um belo carro alegórico para apresentar no 7 de setembro kkkkk!

Esteves
Visitante
Esteves

Eles sabem. Todos sabemos.

Marcos
Visitante
Marcos

Peru? Colômbia? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Barroso? Lançadores de WHAT?

O seu comentário definitivamente está entre os piores do ano

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Sério Marcos? De onde tirou de meu comentário esses lançadores de WHAT? Tudo na vida depende de um referencial, se seu referencial é dar dinheiro para Europeu ocidental sendo que podemos fazer aqui em casa ou com nossos vizinhos (que diga-se de passagem fabricam coisas que nem sonhamos como os Makassar, Patrulha fluvial pesado e se não me engano um OPV-1800 ). Seu descrédito e chacota da poderosa e crescente industria naval peruana e colombina só demonstra que não sabe nem do que está satirizando. Deve ser mais um burgues que sonha em ser súdito da rainha careca ou do… Read more »

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Que notícia triste para os Abutres do blog!!!

Juarez
Visitante
Juarez

Está expressão me lembra um molitar, CMG que labutava em fóruns alardeando que a marinha era “dele” e que seria a maior marinha “puthenfia nunca antis vista”…
Bom, deui no que deu, ou melhor está ainda “dando”…?
Muda o disco, e poe os pés na realidade:
A frota de combate de superfície da MB acabou .
Fato.

Esteves
Visitante
Esteves

Junto como país. Difícil saber quem acabou primeiro.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Esteves. Suspeito que a primeira a sucumbir foi a verdade.

Esteves
Visitante
Esteves

Sabe qual o risco disso…não sabe?

As pessoas não se importam mais. Aceitam o fracasso.

1969. They Shoot Horses, Don’t They?

Por conta de trocados elegemos qualquer. Um ou uma.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante

Era só o Governo de Pernambuco ter feito o dever de casa e ter feito uma oferta vantajosa para levarem o estaleiro para PE, mas isto exige competência e da trabalho.

Não fez… preferem chorar na imprensa

Renato
Visitante
Renato

Não vou discutir se o estaleiro de Pernambuco está certo ou não.
É perda de tempo.
O que o país precisa discutir, é saber até quando a desigualdade de investimentos e crescimento econômico fazem do Brasil um país que só cresce pelas regiões mais assistidas estruturalmente pelo governo federal e as regiões menos assistidas sofrem com a ausência de recursos por falta de infraestrutura do governo federal.
O Brasil trata a si próprio com discriminação.
Essa é a grande diferença entre Brasil e os EUA.