Home Marinhas de Guerra Incêndio no porta-aviões russo Almirante Kuznetsov

Incêndio no porta-aviões russo Almirante Kuznetsov

6845
100

Um incêndio irrompeu no compartimento de motor número 1 do porta-aviões soviético-russo Almirante Kuznetsov às 10h15, horário de Moscou, em 12 de dezembro.

O porta-aviões está passando por reparos em Murmansk, na Rússia, e acredita-se que o incêndio tenha sido causado por trabalhos de soldagem. Seis pessoas ficaram feridas e três trabalhadores estavam desaparecidos até a publicação dessa matéria.

O fogo se espalhou de 20 metros quadrados iniciais para cerca de 120 metros quadrados no compartimento de motor e, provavelmente, para os compartimentos vizinhos. O combustível diesel estava queimando e não está claro se é um derramamento ou combustível armazenado em tanques.

O famoso porta-aviões Almirante Kuznetsov poderia reivindicar o título de um dos navios da Marinha Russa mais assombrados por desastres e acidentes. O navio foi literalmente cercado de acidentes desde o momento em que sua quilha foi batida em 1982.

Há cerca de um ano, quando o Almirante Kuznetsov estava em dique flutuante, duas pessoas morreram quando o guindaste da doca desabou e caiu no convés do navio, e o dique afundou.

FONTE: Maritime Bulletin

Subscribe
Notify of
guest
100 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Davi
Davi
11 meses atrás

Azarento Kuznetsov.
Espero que ninguém tenha morrido, nessas horas a rivalidade fica de lado.

Brunow
Reply to  Davi
11 meses atrás

As causas do incêndio, e infelizmente pelo menos uma morte já foi confirmado.
https://www.kommersant.ru/doc/4190560?from=main_4

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Davi
11 meses atrás

Alguém surpreso?

Binho
Binho
Reply to  Davi
11 meses atrás

Rivalidade?

Russia está em guerra com o Brasil?

Rodrigo
Rodrigo
11 meses atrás

Pensei que já tinham aposentado essa Maria fumaça. Tomara que não tenha mortes

Norberto Batista Pontes
Norberto Batista Pontes
11 meses atrás

é um puta navio não maria Fumaça.

Eduardo
Eduardo
Reply to  Norberto Batista Pontes
11 meses atrás

É um ranho isso sim, só gasta dinheiro do contribuinte Russo.

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Norberto Batista Pontes
11 meses atrás

Tão bom e seguro quanto o São Paulo.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  2Hard4U
11 meses atrás

Mas o sp está parado não causa incêndio.

Brunow
Reply to  Rodrigo
11 meses atrás

O Kusnetsov também estava “parado” e já a um bom tempo…

andrepoa2002
andrepoa2002
Reply to  Rodrigo
11 meses atrás

Só mortes…

Benjamim
Benjamim
Reply to  Rodrigo
11 meses atrás

O SP está para e flutuando, isso é mais do que se pode dizer do NAe Russo

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Norberto Batista Pontes
11 meses atrás

É o São Paulo deles… leva para uma praia na Turquia e desmantela o menino.

Espero que não tenham mortes. Ninguém merece morrer numa traquitana dessas

DOUGLAS
DOUGLAS
11 meses atrás

Deveriam aposentar este navio e por enquanto que não tem grana para construir outro novo, focar nas fragatas mais leves como ultimamente estão fazendo.

Camargoer
Camargoer
Reply to  DOUGLAS
11 meses atrás

Olá Douglas. Tenho a impressão que você está falando da MB 10 anos atrás.

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  DOUGLAS
11 meses atrás

Pelo menos uma vez à MB pode servir de exemplo, se não tem dinheiro para modernizar a contento é melhor desativar logo essa jaca do que insistir em manter só para falar quite tem!

Munhoz
Munhoz
Reply to  DOUGLAS
11 meses atrás

Existe a possibilidade de eles enviarem o casco para a China reformar !

Remota mas tem !

Rodrigo
Rodrigo
11 meses atrás

Não adianta ter um Porta Avião, se não tem grana para manter o mesmo…O porta Avião Russo e mais uma arma simbólica do que pratica…

Brunow
Reply to  Rodrigo
11 meses atrás

Como não tem grana para manter ?
Se os caras estão gastando mais de U$ 1 bilhão de dólares para reforma lo é por que há dinheiro disponível..
Navio em construção pegando fogo, só nos últimos anos eu me lembro, na Índia, Turquia, Itália , EUA etc.. E não foi falta de dinheiro, mas sim falta de cumprimento das normas de segurança com equipamentos de soldagem..

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Brunow
11 meses atrás

Não e reforma e sim serviço de manutenção que está atrasado a vários meses, e onde vc tirou esse valor de 1 bilhão de dólares??? A economia da Rússia depois dos embargos esta indo de mau a pior…A Rússia atualmente tem muito projetos de armamento, mais não tem grana para uma cadência de produção de seus projetos…Contra números não tem argumentos.

Brunow
Reply to  Rodrigo
11 meses atrás

Jovem quando coloco alguma coisa aqui, pode ter certeza não tirei de minha cabeça, mas tem fonte… Em tempos de Google, não se pode falar asneiras..
Vc não me apresentou nenhum “números”, mas eu vou lhe apresentar, por isso tenho argumentos….
Sobre os Valores e manutenção vc pode escolher uma fonte Russa:
https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://www.interfax.ru/amp/609768&ved=2ahUKEwij_qqwg7PmAhX7ILkGHe_kC08QFjALegQIARAB&usg=AOvVaw3mS0DXjKdugg9yFiYm58LE&ampcf=1

Ou Ocidental :
https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://amp.dw.com/en/deadly-blaze-hits-admiral-kuznetsov-russias-only-aircraft-carrier/a-51650096&ved=2ahUKEwjIvOa3hrPmAhUSF7kGHaGIBDsQFjAFegQIAxAB&usg=AOvVaw1NDfbfptu_V1DFV6TzVEs6&ampcf=1
Sobre os dados econômicos vc pode acompanhar em tradingeconomics, Rússia sancionada cresce 1,7% ao ano e atingiu a 5° maiores reservas do mundo, entre as 17 maiores economias mundiais ela e Alemanha são os únicos países que tem o orçamento governamental positivo etc..

Delfim
Delfim
11 meses atrás

O São Paulo já matou 3 e feriu 7.
Navios-aeródromos são belonaves sensíveis, com muitas armas, combustíveis e tripulantes.
Não se pode vacilar.

marcus
marcus
Reply to  Delfim
11 meses atrás

Eu acho que o certo, seria retirar todos os líquidos inflamáveis antes de iniciar a reforma.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  marcus
11 meses atrás

Só que o navio precisa de energia para manter sistemas vitais como as bombas de escoamento de água, que o matem flutuando.

Enes
Enes
Reply to  Jadson Cabral
11 meses atrás

Jadson, o navio pode receber energia de terra quando atracado, não precisa necessariamente de combustível.

Renan
Renan
Reply to  Delfim
11 meses atrás

O navio Russo já matou mais de 50 pessoas

Lesaldo
Lesaldo
11 meses atrás

Com a quantidade de fumaça que essa geringonça libera eles devem ter demorado algumas horas para perceber que estava pegando fogo.

Leonel Testa
Leonel Testa
11 meses atrás

Se fosse no Brasil sucata , navio sem manutençao culpa dos almirantes . Na Russia fatalidade

ROBERTO CAMPOS FREIRE
11 meses atrás

Construir é uma coisa, operar de forma eficiente dia e noite um porta aviões é outra história. Quero ver a China operando os seus no padrão da Marinha Americana!

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  ROBERTO CAMPOS FREIRE
11 meses atrás

Más isso eles já fazem, não vê as noticias das missôes deles? Eles ainda só não foram usados em combate, más navegar eles navegam bastante.

Dalton
Dalton
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
11 meses atrás

Por enquanto não existe “eles”; há apenas um o “Liaoning” enquanto um segundo de mesmo tipo ligeiramente melhorado ainda não foi comissionado
e que passou por vários testes de mar, mais do que previamente se havia estabelecido, para corrigir problemas surgidos, o que não é anormal quando trata-se de um navio novo.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Dalton
11 meses atrás

Estamos falando de operação, ou seja navegar mar adentro. Outra coisa e estar em serviço ativo.
A China tem 2 PA em operação, sendo uk em serviço ativo.

Dalton
Dalton
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
11 meses atrás

Você mencionou “missões deles” Cristiano… sendo que o segundo nem foi entregue pelo fabricante à marinha chinesa ainda e depois de entregue precisará de pelo menos um ano para ser declarado minimamente capaz.

Rene Reis
Rene Reis
Reply to  ROBERTO CAMPOS FREIRE
11 meses atrás

Acho que vai preferir o padrão chinês

Fabio Araujo
Fabio Araujo
11 meses atrás

É melhor começar do zero e construir um novo. Este esta parecendo com aqueles carros novos com vícios de construção que já saem da fábrica cheio de defeitos e não tem que consiga dar jeito.

nonato
nonato
Reply to  Fabio Araujo
11 meses atrás

A MB podería ver se eles não querem vender…
Deve ser o único porta aviões disponível para venda no mundo.
Ou ver algum americano usado…

Flanker
Flanker
Reply to  nonato
11 meses atrás

Eu vou entender como brincadeira sua!!!! O Brasil comprar essa traquitana??? Já não chega a experiência com o São Paulo???

Top Gun Sea
Top Gun Sea
11 meses atrás

Ele tem uma síndrome rara que quando começa não para mais de ocorrer surtos. Isso ocontece sempre em países de terceiro mundo nas marinhas de baixa renda. O único jeito é aposentar a embarcacao e para erradicar o surto a única solução é afundalo em águas profundas. O nome da síndrome é naesãopaulo.

Júpiter
Júpiter
11 meses atrás

Os Russos estão querendo se igualar com a MB na gestão de porta aviões, ambos deveriam largar dessa ideia por um bom tempo e focar em outras áreas do combate naval. Agem como alguém que tem um mercedes na garagem, mas ele está com o motor fundido e o dono não tem grana nem pro guincho levar o carro até a oficina.

PACRF
PACRF
11 meses atrás

A única coisa de boa qualidade fabricada na Rússia é vodka.

Brunow
Reply to  PACRF
11 meses atrás

Então ele é bom, pois foi fabricado na Ucrania…

PACRF
PACRF
Reply to  Brunow
11 meses atrás

Foi lançado ao mar em 1985 e comissionado no começo de 1991, ou seja, a Ucrânia fazia parte da antiga União Soviética. Lembrando que o Império Soviético se dissolveu no mesmo ano em que o Kuznetsov foi comissionado. A Ucrânia teve sua independência reconhecida em 25/12/1991.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  PACRF
11 meses atrás

Foi uma época de vacas magras, a pode ter tido uma queda na qualidade por conta da falta de grana!

PACRF
PACRF
Reply to  Fabio Araujo
11 meses atrás

Na verdade haviam dois porta-aviões da mesma classe sendo fabricados na Ucrânia. O segundo, ainda incompleto, ficou na própria Ucrânia e depois foi vendido para a China, onde teve sua construção concluída e está em operação. Até onde se sabe, funciona bem. Obviamente a China tem muita mais recursos que a Rússia.

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  PACRF
11 meses atrás

E as russas também. São de alto padrão de qualidade!!

PACRF
PACRF
Reply to  Tamandaré
11 meses atrás

É uma pena que o Putin sancionou em fevereiro de 2017 uma lei que permite aos homens baterem em suas esposas, desde que seus ossos não sejam quebrados e que não sejam deixadas marcas em seus corpos. Dessa forma, não serão presos. Resultado: desce o porrete com critério para não quebrar os ossos e bota gelo. Coitadas das mulheres russas, talvez apanhem pelo simples fato de serem belas.

Thiago Aiani
Reply to  PACRF
11 meses atrás

PACR, mulher do leste europeu è bicho estranho, ainda acostumada com esse padrão cultural. Não tive o prazer de frequentar russas, mas moldavas, romenas e ucranianas sim. Sei que são estereótipos e não deveríamos generalizar por apenas alguns episódios, mas eu via cada cena desses caras, no mínimo ursos e grosseiros. Cheguei a presenciar indivíduos batendo na própria mulher e elas depois corriam atrás e voltavam com o sujeito como nada fosse. Aqueles que observavam e queriam intervir ou chamar a polícia, não tínham nem o tempo de fazê-lo. Uma vez quando adolescente fiquei atrás de uma ucraniana, recém chegada… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  PACRF
11 meses atrás

PACRF
É uma pena que o Putin sancionou em fevereiro de 2017 uma lei que permite aos homens baterem em suas esposas, desde que seus ossos não sejam quebrados e que não sejam deixadas marcas em seus corpos. Dessa forma, não serão presos. Resultado: desce o porrete com critério para não quebrar os ossos e bota gelo. Coitadas das mulheres russas, talvez apanhem pelo simples fato de serem belas.

O que sua mentira sobre a lei russa tem a ver com o incêndio em um navio em particular?

Thiago Aiani
Reply to  Evgeniy (RF).
11 meses atrás

Evegeny, não tem nada a ver sobre o navio realmente, o colega simplesmente discorda da visão de sociedade abraçada pela Rússia. Mas não há nada de negativo, é desnecessário querer desmerecer a sociedade russa baseando-se sobre um metro e juízo de valor “ocidental ” progressista. A Rússia de Putin já deixou bem claro que não irá assimilar agendas politicas pro-homossexuais e feministas, escolheu para si um modelo tradicional e conservador. A tese básica dos promotores da lei é que o que acontece entre os muros domésticos não é da conta do Estado, o qual deve interferir só de exceção e… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Thiago Aiani
11 meses atrás

Nesse caso, estou falando de uma frase específica em que, dizendo que Putin assinou a lei “permitindo espancar esposas”. Esta é uma perversão específica do significado de emendas à lei. Isso é uma mentira deliberada, de alguns meios de comunicação ocidentais. Na própria lei, não há nada desse tipo; a punição, inclusive com a detenção, é totalmente prevista ali. A distorção foi feita de maneira deliberada, a fim de dar ao leigo ocidental algum tipo de sujeira sobre Putin especificamente, no contexto de um agravamento das relações com o Ocidente. Quanto aos gays, qualquer Rússia será contra a situação, que… Read more »

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Tamandaré
11 meses atrás

2.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Tamandaré
11 meses atrás

Os 2 deslikes, pertencem a quem não gosta de mulher… bonita?????

leonidas
leonidas
Reply to  Tamandaré
11 meses atrás

Amém irmão!

Delfim
Delfim
11 meses atrás

Os russos tem que voltar para aquilo que sabem fazer e operar.
Submarinos.

PACRF
PACRF
Reply to  Delfim
11 meses atrás

O Kursk acabou de extremesser em sua sepultura.

Delfim
Delfim
Reply to  PACRF
11 meses atrás

O Scorpion americano tb.

Brunow
Reply to  Delfim
11 meses atrás

Bom para aqueles que foram encontrados e tiveram uma “sepultura”, muitos nunca foram encontrados ou foram décadas depois… Mas os Russos estão fazendo como podem na área de construção naval, o que vacilam são nas medidas de seguranças… Nos Submarinos e Corvetas estão razoáveis, nos Subs eles tem em construção de acordo com o projeto: 09851 uma unidade 09852 uma unidade lançada finalizando para ser testado no mar. 885M cinco em construção um em testes de mar e dois contratados; no 955A quatro em construção um em teste de mar e possivelmente mais dois contratado em 2020; 677 dois em… Read more »

Souza
Souza
11 meses atrás

Ainda tem gente que acha que uma banheirona dessa, estilo vintage, possa enfrentar os avançados e poderosos chuveiros, digo, porta-aviões americanos.

Renan Lima Rodrigues
Renan Lima Rodrigues
11 meses atrás

Praga de Tsushima,kkk

Rogério Loureiro
Rogério Loureiro
11 meses atrás

Tinham que aposentar esse “SãoPaulóviskis” …

O nosso já foi para o caminho certo, só falta chegar ao seu destino merecido.

Ou alvo ou restaurante flutuante.

Fernando XO
Fernando XO
11 meses atrás

Navio em período de manutenção carece de muito atenção… pessoal de fora trabalhando a bordo, muitos serviços ocorrendo em paralelo… todo o cuidado é pouco…

André Luís
André Luís
11 meses atrás

Num site russo de defesa, muitos russos compartilham a ideia de se desativar o Kuznetsov e investir o dinheiro aplicado na sua modernização em programas de treinamento aeronaval, construção de infraestrutura e aquisição de know-how para a construção de um novo porta-aviões.
O Kuznetsov já deu! Que a lucidez e o bom senso ilumine a cabeça do alto escalão da marinha russa.

Dr. Mundico
Dr. Mundico
11 meses atrás

Qum diria, até o Kuznetsov teve seu dia de Onix…

Filipe Prestes
Filipe Prestes
11 meses atrás

Esse aí tá zicado. Quebraram uma garrafa de corote ao invés de champagne no batismo desse Kuznetsov. Que não haja vítimas fatais desse funesto acidente.

A6MZero
A6MZero
11 meses atrás

Essa embarcação tem sofrido com problemas, acidentes e falhas desde que começou seu período de modernização, como o que ocorreu em 2018, se os russos insistirem nessa modernização devem tomar um serie medidas e procedimentos para evitar novos acidentes.

leonidas
leonidas
11 meses atrás

Já tá no ponto de ser rebatizado para Sãopauznetsov…

Carlos Campos
Carlos Campos
11 meses atrás

Acho que o Mick Jagger torce por esse navio, pq é só desgraça

antonio
antonio
11 meses atrás

meu medo é a Russia querer vender e o Brasil comprar

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  antonio
11 meses atrás

rárárá, bem isso!

carlos mendes
11 meses atrás

Eu acho que os DEUSES do mar estão magoados porque esse navio deveria ser na sua origem a VAPOR porque ou solta fumaça ou pega fogo kkkkkkkkkkkkkkkkk

Corcel
11 meses atrás

E aí kings como tá o coração?

Flanker
Flanker
Reply to  Corcel
11 meses atrás

Quando a notícia é desfavorável aos queridos russos (ou chineses, iranianos, venezuelanos, cubanos, etc), ela simplesmente não aparece…..entretanto, se for favorável à esses, ou contra EUA, Israel, etc…ele é sempre um dos primeiros a aparecer……típico….

Henrique
Henrique
11 meses atrás

Não é por causa desse acidente, mas que o nae russo é uma tranqueira, isso ele é! Esse é o problema quando os comandantes escolhem por orgulho ao invés da razão. Que todos os opalas do mar, obsoletos e inúteis, virem parafusos ou recifes!

Antunes 1980
Antunes 1980
11 meses atrás

A única potência que rivalizava militarmente com os Estados Unidos foi a extinta União Soviética. Hoje a Rússia sofre sanções e possui limitações orçamentária gigantes. E este porta aviões obsoleto é a prova disso. Somente os Estados Unidos possuem 10 porta-aviões da classe Nimtz. A Inglaterra com o Queen Elizabeth e aquele de Gales e a França com o Charles Degaulle. A China caminha para ter 7 porta-aviões operacionais até 2030. A Rússia é aquele ex rico que perdeu boa parte do seu poder financeiro, mas continua morando em uma mansão e lembrando de forma saudosa do passado. Tão cedo… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Antunes 1980
11 meses atrás

Se eles forem realistas é possível operar um ou mais, mas tem que ser modesto, no máximo do tamanho do uss america. A verdade é que a Rússia é praticamente um “landlocked country” então não vale muito ter uma marinha de águas azuis, todas as saídas para águas profundas são obstruídas.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  Henrique
11 meses atrás

Landlocked country é o Afeganistão ou o Paraguai, cercados de terra, sem saída pro mar – e esse não é o caso da Rússia (ainda mais agora quando, dizem, rotas de navegação polar estarão livres de gelo). Os grandes rios russos correm de sul pra norte – imagino que Putin tenha planos de como aproveitá-los com o oceano glacial ártico praticável durante quase todo o ano. Tô torcendo pro aquecimento global ser balela…

Henrique
Henrique
Reply to  Alex Barreto Cypriano
11 meses atrás

Mas a saída é toda tortuosa, por exemplo, para partir de São Petersburgo e chegar ao Atlântico eles tem que atravessar o báltico, o mar do norte e passar o giuk gap ou o canal da mancha! Imagina quanto submarino a NATO pode meter nesse caminho, quanta mina naval, até míssil antinavio pode ser disparado a partir de terra numa armada passado nas partes mais estreitas desse percurso.

Miguel
Miguel
11 meses atrás

Algo totalmente controlável e corriqueiro há observar a calma dos tripulantes no convés.

Jonatan
Jonatan
11 meses atrás

Isso aí é pra quem diz que porta aviões não passam de alvo! Se não tivesse valor os russos não estariam gastando 1bilhao de dólares em sua manutenção, com todos os sacrifícios que estão tendo de enfrentar! A verdade é que porta-avioes são um luxo que nenhuma potência militar quer deixar de ter! Daí os esforços russos e chineses para se igualar a inigualável US Navy!

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Jonatan
11 meses atrás

Aí é que está. NAe separa os homens dos meninos, em todos os sentidos. Para ter um Nae precisa de muita grana, logística, experiência e RH adequado. Nae sem striker Group é alvo mesmo, infelizmente. Para valer o custo precisa de destroyer dos lados, submarino embaixo e awacs em cima.

Pedro
Pedro
Reply to  Jonatan
11 meses atrás

Único comentário sensato aqui! A verdade eh essa. Mesmo o navio com tantos problemas (ficou praticamente 15 anos sem manutenção correta, não eh a toa que esta bixado), insistem so para não ficar sem pois para uma nação que quer projeção de força, sem um PA fica difícil qualquer tipo de apoio.

J-20
J-20
11 meses atrás

Acho que depois desse incêndio, junto com o rombo aberto pelo guindaste, vai sair mais barato fazer um novo do zero, com todos os melhores sensores e tecnologias que a marinha russa pode oferecer do que se dar ao trabalho de substituir componentes e remendar esse pesadelo flutuante.

Souza
Souza
11 meses atrás

Essa grande banheira russa servirá para encher de vodka e fazer uma grande confraternização de final de ano,

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
11 meses atrás

Os russos sempre foram os mais obstinados e recalcitrantes dentre todos os povos do ocidente, e sua história sacrificial sob os czares ou comunistas o testifica largamente. Putin não é bobo, o que vemos no Kuznetsov é um símbolo: a imolação passiva e ostensiva do passado inútil. Dostoiévski ia gostar muito.

Jonatan
Jonatan
Reply to  Alex Barreto Cypriano
11 meses atrás

É incrível como eles aceitam morrer em nome da megalomania de seus governantes! Em vez de exigir melhor segurança, são sacrificados em nome de uma ilusão! Chernobyl e kursk mandam lembranças!

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  Jonatan
11 meses atrás

Existe alguma distinta grandeza nesse desapego do ego pela (quase extinta) alma russa, tão diferente da alma (já extinta) de alemães, franceses, italianos, ingleses, holandeses, espanhóis e portugueses, todas expressão do ego. E isso não é nem socialismo nem comunismo, mas algo novo, quase religioso, que foi abortado pela influência européia sobre Pedro o Grande. Quem sabe, se tiverem tempo e se se livrarem da corrupção de estilo contemporâneo, os russos se redescubram…

Dalton
Dalton
11 meses atrás

O “Kuznetsov” não é uma grande prioridade para a Rússia, não da mesma forma como os americanos “bajulam” seus NAes e grandes navios anfíbios das classes “Wasp”, América” e San Antonio”, mas, prestígio é algo importante e a Rússia é carente de grandes navios com mais de 10.000 toneladas. . No presente, além do “Kuznetsov” há o grande cruzador “Pedro o Grande”, não é correto aportuguesar nomes de navios, mas, facilita a escrita, o “irmão” dele o “Nakhimov” que deverá ser devolvido em 2022 que encontra-se passando por um longa e custosa revitalização e os 3 cruzadores “Slava”, sendo que… Read more »

Rafael
Rafael
Reply to  Dalton
11 meses atrás

Se não fosse importante tinha ficado com a ucrania na decada de 90….nessa altura ja penso que essas embarcacoes estariam em melhores condicoes com eles que na mão dos russos

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Dalton
11 meses atrás

Acho que eles deveria adquirir navios chineses,seja os LHDs type 075 ou uns destroyers type 052D ou type 055,assim como nós os russos carecem de navios e adquirir dos chineses não seria demérito algum…

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
11 meses atrás

comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
11 meses atrás

comment image

Dalton
Dalton
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
11 meses atrás

Quase impossível Adriano, seria a mesma coisa que os EUA comprassem navios fabricados em outros países, principalmente os de grande porte e
isso não é admissível nem para um nem para outro e os russos já declararam que pretendem iniciar a construção de 2 “LHDs” ano que vem.

Hermes
Hermes
Reply to  Dalton
11 meses atrás

Fora que quando tentaram adquirir os Mistral sofreram um embargo e não receberam. Creio que não irão cair nessa armadilha mais tão cedo.

Ricardo
Ricardo
11 meses atrás

Solução definitiva e honrosa para os problemas do Kuznetstov, transformá-lo em navio museu.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
11 meses atrás

Tendo em vista o quadro, concordo com um almirante Russo que vi numa reportagem que eles deveriam investir na construção de navios de escolta do porte de no máximo destroyer e submarimos. Modernizando apenas os cruzadores.

jrsal
jrsal
11 meses atrás

NAe São Paulo versão Eslavo

Ítalo souza
Ítalo souza
11 meses atrás

Erro humano

André Luís
André Luís
11 meses atrás

Notícia atualizada: a reforma do Kuznetsov CONTINUARÁ. Até semana que vem terão o resultado da avaliação dos danos. A preocupação da marinha Russa não é com a qualidade ou letalidade da embarcação, e sim, com o TREINAMENTO das equipes. E assim atuará o Kuznetsov após reformado: como porta-aviões de treinamento.

Dalton
Dalton
Reply to  André Luís
11 meses atrás

O último NAe usado exclusivamente para treinamento foi o “Lexington”, entre 1969 e 1991 quando foi descomissionado e convertido em navio museu e uma tentativa de substituí-lo pelo “Forrestal” foi cancelada por conta dos custos e de uma época de “vacas magras” pós fim guerra fria. . De lá para cá, todo NAe da US Navy passa boa parte do tempo formando novos pilotos, mantendo a proficiência dos veteranos cujos NAes estão em manutenção e também dos esquadrões de reposição/treinamento e isso é feito entre os treinamentos específicos para futuras missões do NAe. . Não faz sentido manter o “Kuznetsov”… Read more »

John
John
11 meses atrás

Manda esse navio de graça pros Chineses que todo mundo ganha e a Russia se livra dessa bomba.