domingo, abril 18, 2021

Saab Naval

Chipre, França e Itália realizam exercícios navais em meio à crise no Mediterrâneo

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Fragata Federico Martinengo

Chipre, França e Itália realizaram um exercício naval conjunto na costa da ilha no dia 12 de dezembro, em uma demonstração de força, à medida que as tensões na região leste da Medina sobre os direitos de energia aumentam.

No âmbito da cooperação de defesa do Chipre com a França e a Itália, um exercício naval “PASSEX” foi realizado na quinta-feira dentro da ZEE da ilha, com o codinome “CYP/FRA/IT 2019”, disse o Ministério da Defesa do Chipre

Participaram do exercício militar a fragata francesa Surcouf, a italiana Martinengo com seu helicóptero NH-90, um navio de patrulha cipriota e equipe de seals da Guarda Nacional.

Os exercícios de treinamento visam melhorar as capacidades operacionais das equipes, melhorar o nível de comunicação e entendimento, promover um espírito de cooperação e criar condições para um maior desenvolvimento.

“O exercício também envia uma mensagem de sinergia, determinação e solidariedade com o objetivo de exercer livremente os direitos soberanos de cada país e manter um clima de estabilidade e segurança na região do Sudeste do Mediterrâneo”, disse o Ministério da Defesa.

Fragata Surcouf

Este mês, um acordo marítimo assinado por Ancara e pelo governo líbio em Trípoli provocou indignação por parte da Grécia e Chipre.

O acordo de delimitação Turquia-Líbia ignorou as águas territoriais das ilhas gregas e cortou uma área onde Chipre, Grécia e Israel planejam construir o gasoduto EastMed para a Itália.

A Turquia ameaça impedir as empresas de exploração de energia na ZEE de Chipre, enquanto envia seus próprios navios para perfurar a ilha.

Ancara não reconhece formalmente o Chipre e argumenta que as tentativas de Nicósia de explorar os recursos da ilha violam os direitos dos cipriotas turcos separatistas.

Bruxelas vê a a posição de Ancara como “atividade ilegal” contra o colega Chipre.

“A Itália, é claro, continua concordando com o apoio europeu a Chipre”, disse o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte ao parlamento italiano.

“É importante que o Conselho Europeu reafirme seu apoio aos Estados membros da UE no Mediterrâneo oriental, bem como ao pleno respeito ao direito internacional”, afirmou.

FONTE: Financial Mirror – Chipre

- Advertisement -

39 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
39 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo

O Chipre segundo o Edrogan é quintal da Turquia, ele colocou um navio civil de Israel para correr das águas territoriais do Chipre, quero ver ele fazer isso com as Marinhas de Guerra da França e da Itália.

Vinicius Momesso

O navio israelense expulso do mar do Chipre era civil; é lógico que o mesmo iria ” bater o pé” de lá. Agora, se estivesse escoltado por um destroier, aí a coisa mudava de figura.

Alison Lene

Não tenho tanta ctz. A Marinah Turca é maior

Vinicius Momesso

Apesar de Israel não ter a experiencia que os turcos tem em combates maritimos, eles aprendem muito rápido!

Alfa BR

A marinha israelense é muito experiente. Foram os primeiros a usar ECM no combate naval e foi entre eles e os egípcios a primeira troca de mísseis antinavio em combate.

Romão

A Turquia sempre pensou que o Chipre era quintal dela… Não é a toa que levaram uma surra em Lepanto.

Willber Rodrigues

Turquia
Itália
Grécia
Israel
Egito
França

Todo mundo alí tem dente pra mostrar

Quem vai ser o primeiro a “dar pra trás” ?

nonato

O mais doido e autoritário é Endorgan, que pretende recriar o império otomano.
O fato de estar mais próximo o favorece pois pode mandar aviões de terra.
O Chipre é um pequeno país.
Para os outros é sempre um problema entrar em guerra pra defender um país menor.
É com isso que Endorgan e outros ditadores contam.
Com o medo e a omissão de outros.
Menos mal que o problema afeta vários países.

Alison Lene

Vi um comentario de outro colega em outro post sobre o “mar da China” turco… acho que define bem a situação…

Theo Gatos

Desta lista aí em cima, a França… pelo próprio histórico…
.
Sds

DuartePMartins

Que comentário mais estupido, desinformado e ofensivo para com todos os valorosos soldados franceses que perderam a vida durante a II WW

Vinicius Momesso

Seis contra um aí fica difícil!

ADRIANO MADUREIRA

Difícil para Erdogangster, mas quem começou o imbróglio que se segure…

Seria bom trazerem ele de volta a terra.

No mar ele pode levar umas bordoadas de Itália,Grécia,Israel,Egito e França.
Em terra e no ar(Líbia) ele pode levar do Egito,EAU,Líbios e russos(Wagner)…

Luiz Trindade

Lembrando que o buraco pode ir mais para baixo como diz o ditado… Temos ae Turquia, Itália, Grécia e França como integrantes da OTAN. Qualquer disparo contra eles é disparar com a OTAN.

Fabio Araujo

Mas quando um membro da Otan dispara contra outro membro da Otan? Fica complicado escolher um lado, só resta tentar apaziguar a situação.

Flávio Henrique

Grécia e Turquia já entraram em guerra após ambos estarem na OTAN…por isso a Grécia tem equipamento russo no seu inventário incluindo S300( até os americanos tem). O s300 grego pelo mesmo processo que nosso hind ou tem pessoal treinando para fazer manutenção (não precisa mandar para Rússia toda vez e/ou esperar técnico de lá).

Theo Gatos

Não é a mesma coisa, o S300 foi comprado pelo Chipre, mas por ameaças turcas eles foram passados para a Grécia, mas tudo em alinhamento com os países ocidentais, não foi que a Grécia foi até a Rússia pra comprar o S300, mas teve que ficar com eles para evitar situação pior com a Turquia…
.
Sds

Marco Magliano

Ainda tem de levar em consideração a base naval russa na Síria

FERNANDO

Vocês viram o capitão Brasil, liberou verbas para as corvetas e o navio polar.
Acho que nosso super herói deu um golaço de placa nesta.
Se ele calasse a boca e fosse mais altruista, e conseguisse calar a matraca dos filhos, eu, acho que daria um 5,5 para o governo dele.
Sistema de Avaliação Fernando
0 – Para muito ruim
5 – Para mais ou menos
10 – Para excelente.
Simples, mas, funciona.
Ah, alguém tem o telefone do ministro da educação, quero dar uns conselhos para o mesmo, de como melhor a educação!!
risos, risos,risos.

Ali Mendes

Ninguém se importa.., próximo.

Peter nine nine

E o cenário vai sendo criado…. Raios…. O meu querido pequeno país ainda vai ser puxado para essa merd@

R_Cordeiro

Esse povo tá caçando Chipre na cabeça de cavalo.

Leonardo Costa da Fonte

E quem procura, acha!

Augusto L

A Turquia está passando dos limites e ja tá na hora de ser totalmente embargada militar e toma uns Tomahawks na cabeça.

Bueno

é o Jogo meu caro. Não desce para o play quem não tem bala na agulha pra jogar.
A Turquia é importante para os EUA e para a Europa e da mesma força que a Europa e EUA são importantes para a Turquia.
Neste Jogo, quantos países a Turquia tem que driblar para conquistar seus Interesses? Soma ai Síria, Arábia Saudita , Egito , Israel, Curdos,
S400 é só uma cortina, tem muita coisa em Jogo, Ancara Sabe Jogar.

Fabio Araujo

Os países do Oriente Médio que até pouco mais de um século estavam sob o domínio turco, até o fim da Primeira Guerra, não devem estar nada a vontade com essa sede de poder da Turquia!

Bueno

Os países da região tem muito poder Bélico e não vão dar mole pra Turquia, veja o quanto os Curdo causa problemas, a Turquia conseguiria alguma ação expansionismo se virasse para o Centro e Sul da África, na região ali esta lutando pra se manter influente.

Eliel Santos

A Turquia era importante para a Europa, quando europeus pensavam em construir um gasoduto passando pela Siria, israel e Turquia, para fugirem do gas russo. Mas agora, com Erdogan servindo como vassalo de Putin, os europeus tentaram o gasoduto via Chipre. Erdogan está apenas servindo aos interesses russos, impedindo a construção do mesmo. A Europa é refé da Russia enquanto for dependente do gás russo.

ADRIANO MADUREIRA

Tem muita coisa em jogo mesmo…

Pena que o Chipre não tem força para se tornar independente…

comment image

ADRIANO MADUREIRA

Explorando o Gás o Chipre poderia se unificar… O presidente Nicos Anastasiades disse que a descoberta de gás natural em torno de Chipre pode galvanizar os esforços internacionais para resolver a divisão de longa data da ilha e facilitar o desenvolvimento de uma fonte alternativa de suprimento de energia para a Rússia. Persistiram profundas diferenças entre cipriotas gregos e turcos que desafiaram os esforços de diplomatas e políticos ao longo de quatro décadas. Quase um trilhão de metros cúbicos de gás natural recuperável já foi descoberto na bacia do Levante, no leste do Mediterrâneo, o suficiente para abastecer a Europa… Read more »

Augusto L

Importante nada, superestimado isso sim.

ADRIANO MADUREIRA

,nada melhor do que quebrar as pernas dele para ele ficar imóvel por um tempo…

Bueno

Será que a MB mandou observadores ?
Esta mais que na hora do Brasil deixar a UNIFIL, esta região não é pra amadores.

Antonio Palhares

Como não acontecerá nada daquilo que gostaria de ver. Que são tiros e mísseis disparados, aviões e combates aéreos. Me resta apreciar o desenho lindo dos navios Italianos.

Andrigo

Erdogan viu no Chipre um “Taiwan” pra chamar de seu…

SmokingSnake 🐍

Os europeus hipócritas se mostra contra o gás e petróleo na mídia mas por baixo dos panos é isso aí: estão sempre metidos em conflitos por gás e petróleo e construindo gasodutos. A Amazônia que se cuide.

Carlos Campos

Erdogangster tá fazendo o que? comprou briga todo mundo, quem passa na frente ele arranja uma desculpa para confusão, só falta dizer que vai vender o petróleo em Yuan aí ele cai

Fabio Araujo

Egito, Isreal e Chipre exportam petróleo e gás para a Europa, se a Turquia se meter a atrapalhar ele corre risco dos europeus entrarem na confusão!

Carvalho2008

Licao 3 do dia:

Nem todos os países assinaram o acordo do tratado de 200 milhas de ZEE

Está aí é uma briga por petróleo e gás, do que muitos sempre defendem que não tem como se roubar….

- Publicidade -

Reportagens especiais

Visitamos o USS Laffey, destróier classe ‘Allen M. Sumner’ preservado nos EUA

Percorremos metade dos EUA de carro saindo do Texas para chegar ao navio-museu USS Laffey, destróier da classe 'Allen...
- Publicidade -
- Advertisement -