Home Exercício Marinha Egípcia treina no Mediterrâneo em meio a tensões com a Turquia

Marinha Egípcia treina no Mediterrâneo em meio a tensões com a Turquia

3715
29

BEIRUTE, LÍBANO – A Marinha do Egito realizou uma série de atividades de combate de qualidade profissional, destinadas a impor o controle marítimo sobre as áreas econômicas do mar e garantir alvos vitais em águas profundas.

Segundo o comunicado do porta-voz militar egípcio, uma formação naval de combate composta por unidades navais de diversos tipos, liderada por um porta-helicópteros classe Mistral e seu grupo de combate, realizou várias atividades de combate e treinamento no Mediterrâneo.

Ele continuou: “Essas atividades incluíram um míssil submarino sendo lançado por um submarino egípcio (do tipo Harpoon), um míssil antinavio com alcance de mais de 130 km”.

Esses exercícios da estratégia militar egípcia visam desenvolver a capacidade de enfrentar os desafios e riscos da região, de acordo com o comunicado.

Isso ocorre em meio à tensão entre o Egito e a Turquia em relação ao acordo de segurança marítima assinado pelo presidente turco Recep Tayyip Erdogan e pelo governo de acordo nacional da Líbia, com sede em Trípoli.

Erdogan disse que “Egito, Israel, Grécia e Chipre não podem realizar explorações no Mediterrâneo sem a permissão da Turquia” após este acordo.

Em uma entrevista à rede TRT turca, Erdogan acrescentou: “Protegeremos nossas fronteiras marítimas de acordo com acordos internacionais, protegendo assim nossos direitos e os direitos da parte turca do Chipre”.

FONTE: AMN News / COLABOROU: Adriano Madureira

29
Deixe um comentário

avatar
12 Comment threads
17 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
19 Comment authors
JagunçoLeonardoJoe LeiteSpace JockeyMBP77 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Todo mundo preocupado com a Síria e a situação da Líbia esta muito mais perigosa podendo gerar um grande conflito que pode ser catastrófico. Eu li no Twitter que a Alemanha esta pensando em mandar alguns navios para a região para num esforço junto com a França e a Itália tentar evitar uma confusão maior, qual navio nosso esta no Líbano? É melhor que ou ele venha logo antes da coisa estourar ou ficar por lá até a situação esfriar!

Paulo
Visitante
Paulo

Cada vez vez ninguém respeita as demarcações e a zona de exploração exclusiva. China fazendo escola. Aliás o Erdogan já deu! Ditadorzinho disfarçado.

MBP77
Visitante
MBP77

Erdogan, o Maduro turco.
Arrumando “inimigos externos” para tirar o foco dos graves problemas de sua economia.
Mesma cartilha, só mudam as personagens.
Sds.

Delfim
Visitante
Delfim

Todo mundo ali já foi província turca, então ninguém vai dar mole.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

” Erdogan disse que “Egito, Israel, Grécia e Chipre não podem realizar explorações no Mediterrâneo sem a permissão da Turquia” após este acordo. ” Quer dizer que o Mediterrâneo é o “Mar da China” da Turquia? E olha e que nem a China conseguiu isso no Mar da China, quem dirá que a Turquia vá conseguir no Mediterrâneo? Quem decide quem pode ou não explorar qualquer coisa no Mediterrâneo é a Turquia? Isso vai dar merda da grande! Parece que o Edrogan quer reviver o Império Otomano que governou boa parte da região até a Primeira Guerra.

Alison Lene
Visitante
Alison Lene

Foi uma boa comparação. rsrsrs

Junior
Visitante
Junior

Pronto, agora a guerra na Síria e no Yemen serão esquecidas e a Líbia parece ser a bola da vez. Isso ai não vai dar em nada, vai todo mundo mostrar os dentes, mas ninguém vai atirar, no máximo vão dar armas nas mãos de terceiros para os trouxas se matarem entre si

ADRIANO MADUREIRA
Visitante
ADRIANO MADUREIRA

Erdogangster querendo dar uma de Sultão poderoso…As vezes a queda pode ser grande…

Junior
Visitante
Junior

Esse sujeito já arranjou confusão com praticamente todo mundo, com a Rússia por causa da Síria, com os EUA por causa da compra do S400, com a Índia por causa da Cachemira, com a China por causa da situação dos Uigures, com a União Europeia, com o Egito, com os países árabes por apoiar o Catar, com Israel por causa da Palestina

α Tau
Visitante
α Tau

“ADRIANO MADUREIRA

Erdogangster querendo dar uma de Sultão poderoso…As vezes a queda pode ser grande”

O “Erdogangster” se faz no seu direito de defender os interesses e a soberania de sua nação…ao contrario de uma certa republica das bananas que entregou todo o pré-sal a preço de banana para potências corsárias estrangeiras…

Quando veres uma bandeira vermelha numa plataforma de petróleo, não se preocupem, não é o pt, mas sim a China no comando…Viva o comunismo ultrapassando barreiras…!!!…

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Tão a preço de banana que nos últimos leilões da cessão onerosa não teve interessados em dar lance.

Joe Leite
Visitante
Joe Leite

É cada uma…
Por um acaso a Petrobras é uma “potência corsária estrangeira”?
Sorte sua que falar bobagens ainda não paga imposto.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

A China só fez oque qualquer um faria, abocanhou o pré – sal, a culpa é de quem estipulou o valor das áreas.

Quando você põe algo algo a venda não se lamente se quem comprou não foi aquele país de sua predileção…

Até Bolsonaro que tinha toda aquela falácia na eleição, que iria deixar de negociar com a China, botou seu rabinho entre as pernas e foi beijar a mão de Xin Jinping, pois viu que a eleição acabou e falar é uma coisa é fazer e outra…

Leonardo
Visitante
Leonardo

Que vendam todas as reservas e todas os poços de petróleo. Acorda meu filho, a vez do petróleo tá passando. Se não vender agora, não vende nunca mais! Europa proibiu a produção de carros a combustão a partir de 2030 (10 anos e 13 dias) e proibiu a utilização a partir de 2040. Carros elétricos estão assumindo o posto. Tem que vender mesmo, vender tudo ou vai perder esses bilhões de dólares negros. Não quero entrar na discussão política não, mas somente na vez do petróleo. A Petrobrás vai deixar de existir em poucos anos…

Mauro
Visitante
Mauro

Manda logo o CVN-76 com seu grupo de batalha que todo mundo aí fica quietinho na hora. Folgados.

Dalton
Visitante
Dalton

Não dá …o CVN 76 é baseado no Japão para uso preferencialmente na região
em duas patrulhas anuais de cerca de 3 meses cada uma e irá passar agora por um pequeno período de manutenção de 4 meses.
.
O CVN 75 este sim acabou de passar pela região e já cruzou o Canal de Suez a caminho do Mar Arábico para finalmente substituir o coitado do CVN 72 que acabou ficando mais tempo no local do que devia e agora está “correndo” para San Diego para que a tripulação possa passar o Natal com os familiares.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

A posição geografica do Brasil e EUA e muito confortavel. Nossos limites maritimos vão direto para o oceano, agora quando um limite marito fica confuso em uma area limitada e rica a coisa complica. Exemplos, mar do sul da China, e mediterraneo.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Confortável pra ser invadido.

Bueno
Visitante
Bueno

Olhando as imagens interna do Submarino Egípcio da pra ter uma ideia como o Riachuelo e bem acabado internamente.

Valter Sales
Visitante
Valter Sales

Aquela classe mostrada é a Romeo dos anos 50. Pouco melhor do que os Wiskey e Foxtrot….

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Mas o Egito tem 3 submarinos U-209-1500 recém comprados da Alemanha, são novinhos em folha e aqueles misseis lançados por submarinos no vídeo devem ter sido lançados de um destes 3!

Dalton
Visitante
Dalton

Tanto os “209” como os “Romeos” são capacitados para lançar o
míssil Sub-Harpoon dos EUA.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Exemplo, suponhamos que exista uma reserva gigantesca de petrolio e gáz que se estenda pelo mar territórial de 5 países. Pense nas confusões da partilha da exploração, as acusações de roubo e tal.
Por motivos iguais, teve a 1 guerra do iraque, a guerra dos petroleiros, e a venezuela esta em litigio com a Guiana.

Valter Sales
Visitante
Valter Sales

Tem outra disputa por aqui tb. É a da plataforma das falklands. A Argentina considera que o petróleo explorado nas Malvinas pelos ingleses, é na verdade, seu…..

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

E tem outra disputa por aqui a região de Essiquibo que corresponde a maior parte da Guiana e é reivindicada pela Venezuela, onde foi recentemente descoberta uma reserva de petróleo no mar e no continente tem ouro, bauxita e urânio!

Vinicius Momesso
Visitante
Vinicius Momesso

A gás suficiente a ser explorado para todos os envolvidos. Pelo jeito o motivo dessa ” troca de escaramuças” vai muito além disso! Acho que Erdogan está agindo assim a mando de Putin por causa do gás natural.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Nesse caso não o Edrogan, apoia o GNA e a Rússia apoia o LNA, então o Edrogan esta correndo risco de se indispor com o Putin principalmente se a Turquia intervir militarmente na Líbia e entrar em confronto com os mercenários russos que apoiam o LNA.

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Pelo menos vamos ver briga de cachorros grandes. Até agora. As guerras na região consistiam empurrar bêbados ladeira abaixo.

Jagunço
Visitante
Jagunço

O submarino dos caras parece da 2GM. Tem até um tonel de óleo soldado na parte de cima do casco kkkkk