Home Marinha do Brasil Navios da Esquadra zarpam para início da ‘Aspirantex 2020’

Navios da Esquadra zarpam para início da ‘Aspirantex 2020’

3064
30

O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) “Atlântico”, o Navio Doca Multipropósito “Bahia”, o Navio de Desembarque de Carros de Combate “Almirante Saboia”, as fragatas “União”, “Constituição” e “Liberal”, o Navio-Tanque “Gastão Motta” e a Corveta “Júlio de Noronha” suspenderam ontem (9), do Rio de Janeiro, rumo ao Nordeste do País, dando início à Operação “Aspirantex 2020”, que integra a 3ª frase da Operação “Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida!”.

Durante a operação, outros meios navais, aeronaves e de fuzileiros navais também serão empregados, além das aeronaves “Orion” e “Bandeirante Patrulha”, da Força Aérea Brasileira.

A Aspirantex visa familiarizar os Aspirantes com a vida no mar, por meio de exercícios navais, e orientar os que estão no 2º ano na escolha do Corpo e da área de habilitação. “Quero aproveitar para tirar o maior número de dúvidas, pois trabalharei com isso a vida toda. Pretendo fazer a melhor escolha possível para a minha carreira”, disse o Aspirante do 2° ano, Hakin. Nesta edição, 244 Aspirantes do primeiro, segundo e terceiro ano da Escola Naval estão distribuídos pelos navios participantes. Ao todo, cerca de 2.900 militares participam da “Aspirantex 2020”.

Também estão entre os propósitos da operação, ações de presença nas Águas Jurisdicionais Brasileiras, apoio aos comandos distritais dos portos visitados e aos coordenadores operacionais regionais na execução de ações de resposta a incidentes de poluição por óleo, no decorrer da 3ª fase da Operação “Amazônia Azul – Mar Limpo é Vida!”. “A Aspirantex acontece na mesma área onde houve a crise ambiental de contaminação por óleo, que começou no ano passado e, durante essa operação, atuaremos também no monitoramento dessa situação”, afirmou o Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Mello.

A operação abrangerá a área marítima compreendida entre os estados do Rio de Janeiro e Pará. Durante esse período, serão visitados os portos de Vitória-ES, Salvador-BA, Maceió-AL, Recife-PE, Cabedelo-PB, Natal-RN, Fortaleza-CE e Belém-PA. A Aspirantex será composta por três fases de mar e duas de porto.

A primeira fase, iniciada ontem, encerra-se com a atracação dos navios nos portos de Fortaleza, Maceió, Cabedelo, Natal e Recife, no dia 16 deste mês.

FONTE: Marinha do Brasil

30
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
17 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
19 Comment authors
ALEX ROCHAVera Lucia SousapgusmaoRenanDodo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Veiga 104
Visitante
Veiga 104

Bom dia. Desculpe aproveitar essa oportunidade para comentar sobre outro assunto. A fragata LIBERTAD da marinha Argentina está no Rio de janeiro. Senti falta dessa notícia não ser divulgada aqui. Ela e linda. Obrigado e abraço a todos os amigos do site .

Joao Moita Jr
Visitante

Será bom convidar a Libertad para participar. Mas enfim, quais e quantos belíssima no Atlântico?

Abs

Joao Moita Jr
Visitante

Quiz escrever quantos e quais helis no Atalntico

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Joao,

Essa fragata argentina mencionada é, na verdade, um navio veleiro, de instrução e representação. Não é uma fragata de combate. O uso do nome fragata nesse caso é mera tradição da Argentina, mesmo porque eles não empregam o nome fragata em seus atuais combatentes de superfície, que são classificados como destructores (maior porte) e corbetas (menor).

Então essa “fragata” não vai combinar muito com um exercício da Esquadra…

Carlos
Visitante
Carlos

Tem um navio de expedição da Rússia passando pelo Rio de janeiro também esses dias

Nostra
Visitante
Nostra
Nostra
Visitante
Nostra

comment image

India became 5th nation to land its own designed aircraft on a aircraft carrier.

Nostra
Visitante
Nostra

comment image

Snagging of arrestor wire

Dalton
Visitante
Dalton

Parece-me que sexta nação a ter sua própria aeronave para uso em NAe faz mais sentido, depois de EUA, Reino Unido, Japão, França e URSS/Rússia.

Nostra
Visitante
Nostra

Yes you are correct , forgot about Japan

Thanks for the correction

Nostra
Visitante
Nostra

comment image

Naval LCA MK1 landing on INS Vikramaditya

Rommelqe
Visitante

Congractulations!

emerson
Visitante
emerson

Penso que sejam esses meios representantes de quase toda a esquadra de superfície de maior poderio em estado operacional.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Provavelmente.

Pela relação que está na matéria, participam do exercício três dos cinco navios do Esquadrão de Apoio, quatro dos nove navios dos dois Esquadrões e Escolta, além do PHM Atlântico, que é subordinado diretamente ao Comando da Força de Superfície.

ALEX ROCHA
Visitante

Senti falta dos Subs. Seria uma boa não seria?

Roosevelt
Visitante
Roosevelt

Alguém faz ideia de quando estarão em Salvador?

Dalton
Visitante
Dalton

Faltou um submarino, mas, possivelmente o “Tupi” não estava disponível.

Zorann
Visitante
Zorann

Na verdade faltaram 5 né!! Não temos nenhum disponível.

Dalton
Visitante
Dalton

Não, faltou só um, que é o normal para uma “Aspirantex”, mas, com apenas o “Tupi” na ativa, não foi possível, seja por estar passando por manutenção de rotina de apenas algumas semanas, seja por outro motivo qualquer.
.
Provavelmente 3 na ativa é o máximo que se consegue extrair de 5 unidades e necessariamente nem todos os 3 tem que estar 100% certificados.

Salim
Visitante
Salim

Marinha do Brasil, senti firmeza.

Salim
Visitante
Salim

Pelas reações fui mal entendido ou esperam algo diferente. Eu espero da marinha do Brasil isto ai, operações por toda costa brasileira, entrosamento operacional com meios distritais, treinamento tático e conhecimento detalhado de toda costa, interdição de portos(treinamento) presença constante que inibe ilícitos. Marinha guerra em tempo de paz tem treinar bastante para manter letalidade. Alem de dispertar sentimento patriótico na visita aos portos em toda nossa costa. Eu sinto que todo brasileiro sente orgulho e proteção quando vê ao vivo ou pela TV/internet uma força tarefa deste porte adentrando porto de sua cidade/estado.

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Se vão até Belém do Pará, espero que o Atlântico e o Bahia façam exercícios com os Sabres da FAB.

Que venham muitas fotos.

Alex.cg
Visitante
Alex.cg

Alguem sabe qual o navio vai fica em cabedelo ?

Nunes-Neto
Visitante
Nunes-Neto

Os Sabres ficam em Porto Velho, bem longe de Belém, uns 2.500km, mais fácil com H225M do 1°Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (1ºEsqdHU-41).

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

A distância é o que menos importa.

Melhor do que os Sabres voarem até o Rio de Janeiro.

Quando vão ter outra oportunidade???

Dodo
Visitante
Dodo

“Marinha da Guanabara” falam os ignorantes e os vira latas….

Renan
Visitante
Renan

Alguma coisa útil
Este tipo de treino é excelente.
Mas não representa 4% do efetivo da Marinha.
Me pergunto quando veremos um exercício de grandes proporções que tenha ao menos 30 ou 40% do efetivo engajado?

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Renan, Acho difícil, só se você incluir também uma grande quantidade de fuzileiros para chegar um pouco mais perto desse índice. Em qualquer força (e até mesmo exércitos em plena guerra) é relativamente pequena a parcela que está de fato na linha de frente. Outros estão na reserva aguardando para entrar em ação, ou em treinamento, e um monte está em tarefas diversas de apoio. Para cada X praças, aspirantes e oficiais embarcados nessa operação tem outros tantos mais em terra que precisaram dar apoio pra ela funcionar direito nas mais diversas áreas de organização, apoio, manutenção, logística, e isso… Read more »

pgusmao
Visitante
pgusmao

Marinha carioca resolvendo visitar o Brasil, bom passeio ao pessoal do RJ!!!

Vera Lucia Sousa
Visitante
Vera Lucia Sousa

Ótima iniciativa! Os navios estarão abertos para visitação em Recife? Obrigada.