Home Aviação Naval Força Aeronaval revitaliza caça AF-1B com apoio da FAB

Força Aeronaval revitaliza caça AF-1B com apoio da FAB

10213
138

A Força Aeronaval da Marinha do Brasil (MB), por meio do Grupo Aéreo Naval de Manutenção, atuou, em fevereiro, em conjunto com a Força Aérea Brasileira (FAB) para a revitalização da AF-1B N-1001.

Durante a ação, quatro militares do Parque de Material Aeronáutico de São Paulo estiveram no 1º Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque para apoiar a realização de um tratamento de corrosão na asa do caça da MB.

O serviço permitiu o avanço nos trabalhos de reparo da aeronave e também contribuiu para a economicidade de recursos. A ação conjunta reafirma os laços de interoperabilidade entre as Forças.

Militares tratam corrosão na asa do caça
Militares tratam corrosão na asa do caça

FONTE: Marinha do Brasil

138
Deixe um comentário

avatar
22 Comment threads
116 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
46 Comment authors
Pedro MouraXeremWellington Rossi KramerFlankerANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vitor
Visitante

Show ver uma mecânica c/ a mão na massa. Parabéns FAB

Luís Pereira
Visitante

Até onde sei, não há BMA (mecânica) na FAB. Provavelmente é uma BEI (eletricidade e instrumentos). Posso estar errado!

Luís Pereira
Visitante

Pode ser BEP (estrutura e pintura) ou até BSP (suprimento).

Dalton
Visitante
Dalton

Perfeita a foto já que se está no mês da mulher !

Sergio Cintra
Visitante
Sergio Cintra

Pessoal postei msg no blog que carregou nos coments e sumiu…

Ozawa
Visitante
Ozawa

“O serviço permitiu o avanço nos trabalhos de reparo da aeronave e também contribuiu para a economicidade de recursos.” O que, de fato, contribuiria para a economicidade dos recursos seria a desativação de uma aeronave inútil do ponto de vista militar. Um diversionismo aeronaval a custa do erário público. Só isso. Longe de qualquer manutenção de doutrina, cada dia mais se torna uma manutenção de adrenalina aos pilotos e uma manutenção de rotina à Marinha. “A ação conjunta reafirma os laços de interoperabilidade entre as Forças.” O que reafirmaria a interoperabilidade entre Forças – de um país de poucos recursos… Read more »

Zorann
Visitante
Zorann

Perfeito. Não existe coordenação entre as Forças Armadas. Quer outro exemplo de desperdício de dinheiro público e redundância inútil? Os Sherpas no Exército.

Anthony
Visitante
Anthony

Sabe nada sobre logistica no Amazonas ne? Nunca serviu? rs

NALDO
Visitante
NALDO

Bom comentário Anthony, sobre a questão da Amazônia o SHERPAS serão muito bem vindos, aeronaves com um custo de operação muito baixo, com capacidade pousar em pistas curtas e rudimentares e com uma boa capacidade de carga vai aliviar a pressão sobre os helicópteros, excelente aquisição, é um trator do AR.

Zorann
Visitante
Zorann

Eu acho o máximo quando alguém tenta desqualificar um comentário, desqualificando quem comenta. Você não argumentou nada.

Camargoer
Visitante

Olá Zorann. O uso de adjetivos para rebater um argumento é apenas bazófia.

Camargoer
Visitante

Olá Osawa. Talvez a ideia mais revolucionária seria extinguir as três forças e criar um único comando militar. Nem EB, Nem MB, nem FAB. Talvez uma Força de Defesa Unificada {algo como a FoDeU)… Falando sério agora, acho que a ideia de extinguir os três comandos e criar uma força unificada de defesa seria algo realmente impactante. Também seria o momento de extinguir os obsoletos tiros de guerra, dar aos fuzileiros uma autonomia, unificar as forças especiais, unificar a inteligencia, etc.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Também defendo essa idéia, unificação de recursos, operando de forma única, aperfeiçoando as táticas de defesa e ataque como um todo.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Olá, Camargoer. Sem prejuízo da boa intenção do seu debate, mas o Brasil não consegue sequer ter um efetivo Ministério da Defesa, exceto para fazer lobby no parlamento em favor de plano de carreira travestido de reforma previdenciária militar. Assim, a caserna não terá certamente nenhuma motivação em otimizar recursos e, por via de consequência, extinguir cargos, comandos, funções e esferas de poder nas Forças Armadas. Quanto ao FoDeU, essa estrutura militar existe, sim, informalmente, no campo político do atual governo, e reúne oficiais-generais da ativa e da reserva que de lá esbravejam “foda-se!” à democracia, às instituições da República,… Read more »

Luciano
Visitante
Luciano

Olá, Ozawa. Perfeitamente!

Camargoer
Visitante

Olá Ozawa. Fico feliz que você tenha compreendido o FoDeU com a argucia de poucos. A decisão do atual governo de colocar um militar como ministro da Defesa foi um erro. O ministro deve fidelidade ao presidente, nunca a instituição. Ao nomear um militar general (brigadeiro ou almirante) o presidente se colocou abaixo da instituição. A troca do ministro da defesa agira terá que ter a anuência do comando das forças armadas. Esse equívoco político só perde para a nomeação do ministro da justiça. Esse e o resultado de ter orgulho em não ler Maquiavel.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Está cada dia pior, Camargoer … O palhaço hoje em Roraima, percebendo que seu espetáculo circense está sendo um fracasso a cada dia em cartaz, resolveu instigar seus apoiadores fanáticos na platéia a atearem fogo no circo. E depois essa gente fala de Maduro … São faces da mesma moeda reacionária sem valor democrático algum. E o FoDeU, com sua casta de oficiais-generais tão geriátricos quanto reacionários, também patrocina esse ato de terrorismo institucional.

Camargoer
Visitante

Olá Osawa. Temo pelo momento de ruptura em torno de algo semelhante ao Caracazo. O Brasil já teve algo nessa direção envolvendo invasões e saques de lojas e supermercados. Esse momento ocorre após uma série de frustrações que conduzem a um impasse social. O problema que esse momento não será perceptível e dará a impressão que saiu do nada,ou que foi organizado por forças extremistas de oposição. Normalmente, o Estado responde de modo violente, o que gera mais revolta.

Esteves
Visitante
Esteves

Quando a prerrogativa da violência do estado passa para as mãos dos cidadãos e nessas horas pouco importa se serão anarquistas ou diaristas a sentarem o pau, vide Chile.

Camargoer
Visitante

Olá Esteves. Exato. O Chile seria um exemplo recente. Primeiro há a deterioração das condições da classe média e baixa, só mesmo tempo que a classe alta se protege. No momento de ruptura, a classe baixa inicia uma série de protestos envolvendo invasões e saques. O governo sob pressão reprime com violência, o que amplia a revolta. A partir das primeiras vítimas fatais, há o envolvimento da classe média e o governo perde a legetimidade popular. Eventualmente, forças golpistas podem aproveitar a crise para derrubar o governo.

Esteves
Visitante
Esteves

Frágeis democracias latinas. Uma hora no colo do populismo, outra hora no colo do colonialismo.

Haverão sobreviventes.

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Da violência ou auto defesa?

Da determinação ou autodeterminação?

Da policia do RJ chegar ate sua casa??? E esperar sentado na cadeira?

Não prego iniciativa própria, mas o mínimo de direito individual exatamente no limite quando entra o direto do próximo.

Como Suecos, Suíços…

Camargoer
Visitante

Ola Carvalho. Invasões e saques de lojas e supermercados ocorrem em protestos durante períodos de crise econômica e desemprego. Geralmente são pessoas levadas pelo efeito manada a expressarem suas frustrações contra grandes esxtabelecimentos comerciais. O mais comum costuma ser saques de eletrodomésticos, produtos de higiene mais caros e alimentos caros. São demonstrações de insatisfação. Costuma ser comum imagens de gente saqueando televisores, roupas, iogurtes, carnes… O que causa uma indignação de quem vê as imagens “por serem vandalos, pois se fossem esfomeados saquearam arroz”. Sob a pressão da classe média que teme ser vítima dos saques (tolice porque o alvo… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Sim e a oposição extremada forçando o estouro da manada Até com dois meses de governo

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Há dois tipos de protesto. Um seriam as marchas, as reuniões em praças, etc. Isso faz parte do jogo democrático. Nós últimos anos isso se tornou comum. Alguns são anti-governo, outros são pro-governo. Eu sempre fico com a pergunta sobre quem financia. Alguns protestos são baratos outros são evidentemente caros (carros de som, bandeiras e distribuição de camisas, bonecos inflaveis gigantes. Fico pensando se será apenas patriotismo ou outra coisa. “Black blocs” já são uma radical que busca projetar a sua imagem além dos protestos. Não são pro nem anti governos. Agentes provocadores também são comuns inclusive policiais… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

E simples camisa amarela vc compra com seu dinheiro, camisa vermelha é distribuida pelo sindicato

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho mais ou menos… Uma camisa oficial custa mais de R$ 200. Já a minha pó Lacoste vermelha comprei por US$ 100 no freeshop de Miami (um piada, claro… A camisa amarela com uma bandeirinha no lugar do Brasão da CBF vista R$ 15 na barraquinha no centro da cidade)

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

O amigo comprando a sua da cor que desejar já está bom, o ruim é ganhar camiseta vermelha de sindicato. Ou o dinheiro foi de recolhimento compulsório do trabalhador, ou repasse publico ou ainda, desvios na cara dura….aí não dá…

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Eu também tenho umas implicâncias. Uma das principais são os brindes de entradas VIP distribuídas pelas companhias de telefonia ou os patrocínios aos programas de televisão no sábado ou domingo. Tanta coisa legal para patrocinar…

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Quero ver em tempo de coronavírus quem vai se arriascar a, viajar e ficar numa multidão de pessoas de diversos lugares?

Camargoer
Visitante

Olá Cris. Vice diz viajar para participar de um protesto ou viajar para fazer turismo?

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Não importa, aglomerados de pessoas devem ser evitadas pelo menos por enquanto.

Camargoer
Visitante

Olá Cris. Ainda não entendi o contexto do seu comentário.

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Todo radicalismo o é, a questão é qual dose se precisa para endireitar o emborcamento do navio para um lado só….

Santinho cooptado e de rabo preso é que não é, a dose do remedio depende da enfermidade

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. acho que não entendi a metáfora. Qual seria o radicalismo? Essa coisa do Smartphone colocar os comentários alinhados atrapalha um pouco entender a sequência de comentários.

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Existe um radicalismo de corrupção e o barco adernado a esquerda.

O remédio para tal é tão forte e amargo quanto pior a saude decrepitada. Uma freira carmelita sendo ima pessoa muito melhor apesar de tudo, não contem a energia do remedio amargo para alinhar o navio…

Ja falei e falo de novo, quem faz o Bolsonaro é a oposicao extremada e corrupta. No dia que estiver debelada, os eleitores não precisarão mais dele…mas por enquanto…

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Corrupção não tem ideologia. Podemos fazer uma longa lista de corruptos que defendiam ideias a direta ou a esquerda, mas eram apenas corruptos. Acho um equívoco amarrar o combate a corrupção com o combate ideológico. A corrupção também não tem ligação ao fato de ser militar ou civil, alfabetizado ou PhD, ou ser homem ou mulher. Ateu ou religioso. Um regime democrático precisa da centro-esquerda e da centro-direita (ninguém pode ser de centro e a extrema direita ou esquerda são totalitários e incompatíveis com a democracia). Eu ainda precisarei de muito tempo para entender o afastamento da Dilma,… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Corrupção não tem ideologia, isto é fato. Radicalismo não é bom para ninguém, isto é fato. Dilma e todo o arcabouço por tras dela, violaram a lei em dois niveis. 1o. foi a quebra da regra orçamentária, foi um erro e crime fiscal o qual poderiam achar que não seria suficiente, mas atrelado aos escalabros, pessima administração e falta de sustentação política, justificou sua saida dentro das previsões legais. 2o. todo o alicerce de alta gestão da esquerda ficou enrolada ate o ultimo fio de cabelo na maior corrupção mundial registrada e descoberta até hoje. Não havia como este governo… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Quanto maior a reação contra as mudanças e reformas e luta contra corrupção, maior será a ação e força para realiza-las…quem faz Bolsonaro é a oposicao à isto.

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Combate a corrupção e um trabalho de polícia que envolve investigação e inteligência. Politizar isso pode ser muito perigoso para a democracia. O MP e as polícias civil e federal possuem todas as ferramentas para investigar. Escutas, quebra de sigilos, busca e apreensão de documentos, dados da receita federal, etc. Nada disso deveria ser tomado por bandeira política. Corrupção e caso de polícia. Eu tenho muita dúvida quando um político coloca sua plataforma política como combate a corrupção. Ninguém elege xerife ou delegado. Sobre reformas políticas e estruturais algumas são necessárias, outras não. Algumas são feitas para resolver… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Não há como não politizar, é impossivel não politizar na medida que o sistema político se alimenta disto. Sempre houve em maior ou menor grau, mas o proprio processo e instituições eram tolhidas de sua iniciativa de suas obrigações. Vista grossa nas altas camadas do MP e Policias, bem como juizados. O destino e fim disto somente estourou porque ficou grande demais.

Todo mundo sempre soube e intuía.

A diferença é que alem de corno, não tem como esconder que é corno mesmo….não é mais apenas fofoca….caiu na net…

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Pessoal, vou dar uma de advogado do diabo, apesar de não ser contra o máximo de unificação possível. Pensando em termos mais realistas, não vamos deixar de ter três forças separadas, e posso até citar alguns motivos para isso. Tradições, culturas, emprego, etc. Claro que o motivo real é político, necessidade de prestígio para cada um dos comandos individuais e seus cabeças. Mas essa experiência foi testada no Canadá, por exemplo, e não funcionou muito bem. Voltaram à ser Forças separadas. PORÉM… acho que isso serviu como um susto àqueles que comandam as casernas e passaram à ser bem mais… Read more »

Camargoer
Visitante

O ministro da defesa e um cargo político. Ao colocar um técnico de habilidade política, a vantagem do ministro para negociar com o Congresso e contornado crises internas se perde. Eu desconhecia a experiência canadense. E preciso lembrar que uma boa ideia pode ter sido mal executada, o ué explica o fracasso. Seria um erro repetir a mesma solução executiva, mas sempre será possível evitar os problemas de uma experiência fracassada e tentar outra coisa agora com mais chance de sucesso.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Eu concordo. Talvez não fosse necessário fazer isso se tivéssemos um Ministério da Defesa que realmente tivesse uma atuação maior em relação ao andamento das respectivas Forças, unificando objetivos nacionais, identificando ameaças, forçando integração de certos setores em prol de economia para proveito dos setores operacionais, etc.

Esteves
Visitante
Esteves

Mestre,

Coloca Ministro da Defesa civil para mostrar aos militares que o tempo deles passou.

Coloca Ministro da Defesa militar para mostrar aos militares que o tempo deles pode voltar.

Depende do insucesso econômico.

Camargoer
Visitante

Olá Esteves. Vamos recordar os vários ministros da defesa. Já teve diplomata, deputado, juiz do supremo, vice presidente… Em todos os casos, o ministro era a representação do poder presidencial sobre os militares. Nos momentos de crise, o presidente tinha a prerrogativa de demitir o ministro. A indicação de um militar inverteu a ideia. O ministro passou a ser o representante dos militares no gabinete presidencial. Sua demissão agora será um fator de crise pois demandará o apoio do alto comando.

Esteves
Visitante
Esteves

Sempre será possível comprar um porta-aviões usado.

rinaldo nery
Visitante

Camargo, já teve até gay.

Camargoer
Visitante

Olá Cel. Nery. Acho provável, apesar de não ter ideia de quem tenha sido. O fato seria mesmo que parece um erro político enorme coçar como ministro alguém que seja representante daquele grupo dentro do gabinete da presidência, enquanto o correto seria que o ministro teria que representar a presidência dentro do órgão. O caso do ministério da Justiça seria um exemplo do que não deve ser feito. O moro tem ascendência sobre um grupo de policiais e promotores e conta com o apoio de um setor da mídia. Acho provável que esses setores sejam fiéis ao Moro, não ao… Read more »

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

A função de um ministro e administrar os recursos que o mesmo consegue por meio de seu prestigio no congresso. E assim em qualquer democrácia do mundo, vide EUA. Por isso ele tem que ser civil e ter visão igualitária das forças, tem que ser um politico lois só eles para comoreender o congresso. Óbvio que se colocar um general ele vai prestigiar o exército e etc.

Camargoer
Visitante

Olá Cristiano. Acho quase isso. O ministro tem que ser um político para conseguir do Congresso o apoio necessário e conquistar a confiança dos seus servidores. Esse balanço costuma ser muito difícil. O ministro também precisa ser hábil para escolher as prioridades do ministério, identificando as ações que terão apoio garantido do congresso, que darão respaldo ao presidente e que consiga obter o empenho dos seus servidores pois eles terão que adiar ou reformular suas demandas compreendendo as dificuldades do ministro em executar cada programa em seu melhor momento. Um general como ministro da defesa irá defender os interesses das… Read more »

Wellington Rossi Kramer
Visitante

Claro Esteves, volta Aldo rebelo, volta Jaques Wagner.

Cristiano de Aquino Campos
Visitante
Cristiano de Aquino Campos

Funcionou no Japão que tinha muito mais tradição que as nossas.

rinaldo nery
Visitante

Camargo, o ministro da saúde deveria ser um arquiteto? O Trump também errou ao indicar o Gen Mattis, um Marine condecorado, como Secretário de Defesa? Me admira você pensar assim. O imbecil do Japa até entendo.

Camargoer
Visitante

Olá Cel.Nery.. o ministro da saúde, da educação, de qualquer ministério precisa ser um político que coloque sua fidelidade ao presidente. Os técnicos estão no segundo escalão dando suporte ao ministro. Os mutantes tem um vínculo muito forte com sua instituição, assim como os professores de universidades. O compromisso deles sempre será com sua instituição. Foi como disse, um ministro representa o presidente na instituição. O ministro não pode ser representante da instituição dentro do gabinete. Eu não posso falar nada do Secretário de Defesa nomeado por Trump, mas tenho certeza que Kenedy acertou com MacNamara e Bush (Cheney) acertou… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Mas é por isto que os ministérios foram recheados de militares, para se valer da disciplina e fidelidade nao encontrada no congresso

E negociação mo estagio atual é balela, eles querem é vantagens sim, então se a negociação já começa por principios não honestos, quer fazer o quê, deputado quer cargo e diretorias para que????

Francamente, um faz o plano e joga para a votação , cabe ao outro votar, se não vota ou tenta impedir as reformas, cabe sim ser questionado, não tem nada de anti democrático nisto

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Acho que o problema de um militar como ministro da defesa é que sua fidelidade será pela corporação (mesmo que o senso de hierarquia diga o contrário). Por isso falo que um militar no ministerio da defesa seria um representando da coorporação no gabinete presidencial, enquanto que o ministro deveria ser o representante da presidencia dentro da corporação.

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Corporativismo existe em todos os lugares e infelizmente é da natureza humana.

Mas uma coisa eu lhe digo, militar cumpre ordens e hierarquia está na veia dele.

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Acho que a questão do MinDef nem é corporativismo. Cabe ao ministro traçar a estratégia e executar o plano de ação para atingir o objetivo colocado pela presidência. Esse trabalho demanda muita desenvoltura política para negociar com os servidores do ministério sobre metas e prioridades, com o congresso a obtenção de verbas e com os outros ministros a coordenação de ações transversais. É uma tarefa mais política que técnica. As demandas técnicas vêm dos próprios servidores. O que amarra as ações do ministro são as diretrizes presidenciais. O ministro é o representando do presidente dentro do ministéio. Inclusive,… Read more »

ANDRE DE ALBUQUERQUE GARCIA
Visitante

Prezado Rinaldo, discordo de seu ponto de vista. Acredito que a defesa deve ser um assunto de interesse de todos os nacionais. Aliás, esse tem sido um erro cometido em nosso país. Achar que somente militares entendem de defesa serai o meso que achar que somente policiais entendem de segurança pública. A política de defesa não se confunde com as atividades desempenhadas pelas FFAA. Até abarcam ,mas não se limitam aos conhecimentos técnicos (importantes) apreendidos na formação militar. O MD deve ter como missões a capacidade de análise de cenários e ameaças ao país, gestão do orçamento, gestão integrada, interoperabilidade… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Comparando com o que vejo aqui no blog é complicado responder….sem deixar 80% chateados… Não, não entendem de defesa….defesa é tão tecnica que pato de fora grasna muita besteira… Em termos de Gestão, tudo o que existe de gestão de Projetos veio do mundo militar….fazendo o PMI Pmbok ja se aprende isto…. Em termos tecnicos de armamento, a coisa piora….se o pessoal nem sabe a diferença entre um cal 38 e uma 9 mm…quanto mais a conjugação de meios de defesa… Os EUA em que os comites de congresso pisam e entram a fundo nos projetos, fazem uma politicaiada e… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

É por aí…

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Talvez o mais importante é manter o bom humor e a cordialidade. Discordar nunca deveria ser um problema para uma boa conversa. O que realmente gosto aqui da trilogia (especialmente do PN) é o encontro de especialistas com diferentes conhecimentos. Como sou civil e entusiasta, já aprendi muito com os colegas militares, estejam ou não na ativa. Nunca gostei das comunidades de cientistas e químicos. Contudo, torço para que alguma coisa que eu comente aqui possa levar a algum tipo de reflexão (concordando ou discordando, tanto faz). O mais engraçado é quanto do que aprendi com o Pmbok… Read more »

Wellington Rossi Kramer
Visitante

E para complementar, as pesquisas que resultam em bens práticos são aquelas feitas para a guerra e que posteriormente se revertem para a vida civil.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

André, não discordo, nem os militares. Mas, AINDA não estamos nesse nível. A presença de civis nos cursos da ESG (há anos) irá suprir essa deficiência. A maioria dos civis ainda liga os militares a 64, esvaziando o interesse pela defesa nacional. A aproximação das escolas militares com a academia tem melhorado esse aspecto. Eu fiz MBA da UFF na ECEMAR.

Camargoer
Visitante

Olá Cel.Nery. Tenho uma grande admiração pela pósgraduação da UFF por formar tantos militares. Concordo sobre a importância de civis (do setor publico ou privado) frequentarem a ESG. Os temas de Defesa fazem parte da vida dos militares, mas também estão relacionados à vários setores industriais (armas, softwares, comunicações, novos materiais, medicina…). Setores econômicos como BNDES também precisam de especialistas em assuntos de defesa. Nem precisaria falar da importância da colaboração entre militares-universidades em áreas como química, engenharia mas também psicologia ou antropologia para a compreensão de temas ligados á defesa específicos da nossa geografia e história. Como você disse… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

A democracia não, aos chantagistas do congresso. Não ao congresso inteiro, mas aqueles das pautas bombas, aqueles que que votaram contra as reformas, aqueles que seguram as pautas, aqueles que deixam vencer as MPs propositadamente, aqueles que votaram contra e descaracterizaram o PL Anti Crime, aqueles que tentam R$ 30 bi livres para o congresso sozinho resolver onde gastar como bem quiser escapando do orcamento impositivo…

Quer mais??

Camargoer
Visitante

Carvalho. O jogo de pressão e obstrução parlamentar tem sido comum em todas as democracias. EUA, França, Inglaterra, Brasil Império, Brasil República. A Obstrução parlamentar tem sido usada como contrapeso ao executivo que tem a vantagem de executar o orçamento. Lembro desse jogo desde o Governo Sarney, quando passei a acompanhar a política. O suicídio de Vargas foi resultado de uma escalada de conflito parlamentar inclusive com chantagem militar da FAB ameaçando levar Vargas preso para a Base Aérea do Galeão (foi quando ele afirmou que preferia sair morto do que algemado do Palácio do Catete). O centrão fez muito… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

e todas as pautas bombas estão e foram erradas…. aquilo que já lhe falei….luta de classe é um cancer…todos são humanos….sem distinção… Classes ainda é um atraso e erro que a democracia antiquada não conseguiu solucionar….um grupo tentando se sobrepor a outro… Principalmente classe política, que significa muito mais do que carogos eletivos….classe política permeia toda e qualquer posição sindical trabalhista ou patronal, agremiação, partidaria, cargos de direção politica e estatutaria e eletivos. Sentam no troninho e não largam, controlam quem entra e se eternizam, no maximo uma dança das cadeiras pulando de nivel…mas passam a vida sem fazer um… Read more »

Luciano
Visitante
Luciano

Olá, Camargoer. Rapaz, qdo da crianção dos tiros de guerra, há mais de 100 anos atrás, foi uma grande polêmica! Uma mistura de interesses entre eximir protegidos do serviço militar e ao mesmo tempo tentar incentivar o mesmo!

Camargoer
Visitante

Olá Luciano. Os TG foram uma iniciativa que deu errado. São no mínimo inúteis.

José ROBERTO
Visitante
José ROBERTO

Mais um “especialista” falando besteira… Nem sabe o.por quê da existência de TG e vem falar em Força de Defesa, como se as três forças não fossem isto… Aí vem com a idéia do que anda na terra é para o Exército, no mar da Marinha e no ar da Força Aérea, sem conhecer a necessidade das forças …

Camargoer
Visitante

Olá Roberto. Qual seria a necessidade dos TG em sua opinião. Talvez isso nos ajude a avaliar o seu papel na defesa ou confirmar sua inutilidade, como eu acredito.

Esteves
Visitante
Esteves

Eu não tenho opinião sobre TG. “A organização de um TG ocorre em acordo firmado entre os municípios e o Comando Militar. O Exército fornece os instrutores, fardamento e equipamentos, enquanto a administração municipal disponibiliza as instalações.” “É uma experiência exitosa que vamos expandir e garantir novas realizações”, ressaltou Ulisses Maia, Prefeito de Maringá. Uma grande vantagem dos TG é que eles são estruturados de modo que o convocado possa conciliar a instrução militar com o trabalho ou estudo, proporcionando a milhares de jovens brasileiros, principalmente os que residem em cidades do interior do País, a oportunidade de atenderem à… Read more »

Camargoer
Visitante

Olá Esteves. O TG não oferece treinamento militar que o justifique. O TG também não e polícia. O TG também não seria defesa civil. para situações de calamidade, a tropa do TG não tem recursos, precisando do apoio dos militares plenos. Além disso, as atividades do TG prejudicam as atividades civis, principalmente para os que cursam nível superior. São obsoletos e consomem recursos que seriam melhor empregados no SUS, nas escolas ou nas forças armadas regulares.

Esteves
Visitante
Esteves

Mestre,

As queixas que li dizem isso. Instalações obsoletas, inadequação e interrupção no fornecimento de energia elétrica e água. Prefeituras sem recursos para sustentar o convênio. Não sei dizer quantos dos cerca de 240 estão nessas condições. Somam-se armas e munições antiquadas.

Mas começou nos anos 1900. 120 anos depois…realmente dá a impressão de ultrapassado.

Camargoer
Visitante

Exato. O EB teve enorme dificuldade para mobilizar 140 mil tropas para enviar ao Paraguai, obrigando o Império a auforisr escravos que pertenciam ao Estado para serem enviados para a guerra. Talvez o TG tenha sido uma ideia para gerar reservas além de ampliar a presença do EB nas cidades já que foi o EB que deu um golpe de Estado para derrubar a monarquia. Esse modelo hoje está obsoleto e consome recursos sem que consiga prestar um serviço elementar.

Esteves
Visitante
Esteves

Qual modelo está obsoleto?

Golpe de estado?

Camargoer
Visitante

Olá Esteves, quando o exército retornou da guerra do Paraguai, o país estava com um enorme déficit que prejudicou muito as atividades do governo imperial, inclusive para soldo e reaparelhamento militar. Contudo, o generalato compreendeu a necessidade de manter um exército treinado e equipado até porque havia uma perspectiva de guerra com a Argentina. As ideias positivistas no exército iam de encontro ao modelo monárquico e influenciaram os jovens oficiais a defender uma república mas de carater não democrático mas oligárquica. A derrubada de Pedro II por Caxias , que era monarquista, foi um golpe. A população não participou da… Read more »

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Inclusive boa parte dos oficiais do EB que tomaram parte do que ocorreu no Campo de Santana durante o golpe contra a Monarquia, nem sabia o motivo de estarem lá. Apenas obedeceram as ordens de ir de local A para local B, e só depois foram saber que haviam proclamado a República.

Acho que se extrapolarmos com algum humor, podemos dizer que todo o processo de proclamação da República demonstra como as Fake News nos altos escalões de um governo pode gerar revoluções 😛

Camargoer
Visitante

Olá Leandro. Já li que Deodoro hesitou bastante antes da proclamação pois ele era monarquista, assim como Caxias e Osório. Mas tenho a impressão que tanto a independência quanto a república foram movimentos da oligarquia para manter seus.privilegios que seriam ameaçados em caso de uma revolução verdadeira.

Anthony
Visitante
Anthony

kkkkkkkkkkkk

FoDeU foi otima! a melhor do dia!

FECHA A CONTA!

kkkk

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Quando eu disse que o mascote da MB deveria ser um PATO, ganhei muitos DESLIKES. Porque PATO? Nada mal Lerdo Desengonçado Mergulha mal Anda mal E voa muito mal. Essa é a MB … é tem muita gente querendo o F-18 A/B. Mais um para ser a atual rainha dos hangares de São Pedro da Aldeia e futuro atualização de 6 unidades de 18 da Embraer – IAI. Viúvas de um aborto (Sra Harrier). Se nem os EUA, Canadá, Austrália … consegue fazer essa atualização, vamos nós fazer. Parabéns OZAWA! Até que enfim alguém com os pés no chão e… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Faça sol faça chuva, o Pato sobrevive e avança sobre todas as partes do globo….ja. A águia garbosa, beira a extinção… voa rápido, mas é solitária, é forte e com garras, mas sua linha de produção é pífia, só da um filhote e quando dois, um canibaliza e mata o outro por recursos ainda no ninho, não vão longe, pois consomem muito, não se adaptam ao meio… Ja o pato, nada muito bem, voa de um continente ao outro, é econômico e come de tudo, E sua linha de produção é uma beleza, período após período, saem novos em quantidade… Read more »

Grozelha Vitaminada Milani
Visitante
Grozelha Vitaminada Milani

Prefiro que a MB tenha meios navais (faltam: varedores de minas, apoio logístico, fragatas, patrulhas oceanicas, helicópteros para instrução e emprego geral (Bell Jet Rangers e Esquilos estão chegando ao final da vida útil), helicópteros anti-submarinos, reforma e atualização do AMRJ, navio polar, …) antes de voar caças. A função da MB é a soberania nos nosso litoral (Amazônia Azul), rios e lagos. Tem MUITA coisa faltando ou inoperante antes de comprar caças. Nem uma base aeronaval apropriada temos hoje. São Pedro da Aldeia tem uma pista de pouso muito curta. Ideal para aviões de pequeno porte, baixo peso, ideal… Read more »

José ROBERTO
Visitante
José ROBERTO

Falou o “especialista” em generalidades…

Joao Moita Jr
Visitante

Assino embaixo.
Mas essa aeronave é muito letal…
Para o piloto.

Fernando XO
Visitante
Fernando XO

Você tira dessa a aviação de asas rotativas da MB e EB, certo ?

Ozawa
Visitante
Ozawa

Evidente, XO. Até adoraria ver os Lynx Wildcat nas futuras Tamandarés, numa MB sem asas fixas e com uma gestão naval totalmente diferente do que se vê hoje e em perspectiva.

Anthony
Visitante
Anthony

Olha Azawa, sempre curti muito suas “prosas e versos”, verdadeiramente, escritos com esmero! Porem, se me permite o “atrevimento”, ja a algum tempo, nao mais com o mesmo quilate de antes! O que por demais, me entristece! Sempre tive comigo, que o primeiro carro a gente “esmerilha” ele, ate aprender de fato a dirigir. Depois sim pegar um bom. Meu pensamento esse. Da mesma forma, creio que sim, os A-4 sao bons para que a Marinha “treine” e “re-aprenda” a voar, logistica de pecas, manutencao, etc… etc… Deeepois, pegue um Hornet ou Gripen. Sobre cada arma operar armamentos “de seu… Read more »

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

Deviam colocar um motor de Marea nesses treco e usar como BOMBA.

Só serve pra gastar $$$$ que não tem.

Camargoer
Visitante

Ola Rui. Rebaixar a suspensão e coçar aqueles pneus fininhos com rodas de liga leve cromada, colocar um monte de altifalantes no capô traseiro e aqueles volantes pequeninos da stockcar

sergio ribamar ferreira
Visitante

Oi Sr. Camargoer. Uma pergunta: por que não se vende esses caças? acredito ser uma opção. Navios patrulhas, corvetas, fragatas, varredores, submarinos…a MB deve focar nisso e projetos de mísseis, (mansup, exemplo) através de pesquisas, convênios, parcerias. Pode se fazer muito tendo equilíbrio na gestão. Grande abraço.

Camargoer
Visitante

Olá Sérgio. A FAB vendeu os F2000 por algo em torno de US$ 250 mil. Ou cerca de 50 horas se vôo do F5M. Os A4 estocados seriam bem menos que isso. Talvez nem existam interessados. Talvez algum país pequeno tivesse interesse em um esquadrão deles modernizados e operacionais. Creio que a modernização de um A4 para o padrão M custaria algo em torno de US$ 6 milhões. Nesse contexto, talvez seja mais adequado a MB ter um esquadrão de A4M operacionais nós próximos anos até avaliar se o F39 poderia operar com sucesso na MB ou se seria necessário… Read more »

Kommander
Visitante
Kommander

Entendo a carência doa aviadores navais em ter um meio para trabalhar, por isso continuam insistindo no A4 mesmo sendo uma geringonça. O problema é ficar enchendo ele de gambiarra, o A4 já deu o que tinha que dar.
Muito bom ver uma mulher mecânica, isso são direitos iguais!

Joao Moita Jr
Visitante

Perfeito para alvo remoto controlado.

Carlos
Visitante
Carlos

Parabéns assim que se faz
Trabalho em conjunto pelo bem maior conprir, contribuir com a missão de defesa.

Bardini
Visitante
Bardini

Marinha sem cobertura aérea é uma Marinha destinada a derrota.

Esteves
Visitante
Esteves

Não entendo nada dessas coisas, mas penso igual.

Essa gente que defende o fim das asas fixas na MB acredita que em uma guerra a FAB deixaria suas missões e suas doutrinas para cobrir os navios da Marinha no Atlântico.

Se o cobertor é curto, puxar só aumenta o problema.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Eureca Sherlock kkkkk.

Camargoer
Visitante

elementar, caso Watson

Gelson
Visitante

Parece óbvio. No entanto, no caso da MB, além da cobertura aérea falta a marinha também (e a guarda costeira). Sobram muitos milhares de marujos em terra.
Até quando?

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Off Topic: deveriam também cooperar para o co desenvolvimento do MICLA-BR.
A MB /FAB deveriam cooperar para desenvolver uma versão Ar/Sup do MICLA-BR utilizando o radar altímetro do MANSUP e uma versão melhorada e de maior alcance de sua cabeça de busca.

Xerem
Visitante
Xerem

FOXTROT concordo e muito tambem queria ver uma versão do MTC na MB de uns 1000 a 1200 km para defesa de costa !

Pablo
Visitante
Pablo

Uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto!

Salomon
Visitante
Salomon

É uma boa notícia, ou seria se estivéssemos em 1980. E, só para aproveitar: e os Traders hein..será que estão prontos e foram escondidos por vergonha?

Sergio Cintra
Visitante
Sergio Cintra

Esse foi o que se chocou com o 1011, infelizmente.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Somos bons!

Nunes-Neto
Visitante
Nunes-Neto

Não têm lógica a MB comprar F39 para operar e pousar de pistas no contimente, cada um deve custar quase o valor de um Navio patrulha de 500T, preferivel usar o recurso da suposta compra em patrulhas e varredores!

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Acho que uma força aeronaval seja necessária, não necessariamente embarcada em porta aviões, vide guerra das Malvinas, onde as aeronaves argentinas fizeram mais estragos na RN que os navios argentinos. Mas eu colocaria o F-39 como escolta para um esquadrão de 12 Su-34, equipados com mísseis antinavio com uns 200 km de alcance.

MadMax666
Visitante
MadMax666

Podia pedir umas dicas sobre a corrosao com os americanos, afinal eles tem operado o A-4 sobre o Vietnam a partir de seus porta-avioes classe Essex com sucesso no clima tropical. Devem ter uma experiencia boa e manter essas aeronaves em bom estado e essencial para que continuemos a opera-la nos anos 80.

Renan
Visitante
Renan

Deveria existir uma empresa responsável por toda a manutenção do meios militares do Brasil.
Assim não precisaria gastar dinheiro com militares que na verdade são mecânico,etc.
Com certeza o custo de manutenção seria reduzido,uma vez que todos as 3 forças iria mandar para um local seus equipamentos reduzindo os custos.

Basta está empresa estar presente em 5 locais diferentes do Brasil. Facilitando a logística.

Leo Rezende
Visitante
Leo Rezende

Consertobrás.

Camargoer
Visitante

Olá Leo. Cuidado para não confundir com a Concertobras responsável pelas orquestras sinfonicas.

Chefe Moura
Visitante
Chefe Moura

Olá pessoal! Gosto muito do site e sempre leio alguns comentários. Não sou um entendedor militar, portanto compartilho observações sem compromisso: 1-dada a atual conjuntura, seria melhor termos meios de patrulha e defesa de nosso litoral, especialmente os Subs e PHM, com os fartos poderes de fogo (mansup, mísseis ar-ar, torpedos etc). 2-se num dado momento for possível adquirir ou construir um/mais de um porta-aviões, que seja feito, com tudo o que se deve (escoltas, subs etc). 3-a escolha da ANV embarcada deve se pautar em preço e capacidades, observadas nossa geografia e “”desejo nacional””. 4-se não tivermos condições de… Read more »

rinaldo nery
Visitante

Toda vez que sai uma matéria sobre alguma Força brasileira a quantidade de besteiras postadas é impressionante. Esse Ozawa w Zoram batem o recorde. Aliás, sejam machos e troquem o nick ridículo pelo nome verdadeiro.

Elint-Os
Visitante
Elint-Os

Sempre esses dois. Os “doutorandos” e “embaixadores” de logística, organização e coordenação de meios. É a turma do quanto pior melhor. Absolutamente lamentável…

Camargoer
Visitante

Olá Elint. Quem são esses dois lamentáveis comentadores? Doutorandos? Embaixadores? Não lembro desses apelidos.

Gelson
Visitante

Bom mesmo é manter uma Força Aérea, cujo GTE é “taxi de corrupto”, um esquadrão de asas fixas da MB cuja única importância “estratégica” aparente é inócua pois não consegue cumprir a sua missão básica e um enorme EB que mais parece um paquiderme no meio de um lodaçal. Com gastos de Forças Armadas de primeiro mundo! Tudo isso às custas de um povo cada vez mais pobre e desamparado. Equipamentos e treinamentos estão muito longe da realidade do moderno campo de batalha mas, há os que defendam estas instituições com garras e dentes jurando que estão “aptas a cumprir… Read more »

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Bem lembrado sobre o GTE taxi corrupto.

O executivo ja puniu um funcionário e baixou agora nova regra apertando a restrição e não vi ninguém aqui falar disto.

Xerem
Visitante
Xerem

Coronel Rinaldo Nery tem alguma possibilidade da FAB com o Gripen introduzir algum míssil anti navio ? Exemplo o nacional Mansup ?

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Óbvio que sim.

nonato
Visitante
nonato

Mas muitos dizem que manutenção de um caça é algo complexo.
Que só o fabricante, ou empresas estrangeiras conseguiriam.
Que treinamento e manutenção é algo muito caro…

João stone
Visitante
João stone

Que bom ver nossas Forças unidas apoiando se mutuamente 👏👏👏

Flanker
Visitante
Flanker

Dos AF-1 modernizados da MB:

– N-1011 – perdido em acidente
– N-1013 – danificado em acidente após varar a pista de São Pedro da Aldeia ao abortar decolagem
– N-1008 – operacional
– N-1004 – em modernização na Embraer
– N-1001 – é esse citado na matéria. Está sendo reparado em São Pedro da Aldeia, em um processo que já se arrasta há anos.
– N-1022 – operacional
– N-1023 – em modernização na Embraer

rommelqe
Visitante

Pois é, é o que temos para hoje, certo? Que esses 4 sejam úteis.
Vende-los? Não vale a pena HOJE, depois dos investimentos em hadware, sotware , principalmente, humano.

Nilson
Visitante
Nilson

Incrível alguém negativar o colega que traz informações detalhadas e se esmera em mantê-las atualizadas e à mão. Parabéns e obrigado, Flanker.

Camargoer
Visitante

Olá Nilson. Esses casos de negativar dados ou perguntas desnuda a infantilidade dessa ferramenta. O apropriado seria colocar um comentário rebatendo ou corrigindo a informação. Foi como escrevi uma vez, diga-me quem te negativas e eu difei quem és.

Carvalho2008
Visitante
Carvalho2008

Pois é

Camargoer
Visitante

Olá Carvalho. Acho exemplar o modo como você e outros colegas conseguem discordar de mim e colocar pontos de vista bem diferentes dos meus sem nunca ser uma questão pessoal, e ainda assim continuamos conversando e até com muito bom humor. Aproveitando, dize-me com quem dialogas e direi quem és. Acho que tenho muita sorte por ter amigos como você e tantos outros colegas. A lista é grande demais para citar nominalmente, mas acho que todo mundo sabe.

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Obrigado Mestre….

Dalton
Visitante
Dalton

Oi Flanker…não é o “1021” no lugar do “1023” ?

Flanker
Visitante
Flanker

Isso mesmo , Dalton. É o 1021. Não sei o motivo de não modernizarem o 1023, pois o mesmo estava, há anos já, desmontado e com suas partes já pintadas em prime, nas dependências da Embraer em Gavião Peixoto. Mesmo com esse trabalho já realizado no 1023, a MB optou por modernizar o 1021. O mesmo vale para a opção em modernizar o 1004, que foi entregue para modernização no ano passado, sendo que o 1014 já estava com suas partes pintadas em prime e sendo trabalhadas na mesma época em que era visto o 1023 nas mesmas condições. Tem… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Também estranhei Flanker ! A informação inicial era que ambos “1022” e
“1023” seriam modernizados enquanto o “1021” permanecia ativo com o
esquadrão, todos os 3 “bipostos” e o “1014” que foi o primeiro a pousar no “Minas Gerais” pilotado por um brasileiro em 2001, também foi anunciado como sendo modernizado.
.
Talvez essas mudanças tenham sido feitas depois que decidiu-se que apenas 7 seriam modernizados ao invés dos 12 !

Sergio Cintra
Visitante
Sergio Cintra

Façam as correções necessárias para ficarmos atualizados sobre o histórico desse esquadrão. 1001 – Modernizado em Manutenção na Macega. 1002* Visualizado em uma foto em S.Pedro – não mais apareceu. 1003 – Espetado na entrada da Base 1004 – O da pintura comemorativa, na Embraer em Gavião 1005* Foto embarcado no A12 – não mais apareceu 1006 – Nenhum registro fotográfico. 1007* Menção do 1o. a voar em 24-04-2000 – não mais apareceu 1008 – Modernizado c/ pintura baixa visualização 1009* Foto embarcado no A12 – não mais apareceu 1010* Ficava embarcado no A12 para treinamento das equipes – ”… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

Para se entender sobre todas as críticas que se faz ao Ministério da Defesa. recomenda-se o estudo sobre a criação e por que não dizer extinção do EMFA. O entendimento das três Forças e sua interação e posteriormente desestruturação se deve aos sucessivos erros políticos da extinção do Ministério que cumpria bem o seu papel de integrar as Forças Armadas e seus projetos. Há de se observar que críticas negativas ao atual MD deveria ser também atribuída aos péssimos ministros (civis) que antecederam a gestão em questão. Não houve um ministro civil que propôs melhora à gestão, pelo contrário. Cito… Read more »

carvalho2008
Visitante
carvalho2008

Não tenha duvidas que reduzindo a corrupção por si só, o Brasil atingiria uns 3% de crescimento do PIB….parece ridicula esta ponderação não é mesmo? Mas diante de uma economia em que o Estado é um dos maiores alavancadores de investimentos, a soma disto no ambito federal, estadual e municipal é enorme. Os pedagios não somente subtraem fortunas enormes, como tambem freiam a iniciativa…é pedagio para tudo na vida, ate para consertar calçada….então de um lado o investimento publico some e não chega onde deveria chegar, e de outro, o privado não consegue movimentar seu proprio investimento, porque tem de… Read more »

Pedro Moura
Visitante
Pedro Moura

Senhores Moderadores,

Lembro que em outras matérias/artigos já foram excluídas partes ou totalidade dos debates semelhantes ao que ocorreu a partir do que escreveu o forista Ozawa ao responder ao Camargoer.

Daí em diante deixou-se o debate sobre o cerne da matéria e virou debate político com outros foristas.

Gosto de ler os comentários dos dois foristas citados, quando se aplica diretamente ao que consta da matéria, mas alí acho que já perdeu-se a proa.