Home Marinhas de Guerra Submarino NRP Tridente da Marinha Portuguesa cumpre missão de dois meses

Submarino NRP Tridente da Marinha Portuguesa cumpre missão de dois meses

3632
9
NRP Tridente

O submarino NRP Tridente da Marinha Portuguesa regressa à Base Naval de Lisboa na sexta-feira depois de cumprir uma missão de dois meses, no âmbito dos compromissos internacionais assumidos por Portugal, nomeadamente no âmbito da NATO e União Europeia.

O outro submarino da classe “Tridente”, NRP Arpão, está em processo de reforma/atualização no estaleiro português Arsenal do Alfeite.

Os dois submarinos de ataque são da classe alemã Type 214 de propulsão AIP/Diesel-elétrica, construídos pela Howaldtswerke-Deutsche Werft (HDW) GmbH. Em Portugal, os submarinos receberam a designação U-209PN.

O submarino NRP Tridente foi aceito em definitivo pelo Estado Português em 7 de Setembro de 2011, tendo ultrapassado todas as expectativas.

NRP Tridente fotografado quando fazia testes de mar na Alemanha
Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ECosta
5 meses atrás

Alguém sabe se ele estará aberto para visitação aqui em Lisboa ?
Sai do Recife uma semana antes do PHM Atlântico chegar. Visitar um U214 me serve de algum pequeno consolo.

Rui
Rui
Reply to  ECosta
4 meses atrás

Em Portugal, as visitas a locais militares, museus e equipamentos militares está completamente proibida e sem fim previsto, por causa do COVID-19.

ECosta
5 meses atrás

Galante, não consigo me inscrever para receber e-mails do aereo.jor e forte.jor. Tens como me ajudar ?
Abraço.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
5 meses atrás

Um belo projeto, mas dois submarinos não é pouco para quem tem que defender duas regiões litorâneas ( Portugal e Açores )?

RPiletti
RPiletti
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

E 4 Scorpenes para defender do Iapoque ao Chuí?

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  RPiletti
5 meses atrás

Não vamos vender todos os U-209 e ainda teremos o sub nuclear, e se a situação continuar a melhorar pode ser que venhamos a construir mais alguns.

Dalton
Dalton
Reply to  Fabio Araujo
5 meses atrás

Portugal chegou a ter um máximo de 4 submarinos no fim da década de 1960 até meados da década de 1970 quando vendeu um deles ao Paquistão que já operava o mesmo tipo de submarinos e a ideia era manter uma força de submarinos com 3 unidades, mas, 2 acabou sendo a realidade. . Portugal faz parte da OTAN e como tal ajuda e é ajudado pelos demais integrantes e uma de suas melhores contribuições é justamente conceder uma base americana nos Açores que fornece apoio à aeronaves em transito dos EUA para a Europa onde dois dias atrás pousaram… Read more »

Aislan
Aislan
Reply to  Fabio Araujo
4 meses atrás

Temos um iate clube que defende nosso litoral…..

Peter nine nine
Peter nine nine
5 meses atrás

Uma citação interessante que nos dá, como quem não quer a coisa, um rico detalhe sobre a missão realizada.
“Depois de 47 dias a patrulhar o Mediterrâneo, o submarino português NRP Tridente está de volta a casa. Os 33 tripulantes navegaram mais de 4500 milhas náuticas, num total de mais de 900 horas “silenciosas” (37 dias), debaixo de água. O NRP Tridente operou durante este período sob o Controle Operacional do NATO Submarine Command. Abençoe aqueles que servem sob as Profundezas. Obrigado e até breve.” – NATO Submarine Command