Home Marinhas de Guerra EUA vão intensificar provocações contra a China pós-pandemia, apesar da vulnerabilidade viral

EUA vão intensificar provocações contra a China pós-pandemia, apesar da vulnerabilidade viral

5296
158

Por Song Zhongping

Os gastos militares globais cresceram no ritmo mais rápido em uma década em 2019, mas “a crise econômica resultante da pandemia do COVID-19 provavelmente interromperá os gastos militares futuros”, de acordo com um relatório publicado em 27 de abril pelo Instituto Internacional de Pesquisa da Paz de Estocolmo (SIPRI).

À medida que a economia global cai e a dívida aumenta, muitos temem que os orçamentos de defesa diminuam. No entanto, a longo prazo, as forças armadas dos EUA, já atingidas pelo surto, continuarão a ser inabaláveis ​​em custos e esforços militares para provocar a China.

Com as infecções por coronavírus dos navios de guerra em ascensão e sucessivos casos confirmados revelados no USS Carl Vinson, USS Theodore Roosevelt, USS Ronald Reagan e USS Nimitz, preocupações com a espiral de prontidão militar dos EUA levaram o comando Indo-Pacífico da Marinha dos EUA a um momento crítico, pois todos os seus quatro porta-aviões desdobrados nessas águas foram infectados, ao lado de outros navios de ataque anfíbio, como o USS Boxer, que também relatou novos casos positivos.

Uma vez que vários porta-aviões dos EUA perdem a capacidade de manter a prontidão regular de combate, é provável que apareça um vácuo militar nas águas do Indo-Pacífico que, sem dúvida, ameaçará a hegemonia naval dos EUA há muito estabelecida.

Quem pensaria que os porta-aviões modernos dos EUA, marcados como fortes defensores de ataques nucleares, químicos e biológicos, seriam completamente derrotados por um novo coronavírus?

No curto prazo, as forças armadas dos EUA podem estar se isolando por causa do COVID-19, pois sua eficácia no combate foi enfraquecida. O Departamento de Defesa dos EUA (DoD) promulgou uma ordem de parada de 60 dias para todo o pessoal civil e uniformizado do DoD e seus familiares patrocinados no exterior, em uma tentativa de controlar ainda mais a disseminação do COVID-19.

No entanto, o COVID-19 não levará os EUA a reduzir seus orçamentos de defesa, apesar da crise econômica doméstica. Pelo contrário, quanto maior a ameaça percebida, maiores serão os gastos militares dos EUA com equipamentos avançados e mais munições para lidar com os riscos futuros de ataques biológicos.

Os EUA desviarão o investimento militar para pesquisa e implantação de veículos não tripulados e tecnologias militares de IA posteriormente, quando o surto de coronavírus alertar as forças americanas sobre como elas eram frágeis e despreparadas em operações não relacionadas à guerra. Isso inclui responder à pandemia, especialmente em comparação com o Exército de Libertação Popular da China, que tem uma rica experiência no combate a desastres e epidemias.

Essa vulnerabilidade também é conseqüência de sua interferência mundial na busca pela hegemonia global. Os navios de guerra militares dos EUA são uma “terra flutuante dos EUA”. Eles atracam e descansam em vários portos do mundo, o que aumenta praticamente o risco de transmissão de vírus, além dos problemas de fadiga, aglomeração e falta de saneamento básico em bases militares. As forças armadas dos EUA acelerarão o reparo de suas próprias brechas de governança militar, reforçarão sua disciplina e compensarão suas deficiências.

As frequentes visitas de aviões de vigilância e bombardeiros dos EUA no Mar da China Meridional mostram seu nervosismo com a China – o principal inimigo imaginário dos EUA – para assumir seu vácuo militar na área do Indo-Pacífico.

A força militar dos EUA intensificou seus esforços de vigilância para entender a dinâmica militar de seus oponentes imaginários e fornecer apoio estratégico à inteligência para sua própria recuperação militar. As forças armadas dos EUA geralmente espionam o que temem perder, especialmente quando pensam em sua influência tradicional como abalada.

A longo prazo, a ambição dos militares americanos de ser o poder marítimo entrará em colapso sob suas próprias políticas beligerantes. Enquanto a epidemia estiver sob controle, as provocações dos EUA contra a China no Mar da China Meridional e no Estreito de Taiwan ressurgirão.

O agravamento do relacionamento entre a China e os EUA durante a pandemia levou os EUA a estarem ainda mais conscientes da China como seu rival marítimo mais importante, e esse antagonismo será exacerbado na era pós-pandêmica.

FONTE: Global Times

Subscribe
Notify of
guest
158 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
nonato
nonato
2 meses atrás

Jornal chinês fazendo propaganda da China e prendendo os Estaria Unidos. Esse problema dos Estados Unidos seria fácil de resolver. Testar todos os tripulantes e retirar os infectados. Os demais seriam colocados de volta nos porta aviões. Seja com tripulação reduzida ou a tripulação de 4 navios (reduzidas pela saída dos infectados) poderia atuar em 3 ou 2 porta aviões. De repente todos os mecânicos de um porta aviões foram infectados. Usam-se os mecânicos de outro porta aviões para substituir.. E a solução durante a pandemia é as tropas não voltarem para as suas casas, correndo o risco de serem… Read more »

nonato
nonato
Reply to  nonato
2 meses atrás

* ofendendo os Estados Unidos…

PACRF
PACRF
Reply to  nonato
1 mês atrás

Quase 70.000 mortos dentro de seu próprio território, na pior crise de saúde pública que já se abateu sobre os EUA, e ainda encontram tempo para “provocar” a China? É muita insanidade.

Mameluco Pernambucano
Mameluco Pernambucano
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Uma pergunta: Essa crise de saúde pública que o mundo enfrenta hoje, foi motivada, ou melhor, foi provocada por quem? Onde surgiu?

Concordo.

É muita insanidade!!!

Tadeu Mendes
Reply to  PACRF
1 mês atrás

PCRF,

Você ainda não viu nada. O que vem por aí vai sêr pesado.

O govêrno Americano está preparando o desfôrro.

nonato
nonato
Reply to  nonato
1 mês atrás

O porta aviões volta em breve:
https://m.youtube.com/watch?v=puz_2JsiF-M

Helio Eduardo
Helio Eduardo
2 meses atrás

Peecebo que a pandemia reveleou aos EUA uma fragilidade e, é fato sabido e largamente comprovado, eles não constumam cometer o mesmo erro duas vezes.

Muita coisa vai mudar no mundo, em nossas vidas e mas FFAAs norte-americanas.

Juarez
Juarez
Reply to  Helio Eduardo
2 meses atrás

Pode ter certeza disto, e Tio Sam vai cobrar caro a irresponsabilidade do regime chines por ter escondido os dados reais da pandemia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Juarez
1 mês atrás

Vai cobrar caríssimo.
Talvez uma indenização para cada um dos esperados 57 milhões (ou mais) de desempregados americanos.
Sendo que milhões desses, certamente, nunca mais terão seus empregos de volta.

Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Arruma outro…

Aqui no Brasil conhecemos bem isto…

Toda a herença maldita que vocês deixaram e aos poucos estava sendo estirpada.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

A única coisa que os americanos estão tendo de enfrentar é a fila do sopão.
Literalmente.
Milhões de pessoas que ficam apenas uma semana sem trabalhar e já não têm nem o dinheiro para as necessidades mais básicas.
Brasil também.
Enquanto isso, China e Europa protegeram seus empregos muito bem e não estão nesse desespero.
Lamentável.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

E quantos são o desempregados chineses Antônio? Esqueceu que o patrão (EUA) paga para o funcionário (China) produzir?

Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings,

Você a não tem a menor ideia do trôco que o Trump vai dar na China.

Vou repetir o que os editôres não postaram.

Estamos preparando para cortar a cabeça da serpente.

Quantos aos desempregados, não se preocupe, porquê estão recebndo entre quinhentos à mil e duzentos dólares por semana.

Os desempregados aqui, ganham por semana, do que você ganha em três mêses de trabalho.

A China se suicidou. Aguarde o entêrro .

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Juarez
1 mês atrás

O USS Theodore Roosevelt já está retornado ao mar depois do trabalho da contenção do Covid-19, e pelas palavras do comandante da Frota do Pacífico – John C. Aquilino, alegou plenamente que seus adversários erraram na tentativa de tentar obter vantagem devido ao surto do vírus. E vale destacar que a USN já está preparando o USS Ronald Reagan e seu grupo de ataque para partir para uma patrulha na região. As coisas não serão fáceis daqui para frente como foi no último mês para os chineses.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Juarez
1 mês atrás

Trump, e grande parte da sua administração, perdeu a capacidade de liderar a geopolítica mundial por culpa própria.
Um dia diz que vai limpar a Coreia do Norte do mapa e no outro é grande amigo desse ditador. Não tem qualquer credibilidade.
Na minha opinião o que diz sobre a China não é para levar a sério. Está mais preocupado com as eleições do que outra coisa qualquer.
E também convém desviar as atenções da forma como negligenciou a pandemia e a consequente crise económica.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Juarez
1 mês atrás


Os chineses estão ficando bons, alguém ai não concorda com a sátira?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Helio Eduardo
1 mês atrás

Utilizando a velha expressão:
‘Só faltou combinar com os russos, né?’
Ou no caso, com os chineses.
11 em cada 10 analistas consideram que a China vai sair mais forte que os EUA dessa pandemia.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os Chineses são um tigre de papel. A riqueza depende de um comercio internacional em que os seus maiores cliente são seus inimigos. Duvido que sairão tão fortes assim a medida que os seus clientes/inimigos irão fomentar a produção interna ao invés de compras de oportunidades. Obs.: Não ponha os coitados dos russos nessa frase… hahaha… eles serão os próximos aliados dos Ocidente. Não há fronteira e recursos tão perto dos Chineses e com tão fácil acesso como os encontrados na vizinha e “miga” Russia (qualquer semelhança de russos e alemães na década de 30 do século passado pode não… Read more »

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Também penso assim. Muitas empresas que usam a mão-de-obra escrava da China serão repatriadas e muita coisa que a China produz deixará de ser importada pelo mundo. No final das contas, o corona vírus foi um tiro no pé do Xing Ling.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  José Carlos David
1 mês atrás

Toda vez que eu leio mão de obra escrava chinesa eu sinto vontade de cortar os pulsos, que espécie de escravidão é essa que povo fica mais rico a cada ano que passa, superando até mesmo a renda de vários países “livres”? Caso inédito na história.

Samuel
Samuel
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Amigo Defensor da liberdade,
Será que o povo que trabalha sem nenhuma condição escravista. São eles que ficam ricos ou são alguns poucos que tem o poder total?

Italo Souza
Italo Souza
Reply to  Samuel
1 mês atrás

Isso no seria capitalismo? Or você fica rico trabalhando de operador de máquina ?

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

“Mão de obra escrava chinesa.”

Diego
Diego
Reply to  José Carlos David
1 mês atrás

Os EUA não vão repatriar suas multinacionais na china. Eles ganham dinheiro com elas lá e dinheiro está acima de qualquer rixa. E outra, se saírem os chineses criam suas próprias empresas, eles já tem o próprio Google.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás
filipe
filipe
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Mas Napoleão sempre disse que a China era um gigante adormecido, o dia que esse Gigante acordasse ninguém iria para-lo , é o que estamos vendo actualmente, A China já teve alianças e guerras com os EUA e Rússia e soube esperar pacientemente o seu tempo. As evidências são claras a China nesse momento é super-potência em ascensão.. Já foi a Alemanha, já foi a URSS, já foi os EUA, agora são eles(chineses). Isso é um ciclo, O Egipto já foi, A Assíria já foi, A Babilónia já foi, Os Persas já foram, Os Gregos já foram, O império Romano… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

11 em cada 10?
Tem a certeza?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Fui conservado.
Pode colocar 15 em cada 10.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Não são 15 em cada 10.
São 10 em cada 15 senão cada analista tem mais do que uma opinião.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

Acho que vc entendeu o sentido da expressão.
Quando usamos ’11 em cada 10′ é porque fica mais que sacramentado que todos concordam com isso.
Seria o óbvio acachapante.
Seria Ululante.
Entendei?

MARCUS
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

A China não sairá fortalecida, espere e verão. O mundo nunca foi Globalizado e daqui para frente as pessoas e os governos,se afastarão ainda mais. Esta vindo uma guerra nova. esta perto e vocês verão.

Gordo
Gordo
Reply to  Helio Eduardo
1 mês atrás

Estou no meio do agronegócio, e digo que a China escondeu a Peste Suina Africana, isso pq matou 25% do rebanho deles, imagina o que é de dados sobre o covid-19 não esta escondido. Deixarei um link para analise dos colegas
https://www.agrolink.com.br/noticias/china-manteve-psa-em-sigilo_433283.html?utm_source=agrolink-clipping&utm_medium=email&utm_campaign=clipping_edicao_6651&utm_content=noticia&ib=y

Dalton
Dalton
2 meses atrás

Sei que esse tipo de matéria gera polêmica, etc, mas, não dá para concordar com… . ” todos os seus quatro porta-aviões desdobrados nessas águas foram infectados, ao lado de outros navios de ataque anfíbio, como o USS Boxer, que também relatou novos casos positivos. ” . Como pode o USS Carl Vinson que está ainda em manutenção desde fevereiro do ano passado no terceiro de quatro longos períodos de manutenção que exigem doca seca dentro de uma vida útil estimada em 50 anos, que nem mesmo estava´programado para sair em missão ainda esse ano estar “desdobrado” ? . Como… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Dalton a China vem numa campanha de fake news nos últimos dias, ate o G7 emitiu uma nota contra.

Maus
Maus
Reply to  Augusto L
1 mês atrás

Ela faz isso desde sempre, seus embaixadores recusam a dizer que o vírus surgiu lá.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Todo navio, seja mercante ou militar, é bem dependente da saúde das “prestadoras de serviço” locais… Acho que a tripulação tlav z tenha até mais noção e use camisinha e tal, agora máscara acho bem difícil!

Luiz Alberto Mezzomo
2 meses atrás

De onde se tirou a palavra “provocação”, no título, se é a China comunista que provoca a todos, inclusive seus ex-aliados como o Vietnã. O Vietnã, quem diria!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 mês atrás

Orr, se eu fosse a China mandava um sub tirar uma foto com essa banheira americana na mira, e mandava para o pentágono com a legenda “Cheque mate!”, ou mandava emergir bem do lado do NAe só para ver os americanos borrando as calças.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Essa semana, um destróier americano foi expulso da área por um navio chinês.

Dalton
Dalton
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Interessante…um oficial da US Navy declarou que o USS Barry não apenas não foi “expulso” como os chineses comportaram-se de maneira profissional
ao empregar aeronaves/navios na área onde o navio americano estava.
.
Daqui a pouco vão dizer que o USS America também foi “expulso” por ter retornado ao Japão após a conclusão de três meses de patrulha.

Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings,

Mentirôso.

Koke
Koke
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Expulso ? Diz a propaganda chinesa ne.

Maus
Maus
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Só se ele conseguir passar por uma dúzia de Sea hawk asw

Tadeu Mendes
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Defensor ,

A China está encurralada pôr alguns submarinos de ataque, e vigiada pôr dois submarinos Trident.

A US Navy sózinha tem poderio bélico mais que suficiente para decapitar a China nos primeiros 15 minutes de um ataque initial, começando pêlo C3 dêles.

Antoniokings
Antoniokings
1 mês atrás

Que medo!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os fantasmas sabem para quem tem que aparecer…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Se vc não gosta das publicações dos jornais nacionais, vai essa do prestigioso Le Monde.

https://www.lemonde.fr/idees/article/2020/04/30/apres-la-pandemie-liee-au-coronavirus-un-ordre-mondial-a-reinventer_6038253_3232.html

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Medo de que tonho? Você é chinês ou norte-americano?

Alessandro
Alessandro
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

CAPACHO de chinês e cachorrinho domesticado de cubano.

mas não liga, ele só está externando o seu “nacionalismo” que foi oprimido por anos rsrs….

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alessandro
1 mês atrás

Nacionalista é a galera que agora põe Robertão do mensalão num altar.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

É assim que tu vê as coisas? tsc, tsc, tsc

Avestruz fica com a cabeça no buraco e não sabe se é dia ou noite.

filipe
filipe
1 mês atrás

Os EUA são claramente superiores em termos militares a China e a Rússia, mas devem ter a astucia da China, e não mostrar apenas os músculos ,tudo porque os NAEs já não são tão assustadores como eram a 30 anos atrás tudo por causa do advento dos novos mísseis hipersónicos, os EUA devem desenvolver as Armas de energia dirigida ou Armas Laser e instalar a bordos dos seus NAEs, Chineses e Russos desenvolveram novas doutrinas e novas armas, que as Armas de a 30 anos atrás já não os atormentam tanto… A prova disso foi a teimosia dos Norte Coreanos… Read more »

Space jockey
Space jockey
Reply to  filipe
1 mês atrás

Ilhas artificiais = alvos fixos, se neutraliza sentado numa cadeira apertando um botão.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Space jockey
1 mês atrás

Ilhas naturais também.
Com a Ilha de Guam, Diego Garcia e outras será assim também.
Até os estudantes secundaristas chineses devem saber as coordenadas destas ilhas.

vinicuus Momesso
vinicuus Momesso
Reply to  filipe
1 mês atrás

“…mas devem ter a astucia da China, e não mostrar apenas os músculos…” mas que ‘astúcia’ maior viria hoje em dia, se não na forma como é feita? Armas Nucleares estão aí para impedir qualquer movimento diferente do que já combinado. Matar um oficial de alto escalão do PLA? Arricadissimo!

Dalton
Dalton
Reply to  filipe
1 mês atrás

filipe… . O NAe não deve ser visto apenas por si e sim como parte de um arsenal, complementado por outros navios, submarinos, aeronaves baseadas em terra etc, que tem outras funções além de pretender “intimidar” China e Rússia, como por exemplo fornecer cobertura aérea em regiões distantes dos EUA e não deve ser visto como algo indestrutível ou que mudará alguma situação e os americanos compreendem perfeitamente isso. . O envio de um NAe a Coreia do Sul jamais teve a intenção de fazer o ditador norte coreano mudar de ideia, até porque é normal se ver NAes naquela… Read more »

filipe
filipe
Reply to  filipe
1 mês atrás

Reforçando o meu comentário : According to news published on Internet, China has now six submarines Type 094A. Two upgraded Type 094A nuclear submarines were presented during the 71st anniversary of the Chinese Navy, in April 2020. The Type 094A is a variant with a modified and improved sail. The sail appears to incorporate features from one installed on a modified Type 093. It could be equipped with 16 launch tubes, while Type 094 had only 12 launch tubes. Pictures published in 2015 to Chinese website, the Type 094A has a more prominent “hump” in the missile bay aft of… Read more »

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  filipe
1 mês atrás

A conquista do Mar do Sul da China é estratégica para os chineses por razões de limitar a atuação dos EUA na região, mais precisamente na primeira cadeia de ilhas. Os chineses hoje não consegue impôr uma supremacia na primeira cadeia de ilhas e necessariamente, seus SSBN’s estão expostos e desprotegidos. Portanto, qualquer necessidade da China de se ter a supremacia na região, terá que superar este obstáculo, sendo que não existe apenas a USN na área, com mais outras marinhas aliadas dos EUA – mesmo sendo estes os mais difíceis de superar. Percebe-se a importância agora das ilhas artificiais… Read more »

filipe
filipe
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Os Inimigos da China são primariamente a Índia e o Japão com quem já travou guerras, depois os EUA (aliado na 2ªGM e inimigos na Guerra da Coreia em 1950), Taiwan é considerada uma província rebelde, Vietname têm uma relação de profunda desconfiança,Paquistão é aliado natural da China, Coreia do Norte é vassalo da China, Tailândia é aliado da China, Filipinas parece se inclinar para uma aliança com a China, a Rússia não tem qualquer problema com a China (se bem que no tempo da URSS tiveram algumas guerras) , As potências Europeias têm muito boas relações com a China,… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  filipe
1 mês atrás

filipe

A China está procurando resguardar as rotas de sua ‘Iniciativa Belt & Road’.
Nos próximos anos, será através desse eixo econômico que se dará praticamente todo o desenvolvimento econômico mundial.
Não é preciso comentar que tal iniciativa está estabelecendo laços comerciais entre os países da Ásia, África e Europa e deixando os EUA de fora.
Desta forma, a China está com as cartas na mão nesse jogo.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

E não podemos esquecer o lançamento, semana passada, da moeda digital chinesa que vai possibilitar à China praticar comércio com seus parceiros sem precisar da câmara de compensação de transações, o SWIFT, onde os EUA podem controlar as operações em dólares.
Percebe-se que os chineses não estão brincando em serviço.

Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings,

Você realmente acredita nas baboseiras que escreve aqui.

Totalmente fora da realidade.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

A China recentemente provocou Taiwan e a Índia com sua força naval, se eles querem mostrar poder, os EUA também sabem fazer esse jogo.

Sincero
Sincero
1 mês atrás

Pô, Galante. Matéria da Global Times? Site chinês?
Os chinos mentiram sobre as ilhas artificiais, se proclamam donos de quase todo o mar dividido entre várias nações, ameaçam navios e aviões em área internaciona e são os EUA que estão provocando. Pelo título achei até que fosse matéria da Folha. Eu não sei mais o que é fake.

Dr.Pimpolho
Dr.Pimpolho
Reply to  Sincero
1 mês atrás

Global Times = PCC.
Porque não citar uma fonte chinesa independente? Não, péra….

XFF
XFF
Reply to  Sincero
1 mês atrás

Sincero>>>
Isso é democracia, tem que mostrar outro lado também. Quer dizer querem Galante só fica publicando matérias de New York Time, Washington e CNN? A imprensa dos EUA é dono da verdade por acaso?

Tadeu Mendes
Reply to  XFF
1 mês atrás

XFF,

New York Times, Washington Post e CNN foram subornados pêlos chinêses.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
1 mês atrás

EUA serão implacáveis!

Leonardo
Leonardo
1 mês atrás

Resolver com países da região diz China

leonidas
leonidas
1 mês atrás

Inimigo imaginário…
Quando li este termos já percebi o tipo de texto… kkkk

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Os chineses estão para lançar dois novos submarinos nucleares lançadores de mísseis Type 094A Jin-class antes do aniversário da marinha chinesa, eles atualmente tem 4 em operação e vão passar a ter 6!
https://www.theaustralian.com.au/world/the-times/beijing-to-deploy-its-improved-nucleararmed-submarines/news-story/ea50c7664036faf281a36c8866e74edc

https://navyrecognition.com/index.php/news/defence-news/2020/may-2020/8344-chinese-navy-has-now-six-type-094a-jin-class-nuclear-powered-ballistic-missile-submarines.html

Kemen
Kemen
1 mês atrás

Uma pandemia gera uma confusão geral. Paises se acusando. Heróis do passado viram vilões. O dolar nas alturas. O petróleo em baixa. Investimentos com rendimento negativo. Gente reclamando que quer trabalhar e talvez seja seu último trabalho nesse mundo. Hospitais lotados. Médicos faltando. Proteções e aparelhos médicos sendo disputados entre os paises, uns “roubando as compras dos outros”. Mandatarios de governo desviando a atenção do povo do problema principal na atualidade. Politicos se degladiando. Bem eu já tenho um primo morto e uma vizinha a 3 dias com falta de ar e 39 graus de febre, essa é a minha… Read more »

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Kemen,

Realmente são tempos muito estranhos esses que vivemos hoje.

Meus pêsames por seu primo.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Negativaram um post de pêsames.

Acho que é uma situação inédita.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Meus pêsames por seu primo Mestre Kemen

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

A chave pra entender a competição entre EUA/Europa e China é aquele momento em que o Império Romano foi dividido em Ocidental e Oriental: enquanto o Ocidental foi pro vinagre, o Oriental durou mais mil anos. Ora, a única realidade efetiva no mundo, faz muitas décadas, é a economia e seu braço cientifico-tecnocratico. A politica e as ideologias foram reduzidas à irrelevância. O que está ocorrendo é a divisão do império econômico mundial em duas vertentes, das quais apenas uma vai sair com futuro. E isso de alguma forma decidido ou proposto por Kissinger. A política de Trump, MAGA, é… Read more »

Esteves
Esteves
Reply to  Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

Talvez. Talvez não haverá guerra. Mas se não estão se preparando para uma…por que diabos os arsenais não param de crescer? “O tempo está a favor da China, já que ela está se desenvolvendo e melhorando a passos mais rápidos do que os Estados Unidos. A grande pergunta que fica é se o mundo vai: evoluir de forma pacífica para duas esferas diferentes em termos de influência, com a China sendo a força dominante no Leste e com os Estados Unidos sendo a força dominante no Oeste. Ou se ele vai evoluir para guerras cada vez mais duras e de… Read more »

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Esteves
1 mês atrás

Esteves, a China há pouco certificou 23 “laticínios” brasileiros para compra de derivados do leite e aumentou consideravelmente sua cota importação de “carne de porco” (para os próximos anos). Parece-me que não querem briga. Mesmo porque ninguém saiu comprando yuan na “crise sanitária”. Até os chinos “compram” dollar durante a pandemia.
Saudações meu caro.
P.S. Aliás, foi novidade, para você, os tais “50 milhões” de brasileiros “sem renda”?

Esteves
Esteves
Reply to  Edson Parro
1 mês atrás

Caro, Existe yuan? Uma moeda na Ásia. Talvez. Foi sim. Assim como foi surpresa os milhões de miseráveis nos EUA. Dizem que boa parte das vítimas são obesos. Diabéticos. Hipertensos. McDonalds e CocaCola? Mestre Camargo coçando os neurônios tentando e tentando e tentando entender a crise fiscal. Estatísticas, cálculos, expressões e teses de economistas. Estudos e mestrados. E a crise fiscal que se arrasta…que se arrasta em consequência da miserabilidade. 50 milhões de brasileiros aptos (sem renda permanente, sem vínculo empregatício, vivendo de bicos como ajudantes e serventes) para receberem 600 reais. 100 dólares. Famílias não no NE, mas nas… Read more »

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Esteves
1 mês atrás

Sim, esta crise alem de todos os alvos esta se focando na sociedade de consumo. O homem apos ela estara repensando como gastar e investir O resultado de seu trabalho Um detalhe sobre a aguçamento de mortes virais nos EUA para as populações pobres Primeiro o sistema de saude que é de fato ruim e obvio, migrantes e não legalizados não tem acesso a ela Depois que lá, apesar de bem alimentados aparentemente, sao pessimamente alimentados qualitativamente No Brasil, comida industrializada é cara e a comida caseira ou domestica é a única acessível . Ela é saudavel Nos EUA, a… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

A chave pra entender a competição entre EUA/Europa e China, é que a Europa está se voltando para a China e o Oriente e deixando os EUA isolados.
Os americanos perceberam e não podem fazer nada.
Basicamente é isso.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings,

Já te disse que não sigo a sua linha ideológica, mas isso não me impede de concordar com você.

Neste ponto tenho a mesma visão.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Luiz Gavião

Valeu!

Esteves
Esteves
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Pode haver outra. Ou não exatamente. Ou…a Europa se deu conta que os chineses estão usando os euros investidos lá para comprar negócios estratégicos na Europa. Dinheiro que foi e voltou. Excesso de liquidez também é um problema quando os ativos se foram. “A Europa é o maior parceiro comercial da China. Desde 2010, Pequim investiu quase € 145 bilhões no Velho Continente. A China aproveitou a crise financeira para investir no bloco e comprou o porto grego de Pireu. Os chineses também estão muito presentes em Portugal, com interesses em imóveis e transporte aéreo. A Volvo, Pirelli e o… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Esteves
1 mês atrás

Como um outro forista daqui comentou, se não quiserem vender para os chineses, eles aprendem a fazer e fazem melhor, mais barato e em maior quantidade.
É um dilema cruel para a Europa.

Esteves
Esteves
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os americanos estão reagindo e reagiram antes dos europeus. Mas não é tão fácil quando a competição acontece contra a própria moeda.

Os chineses estão com a carteira cheia de dólares. E pressionam a economia americana tentando comprar o que os americanos não querem vender.

Movimento diferente dos anos 1970/80 quando os americanos venderam seus negócios para os japoneses e fizeram da Sony e da Suzuki, sócios.

Fogo contra fogo.

Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Antonioxing,

A União Européia vai abrir investigações contra a China. Você sabia disso ou se faz de bôbo?.

A Austrália também começou a pegar pesado contra a China.. Tá sabendo?

Caravaggio
Caravaggio
1 mês atrás

Sendo honesto, os EUA não tem mais condições de impor medo à China. Estão é se borrando com a possibilidade de terem perdido o domínio geopolítico que tem há um século. Apenas ladram, mas não mordem mais.

Henrique
Henrique
1 mês atrás

A China colocou o mundo de joelhos numa guerra que muitos imaginavam mas que não acreditavam que aconteceria. A maior batalha hoje, depois da saúde, é financeira … enquanto o mundo quebra a China, com suas empresas de capital “privado” *SQN … injetam capital no mundo e compram tudo que podem. Isso tudo ficou muito óbvio nessa pandemia… resta saber se o mundo acordou ou continuará entorpecido pelo “lucro” de manter a China como maior centro de transformação e produção industrial do globo.

Esteves
Esteves
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Consequências.

No Brasil como na China estão inaugurando novos canais de venda para chegar ao cliente final.

Montadoras sem concessionárias.
Restaurantes sem mesas.
Padarias sem balcões.
Aviões sem passageiros.

100% on-line e por delivery. 100% virtual.

Traficantes que se cuidem.

filipe
filipe
Reply to  Henrique
1 mês atrás

As pessoas se esquecem que nas duas Grandes Guerras Mundiais o Exercito dos EUA começou sempre em desvantagem numérica, mas sempre com uma pujança económica superior aos seus adversários, tal como a China hoje, eles têm uma mão de obra superior a de qualquer nação (EUA + Rússia + UK + França + Alemanha + Japão) , são 800 milhões de trabalhadores, isso é uma vantagem para eles, eles rapidamente podem abrir a produção em massa e só vão precisar de matéria prima ( no caso especifico o petróleo) razão pela qual eles querem o Mar do Sul da “China”… Read more »

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  filipe
1 mês atrás

EU choro emocionado ao lembrar dos grandes feitos da america.

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  filipe
1 mês atrás

800 milhões de bocas para se alimentar,fora os outros 600 milhões de chineses que obviamente também comem.
Num hipotético conflito a China não é capaz de prover a própria segurança alimentar,e como dizia Napoleão,os exércitos marcham sobre seus estômagos.
Esse povaréu todo num país árido pode não ser necessariamente uma vantagem por si só,caso as coisas saiam do controle.

Miguel
Miguel
1 mês atrás

Deveriam estar preocupados em arrumar um teto para os 150 mil moradores de rua da região de Los Angeles e resto da Califórnia. Que país decadente, vai ruir por dentro.

forummw
forummw
1 mês atrás

Estamos no caminho de uma guerra entre China e EUA, repetindo tantas outras situacoes semelhantes na historia.

Observem atentamente o posicionamento da Russia e da India, eles podem determinar o desfecho dessa tragédia.

Maus
Maus
Reply to  forummw
1 mês atrás

Nunca haverá uma guerra Mundial novamente, o que vai acontecer é os países reconherem todas as fábricas da china em seus territórios e cancelarem suas dívidas com ela. Trazer as fábricas da China só é possível por causa da crise para manter os empregos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Maus
1 mês atrás

Vamos dar o exemplo da Alemanha.
Ela traz de volta suas fábricas da China e perde um mercado de 1,5 bilhão de consumidores e que está crescendo.
A China perde o mercado alemão de 80 milhões de consumidores e decadente.
Sem contar a esfera de influência chinesa em mercados adjacentes com outros bilhões de consumidores.
Melhor esquecer essa possibilidade.
Ninguém será o primeiro a fazer isso.

Maus
Maus
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Japão e Coreia do Sul já estão fazendo

Tadeu Mendes
Reply to  forummw
1 mês atrás

forummw, Perigo iminente de guerra. A situação vai ficar insustentável se os EUA tombarem econômicamente. Tem muita genta aqui no blog, que ainda não percebeu isso. Estão colocando as opções na mêsa. Muito provávelmente irão iniciar com ataque cibernético, seguido pôr querra econômica, e quase certamente, um conflito militar. A segunda onda da pandemia (Junho até o final do ano ) dentro dos EUA, poderia gerar uma guerra relâmpago dos EUA contra a China. Estão prevendo em até três mil mortes diárias nos Estados Unidos, já apartir de Junho. O que eu vinha comentando aqui desde Janeiro, está sendo confirmando… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

E vc acha que o Mundo vai ficar refém do que os EUA acham ou deixam de achar?
Passou essa época.
Pessoal quer que os EUA se explodam.

Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings,

Somente os bitolados como voce, querem que os EUA se explodam.

Cuidado porque os EUA podem acabar levando o mundo inteiro para o buraco.

Mas eu acho que voce e’ incapaz de entender a geopolitica. Fica viajando na maionese.

Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings,

Se a unica superpotencia militar do planeta explodir, o mundo inteiro vai tremer.

A possibilidade de um ataque nuclear vai aumentar substancialmente.

Voce nao conhece nada sobre os Estados Unidos.

Cidadão
Cidadão
1 mês atrás

kkk esse site tá parecendo até o tal de “os antagonistas”, só lamentações e ranger de dentes, chola mais xijiping !

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Deixa ver se eu entendi… EUA vão intensificar provocações contra a China?!? Isso soa tão beligerante de modo que não enxergo os EUA. Enxergo outros países que estão pagando para entrar em guerra… É isso que os EUA querem?!? Se for é temerário para dizer o mínimo!

Karl Bonfim
Karl Bonfim
1 mês atrás

Ou seja, o Tio San vai cutucar o dragão com vara custa!
O dragão só deu uma espirradinha é olha o estrago!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Karl Bonfim
1 mês atrás

Perfeito.

Acho que as pessoas não se tocaram do tamanho da China e suas capacidades, a cada dia maiores e mais impressionantes.

Jonatan
Jonatan
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Diz isso para os mongóis, manchus, japoneses e outros que fizeram da China o que quiseram! Graças a derrota do Eixo que a China pode se libertar de dominadores estrangeiros! Fora isso, sempre foi ruim de guerra! Perdeu até para o Vietnã! E só chegou onde chegou graças ao Kissinger e seu sinocentrismo!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

https://en.m.wikipedia.org/wiki/ A guerra sino-vietnamita A Wikipedia mostra que, na guerra sino-vietnamita de 1979, o Vietnã perdeu para a China, o exército vietnamita (80.000 mortes e 32.000 feridos) e o exército chinês ( 26.000 mortes) Mortes e 37.000 feridos) O exército vietnamita tem mais baixas que a China e o Vietnã perdeu para a China nesta guerra

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Battle_of_the_Paracel_Islands Esta é a batalha naval sino-vietnamita em 1974, a marinha chinesa derrotou o Vietnã, este é um conflito marítimo na vitória geral da China! Por favor, leia a descrição em inglês da Wikipedia sobre a guerra sino-vietnamita!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Johnson_South_Reef_Skirmish Esta é a Guerra das Ilhas Sino-Vietnamitas de 1988, a Marinha Chinesa derrotou o Vietnã, a Marinha do Vietnã (64 mortos, 11 feridos, 9 capturados) Vietnã 2 navio afundou, a marinha chinesa (um ferido), apenas uma pessoa foi ferida no exército chinês, esta é a vitória absoluta da marinha chinesa! O Vietnã é um país pequeno e nunca pode derrotar a China!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Você está errado, está degradando o exército chinês. Na Guerra da Coréia de 1951, o exército chinês derrotou o exército dos EUA. Quando o exército dos EUA estava prestes a acabar com o exército coreano, quando o exército dos EUA ocupou todo o território da Coréia do Norte, Jinricheng fugiu para a China em busca de ajuda. O exército chinês enviou 3 milhões de pessoas para resgatar a Coréia do Norte. Desde a Guerra da Coréia, o exército americano foi derrotado até a retirada para a Coréia do Sul. MacArthur perdeu a guerra por engano no comando da Guerra da… Read more »

Tadeu Mendes
Reply to  paulino
1 mês atrás

Paulino,

Mentira. O exercito americano incapacitou mais de quinhentos mil chineses. Os empurrou junto com o exercito norte coreano, para acima da paralelo 38.

O exercito chines tomou ferro dos calejados vietnamitas.

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

A Mongólia só ocupou a China por um curto período de tempo, os Mongóis ocuparam a China por 90 anos, o imperador Zhu Yuanzhang da Dinastia Ming exterminou o estado da Mongólia e expulsou os Mongóis da China. Desde então, o país mongol não existe mais e os manchus são uma minoria da China. Os Manchu são chineses, e a guerra entre os Han e os Manchu é uma guerra civil. Depois que os Manchu estabeleceram a dinastia Qing, a dinastia Qing ocupou completamente toda a Mongólia. As dinastias Ming e Qing governaram os mongóis por mais de 600 anos.… Read more »

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

O Japão nunca alcançou uma vitória completa na guerra chinesa. Os japoneses ameaçaram eliminar a China em três meses. A invasão da China pelo Japão não poderia eliminar a China em 14 anos. O exército do Kuomintang antes de 1949 era fraco, porque o governo do Kuomintang não conseguiu construir nenhuma arma. Depois da China socialista, o exército chinês derrotou os Estados Unidos na Guerra da Coréia depois de comprar um grande número de armas soviéticas. Agora a China pode construir todas as armas, possuir armas nucleares, possuir inúmeros mísseis balísticos, possuir a segunda maior marinha do mundo e agora… Read more »

Tadeu Mendes
Reply to  paulino
1 mês atrás

paulino,

Nao fala bobagem. Sem a ajuda Americana na Guerra sino-niponica, e sem o ataque nuclear a Hiroxima e Nagasaki, os japoneses teriam decimado a China.

Nao tivessem os chineses atacao Pearl Harbor, a China estaria sozinha, sendo comida viva pelos poderosos japoneses.

A China se salvou por milagre.

gulate
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

O exército japonês está na China há 14 anos e nunca foi capaz de eliminar o exército chinês. Devido à resistência obstinada do exército chinês, o Japão não pode ocupar todo o território da China, porque a China é muito grande, os 9,6 milhões de quilômetros quadrados da China, o Japão não pode derrotar a China e a principal força do exército japonês da China. O atoleiro de guerra não pode ser desembaraçado, a guerra precisa de recursos e o Japão não pode suportar uma guerra longa. Mesmo um país tão grande quanto a China, mesmo que os Estados Unidos… Read more »

gulate
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

O objetivo estratégico do exército chinês é expulsar os americanos da Coréia do Norte, porque a ocupação da Coréia do Norte pelos Estados Unidos ameaçará seriamente a segurança nacional da China, e a China não permitirá que os americanos ocupem a Coréia do Norte! O exército chinês alcançou seu objetivo de expulsar americanos da Coréia do Norte! Sem dúvida, a China derrotou os militares dos EUA!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Historicamente, a China venceu inúmeras guerras estrangeiras. A dinastia Han exterminou os hunos. A dinastia Tang derrotou o império turco. Os turcos perderam para os chineses e fugiram para a Europa e Ásia Ocidental. A dinastia Ming exterminou os mongóis e expulsou os mongóis da China. Historicamente, existem inúmeros nômades no norte da China. Os chineses venceram inúmeras guerras contra os nômades. Os nômades perderam para a China ou foram assimilados pela China, 6 milhões de mongóis se tornaram chineses, mongóis Ser uma minoria étnica na China é um exemplo! Amigos, consulte a Wikipedia para entender a história da China… Read more »

Jonatan
Jonatan
Reply to  paulino
1 mês atrás

Seu Mav chinês, sua escrita denuncia que você deve estar digitando da embaixada chinesa aqui no Brasil! Se os EUA perderam a guerra da Coréia, como a Coreia do Sul existe hoje? E que derrota é está onde Douglas McArthur chegou a fronteira da China seu imbecil amestrado! E como a China venceu o Vietnã, sendo expulsa do mesmo em menos de um ano? Avisa o embaixador Li wenliang que nós aqui somos imunes a propaganda mentirosa da China, e que estamos prontos para aniquilar a civilização chinesa da face da Terra!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

A Wikipedia (em inglês) mostra que a China derrotou o Vietnã e eu forneci o URL do link. Se você sabe inglês, deve saber que o Vietnã perdeu todas as guerras contra a China. Não importa se você não entende inglês. Você pode usar o Google Tradutor. Ajudará você a entender a verdade da guerra sino-vietnamita, a Wikipedia é a mais autoritária!

Tadeu Mendes
Reply to  paulino
1 mês atrás

paulino,

Voce nao sabe de porra nenhuma. Os vietnamitas baixaram o porrete nos chineses.

Os chineses foram humilhados e expulsos do Vietnam.

paulino
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Sino-Indian_War Esta é a guerra sino-indiana de 1962. Esta é uma grande vitória para o exército chinês! Exército Indiano (1383 mortos, 1696 desaparecidos, 1047 feridos, 3968 capturados) Exército Chinês (722 mortos e 1047 feridos) Esta é uma guerra contra a agressão da Índia contra a China. As baixas do exército chinês são muito pequenas. É uma grande guerra pela vitória geral da China! Por favor, leia a descrição detalhada da Wikipedia sobre a guerra sino-indiana!

gulate
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Um país pequeno como o Vietnã nunca pode derrotar a China!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Obviamente, o exército chinês derrotou o exército dos EUA. Quando o exército dos EUA quase exterminou o exército norte-coreano, foi o exército chinês que salvou a Coréia do Norte. O exército chinês expulsou os americanos da Coréia do Norte, porque a participação do exército chinês na guerra fez com que o sonho americano de ocupar a Coréia do Norte se tornasse uma bolha. O poderoso exército chinês, o exército dos EUA, recuou e se retirou para a Coréia do Sul por todo o caminho. O exército chinês ocupou uma vez Seul, a capital da Coréia do Sul. O erro de… Read more »

Tadeu Mendes
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Jonatam,

Esse paulino e’ mais uma marionete que aparece por aqui.

E tem gente que acredita nessas baboseiras que esses MAVs. postam por aqui.

paulino
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

Os brasileiros só podem jogar futebol e assistir ao jogo. Os brasileiros são loucos por futebol. O que essas pessoas podem fazer além do futebol? Um país obcecado pelo futebol não pode se libertar, mas em todos os lugares degrada as realizações militares da China, os brasileiros não devem ter ciúmes da China! Os brasileiros já experimentaram guerra? O brasileiro nunca conquistou uma vitória na guerra, esse país é futebol além do futebol! Os brasileiros não podem fazer armas!

Jonatan
Jonatan
Reply to  paulino
1 mês atrás

O Brasil venceu as quatro guerras do Prata, e teve participação vitoriosa nas duas guerras mundiais, ao contrário de vocês que foram dominados pelos japoneses que apenas foram expulsos quando os soviéticos chegaram! A Coreia do Sul existe hoje graças a intervenção americana que esmagou a Coréia do Norte e fez a China retroceder para o Norte do paralelo 38! Portanto é algo fantasioso acreditar que a China venceu a guerra da Coreia!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Sei que o brasileiro conquistou cinco títulos da Copa do Mundo e nunca ouvi falar do Brasil vencer a guerra! O futebol é a vida dos brasileiros. Para os brasileiros, o futebol é mais importante que a fabricação de armas. Os brasileiros devem continuar mantendo sua paixão pelo futebol. Futebol é melhor que guerra. O futebol é agradável. É chato se tornar um fã militar. Eu já não sou mais um fã militar. Eu assisto a La Liga todo fim de semana. Infelizmente, não posso assistir ao jogo por causa do coronavírus!

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  paulino
1 mês atrás

Seja honesto e diga aqui para nós,qual a sua nacionalidade,”Paulino”? Pq acho que parece óbvio que vc não é brasileiro,estou certo? Pq vc não pode esperar ter qualquer credibilidade fingindo ser quem não é.Aliás,se assim for,sua presença aqui é extremamente ofensiva,por talvez se tratar de ação intencional de agentes estrangeiros e principalmente por nos achar burros o suficiente para engolir qualquer estorinha. Isso faz parte de estratégias em guerras hibridas,que rola em todo o Mundo e o Br é só mais um dos front’s,embora o “celeiro do mundo”esteja entre os mais importantes por ser fonte de alimentos e outros recursos… Read more »

paulino
Reply to  Leo Rezende
1 mês atrás

Não reescrevi a história. A China venceu inúmeras guerras. A Wikipedia possui registros detalhados de cada guerra. A descrição de guerras da Wikipedia é a mais detalhada e abrangente. Eu lhe dei o URL do link; os brasileiros devem ler o curso da Guerra da Coréia, Guerra Sino-Vietnamita e Guerra Sino-Indiana! A China venceu essas guerras. Os brasileiros devem entender a verdade da guerra antes de comentar sobre a China. Os brasileiros devem aumentar seus conhecimentos sobre a China!

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

E agradeçam a Truman,pq se dependesse do MacArthur,esse problema chamado China já teria sido nuclearmente resolvido,e de uma vez por todas.
Mas nããão,quiseram ser ‘legais’e acabaram por gestar o ovo da serpente.Oremos.

paulino
Reply to  Leo Rezende
1 mês atrás

Desde que o exército chinês derrotou os americanos e expulsou os norte-americanos da Coréia do Norte, os americanos não podiam mais entrar em uma polegada do território norte-coreano. MacArthur foi um general fracassado. Ele foi um perdedor no campo de batalha norte-coreano. Os EUA perderam para a China. Sempre um perdedor, isso será registrado na coluna da vergonha dos militares dos EUA!

Dalton
Dalton
Reply to  paulino
1 mês atrás

MacArthur cujo túmulo visitei em Nofolk um fracassado, mesmo depois de “Inchon” ?
.
Não fosse a invasão da Coreia do Sul pela Coreia do Norte
não teria havido necessidade de mais uma vez os EUA serem obrigados a intervir e apesar da “vitória” chinesa, a Coreia do Sul foi preservada e tornou-se um país de Primeiro Mundo como se costumava chamar.
.
Isso aqui está ficando bizarro !

Tadeu Mendes
Reply to  paulino
1 mês atrás

Paulino,

Os chinêses copiam tudo que podem. Chinêses não sabem fazer armas e fazem cópias que nem funcionam.

A maioria dos armamentos chinêses são mockups, usados para fazer desfile militar e enganar o mundo.

O arsenal nuclear chinês é um blêfe. Êles possuem algumas bombas atômicas, mas não tem ogivas termonucleares.

paulino
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

https://m.youtube.com/watch?v=o8WJMuftrI8&t=3283sEsta é a celebração do desfile do 70º aniversário da fundação da Nova China. A China exibiu um grande número de armas nucleares de mísseis balísticos intercontinentais, mísseis nucleares sólidos DF-41, mísseis nucleares sólidos DF-31a, mísseis nucleares líquidos DF-5b, mísseis nucleares submarinos JL-2, seu alcance atingiu 10000-15000 quilômetros, China tem um grande número de mísseis nucleares de curto alcance, a Força Aérea Chinesa tem um grande número de bombas atômicas, a China tem pelo menos 2.000 bombas atômicas, os Estados Unidos têm dentro do alcance de mísseis chineses, se os Estados Unidos iniciarem uma guerra nuclear contra a China, enfrentará… Read more »

paulino
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

Foguetes chineses têm ajudado repetidamente o Brasil a lançar satélites no espaço. A China possui bombas atômicas, bombas de hidrogênio e bombas de nêutrons. A China pode fabricar todas as armas nucleares. O que o Brasil tem? Eu sei que os brasileiros só jogam futebol. Os brasileiros gostam de assistir jogos de futebol. Brasileiros gostam de samba. A especialidade do brasileiro é futebol!

goulart
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

https://m.youtube.com/watch?v=o8WJMuftrI8&t=3283sEsta é a celebração do desfile do 70º aniversário da fundação da Nova China. A China exibiu um grande número de armas nucleares de mísseis balísticos intercontinentais, mísseis nucleares sólidos DF-41, mísseis nucleares sólidos DF-31a, mísseis nucleares líquidos DF-5b, mísseis nucleares submarinos JL-2, seu alcance atingiu 10000-15000 quilômetros, China tem um grande número de mísseis nucleares de curto alcance, a Força Aérea Chinesa tem um grande número de bombas atômicas, a China tem pelo menos 2.000 bombas atômicas, os Estados Unidos têm dentro do alcance de mísseis chineses, se os Estados Unidos iniciarem uma guerra nuclear contra a China, enfrentará… Read more »

Tadeu Mendes
Reply to  goulart
1 mês atrás

Goulart,

A China não capacidade nem de atingir a Costa oeste Americana.

Em caso de guerra nuclear, nós sabemos que a China será dizimada em questão de minutos , pêlos SLBMs. dos submarines Trident que patrulham o Ocêano Pacífico e o Ocêano Índico.

goulart
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

Os Estados Unidos têm armas nucleares. Os Estados Unidos não são pais de brasileiros. Isso não é porque o Brasil possui armas nucleares. Por que os brasileiros estão felizes? O Brasil não pode fabricar armas, os brasileiros só terão inveja das realizações militares da China! O Brasil é apenas uma potência do futebol, e o futebol é a única coisa de que os brasileiros se orgulham! O orgulho nacional do Brasil é o futebol⚽️

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Jonatan… Hoje é totalmente diferente… Hoje nós temos ogivas nucleares apontadas para as principais cidades do mundo. Fora dizer que qualquer passo mal dado e pior, mal interpretado pode custar caro é para o mundo com um holocausto nuclear!

Tadeu Mendes
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

Luiz Trindade,

A capacidade nuclear da China e’ bastante inferior, perante o poderio nuclear americano.

Goulart
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

https://m.youtube.com/watch?v=o8WJMuftrI8&t=3283s Esta é a celebração do desfile do 70º aniversário da fundação da Nova China. China exibiu um grande número de armas nucleares de mísseis balísticos intercontinentais, mísseis nucleares DF-41, mísseis nucleares DF-31a, mísseis nucleares DF -5b, mísseis nucleares JL-2, eles têm um alcance de 15.000 quilômetros, a China tem um grande número de mísseis nucleares de curto alcance, a Força Aérea Chinesa tem um grande número de bombas atômicas, a China tem pelo menos 2.000 bombas atômicas, os Estados Unidos estão dentro do alcance de mísseis chineses Internamente, se os Estados Unidos lançarem uma guerra nuclear contra a China,… Read more »

Tadeu Mendes
Reply to  Karl Bonfim
1 mês atrás

Karl,

Aguarde!

Estamos em DEFCON 4 , no standby para ativar DEFCON 3.

Jonatan
Jonatan
Reply to  Tadeu Mendes
1 mês atrás

Esses paulino e gulate não passam de MAVs chineses atuando a partir da embaixada da China em Brasília pagos para propagandear e exército chinês e denegrir o ocidente aqui no fórum! Seu português atarracado denuncia isso! Agentes chineses atuando em nosso território! Pesso encarecidamente que a moderação do fórum verifique isso, e bloqueie esse tipo de comentário feito com o único intuito de desestabilizar a nação!

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

E tem quem ache que isso só acontece em filmes… e concordo com o pedido feito à moderação.

Fernandinho
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Nós brasileiros devemos admitir que os chineses derrotaram os Estados Unidos na Guerra da Coréia. Os chineses são de fato uma excelente nação. Depois que o Partido Comunista Chinês estabeleceu um regime na China, transformou a China em potência econômica, militar, industrial e tecnológica em apenas 70 anos. A China competiu com os Estados Unidos. , Os políticos brasileiros devem aprender com o PCCh como fortalecer o Brasil。

Jonatan
Jonatan
Reply to  Fernandinho
1 mês atrás

Se a China venceu os EUA, como é que eles chegaram a fronteira da China, e mantiveram a Coréia do Sul soberana, para que mais tarde a mesma se torna-se uma potência mundial enquanto a do Norte se tornou um paria economicamente insignificante! E reitero, por se tratar de um fórum de defesa a moderação deve fazer o dever de casa, e banir MAVs e agentes estrangeiros em embaixadas que vêem aqui com o único intuito de desestabilizar e desmoralizar o país e o ocidente!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Você precisa saber que os Estados Unidos ocuparam toda a Coréia do Norte no início de 1951. Depois que os Estados Unidos eliminaram o exército norte-coreano, a China interveio na Guerra da Coréia e derrotou os Estados Unidos. A China ajudou a Coréia do Norte a recuperar seu território perdido. A China derrotou os Estados Unidos e salvou a Coréia do Norte. Claramente, os Estados Unidos perderam a Guerra da Coréia, você não deve mais reclamar!

Jonatan
Jonatan
Reply to  paulino
1 mês atrás

Seu agente chinês disfarçado, comedor de ratos, a censura chinesa não têm autoridade aqui! Seu imbecil amestrado, os EUA marcharam até a fronteira da China e de lá não saíram até o Truman mandar! Que vitória é essa em que a Coreia do Sul além de continuar existindo, se tornou uma potência enquanto a do Norte é um pária insignificante! E não vou reclamar, vou desmoralizar as mentiras do governo chinês, para que todos saibam o dia em que Mac Arthur humilhou Mao Tse Tung na Coréia! Vá dar ordens para os escravos chineses não para um cidadão de um… Read more »

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Apoiado .1000xx!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Na Guerra da Coréia, MacArthur foi um perdedor. MacArthur perdeu a guerra. Suas táticas eram ineficazes contra o exército chinês. Diante do exército chinês, ele não teve escolha. As táticas estúpidas de MacArthur levaram o exército americano a perder a guerra. Ele foi demitido pelo presidente Truman e os Estados Unidos não puderam derrotar o exército chinês

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

O objetivo estratégico da China na Guerra da Coréia é impedir que os Estados Unidos ocupem toda a Península da Coréia. Depois que os Estados Unidos acabarem com a Coréia do Norte, os Estados Unidos colocarão tropas na Coréia do Norte. A guarnição ameaça a segurança nacional da China, e uma China poderosa não permitirá que tropas americanas entrem na Coréia do Norte!

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Uma península coreana dividida é do interesse da China. A China derrotou as forças americanas na Guerra da Coréia e impediu a Coréia do Sul de anexar a Coréia. Se a Coréia do Sul unificasse a península, os Estados Unidos enviariam tropas para a Coréia do Norte, o que ameaçaria a segurança da China. É inaceitável enviar tropas na Coréia do Norte. A China não permite que os americanos entrem na Coréia do Norte. A China derrotou as tropas americanas e salvou a Coréia do Norte. A existência da Coréia do Norte é do interesse da China. A Coréia do… Read more »

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Quero que o Brasil seja um país independente e poderoso. Quero que o Brasil seja um poder militar independente e digno, não trate os Estados Unidos como um irmão mais velho. O Brasil possui um vasto território, uma população grande e ricos recursos minerais. O Brasil não deve ser um irmão mais novo dos Estados Unidos. O Brasil deve se transformar em um poder militar como China e Rússia. Somente ao se tornar uma potência militar os brasileiros podem se livrar do culto às forças armadas dos EUA!

Leo Rezende
Leo Rezende
Reply to  Fernandinho
1 mês atrás

“Nós”,quem,cara-amarela? Vc nem ao menos é brasileiro,e sendo um farsante como outros iguais a vc que simultaneamente apareceram no blog,nem ao menos são bem-vindos,saiba disso!
Essas atitudes são ofensivas e só estimulam a sinofobia.
Será que tem investimentos chineses na trilogia,a exemplo de outras mídias já cooptadas?

paulino
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Por que você usa os militares dos EUA para menosprezar a China? Os Estados Unidos perderam para a China na Guerra da Coréia, o que deixa você muito desconfortável. De fato, o equipamento militar americano é muito avançado. A modernização militar americana é o orgulho dos americanos. O que isso tem a ver com brasileiros? O Brasil é o irmão mais novo dos Estados Unidos, o Brasil é um seguidor dos Estados Unidos, então você tem orgulho de todas as conquistas dos Estados Unidos? Um país está disposto a ser o irmão mais novo dos Estados Unidos. Qual é a… Read more »

Leo Rezende
Leo Rezende
1 mês atrás

A trilogia virou uma zona. Além dos mav’s tupiniquins,agora temos uns chineses porcarias disseminando mentiras e ainda tendo a ousadia de dizer no que se pode ou não acreditar!
Saudades quando outros além do Galante cuidavam da trilogia. Uma pena.

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
1 mês atrás

Bom acho que a principal guerra a ser travada contra a china é industrial e tecnológica, Mais principalmente Industrial , Foi isso que o Trump pregou já na sua campanha de eleição e por isso que foi eleito, emprego para os norte americanos, trazer de volta para a América as fábricas que foram embora e estão hoje na China, e acho que essa Pandemia (principalmente essa) e tantas outras com “gatilho apertado” pela China expôs ainda mais essa necessidade o mundo se deu conta de quanta coisa é feita na China e do quanto ficamos dependentes deles… O Japão por… Read more »