Home Aviação Naval Marinha Chinesa: Arte em 3D do futuro porta-aviões nuclear e caça furtivo...

Marinha Chinesa: Arte em 3D do futuro porta-aviões nuclear e caça furtivo embarcado

7945
106

As renderizações em 3D deste post, feitas por entusiastas, mostram o futuro porta-aviões nuclear chinês e a versão naval do caça furtivo FC-31. Para ver os detalhes, clique nas imagens para ampliar.

Os futuros porta-aviões da China do tipo CATOBAR (Catapult Assisted Take-Off But Arrested Recovery) deverão receber aviões furtivos em seus conveses, segundo especialistas militares chineses. No início imaginou-se que o caça embarcado seria uma versão do J-20, mas segundo os últimos informes, o FC-31 foi o escolhido.

O FC-31 é um caça a jato de médio porte de quinta geração, originalmente destinado à exportação. O jato bimotor fez o seu voo de estreia pública no Airshow China 2014 em Zhuhai, província de Guangdong, no sul da país.

Nas imagens do porta-aviões, além do FC-31, também aparecem os helicópteros navais H-20 e Z-20F, aeronaves de alerta aéreo antecipado Kj-600 e o UCAV AC313.

Subscribe
Notify of
guest
106 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
1 mês atrás

Estas são imagens do fórum chinês, elas têm uma relação muito distante com a realidade. Especialmente considerando a presença no convés do J-20.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Evgeniy (RF).
1 mês atrás

Leu a matéria?
Não se fala no J-20 e sim no FC-31. Você deve ter confundido o H-20, que e um Helicoptero com o J-20 que e um caça.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
1 mês atrás

Estou falando de imagens. Há um J-20 no convés e várias outras aeronaves inexistentes.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Alexandre Galante
1 mês atrás

Galante, na nota sobre os navios americanos no Mar de Barents, há um erro grosseiro de português para o qual chamei a atenção do blog. O erro continua no texto.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Alexandre Galante
1 mês atrás

Valeu! Obrigado!

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Evgeniy (RF).
1 mês atrás

Os chineses estão muito determinados, é bom não duvidar. se não chegar a ser igual a realidade mostrada nas imagens, podem chegar muito perto!

Antonio Renato Cançado
Reply to  Karl Bonfim
1 mês atrás

A falecida URSS também era muito determinada…

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Antonio, não misture as coisas. A URSS , assim como a Russia hoje, não tem que defender linhas de comunicação tão dispares. Lembre-se que a China é a maior importadora e exportadora de comodities e bens de consumo, só isso já exige uma Marinha Oceânica, sem falar das suas pretensões marítimas. Não estou concordando com sua política mas, fatos são fatos. A antiga URSS tinha poucos mares para ter uma marinha enorme e sua maior preocupação, como hoje, são os Grupos de Batalha de PAs. Por isso o pesado investimento em Submarinos Nucleares.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Evgeniy (RF).
1 mês atrás

Presta atenção na ausência de Canards.

O J-20 tem, o FC-31 não tem. Eles parecem iguais que o mais fácil de verificar qual é qual é pelos Canards.

E olha os outros modelos de aeronaves apresentados…
Será que aquele avião meio gordo atrás do FC-31 sendo catapultado é o futuro bombardeiro deles? Alguma versão navalizada do mesmo?

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Não, não seria o bombardeiro deles, está mais para um UCAV, tipo o X47 ou su-70

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Adriano Madureira
1 mês atrás

Esta é uma milionésima pergunta.
Para dizer o mínimo, no atual programa de armamento até 2028, não há construção de porta-aviões. Não depende dele agora. Mas depois, no próximo, é bem possível.

André Luís
André Luís
Reply to  Evgeniy (RF).
1 mês atrás

Vc tem notícias sobre o porta-aviões russo? Quando a Rússia começará a construir um novo porta-aviões?

Maus
Maus
Reply to  André Luís
1 mês atrás

Nunca com o petróleo nesse preço

Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Evgeniy (RF).
1 mês atrás

É mais crível ver uma imagem destas da China que da Rússia.

Allan Lemos
Allan Lemos
1 mês atrás

Embora essas imagens não sejam oficiais,aposto que o porta-aviões nuclear chinês ficará pronto e operacional antes do submarino nuclear brasileiro.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Impressionante. Uma coisa não tem nada, absolutamente nada a ver com a outra, mas sempre é feita uma depreciação do Brasil, e neste caso com a MB.
Realmente impressionante e muito chato isso.

nonato
nonato
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Espírito de vira lata, efeito manada.
Dá prazer e ibope ficar falando mal do Brasil, da MB…

J-20
J-20
Reply to  nonato
1 mês atrás

nonato, por mais que nossos militares tentem se manter atualizados, sabemos para onde o dinheiro destinado às forças armadas vão: para contas na Suiça

Leitor da Trilogia
Leitor da Trilogia
Reply to  nonato
1 mês atrás

Ele falou alguma mentira?
Essa postura CRÍTICA de muitos BRASILEIROS PAGADORES DE IMPOSTOS (que o senhor chama de vira lata) é resultato das próprias ações da MB.
Deixar de criticar as deficiências da MB em relação ao cumprimento de prazos (que na verdade são deficiências comuns à toda a estrutura de Estado) não é sinal de patriotismo e não vai melhorar a situação precária e inaceitável da nossa Marinha.

Boa noite.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Leitor da Trilogia
1 mês atrás

Pois é Leitor da Trilogia.Quem derá que todos os brasileiros pagadores de impostos tivessem uma postura crítica em relação ao Brasil.Mas a maioria escolhe ou a passividade,ou a negação.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  nonato
1 mês atrás

Nonato

É,não vou mais falar as verdades sobre a MB e o Brasil para você não ficar ofendidinho.Volte para o teu joguinho de LoL.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Luiz Galvão,me responda,desde quando a MB tenta construir um submarino nuclear?Desde a década de 70,quando o Brasil começou a falar em contruir um,países como China e Índia não tinham nada,de lá para cá veja o quanto esses dois países conquistaram,a China já constroi destroyers gigantescos,porta-aviões,porta-helicópteros comparáveis à Classe Wasp,mísseis hipersónicos.A marinha indiana já opera o seu submarino nuclear e um dos melhores mísseis de cruzeiro do mundo. E o Brasil conseguiu o que?Estamos exatamente no mesmo estado em que estavamos naquela época,talvez até pior.Me cite um único projeto militar que durou quase 50 anos.Isso para não mencionar o fato de… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Allan, só uma observação que o primeiro submarino de propulsão nuclear chinês foi incorporado em 1974, embora alguns anos mais tenham sido necessários para torna-lo de fato operacional e a Índia desde a década de 1960 já operava com maestria um NAe similar ao “Minas Gerais”, dotado de aeronaves a jato e ambas as nações já dispunham de armas nucleares na década de 1970, então, não é exatamente ” não tinham nada”.
abs

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Dalton,desconheço os detalhes,mas foi um projeto 100% chinês?Porque a maioria do que a China tinha vinha tudo de projetos soviéticos.De qualquer forma,eu falo de patamar geral,hoje em dia tanto a China quanto a Índia são potências regionais no mar,enquanto o Brasil continua na mesma.

Dalton
Dalton
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Allan, China e Índia já eram potencias regionais na década de 1970, verdade que muita coisa construída na China era baseada em projetos soviéticos, mas, o primeiro submarino chinês era de projeto próprio enquanto por exemplo o primeiro submarino de propulsão nuclear britânico utilizou um reator americano, não que isso desqualifique o programa britânico, apenas uma curiosidade.
.
O que ocorreu é que China e Índia avançaram ainda mais, mas, na década de 1970, ambas já tendo armas atômicas , isso por si só os colocava em um patamar acima que o brasileiro.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Apenas complementando seu comentário Dalton, o primeiro submarino chinês foi produzido sob restrições tecnológicas severas tanto pelo EUA tanto pela União Soviética, todo o trabalho inicial árduo foi desenvolvido pelo Huang Xuhua e sua equipe, Huang é o pai do submarino nuclear chinês – o equivalente Hyman Rickover da China. Até surgiu uma história de que um chinês diplomata levou dois submarinos de brinquedo fabricados nos EUA da classe George Washington para a China. Com esses dois submarinos de brinquedo em tamanhos diferentes, os pesquisadores chineses puderam aprender o design do submarino americano desmontando-os. Vale destacar que o desenvolvimento do… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Curiosa a história dos submarinos de brinquedo Matheus e não entendo o que os chineses ganhariam desmontando um deles…lembro qua Revell lançou um “George Washington” para
montar com o interior visível na década de 1970, mas, aparentemente, não descrevia o interior
com muita exatidão e foi criticado por alguns por “revelar segredos”.
.
Seja como for o “George Washington” era um “Skipjack” alongado e este derivava do “Albacore” apresentando o formato de gota de lágrima e o submarino chinês coincidentemente ou não apresentava esse mesmo tipo de casco.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Depois que Huang assumiu o cargo de designer-chefe do submarino Type 091, ele argumentou que o design de forma linear não era mais adequado para submarinos movidos a energia nuclear que operam em altas velocidades e em profundidades de até 300 metros. Durante esse período, a China não conseguiu obter assistência estrangeira, pois estava sob um bloqueio tecnológico imposto pelos Estados Unidos e pela União Soviética. Huang disse que os Estados Unidos tomaram três medidas para desenvolver seu próprio submarino nuclear em forma de gota d’água. Primeiro, eles instalaram um reator nuclear em submarinos de forma linear; então o americano… Read more »

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Allan, bom dia. Concordo com você em relação ao tempo que se leva no Brasil para concluir um projeto militar, seja ele qual for. O que me referi como chato é que toda e qualquer notícia de projetos de outros países sempre descamba para a comparação com o Brasil. Não dá para comparar banana com laranja. Se você compara com países que são semelhantes ao Brasil, ok. As realidades políticas, sociais, rivalidades históricas e regionais de países como China e Índia nem de longe se comparam com as nossas. O Brasil ainda é um dos poucos países na nossa região… Read more »

Top Gun Sea
Top Gun Sea
1 mês atrás

Parece que terá o mesmo recheio e capacidade do classe Ford.

Jagderband#44
Jagderband#44
1 mês atrás

Pena que chegaram atrasados. CVs são coisas do passado.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

Também acho.
Mas, para proteger as rotas de navegação chinesas nos Oceanos Pacífico e Índico, ainda terão um certo futuro.
A China deve, dentro de pouco tempo, expandir de maneira exponencial o comércio com Ásia, África e Europa e a proteção dessas rotas será fundamental para ela.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Proteger rotas? De quem? Piratas?
Se um navio chinês não pode entregar uma carga em Hamburgo, então não há comércio, simples.
Estão é torrando dinheiro por nada.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

‘Prevenção e caldo de galinha não fazem mal a ninguém’
Atualmente, Tem país roubando até máscaras e respiradores de outros países.
Portanto, isto deve ser o suficiente para dissuadir qualquer tipo de aventura.

Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Exatamente! Assim como também tem países exportando vírus letais para o resto do mundo, e vendendo soluções e defesas contra ele…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Apresente sua reclamação à Sua Santidade, pois a aceitação geral dos cientistas é que é um fato da natureza.
Agora, entre na fila e reclame depois do Trump, do Bolsonaro e outros menos cotados.

JBS
JBS
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Antonio
Não concordo com vc, via de regra, mas este comentário sobre o corona vírus – é sensato sim – o que conta é a aceitação da ciência, de achismos o inferno tá cheio!
Sds

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  JBS
1 mês atrás

JBS

Valeu!
sds

Antonio Renato Cançado
Reply to  JBS
1 mês atrás

JBS, quem inescrupulosamente defende tudo que está errado nunca é sensato, sinto muito.

Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

O vírus não veio da China? Não foi pelo fato de o povo de lá se alimentar de forma, digamos, exótica, que isso aconteceu? Não se espalhou pelo mundo inteiro, infectando milhões e matando milhares? A China não está vendendo EPIs e respiradores pros países que lutam contra sua, digamos, criação? Então, meu caro, desculpe, mas Sua Santidade não tem nada a ver com isso, na verdade, quem está ACIMA dele tem, e a resposta provavelmente virá de lá. No mais, não tenho nada a ver com Trump ou Bolsonaro, muito pelo contrário, mas você com certeza tem com quem… Read more »

nonato
nonato
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Tem país fazendo leilão com quem pagar mais.
Tem país tentando se aproveitar da pandemia…
Tem país que vai perder muitas fábricas depois da pandemia…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  nonato
1 mês atrás

‘Tem país fazendo leilão com quem pagar mais.
Tem país tentando se aproveitar da pandemia…
Tem país que vai perder muitas fábricas depois da pandemia…’

Anote isso que vc escreveu e releia depois na Disney quando ela reabrir em 2035.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os chineses estão pegando pesado mesmo…estão usando de tudo contra os seus rivais para atingi-los…até vespas assassinas…rs…

Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Falta de caráter é mesmo uma coisa lamentável…

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

Os chineses assim como os americanos tem interesses globais, e que devem ser defendidos. Para isso é necessário um poder naval e aéreo suficiente para a proteção desses interesses, e os chineses sabem disso e estão correndo atrás do tempo perdido, e o fato é que ao contrário de outros países, eles não confiam na USN em proteger essas rotas. Alguns interesses chineses que devem ser protegidos: Estreito de Malaca Canal de Suez Canal do Panamá Estreito de Hormuz Estreito Babelmândebe Os últimos dois estão sob enorme influência iraniana que sempre faz ameaça em fechar esses estreitos. O Canal do… Read more »

Antonio Renato Cançado
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

Pirata é A CHINA!

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

“CVs são coisas do passado.”

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Paulo
Paulo
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Ele foi irônico.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Paulo
1 mês atrás

Não foi não. Foi uma afirmação ignorante.

Pedro Moura
Pedro Moura
1 mês atrás

Estranho essas projeções nas bochechas, abaixo da linha d’água, como se fossem aletas estabilizadoras ! Algum engenheiro naval no fórum que possa esclarecer?

Henrique
Henrique
Reply to  Pedro Moura
1 mês atrás

É pra estabilizar o navio no mar agitado. Navios de cruzeiro grandes tem isso para garantir maior estabilidade para embarcação, principalmente nos navios mais altos (tipo o Oásis of Sea)

Pedro Moura
Pedro Moura
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Henrique eu conheço este tipo de equipamento por já ter trabalhado com eles na classe “Inhaúma” e ter conhecido os da classe “Niterói”; o que estranhei foi que eles parecem mais com aquelas usadas por submarinos para melhorar as manobras de submersão.

Pedro Moura
Pedro Moura
Reply to  Pedro Moura
1 mês atrás

O engenheiro que negativou minha pergunta, bem como a resposta do forista a minha observação, poderia explicar melhor este estabilizador?

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Pedro Moura
1 mês atrás

Pedro, bom dia. Não sou engenheiro nem negativei sua pergunta. Estou lhe respondendo porque entendo que esse blog tem como função trocarmos ideias e conhecimentos sobre assuntos navais. Cada um contribuindo com muito ou o pouco que sabe. Se o estabilizador que você se refere é o localizado mais a proa, trata- se de um estabilizador retrátil, com movimento apenas horizontal , diferente dos utilizados nos subs onde o movimento é vertical. São retráteis porque ao serem extendidos limitam o raio de curva que o navio pode fazer, e são usados com mar agitado, para dar estabilidade adicional ao navio,… Read more »

Pedro Moura
Pedro Moura
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

“Não sou engenheiro nem negativei sua pergunta”: Luis Galvão, obrigado por sua resposta. Contudo não me referi a você ao fazer uma comentário acima e sim a quem negativou a postagem, assim solicitando uma explicação plausível caso eu tenha escrito algo errado ou fora do contexto. “Se o estabilizador que você se refere é o localizado mais a proa, trata- se de um estabilizador retrátil, com movimento apenas horizontal , diferente dos utilizados nos subs…”: Sim é esse mesmo. Estranhei esse arranjo por não ter conhecido ou saber de alguma embarcação que o utilize. Também observei as aberturas no casco,… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Quatro posições de lançamento? Vai ser um Porta Aviões de respeito.

Renato
Renato
1 mês atrás

Ao menos desde a década de 80 que via projeções do navio aeródromo brasileiro sem nunca ser efetivado.

Mas estes chinas são foda, e eles vão fazer mesmo, podem apostar.

Antonio Renato Cançado
Reply to  Renato
1 mês atrás

Vão, e vão quebrar por isso, exatamente como a falecida URSS…

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Caro Antonio, A URSS em 1989 tinha Metade do PIB americano. Cerca de 280 mi de habitantes. E gastavam quase 20% do PIB em Defesa. A China possui o PIB equivalente a 1 EUA e Meio em PPP. População te 1,44 Bi Somente os 440 Milhões de chineses depois da Vírgula já representam uma população 1/3 maior que a americana. Previsões do FMI indicam que em 2030 a China poderá atingir o PIB equivalente a 2 x o PIB americano. Ou ao equivalente do PIB dos EUA e da UE somados. E a China está modernizando suas forças armadas em… Read more »

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Primeiro: Os soviéticos gastavam cerca de 9% do PIB com seus militares, quem disse isso foi o próprio Gorbachev durante a Glasnot em 1989. Esses 20% de gastos em defesa foi um estudo da CIA que calculava o orçamento soviético com base em um custo de uma força semelhante dos EUA e me parece que a agência venceu nessa comparação de orçamentos, mesmo que a própria metodologia para a comparação foi feita de modo errônea. Não é você mesmo que sempre diz que os chineses gastam US$440 bi em defesa e os russos US$180 bi pelo método PPC, pois então,… Read more »

Dario Renato
Dario Renato
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Entre muitas outras coisas também: A China tem uma boa parte da população envelhecendo e perdendo produtividade, maquiagem de dados estatísticos e falta de transparência, desigualdade econômica crescente, bolha de especulação imobiliária, sistema financeiro ineficiente e com empréstimos duvidosos para empresas estatais, yuan subvalorizado gerando pressão inflacionária e aumento do custo de importação.
Só um cego não percebe que o futuro por lá não é tão cor-de-rosa assim.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Caro Matheus, está correto em tudo que disse. Sobre os 8% ou quase 20%, não é só uma questão de análise em dólares americanos ou em PPP, muitos investimentos em P&D na União Soviética não eram contabilizados como gastos militares, o país era fechado e muitos projetos secretos, sigilosos, etc. Portanto fica sim a dúvida se os números oficiais eram verdadeiros ou se a CIA tinha um número mais realista. De qualquer forma 9% do PIB ainda é muito. Muito mais que os 2% gastos pela China. Sobre futurologia concordo totalmente, só estou mostrando que falar tacitamente que a China… Read more »

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Os gastos militares eram altos por conta da Guerra Fria, isso motivou o aumento considerável dos gastos por parte dos países inseridos nesse contexto bipolar, principalmente as superpotências EUA e URSS. Se você considerar os gastos soviéticos em 9%, significa que eles gastavam proporcionalmente 3% a mais do que os americanos, isso não é um gasto alto para quebrar um país, e hoje como por exemplo a Arábia Saudita gasta 10% do PIB com seus militares e nem por isso está quebrada. Quanto ao orçamento de 9% e os gastos que não eram contabilizados, isso pareceria ser uma norma no… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

Sim, só não concordo em comparar a China com a URSS e afirmar que é certeza que ela vai quebrar.
Só um dado, em 1989 a URSS representava 6,7% do PIB mundial. A China representa hoje cerca de 20% do PIB mundial. Ou seja, o poder de produção chinês é 3x maior.
Será muito mais difícil quebrar a China.
O Trump e o Japão estão pressionando, tirando indústrias da China. Resta saber se o plano vai funcionar ou se a China substituirá essas indústrias por outras e continuará bem. Eu, sinceramente, não sei. Mas acho complexo quebrar a China.

Isaias
Isaias
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Um exército caminha sobre seus estômagos, já dizia Napoleão, a China é deficitária em alimentos, um bloqueio naval feito por submarinos já colocaria a China em muito pouco tempo em nocaute!!

Antonio Renato Cançado
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Ok, mas vamos ver quando TODO MUNDO retirar suas fábricas da China, quando não puderem mais usar seu povo como força de trabalho escravo para sustentar sua canalhice, se vai continuar do jeito que está agora. Quero ver quando essa gente toda voltar a passar fome, como em décadas passadas, COMO isso vai ficar…

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Sim. Este movimento está em curso pelos EUA com o Trump e pelo Japão.
Mas não sei se vai funcionar como eles pretendem.
Tomara que dê certo e a China seja freada. Não aprecio a China disparadamente à frente de todos.
Prefiro que seja freada, também não desejo que seu povo passe fome, longe disso.
Apenas aprecio mais um equilíbrio. Espero que boa parte dessa desindustrialização na China, acaba trazendo indústrias americanas e japonesas para o Brasil. Rss.

filipe
filipe
1 mês atrás

Até 2030 , os Chineses parecem estar bem determinados, sabem que por agora não teriam chance confrontando a US Navy, mas lá para 2030 ou 2050, claro que teremos paridade no pacifico, 6 CVNs chineses estarão patrulhando essas águas com toda força, esse confronto parece cada dia que passa mais inevitável, os Chineses ainda não dominam muitas das tecnologias, mas é uma questão de tempo, razão pela qual os EUA quer adiantar o confronto, os EUA sabem que em 2030 ou 2050 poderá ser tarde demais, é melhor confrontar a China em 2020 do que em 2030 ou 2050, se… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  filipe
1 mês atrás

Vc ficar repetindo que a China só vai ‘parear’ com os EUA lá para 2050, não ajudará em nada a resolver os problemas americanos.
Fique repetindo isso até vc mesmo acreditar.

filipe
filipe
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os EUA já estão resolvendo o problema,apesar dos riscos, depois do covid19 , a China já sabe que esta ferrada, primeiro as industrias americanas vão sair da China, depois são as sanções económicas e comerciais durante uns 3 anos, depois o bloqueio naval o que pode comprometer as aspirações expansionistas chinesas, mas não deixa de ser um jogo perigoso, a China é uma potência militar e nuclear, eles já possuem os 3 elementos da tríade nuclear (SSBN + ICBM + Bombardeiros H-20) … Quanto mais cedo os EUA confrontarem a China é mais fácil para a US Navy, se adiares… Read more »

Antonio Renato Cançado
Reply to  filipe
1 mês atrás

…e QUEBRAR…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  filipe
1 mês atrás

filipe

Acho que nesta quarentena vc entrou em ‘Alfa’ ou está visitando um mundo paralelo que nós desconhecemos.

Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Se falta de visão matasse…rsrsrsrsrs

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  filipe
1 mês atrás

A Us Navy ainda é mais poderosa que a PLA Navy, mas quando analisamos um confronto no mar da China, hoje em 2020, a China já possui paridade ou ligeira vantagem. Simplesmente porque a PLA Navy opera próximo da Costa e possui apoio da força aérea chinesa e do Exército chinês. Os EUA estão no caminho certo. Trump é inteligente. Eles estão aumentando o orçamento militar, intimando os aliados a fazerem o mesmo e buscando novos aliados de peso. O 1o grande aliado que os EUA estão buscando é a Índia. Que pode adquirir até caças F-35, se abrir mão… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

A estratégia da China é proibir qualquer confronto em sua costa.
Já tem os meios para isso.
Um cinturão de ilhas artificiais fortificadas e uma poderosa Marinha que a cada dia se fortalece mais.
Evidentemente que em um confronto com os EUA, resguardada a segurança de sua costa, certamente sobrará para alguns aliados americanos na região, principalmente Taiwan (pule de dez) e talvez Coreia do Sul.

Dalton
Dalton
Reply to  filipe
1 mês atrás

Se os chineses de fato conseguirem comissionar 6 grandes NAes de propulsão nuclear adicionando-os aos 2 Tipo 3 em construção e aos 2 “Liaonings” antes do fim da próxima década será uma grande conquista comparável ao que os EUA fizeram no espaço de 13 anos, entre 1955 e 1968, quando comissionaram 9 dos chamados “Super Carriers” oriundos de 3 estaleiros diferentes, dois dos quais fecharam ainda na década de 1960. . Os 9 “Super Carriers” eram complementados por vários outros “menores” que eventualmente acabaram sendo substituídos pelos da classe “Nimitz” oriundos de apenas um estaleiro e para se manter os… Read more »

filipe
filipe
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Os Chineses não sabem aonde por tanto dinheiro, essa é a época deles, poder financeiro não é problema para eles pelo menos até 2030 ou 2050, e o PIB deles só cresce.

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

Já repararam o quanto que os chineses copiam aeronaves ocidentais?
O porta-aviões lembra os da classe Gerald Ford; o caça FC-31 lembra um F-35 americano; os helicopteros Z-20 – cópia descarada do Super Frelon- e o helipcoptero H-20 – cópia do Sea Hawk -. Há também uma ópia do E-2 Hawkeye e do X-47 também no convoo.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  João Bosco
1 mês atrás

É mais fácil conseguir informações a respeito dos projetos ocidentais, as informações básicas, os tipos de sensores, o motor, armamentos, imagens e desenhos dos projetos estão sempre sendo divulgados. Tá certo que as informações sensíveis não são passadas, mas eles podem colocar equipamentos similares que podem não ter a mesma capacidade ou até mesmo conseguir as informações por espionagem.

Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

TUDO copiado dos outros. Não são capazes de criar NADA.

Teropode
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Criam sim , seus habitos alimentares criaram a pandemia do século.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

E daí?

Os americanos só chegaram a Lua porque copiaram os projetos alemães da v2 e não satisfeitos deram cidadania americana a nazistas de carteirinha, como Von Braun e sua equipe.

Qual é o problema de espionar e copiar ?

Todas as nações fazem isso.

Não sou capitalista nem comunista, sou realista.

Antonio Renato Cançado
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Não copiaram, deram prosseguimento em seu desenvolvimento. Os soviéticos fizeram exatamente a mesma coisa. E qual é o problema de espionar e copiar? Bom, primeiro prova que quem faz isso não tem capacidade ou gabarito pra fazer suas próprias coisas. E segundo, é ilegal e desonesto. Deu pra entender?

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Cançado,

Se você quer bancar o bom samaritano, fique a vontade. Só não venha dizer que é necessário reinventar a roda.

Desde os tempos do êxodo dos israelenses do Egito que existe espionagem. Se você quer começar do zero a fazer alguma coisa que já existe e funciona pois bem, gaste seu dinheiro e tempo a toa, mas não venha me dar licaozinha de moral barata, de u para entender ?

MMerlin
MMerlin
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Comparar o Saturno a um v2 é fora da racionalidade. O segundo foi desenvolvido seguindo os princípios básicos que todos os foguetes até hoje seguem, mas só. E ambos foram projetos por um dos maiores engenheiros de todos os tempos: Wernher von Braun. Difícil uma pessoal copiar de si mesma.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Merlin,

Você não entendeu o que escrevi.

Dalton
Dalton
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Não esquecer que o próprio Von Braun admitiu que o método americano de descer na lua com o modulo lunar
desenvolvido pela Grumann era a melhor maneira. No mais, a importância de Von Braun é inquestionável, mas, ele
sozinho não foi responsável por todas as conquistas e usufruiu de recursos inesgotáveis do programa espacial.
.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Dalton,

Você não entendeu o que escrevi.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Estou chocando com os orientais.

paulino
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

A China inventou a pólvora e a bússola há mais de 2000 anos. Fogos de artifício foram inventados pelos chineses. O protótipo do foguete eram fogos de artifício. O mundo inteiro copiou a China. A China lançou satélites quânticos em 2016. Somente a China possui satélites quânticos no mundo. No primeiro país a desenvolver satélites quânticos, os celulares Huawei da China possuem a mais avançada tecnologia de comunicação 5g, a Huawei possui inúmeras tecnologias patenteadas e a China desenvolveu um míssil hipersônico imparável DF-17

MMerlin
MMerlin
Reply to  paulino
1 mês atrás

Tanto na China como em vários outros países, principalmente Europa, várias invenções e patentes vem ao mundo diariamente. Nós, que vivemos no Brasil, nos impressionamos quando vemos o que outros países conseguem criar, mas lá fora é visto com mais ceticismo e segue uma cartilha de concorrência, sendo até invisível devido ao modo “cotidiano”. Aqui o que a grande maior parte da população quer é passar em um concurso público para ficar sossegado. Literalmente. E o pior é ouvir de profissionais de outros países que nós temos tudo aqui e não aproveitamos nada. Realmente, o que não falta no Brasil… Read more »

Jonatan
Jonatan
1 mês atrás

Estão construindo um alvo! O mais interessante é que quando os EUA constroem carriers, dizem que é alvo! Quando é a China, crescimento da Marinha chinesa! Coerência que fala né!

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Enquanto isso o Brasil no máximo que consegue é comprar Corvetas prontas e nomeá-las de Fragatas…

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

mal conseguem construir simples NPas da classe macaxeira !

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Pelo menos os Russos fazem maquetes, ficam mais bonitas e tem a vantagem que os aviões e helicopteros, bem como sistemas AAA e radares são seus, diferente da China que tudo, tudo é copia. Qdo chegar a maquete, ai a gente começa a conversar. Mais facil os NA russos e o SN brasileiros virarem realidade e o F-35 parar de dar problema do que esse fake acima pelo menos virar uma maquete.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

O F-35 deve ter os seus méritos… qualquer semelhança não é mera coincidência.

J-20
J-20
1 mês atrás

Para aqueles que acham o J-20 muito grande para operações em porta-aviões, só saibam que ele é mais curto que qualquer caça da família Flanker.
Mesmo que tamanho não seja seu limitador, o que realmente o limita é o peso por ser um avião projetado para levar armas na sua parte interna e bimotor.

Unknown
Unknown
1 mês atrás

Esses chineses estão muito ‘fanboy americano’… kkkkk

Maus
Maus
1 mês atrás

Mas não são inúteis?

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

De qualquer forma é um fato para os EUA e aliado na Ásia se preocuparem. O caminho para começar a fazer frente à China é os EUA darem meios de outros países terem seus porta-aviões tb!

R_cordeiro
R_cordeiro
1 mês atrás

Vejo estas artes chinesas de meios digitais a anos.

Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Pergunta aos entendidos..

Segundo russófilos e chinófilos, Porta Aviões não são inúteis e alvos fáceis ?

Observador
Observador
1 mês atrás

Sinceramente, espero do fundo do meu coração, que os países ocidentais caiam na real sobre o quão perigosos e inescrupulosos são os membros dessa ditadura, e realmente implementem um plano para boicota-los no que for possível. Repatriar linhas de produção (se não ao próprio país, à países pobres no ocidente); dar um fim na pretensão chinesa de ser a protagonista na rede 5G (na verdade eu quero ver a proibição deles em participar); etc.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

Sempre que você olhar uma cópia, compare com um original: rapidamente você percebe coisas estranhas como o boot topping do carrier chinês batendo no nivel inferior dos elevadores e da transição do costado pro convoo. Se for mesmo como ilustrado, os elevadores vão ter green water eterno…
Meu julgamento? Design copy/paste feito pelo estagiário nerd do oficial do PCC local. E Zé fini.