Home Incidentes navais Incidente de ‘fogo amigo’ naval do Irã mata 19 marinheiros no Golfo...

Incidente de ‘fogo amigo’ naval do Irã mata 19 marinheiros no Golfo de Omã

7863
198
Fragata Jamaran

Dezenove marinheiros foram mortos e 15 outros ficaram feridos em um incidente de “fogo amigo” envolvendo dois navios do Irã, informou a Marinha Iraniana.

A mídia estatal iraniana informou que um novo míssil antinavio (C-802 Noor) sendo testado pela fragata Jamaran atingiu o navio de apoio leve Konarak no domingo, no Golfo de Omã.

O acidente ocorreu durante um exercício de treinamento perto do Estreito de Ormuz.

As forças armadas do Irã realizam regularmente exercícios na hidrovia estratégica.

A “embarcação Konarak foi atingida com um míssil ontem [domingo] à tarde durante um exercício militar nas águas de Bandar-e Jask” na costa sul do Irã, informou a TV estatal em seu site.

“O navio foi atingido após rebocar um alvo de treinamento para o seu destino e não criar distância suficiente entre ele e o alvo”, acrescentou.

O incidente aconteceu perto do porto de Jask, a 1.270 quilômetros a sudeste de Teerã, no Golfo de Omã, informou a TV estatal.

A fragata Jamaran e o navio de apoio Konarak pertencem às forças navais das forças armadas iranianas.

Konarak

FONTE: BBC

Subscribe
Notify of
guest
198 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro Calmon
Pedro Calmon
1 mês atrás

Para quem acidentalmente derruba um aviao comercial decolando do seu proprio aeroporto, isso nao e’ nada demais.

Zé Mané
Zé Mané
Reply to  Pedro Calmon
1 mês atrás

Uma pena não ter atingido “acidentalmente” algum navio americano na região …

RafaelRJR
RafaelRJR
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Até a burrice deles tem limites. Atingir um navio americano, mesmo que por “acidente”, traria sérias consequências.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Seu comentário faz jus ao apelido…

Silas
Silas
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

kkkkk… tréplica perfeita..kkkk

Rico Zoho
Rico Zoho
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Adorei!

Marcelo Martins
Marcelo Martins
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Excelente observação!!!

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Também, com um apelido de desses. Não dá para esperar muita coisa.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Perdeu uma grande oportunidade de ficar de boca fechada

Carlos
Carlos
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

OOhhh o Nome do Cabra ☝️ Zé Mané , TEM TUDO..A.VER …..🤡

Diogo
Diogo
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Pior que o apelido e o comentário são os likes…

Roberto Pinheiro
Roberto Pinheiro
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Realmente você é um Zé Mané.

Teropode
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Ze por wue tanto ódio?

nonato
nonato
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Décadas de doutrinamenro nas universidades.
Acorda, Brasil!!!

Kemen
Kemen
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Caso acontecesse, no minimo dos casos eu acho que o Iran teria uma fragata a menos, mesmo se fosse acidental. Depois da ordem de afundar toda lancha armada que se aproximasse dos navios da US Navy. É incrivel o despreparo desses militares, são um risco para toda navegação nesse mar.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Olha a lei do retorno!

ALBERTO VALENTE
ALBERTO VALENTE
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

concordo desde que sua família estivesse à bordo

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

“Zé Mané

Uma pena não ter atingido “acidentalmente” algum navio americano na região”

Eu não concordo mas posso compreender essa postura, dado que inúmeros aviões de passageiros, navios e barcos pesqueiros também já foram alvejados “acidentalmente” pelos nossos irmãos e amigos do norte…..inclusive Iranianos…No final da década de 80, o cruzador estadunidense vincennes lançou dois mísseis contra o avião comercial da Iran Air, matando 290 pessoas…entre mulheres, crianças e civis inocentes…

Zé Mané
Zé Mané
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Meus caros, nada contra os americanos especificamente. Se a presença no Golfo fosse de navios russos ou chineses, por exemplo, eu diria a mesma coisa que disse em relação aos navios americanos. O que eu desejo é que nenhum país, seja os EUA, a China ou a Rússia se considere invencível a ponto de se sentir livre para impor seus interesses e suas vontades. Nesse contexto, um navio americano ser atingido revelaria uma fragilidade que, pelo menos teoricamente, poderia segurar o ímpeto bélico dos EUA. E revelaria para outros países, mesmo China e Rússia, que ninguém é invencível, que apesar… Read more »

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Meu caro… os EUA sabem que não são invencíveis desde a guerra de 1812. Toda a estratégia do país é baseada nisso. Só porque os cidadãos americanos gostam de dizer que “USA is the greatest country on earth” não quer dizer que se achem imbatíveis e não estejam perfeitamente cientes das suas fragilidades. A cúpula politica e militar dos EUA sabe disso. Você fala em segurar o ímpeto bélico dos EUA? Ele está seguro! A ultima vez que os EUA não seguraram o ímpeto bélico foi em 1945. Nunca mais libertaram todo o seu poderio bélico e industrial! O problem… Read more »

nonato
nonato
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Mudou o tom rapidamente.
A agressividade em relação aos americanos decorre do marxismo cultural nas universidades.
O pessoal é revoltado porque o mundo civilizado derrotou o comunismo.
Mas na América Latrina, restaram viuvas que querem ressuscitar o comunismo…
Havana, capital regional do império bolivariano.
O Brasil é a cereja do bolo…

Zé Mané
Zé Mané
Reply to  nonato
1 mês atrás

E você é um idiota.

Wilsonjr
Reply to  Zé Mané
1 mês atrás

Tosco…

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Pedro Calmon
1 mês atrás

Brasileiro é o máximo .
Consegue fazer piada até com perda de vidas humanas !

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Foxtrot
1 mês atrás

O poder do Super-Homem: força;
O poder do Tocha Humana: fogo;
O poder do Wolverine: garras de adamantium;
O poder do Super-Herói brazileiru: rir de desgraça…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

O poder do soldado brasileiro..
O jeitinho!!!

Dario Renato
Dario Renato
Reply to  Joao Moita Jr
1 mês atrás

Autocrítica ou remorso?

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Foxtrot
1 mês atrás

Começa a piada com o taokey, taokey?

Rudi PY3TO
Rudi PY3TO
Reply to  Pedro Calmon
1 mês atrás

Bom…vejamos pelo lado positivo, O Míssil Funcionou Tchê !…

Brunobpm
1 mês atrás

Treinar no limite da nisso , de qualquer modo faltou cuidado . Em termos de acidentes bizarros , a USNAVY e recentemente a marinha da noruega , já fizeram coisas piores .

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Brunobpm
1 mês atrás

A marinha da Noruega perdeu uma fragata por uma colisão com um petroleiro, sem vitimas mortais. A marinha iraniana acertou um míssil num outro navio da sua marinha em exercício e matou 19 marinheiros. Como é que a Noruega fez pior?????

Brunobpm
Reply to  MestreD'Avis
1 mês atrás

Todo teste com munição real envolve risco . A noruega Perdeu um navio de guerra ,no próprio quintal , sem ninguém precisar ter disparado um tiro . GRANDE FEITO . PARABÉNS.

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Brunobpm
1 mês atrás

Quantas vidas humanas vale um navio? Aposto que para as famílias de todos os marinheiros da fragata Norueguesa, nem 1 e ficaram felizes de ver os seus de volta a casa. Quer ir dizer ás famílias dos marinheiros Iranianos o que é um grade feito??? Dar os parabéns por isso?!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Brunobpm
1 mês atrás

Os acidentes das marinhas americanas e norueguesas foram batidas e não houve mortos, acertar num treinamento um navio da própria marinha com um míssil e tem mortos infelizmente é muito pior.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Nos acidentes com as Burkes americanas houveram mortos sim. Mas concordo que nao da para comparar com o que o Ira fez.

Tupinambá
Tupinambá
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Desculpe ser chato, mas não existe “houveram” no sentido de existir, é “HOUVE”.É verbo impessoal, não há sujeito na ação.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Tupinambá
1 mês atrás

Ok. Obrigado!

Renato Carvalho
Reply to  Tupinambá
1 mês atrás

Vc foi chato mesmo….preciso, mas chato, chato mesmo.

Brunobpm
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Cade o USS Skorpion ???? ,,, e O USS Vincennes que abateu o voou 655 , no mesmo estreito de Hormuz ,,, E a USAF que jogou NAPALM , nas suas próprias tropas … Em tempo : Navios com sistema de guiagem modernos , abalroando uns ao outros , quem precisa de inimigo ?

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Brunobpm
1 mês atrás

Portanto… a partir de hoje já sabemos. Todas as marinhas do mundo podem fazer m… da grande porque a US Navy também já teve acidentes… bravo!!! Sabe tanto e nem sabe que se escreve Scorpion. Que na sua cabeça foi o único submarino perdido em acidente certo?

nonato
nonato
Reply to  Brunobpm
1 mês atrás

E daí?

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Brunobpm
1 mês atrás

O seu comentário é péssimo. Você é parente do Zé Mané. ?

Jack
Jack
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Belíssima observação Luiz!

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Foi só um feedback. Não houve crítica alguma, somente a correção de um erro. Qual o problema de ter um erro corrigido?

bit_lascado
bit_lascado
1 mês atrás

Acho que vão ter mais mortes o estrago foi grande se a imagem abaixo for verdadeira
https://twitter.com/ConflictsW/status/1259772413245632512/photo/1

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  bit_lascado
1 mês atrás

Não ficou dúvida que funciona contra alvos de pequeno porte!
Pelo estrago concordo que o número de mortes deva subir!

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

Tsc, tsc: o Konarak devia ter guinado na direção do míssil pra reduzir sua assinatura radar e jogado tiras de papel aluminizado pelos bordos. Se não desse muito certo, podiam ter tentado navegar em ziguezague ou acenar pro seeker do míssil indicando a direção do alvo certo.
Brincadeira à parte: sério isso do navio não ter aberto distância suficiente do alvo? A culpa foi do navio que não sabia que tinha que ‘abrir distância’?…
Que coisa, viu?…

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

A culpa foi do navio que não sabia que tinha que ‘abrir distância’? Não sabia que devia abrir distância, como não sabia, não sabia onde estava, que poderia ele ser acidentalmente o alvo por não abrir distância suficiente entre ele e o alvo? Um dos dois errou ou os dois, um por não ter pôsto uma distância suficiente entre ele e o alvo e quem atirou por não ter esperado que o outro ficasse suficientemente longe do alvo ou este que atirou não sabia que devia deixar o outro se afastar suficientemente do alvo para ele ( o atingido )… Read more »

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Alexandre Cardoso
1 mês atrás

Quando uma arma é adquirida ela vem com manual técnico com as informações, então, eles deveriam em tese conhecer o alcance do radar de busca do míssil e o navio que rebocou o alvo deveria ter sido informado da distância mínima que ele deveria ter se afastado do alvo para não ser detectado pelo radar de busca do míssil. Como o alcance do radar de busca do míssil é um tipo de informação que não deveria ser de conhecimento prévio do capitão do navio que foi atingindo este deveria ter sido informado pelo pessoal que planejou o exercício, mas por… Read more »

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Balela. Missel deve ter desviado da rota para o alvo e deu lock no rebocador que estava mais afastado. Impossivel um comandante fazer algo tao grosseiro como o que foi descrito oficialmente.

Doug385
1 mês atrás

Para fins de conhecimento, o missil era chinês…

vinicuus Momesso
vinicuus Momesso
Reply to  Doug385
1 mês atrás

Engenharia reversa, mas a eletrônica e o motor foram totalmente remodelados pela Marinha do Irã, sendo assim, apenas o casco e chinês.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  vinicuus Momesso
1 mês atrás

Sério?

Você tem provas disso ou é mais um que vem aqui falar besteira ?

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  vinicuus Momesso
1 mês atrás

Remodelados e melhorados vinicuus Momesso…com eletrônicos e sensores atualizados…o mesmo que os Chineses fizeram com os Flankers nos quais fizeram engenharia reversa também, melhorando-os aerodinamicamente e atualizando a parte eletrônica e de sensores…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Doug385
1 mês atrás

‘Para fins de conhecimento, o míssil era chinês…’

Portanto, é melhor os EUA ficarem espertos,
Vai que de repente o próximo míssil acerte um navio americano, afinal os iranianos tês experiência em acertar alvos americanos.

Jonatan
Jonatan
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Até agora o Irã têm mostrado competência para acertar apenas alvos iranianos! Chora chings!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jonatan
1 mês atrás

Bases aéreas americanas no Iraque são alvo de mísseis

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51028662

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Entendi, o míssil é feito apenas para usar contra um CSG, aí com uns 7, 8 alvos ele tem a chance de acertar qualquer um…

Plínio Jr
Plínio Jr
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings, fala para os iranianos coloquem bandeiras do Irã nos navios americanos que as chances deles acertarem serão grandes….

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Plínio Jr
1 mês atrás

Pode ser, contanto que o navio americano vá para o fundo, vale tudo.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

É um debilóide mesmo…….digno de pena…..kkkk

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Lamento pelas mortes e pelos feridos, um erro deste é muito grave e as coisas vão ficar muito agitadas na apuração, não sei como as coisas funcionam na marinha iraniana mas isso pode levar ao fim várias carreiras.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Possíveis consequências disso: fim de várias carreiras, cárcere ou morte dos responsáveis. Se ainda estão usando a Lei de Talião ( Dente por Dente, Olho por olho) , mortes ocorrerão ( agora dos responsáveis ).

Wilson França
Wilson França
Reply to  Alexandre Cardoso
1 mês atrás

Pela lei do talião eles vão pegar os responsáveis, colocar num outro navio e disparar um míssil nele.

Marujo
Marujo
1 mês atrás

Jamaran, irmã das Niteróis. A semelhança de desenho é grande.

Fabiano
Fabiano
Reply to  Marujo
1 mês atrás

Semelhança? Só o hangar já é toda diferente

Plínio Jr
Plínio Jr
1 mês atrás

Os iranianos são uma grande ameaça à eles mesmos….depois querem comparar com israelenses e americanos….😒😒😒

Marcos R.
Marcos R.
1 mês atrás

Cópia de um míssil chinês, que os chineses já devem ter copiado de outro, só podia terminar mal… Depois criticam o mansup!

MMerlin
MMerlin
Reply to  Marcos R.
1 mês atrás

Pouquíssimos (mas existem) criticam o Mansup. O que é criticado sãos as escassas notícias a respeito da evolução do projeto. A MB tem que fazer mais propaganda dos projetos em que investe, no intuito de despertar interesse das nações estrangeiras e aumentar as chances da comercialização e sustentabilidade dos produtos nacionais.

Marujo
Marujo
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Pelo que deduzi da leitura de memorando do Comando da Marinha publicado na última Tecnologia &Defesa o Mansup não é mais prioridade.

vinicuus Momesso
vinicuus Momesso
Reply to  Marcos R.
1 mês atrás

Mal séria se não tivesse explodido ou tivesse caído antes de acertar o alvo. O míssil é bom!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Marcos R.
1 mês atrás

‘Cópia de um míssil chinês, que os chineses já devem ter copiado de outro, só podia terminar mal… Depois criticam o mansup!’

O problema é que os iranianos devem ter tantos desses que mesmo errando vários, outros tantos acertarão o alvo.
Lembre-se dos mísseis erráticos que detonaram as bases americanas no Iraque.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Caramba Kings, em se tratando de China, Rússia, Cuba, Venezuela e Irã, o copo nunca está vazio, mas sim cheio de ar.
O exemplo que você deu estaria mais para foguetes de saturação do que para mísseis.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

MMerlin

Aguarde os próximos capítulos.
Serão eletrizantes.
Pode anotar o que estou te dizendo.

Douglas
Douglas
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

cópia da cópia kkkk

Heinz Guderian
1 mês atrás

Pelo menos descobriram que o míssel presta e faz estrago, meus pêsames pelas familias dos militares mortos por esse erro crasso.

Douglas
Douglas
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Que ele explode isso é certo,enquanto amira/busca/ guiamento….

Nilo Rodarte
Nilo Rodarte
1 mês atrás

Lamentável pela morte dos marinheiros, mas não dá pra deixar passar: pelo menos o míssil foi eficiente! Tirou o alvo de combate. O alvo errado, mas tirou.

vinicuus Momesso
vinicuus Momesso
Reply to  Nilo Rodarte
1 mês atrás

Tirando o fator humano que por si só já é trágico, di gamos que o treino foi em 4D…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

O Estreito de Ormuz é a ligação entre o Golfo de Omã, onde o exercício foi feito, e o Golfo Pérsico, devem ter emitido algum aviso aos navios na área e delimitado a área do exercício para evitar a aproximação de navios civis. Pois a confusão seria muito maior se um petroleiro passando pelo Estreito de Ormuz foi atingindo por engano.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
1 mês atrás

Meus pesâmes para os familiares do envolvidos.

jagderband#44
jagderband#44
Reply to  Luiz Trindade
1 mês atrás

obrigado

Flanker
Flanker
Reply to  jagderband#44
1 mês atrás

Hehehehe

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Ai esta a “Gloriosa” Marinha do irã… só por deus mesmo…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Fique calmo que acidente em exercícios, fogo amigo em guerra e etc não muito comuns.
Mas, o melhor é os EUA ficarem de olhos bem abertos para não dar um passo em falso na região.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Irã tá igual o Brasil, país com grande reserva de petróleo que tem uma marinha pífia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

O Irã tem muito mais petróleo que o Brasil e uma Marinha bem mais poderosa.
Pelo menos os EUA não tentaram se aventurar por lá;

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Quantos escorpenes eles tem?

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

O Mansup já foi testado em algum alvo?

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Sincero,

Sinceramente você só escreve besteira. Ao menos se informe antes de bostejar suas asneiras.

Audax
Audax
1 mês atrás

Uma pena mas já passamos por situação semelhante no Brasil. Um classe Greenhalg foi atingido em treinamento por um navio Argentino. Me lembro do acidente e me lembro de um oficial me explicar no próximo navio como foi o ocorrido. Foina Radmacker. Se alguém lembrar e puder contribuir será bom. Sds.

Segue o link.

https://www.jornaljurid.com.br/noticias/argentina-atira-por-engano-em-navio-do-brasil

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Audax
1 mês atrás

Foi em 2004, no operação FRATERNO . A ARA Sarandí acertou a Rademaker com rajadas de 40mm.

Bardini
Bardini
Reply to  Audax
1 mês atrás
Audax
Audax
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Nessa ocasião o oficial que me atendeu me disse que o comandante estava indo para ser adido militar justamente na Argentina.

Léo Barreiro
Léo Barreiro
Reply to  Audax
1 mês atrás

Audax

Por favor, só bde curiosidade a Argentina pagou os estragos e indenizou as vítimas?

Audax
Audax
Reply to  Léo Barreiro
1 mês atrás

Léo

Não sei dizer mas acredito que deva haver alguma indenização no reparo. Não é uma situação muito comum. Sds.

Roger
1 mês atrás

Espero que os iranianos continuem treinando mais.

Agora fica difícil escolher entre a melhor marinha: Venezuela ou Irã?

vinicuus Momesso
vinicuus Momesso
Reply to  Roger
1 mês atrás

Pelo menos os VLS do Irã não explodem ainda na base.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  vinicuus Momesso
1 mês atrás

Vc deveria ter vergonha do seu comentário seu imbecil.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Roger
1 mês atrás

‘Agora fica difícil escolher entre a melhor marinha: Venezuela ou Irã?’

Verdade.
Os americanos ainda não tiveram coragem para testá-las.

Airacobra
Airacobra
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Não precisam nem de inimigos atacando, ambas afundam seus próprios navios sozinhas, sem ajuda externa.

Clóvis Henrique Arrué
Clóvis Henrique Arrué
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Peço desculpas aos outros foristas, mas preciso responder a esse baba ovo da ralé das nações do mundo: tu nunca te cansa de defecar no teclado? Será que o teu único prazer na vida é ser o palhaço dos grupos de assuntos de defesa? Se fazes isso por “ideologia”, sinto te dizer que vais morrer decepcionado e amargurado… Tu não vais viver pra ver um paiseco lixo como Irã ou uma Venezuela (ditadurazinhas ridículas) ou até mesmo a Coréia do Norte ganhar uma guerra contra os EUA, pois isso significaria a extinção da humanidade, então, por favor, poupe-nos dessa tua… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Clóvis Henrique Arrué
1 mês atrás

Está desculpado.

Renato Carvalho
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kkkkkk
Tony Kings Jong também é stand up

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Renato Carvalho
1 mês atrás

É que o american fanboy pediu.
kkkkkkkk

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

ah…então quem discorda de você, no seu entendimento dicotômico restrito e raso, é fanboy????
Bem, de alguém total e completamente doutrinado, com seus parcos recursos intelectuais canalizados em apenas uma direção doutrinária, não se pode esperar nada além disso, ou seja, para você, quem não é teu amigo, é teu inimigo…..se não concorda contigo, obviamente pensa como teu inimigo……
Você é um coitado….um pobre diabo…..deve ter 0% de autoestima e amor próprio….por isso, se regozija com a rejeição…..não passa de uma pobre criatura digna de pena…..

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Roger
1 mês atrás

“Roger Agora fica difícil escolher entre a melhor marinha: Venezuela ou Irã?” Estão esperando o que então, pra salvar aqueles lugares da tirania e opressão?!… Estão esquecendo que em uma guerra tem sem sempre coadjuvantes, o inimigo do meu inimigo é meu amigo, isso vale pra Rússia e China que podem tranquilamente ajudar os iranianos, com armamentos, e simplesmente mostrando detalhes de onde ficam os estadunidenses…guerras no oriente médio nunca terminam e nem tem vencedor…O Irã em uma possível guerra vai ter apoio forte da China e Rússia… O fantasma do Vietnam ainda assombra os eua, melhor não subestimar o… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Cavalo-do-Cão

A situação interna dos EUA está tão complicada, o país tão convulsionado e dividido que creio que não seria de bom tom arrumar uma encrenca internacional.
Ainda mais, como vc falou, com a retaguarda de China e Rússia.
Afinal, ‘pau que dá na Venezuela ou no Irã, pode dar na Arábia Saudita, Taiwan, Coreia do Sul e, etc.’

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Através da história sabemos que muitas nações têm procurado sobrepor-se a todas as outras nações…hoje isso é muito evidente nos eua…os estadunidenses consideram que os eua são uma nação especial…a maioria dos estadunidenses reivindica que os eua são a maior nação da história do mundo…muitas nações antes deles cometeram o mesmo pecado mas a poeira de suas ruínas testemunha contra elas… 2 Tessalonicenses 2.7-11: “Com efeito, o mistério da iniqüidade já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; então, será, de fato, revelado o iníquo, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de… Read more »

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

1- lamento pelos marinheiros que foram vítimas
2- é até surpreendente que isso tenha sido noticiado por uma TV estatal, e que o governo iraniano não tenha escondido isso
3- ficou provado que o míssil funciona
4- ficou provado que as contra-medidas iranianas não funcionam

Marcelo
Marcelo
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

era uma embarcacao pequena, muito provavelmente sem nenhuma contramedida.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Se for isso mesmo, eu acho um erro.
Toda embarcação militar deveria ter contra-medidas. Afinal, na guerra, tudo vira alvo.
Obviamente, não precisa colocar um CIWIS ou AK-630 até em barco patrulha, mas acho que toda embarcação militar deveria ter chaffs e flares.

Santiago
Santiago
1 mês atrás

Esse míssil anti-navio chinês é bom pra caramba! Mira num alvo 🎯 acerta em outro!🤔

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Santiago
1 mês atrás

O fato é que em outubro vai acabar o embargo de armas ao Irã.
A expectativa é que o País seja inundado com armas russas e chinesas.
Aventa-se, inclusive, a compra de J-10 se os russos dificultarem a venda dos Sukhois.
Eu acredito que comprarão armas chinesas em troca de petróleo, um negócio excelente para os dois.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

no dia em que galinha criar dentes…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

Se eu fosse fã dos EUA como vc, estaria severamente preocupado com o que está acontecendo e com o que virá.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Não sou fã de ninguém amigo. Sou ocidental, simples.
Antes eles do norte do que os comunas do oeste, fanáticos do oriente médio ou ainda os tomadores de vodca da Ásia setentrional.
Esses que eu citei não tem a menor moral para ser os “bons” entre as boas nações.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

‘Não sou fã de ninguém amigo. Sou ocidental, simples.
Antes eles do norte do que os comunas do oeste,’

A sua própria contradição desqualifica suas postagens e pensamentos confusos.

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Se eu fosse familiar de um militar Iraniano ficaria seriamente preocupado com um idiota num site Brasileiro sempre desejando que o meu pais entrasse em guerra para satisfazer suas fantasias de frustrado.

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Inundado é meio exagerado.
Mas provável que adquiram Caças em grande quantidade.
Algumas fontes indicam que ficará entre J-10C chinês e Su-30 russo, com o caça chines sendo considerado o favorito hoje em dia.

Paulotd
Paulotd
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Estreito de Ormuz é o lugar mais perigoso para se navegar no mundo. Além desse míssil chinês o Irâ possui drones de ataques difíceis de identificar

Wilson França
Wilson França
Reply to  Santiago
1 mês atrás

Parece vc. Quer escrever algo inteligente e só sai asneira.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Wilson França
1 mês atrás

huahauhauhauhauh

wagner
1 mês atrás

Teve um comentário há algumas semanas atrás de um ser que não concordava com os testes com um alvo parado, ele queria que fosse rebocado.

Airacobra
Airacobra
Reply to  wagner
1 mês atrás

Realmente, se com o navio que o rebocou para a area de lançamento ainda se afastando já foi assim, imagina com o navio ainda rebocando o alvo

cerberosph
1 mês atrás

Tá “Serto”, se treina como se combate e o míssil é bom, detectou que o alvo rebocado não era real e foi atingir o alvo verdadeiro.

Douglas
Douglas
Reply to  cerberosph
1 mês atrás

Esse míssil é realmente inteligente kkkk

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Agora entendi o porque do Mansup nunca ser testado contra um alvo… Pra não passar vergonha!

Wilsonjr
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Tá foda….

caio I
caio I
1 mês atrás

incidentes deste tipo acontecem em todas as forças do mundo, dvemos é tentar entender por que acontecem?
houve um espetacular arleigh burke se chocando com outro imenso navio, uma corveta khareef que matou operários no estaleiro ao disparar seu canhão, como isso é possível?
creio que o maior problema deve ser na falta de prevenção rigorosa na manutenção e no treino.

Rico Zoho
Rico Zoho
1 mês atrás

Amadores!

eremildo
eremildo
1 mês atrás

Pior que esses comediantes só afundar submarino atracado no cais.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  eremildo
1 mês atrás

E na véspera do natal.

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

Fogo amigo… sei.

Helio Mello
Helio Mello
1 mês atrás

Modo iraniano de demonstrar o poder de fogo do míssil…

Luiz Galvão
Luiz Galvão
1 mês atrás

O naval infelizmente também virou terra de Marlboro.

Já foi o tempo que gente muito boa no assunto comentava aqui. Hoje em dia A maioria dos “comentaristas” são uns ze ruela, so escrevem bosta, salvo raras exceções.

Uma pena
Um blog que era o melhor em sua categoria.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

O espaço está tomado de assalto por robots….nossa internet se encontra tomada pelo exército digital estrangeiro…eles tomam conta das salas de discussão para influenciar a opinião pública e provocar o que chamam de “efeito manada”…existem programas de computador que permitem uma pessoa criar e administrar vários perfis falsos ao mesmo tempo…grandes corporações, partidos políticos e agências de inteligência de governos são os principais usuários deste recurso…pois o controle e a influência do nosso país é alvo hoje de disputa entre potências corsárias estrangeiras…a maior parte dos partidos e de algumas instituições chaves estão aparelhados por estas potências para que sirvam… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Cavalo-de-Cão

Em vários sites dos mais variados assuntos vc lia:
O avião é bom, mas nós não temos por causa do Presidente fulano.
O carro não é importado para por causa da roubalheira do Partido X.
A receita do bolo não ficou adequada porque a farinha aumentou muito por causa da Presidenta Y.
Deu nisso que estamos assistindo agora.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Dá nome aos partidos e presidentes…

MestreD'Avis
MestreD'Avis
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Entendo perfeitamente Sigo o blog desde Portugal há talvez uns 6 anos, apesar de só recentemente comentar. Gosto de ler e discutir os assuntos técnicos e mesmo geo-politicos com algumas pessoas, apesar de não ter qualquer experiência militar fora do computador. Mas é impossível seguir qualquer matéria sem que alguns comentadores usem a caixa para debitar suas ideias loucas. Não dá para ter uma leitura séria. Gente só desejando o mal e a guerra com ódios profundos por tudo o que não é da sua conveniência. Muitos são aquilo que se chama de “troll” e apenas comentam para chocar e… Read more »

Marcelo Martins
Marcelo Martins
1 mês atrás

Uma coisa podemos afirmar: a espoleta do míssel funciona! Quanto ao sistema de direção………tsc, tsc!!

Tomcat
Tomcat
1 mês atrás

Muitos comentaram sobre o Mansup. Mas como anda o projeto? Ou ele foi pra mesma vala comum da maioria dos projetos militares no Brasil?

Quanto aos iranianos que pereceram no incidente, meus sentimentos.

Welington S.
Welington S.
1 mês atrás

Não é o Irã que falam que eles possuem muitos equipamentos militares só que não sabem ”usá-los”?

Bardini
Bardini
1 mês atrás

O Video:

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Vish, virou um skate!

Esteves
Esteves
Reply to  Carlos Gallani
1 mês atrás

Bela pontaria.

USS Independence
USS Independence
1 mês atrás

KKKKKK. Esse é meu respeito pela marinha iraniana.
Tem um imbecil que deve passar o dia imaginando a vitória esmagadora das “democracias” – Coréia do Norte, Irã, China, Venezuela, Rússia, contra o “império” americano.
A paixão patológica pela esquerda beira a insanidade ou simplesmente a cegueira crônica.

Jagderband#44
Jagderband#44
1 mês atrás

KKKK Tonho da lua está triste e preocupado, então gasta seu tempo escrevendo comentários sem pé nem cabeça aqui. Sabe tonho, o dia que que tua querida Coréia do Norte, teu querido Irã, Cuba, Venezuela, e até mesmo Rússia e China forem democracias consolidadas, ai talvez o mundo não precise mais de uma nação (que venceu a última grande guerra mundial) para manter o fogo da democracia aceso. “ainnnn mas ou americanos são imperialistas…” Como toda e qualquer nação. Repito: não há amizade entre nações, nunca houve, apenas interesses. Aliás, nenhum país que você adora bajular nos comentários sem pé… Read more »

USS Independence
USS Independence
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

Perfeitas as suas colocações. O interesse nacional sobrepõe qualquer laço de amizade. Se o Brasil, quem sabe em um universo paralelo, fosse a maior potência mundial, faria a mesma coisa que qualquer outra nação que por ventura já tenha sido hegemônica. Os interesses nacionais devem ser tratados como prioridades, então não venham criticar. Quando a China for a potência hegemônica, aí sim, esses panacas que odeiam os Estados Unidos, irão sentir falta do imperialismo Yankee, eles verão como a liberdade de expressão é tratada e como, nós os opositores da esquerda, são tratados. Mas quanto a esse último gato, eles… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 mês atrás

Acho interessante que sempre quando escrevem coisas desse quilate, é publicado algo pelos próprios americanos mostrando a decadência americana e a ascensão chinesa.

https://www.marketwatch.com/story/if-the-us-really-means-to-repulse-chinas-challenge-trump-is-botching-it-2020-05-11?mod=home-page

Vou procurar a reportagem sobre o efeito co corona na aceleração da decadência americana desse mesmo site.
Sinto muito que não te agrade, mas é opinião de gente especializada.

Teropode
1 mês atrás

Pelo menos agora sabemos que este míssil consegue matar um navio.

Kemen
Kemen
1 mês atrás

Eu até desconfio que o missil errou o alvo e disfarçaram, é muito morto e ferido, missil iraniano, radar iraniano, etc…

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

“O navio foi atingido após rebocar um alvo de treinamento para o seu destino e não criar distância suficiente entre ele e o alvo”, acrescentou.

O que demonstra que o negocio funciona bem e como é perigoso…Eu só tenho a dar meus pêsames as vitimas deste incidente…Que Deus conforte as famílias…

Kemen
Kemen
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Baita imprecisão do sistema todo, do missil e/ou sistema de guia, qual sera a distancia minima x massa do objetivo, para o missil não confundir um alvo?

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Os estadunidenses daqui pra frente terão que ter bastante cuidado pra um míssil desse “não se confundir” e atingir por imprecisão ou acidente, os seus navios de guerra…

Marcelo
Marcelo
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Eu creio que o míssil funcionou corretamente. Se for como os primeiros Exocets, ele navega por inércia (hoje deve usar o Beidou, Glonass ou GPS também) até a região próxima do alvo que foi localizado por meio externo e passado ao míssil antes do lançamento. Ao chegar próximo o míssil aciona o seu radar e sobe para procurar o alvo para a corrida final. Me parece que o rebocador estava ainda próximo e tinha uma retorno radar maior que o alvo e treinamento…

USS Independence
USS Independence
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Todos os tripulantes mortos estão com suas devidas “virgens” no paraíso dos “guerreiros” do islã.
#sqn

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  USS Independence
1 mês atrás

Provavelmente, tomando um cafezinho com os americanos das bases no Iraque.
No Paraíso, todos são amigos.
Olha o nível, camarada!

USS Independence
USS Independence
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Fico tão feliz com a morte de iranianos quanto você fica com a morte de americanos ou outros “imperialistas” ocidentais.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  USS Independence
1 mês atrás

O pequeno problema (para vc) é que estão
morrendo muito mais ‘ocidentais’, né?
Mesmo assim, vamos manter o nível.

USS Independence
USS Independence
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sério? Muito mais ocidentais? Onde é isso? Em que guerra morrem mais ocidentais?
E quanto ao nível… Com adoradores de comunistas meu nível é de rasteiro para pior que esse.

Evandro Luiz
Evandro Luiz
1 mês atrás

Quando o pais não tem lobby pra defender a industrial local no desenvolvimento de armas que levam 50 anos e é realmente interessado em desenvolver a area de defesa consegue. Esses pelo menos testaram o missal com “sucesso” mesmo com embargos. Mas o que dizer de um país aí que pinta alvo, leva até alto mar e o missal “passa batido” ?

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Ninguém esta a salvo na região com a Marinha do Irã em ação…

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Irã um lugar perigoso, no ar… no mar… e provavelmente na Terra onde a chibata ainda corre solta no lombo da população

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

E na Arábia Saudita, também…

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Sim, esses regimes que governam pela opressão não valem nada.

XFF
XFF
1 mês atrás

Muita gente vai zombar do Irã agora, mas erros militares acontecem com qualquer país.
Em 2003, na invasão dos EUA ao Iraque, eles bombardearam vários aliados, matando vários dele em vários ocasiões.

André Luís
André Luís
1 mês atrás

Percebe-se o nível profissional dessa turma… coitado do povo iraniano. Eles não merecem nem o governo e muito menos a religião que lhes foi imposta à força.

P.S. Bem que o navio afundado poderia pertencer à guarda-revolucionária iraniana.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  André Luís
1 mês atrás

Errar é humano….Persistir no erro é estadunidense….Acertar no alvo é muçulmano…..

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Não importa o alvo, mesmo que seja o errado mais uma vez…

Flanker
Flanker
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Mesmo que o alvo também seja muçulmano e da mesma bandeira….kkkkkkkkk….patético……

Esteves
Esteves
Reply to  André Luís
1 mês atrás

A religião não é imposta. Eles combatem as outras.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Esteves
1 mês atrás

الله أكبر

O sectarismo se constitui como um dos principais instrumentos para se desconstruir e destruir a religião hoje…Quando alguém profere o sectarismo ele não prega a palavra de Deus mas sim a palavra do anticristo…Porque coloca uma religião contra a outra…Todo pensamento sectarista é antirreligião…Pois prega e promove o ódio, a intolerância, a discórdia e a desunião entre as religiões…Coloca todas as religiões umas contra as outras…!!..!..

MFB
MFB
1 mês atrás

Menos 19 terroristas.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Uma tragédia dessas eu não desejo para ninguém…ainda que seja um país com uma politica externa Sinistra , esses homens e suas famílias não mereciam esse sofrimento.
Na Síria as forças terrestres iranianas têm demonstrado grande pericia em suas operações , principalmente quando falamos de IRGC e Quds.
Obs: Desde que os Aiatolás chegaram ao poder as forças navais iranianas têm sido menosprezadas e tratadas como os primos pobres das outras forças no que tange a orçamento, treinamento e equipamento.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Depois de ameaçar atacar locais históricos do Irão e ser informado que isso seria um crime de guerra Trump, fanfarrão, em meio a um processo de Impeachment de seu governo, recuou da insana ameaça…Quem é a ameaça mundial?…Quem tem armas nucleares e poder militar para impor seus interesses há outras nações???…Quem estipula o rótulo de terrorista de forma unilateral e isoladamente?.. Com uma rede mais de 800 bases militares no mundo, aparenta um poder, que não se confirma em prosperidade, nem em respeito militar…As novas tecnologias de misseis e escudos, dispensam de bases de lançamento próximas aos alvos, por sua… Read more »

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Cavalo-do-Cão,
Você está certo em muitas coisas.
Eu apenas adicionaria uma sugestão aos iranianos no que tange ao pragmatismo politico , a retórica agressiva dos Aiatolás inviabiliza a obtenção de apoio internacional.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Países como os eua estão se lixando se um governo de um país é democrático ou ditador, déspota, tirano, etc…O que importa é se o governo do país ajuda ou não os eua a roubarem, digo, pilharem, digo, explorarem os recursos e a mão de obra barata no país em questão…Os eua recrutam, subornam e até matam pessoas importantes, para quê não sirvam aos seus próprios países… Hoje eu não sei quem são os terroristas, mas descobri que são de 2 formas: os que agem formalmente, como os eua, e os que agem informalmente como os terroristas da esquerda…Mas um… Read more »

Esteves
Esteves
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Você está certo em algumas coisas.

comment image

Quando o mundo assistiu famílias americanas em fila retirando cestas básicas?

O mundo sabia que as famílias americanas enviam os filhos a escola para alimentá-los?

Se as tranqueiras chinesas não tivessem inundado o mundo com preços baixos…o que seria do poder de consumo americano?

Todo presidente americano faz o juramento de manter os EUA como maior potência mundial. Há preços à pagar.

Terroristas. Talvez isso tenha começado no Império Romano e nas insurgências distantes de Roma.

Direita ou esquerda…até Hitler disse que ensinaria aos socialistas o verdadeiro socialismo.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Esteves
1 mês atrás

O neocolonialismo das grandes potências corsárias deste mundo nunca se deixou de atuar sobre os países menores…eles ainda colonizam e exploram países mais fracos, só que hoje de forma mais camuflada…e o seus principais instrumentos empregados para alcançar isso não são mais as armas ou a força mas sim a corrupção…através da corrupção eles compram e põem no bolso a classe dirigente e assim aparelham as instituições chaves do país alvo para domina-lo e o manter sob sua influência… Os eua são a nação pela qual nós devemos mais rezar…Neste século os estadunidenses não sofreram nenhuma guerra e navegam no… Read more »

Dario Renato
Dario Renato
Reply to  Cavalo-do-Cão
1 mês atrás

Cascalho! O obscurantismo está comendo solto mesmo.
Comentando apenas a parte minimamente racional do tratado acima: quer dizer que uma sociedade que é incapaz de criar instrumentos e instituições para controlar e fiscalizar seu governo e sua classe dirigente e impedir ou minimizar a corrupção é uma vítima inocente do “neocolonialismo corsário”? Ora, vamos ter um pouco mais de atitude e assumir responsabilidades. Uma nação mergulhada nesse obscurantismo aí é a principal responsável pela suas mazelas.

willhorv
willhorv
1 mês atrás

Olha, é hilário mesmo que seja trágico. Parece que reina um certo despreparo nas forças militares do Irã.
Baseado nos fatos recentes, nenhuma aeronave ou embarcação está seguro em tempo de paz próximo ao Irã.
Imaginem um super petroleiro, um navio da coalisão em patrulha….
Até explicar ….uma guerra já se instaurou!
Coitados dos mortos e feridos.

Luiz Floriano Alves
Reply to  willhorv
1 mês atrás

REbocar alvos sempre foi tarefa de alto risco. Na década de 60, um rebocador dos portos de Rio Grande foi requisitado para rebocar um alvo para a artilharia de costa do EB. Quando chegava próximo do local combinado começou a salva de terra. E as balas cindo cada vez mais perto da embarcação, e mais longe do alvo flutuante. O mestre do rebocador ordenou corte da amarra de reboque e comandou leme todo a bombordo. O próximo petardo caiu, segundos depois, onde de veria estar o barco, não fosse a manobra providencial. Se pensam que canhão era pouca coisa precisavam… Read more »

Jose Luiz
Jose Luiz
Reply to  Luiz Floriano Alves
1 mês atrás

História interessante.

Paulotd
Paulotd
1 mês atrás

Esse míssil chinês é cópia do Exocet?

Anônimo
Anônimo
1 mês atrás

Bem, uma coisa é certa, viu…
O míssil funciona de verdade.
O navio ficou completamente destruído!

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
Reply to  Anônimo
1 mês atrás

Países como o Irão tem o seu próprio míssil antinavio de fabricação nacional…a Argentina na Guerra das Malvinas conseguiu pôr a pique os navios mais avançados da frota britânica usando apenas bombas burras…Se a Argentina conseguiu afundar alguns dos mais caros e avançados navios de guerra da época, usando apenas bombas burras lançadas por caças…imagine o estrago que teria feito a força inimiga, se tivesse misseis antinavios as mãos…o poder de dissuasão que uma arma como esta traz a um sistema de defesa é muito grande…

Renan
Renan
1 mês atrás

Nessas horas que vemos que mesmo quando a Marinha do Brasil erra o alvo, mostra preparo no treinamento pois não me lembro de um míssel da MB atingir um amigo acidentalmente.

Algo que parece fácil atirar um missel, porém aí está a prova que é necessário muito preparo para o emprego desta arma.

Meus pêsames aos familiares das vítimas

Marcelo R
Marcelo R
1 mês atrás

A US NAVY agradece, economizamos um RGM 84 Harpoon…

Luiz Floriano Alves
Reply to  Marcelo R
1 mês atrás

Renan
Vc disse bem, Muito preparo e equipamento eletrônico condizente. Essas cópias de quintal, feitas no terceiro mundo levam a trágicas consequências ou erros de combate. Nas Malvinas os Argies tiveram que decifrar os códigos do Exocet, negados pelos “amis”, e tiveram resultados muito aquém do esperado. Tatcher deve ter presenteado, um caixote de Whisky, ao diretor da Aeroepatiale. Abraço. .