Home Direito do Mar As ações da Turquia levarão à guerra com o Egito e a...

As ações da Turquia levarão à guerra com o Egito e a Grécia, diz especialista

9518
46
Mediterrâneo Oriental - Zonas Econômicas Exclusivas
Mediterrâneo Oriental – Zonas Econômicas Exclusivas

BEIRUTE, LÍBANO — Abdel-Latif Darwish, professor de economia e gestão de crises no Egito, disse que o acordo do Egito com a Grécia sobre a demarcação de fronteiras marítimas representa um forte golpe no acordo entre o presidente turco Recep Erdogan e o Governo Líbio de Acordo Nacional.

Darwish disse, durante uma ligação com o Canal 10 do Egito, que a Europa e os principais países devem pressionar a Turquia para interromper a tentativa de impor influência turca na região árabe e na região das águas do Mediterrâneo. ”

Ele comentou a assinatura do acordo de demarcação das fronteiras marítimas entre a Itália e a Grécia, dizendo: “A Grécia alcançou grande sucesso ao atingir os sonhos de Erdogan de tomar o gás do Mediterrâneo oriental”.

A agência italiana Nova anunciou na quarta-feira que o ministro das Relações Exteriores da Grécia, Nikos Dendias, visitará o Egito em 18 de junho para retomar as negociações com as autoridades egípcias sobre o acordo de demarcação das fronteiras marítimas entre os dois países.

Segundo a agência, depois de assinar um acordo para designar as zonas econômicas exclusivas entre Grécia e Itália, Dendias anunciou, em declarações na terça-feira (9 de junho), que iria visitar o Egito para obter um resultado semelhante.

De acordo com as declarações do ministro das Relações Exteriores da Grécia, o acordo alcançado na terça-feira entre a Itália e a Grécia para designar as zonas econômicas “certamente irritou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan”, observando que a Itália adotou completamente uma interpretação do direito internacional conforme pretendido pela Grécia.

Vale ressaltar que os Ministros das Relações Exteriores da Itália e da Grécia realizaram uma conferência de imprensa no dia 8 de junho em Atenas, depois de assinarem um acordo para designar as zonas econômicas entre os dois países e estabelecer uma zona econômica exclusiva.

FONTE: almasdarnews.com

Subscribe
Notify of
guest
46 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Chuck Norris Do Paraguai
Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

A Turquia está IRREDUTÍVEL com essa situação. O conflito é inevitável e desvantajoso para o lado turco. Egito e Grécia sozinhos não oferecem muita resistência, mas unidos, sim. Quem lutará ao lado de Erdogan? Eis a questão?

rui mendes
rui mendes
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

O egipto e a Grécia sozinhos não oferecem grande resistência, só a Grécia sozinha, não oferece resistência, oferece é praticamente o mesmo poderio que os Turcos, meios têm quase o equivalente aos Turcos, mas compensam no melhor treino dos seus soldados, praticamente nos 3 ramos, e o Egipto, sozinho está muito mais forte que à uns anos, comprou muitos meios militares, para a força aérea, marinha e exército.

rui mendes
rui mendes
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

*grande resistência??

Chuck Norris Do Paraguai
Chuck Norris Do Paraguai
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

A indústria militar grega se iguala à turca em diversidade e qualidade? O que a Grécia produz que a turquia não?

Last edited 1 mês atrás by Chuck Norris Do Paraguai
Hélio
Hélio
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

Não é questão de produzir, mas sim de ter. Quem produz mais, Suécia ou Arábia Saudita? Mas é obvio que os sauditas são muito melhor armados.

Teropode
Reply to  Hélio
1 mês atrás

Me desculpe mas ser mais bem armado neste caso ai não faz muita diferença, os iemenitas sabem disto .

Nikolas Glyniadakis
Nikolas Glyniadakis
Reply to  rui mendes
13 dias atrás

Discordo , o Egito está ao lado da Líbia , a Turquia tem maiores dificuldades para enviar tropas , munições e armamentos , as forças armadas egípcias não se propõe a invadir a Turquia mas expulsar os mercenários sírios que dão apoio ao governo de Tripoli , é bom lembrar que o Qatar que está alinhado com a Turquia para que Erdogangster concretize o projeto da irmandade islâmica , também está distante da Líbia ; Egito , Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos se opõe ao projeto turco . Com relação a Grécia , ela também não se propõe a… Read more »

Junior
Junior
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

A Turquia esta agindo no mediterrâneo da mesma forma que a China age no mar do sul da China, não preciso nem dizer que ambas nações só estão empurrando seus respectivos vizinhos a forjar alianças para deter ambos

bjj
bjj
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

“Egito e Grécia sozinhos não oferecem muita resistência, mas unidos, sim”
 
Olha, acho que o Egito, sozinho, já é mais bem armado que a Turquia. Pelo menos a força aérea egípcia, em números e sem considerar treinamento e doutrina, é maior e mais bem equipada com a força aérea turca.

Mgtow
Mgtow
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

Situação complicada. A Turquia praticamente não tem ZEE..Tambem creio que o conflito será inevitavel. Vão partir para o tudo ou nada
 

Last edited 1 mês atrás by Mgtow
Moriah
Moriah
Reply to  Mgtow
1 mês atrás

A Turquia achou que, expulsando os gregos da Anatólia, estaria em vantagem, só que Lausanne compensou a saída grega após 3.000 mil anos com todo o mar Egeu. É aquilo, receberam toda a Ásia Menor, mas sem mar. Claro, os gregos ambicionaram Ancira e perderam, é verdade, mas a consequência da expulsão helênica de Esmirna hoje se reflete nessa questão aí…

Kemen
Kemen
Reply to  Chuck Norris Do Paraguai
1 mês atrás

Não vai ter guerra nenhuma, os asuntos se resolverão diplomaticamente ou com uma analize na ONU ou do tribunal de Haia.
Alguma escaramuça localizada poderia ocorrer (hipotético), mas logo surgirão os apaziguadores, porque tem paises da OTAN envolvidos.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
1 mês atrás

Olhando esse mapa da reportagem realmente a Grécia não “deixou espaço ” para a Turquia.

A geografia naquela região é muito intrincada, existem ilhas Gregas que estão praticamente coladas nas 12 milhas turcas.

Levando em conta o histórico beligerante entre Grécia e Turquia, não vai ser nada fácil a definição dessas fronteiras.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Se olhar o mapa do acordo Turquia/Líbia os turcos tiram todo o espaço dos gregos, egípcios e israelenses, esse acordo grego foi uma resposta ao acordo turco.

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Sim Fábio, também entendo que seja isso mesmo.

Vamos aguardar e ver como essa encrenca vai ser resolvida.

Além dos países que vc citou eu acrescento a Rússia e a Siria. Os russos com aquela base na Síria não estão ali olhando o bonde passar.

A única certeza no momento que tenho é que o Mediterrâneo Oriental é uma bomba rodeada de países que não hesitariam em apertar o detonador.

Moriah
Moriah
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Uma resposta bem dada e mais, os turcos ainda dominam o norte do Chipre, ou seja, invadem as águas territoriais desse país de maioria grega ao bel-prazer. Todo o BO começa em 1923 e um dia, ia dar nisso

eremildo
eremildo
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Como? Quem tirou espaço da Grécia foram os Persas quando submeteram a colonias gregas na Ásia Menor isso por volta de 400 a.C.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  eremildo
1 mês atrás

Na época da Pangéia nada disso acontecia…
Malditas placas tectônicas…

Teropode
Reply to  Alfredo Araujo
1 mês atrás

😂😂😋😂😂😂😂😂

Moriah
Moriah
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

As ilhas gregas são coladas na costa turca, tirando Himbros e Tenedos, mais uma ou duas bem coladas ao continente, o resto é grego, inclusive a distante Castellorizo, feita por Lausanne para compensar os helenos da saída anatólica.

Salim
Salim
1 mês atrás

Seria fácil se ONU e OTAN fizessem trabalho para que foram criadas. Poe os envolvidos pra negociar com mediação. Embora ONU seja meio suspeita pela parcialidade de suas ações pois e comandada por bloco paises náo alinhados similar ao centrão em nosso congresso.

Carlos Bernardo
Reply to  Salim
1 mês atrás

O interesse da Turquia sobre as reservas de gás natural descobertas no Mediterrâneo oriental nada tem a ver com a Nato, estas reservas ficam em águas reclamadas pela Turquia, Chipre, Grécia, Egito, Síria, Libano e Israel, pelo que a força militar da ONU que mais facilmente pode tentar resolver estas tensões, é precisamente a Força Naval da Unifil liderada pelo Brasil

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Carlos Bernardo
1 mês atrás

Bem lembrado, nossa marinha vai estar no meio da confusão, mesmo que o Líbano não entre na guerra vai ser afetado e por consequência a Unifil vai ser afetada. A MB já não tinha informado para a ONU que sairia da Unifil? Se estourar a guerra como fica esta intenção da MB?

Luiz Galvão
Luiz Galvão
Reply to  Carlos Bernardo
1 mês atrás

A UNIFIL tem um mandato específico. O fato de ser uma força naval que fisicamente está próxima da área de um possível conflito não dá a ela o direito de atuar.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luiz Galvão
1 mês atrás

Mas pode vir a ser chamada no caso de um conflito na região para ajudar a garantir um corredor naval para os navios neutros poderem passar, não estariam diretamente envolvidos no conflito. E outra coisa já tivemos casos de navios neutros atingidos por engano em guerras navais, só para citar dois casos tem o caso do USS Liberty atingido por israelenses na Guerra dos Seis Dias em 1967 e o USS Stark atingido por iraquianos na Guerra Irã-Iraque em 1987, nos dois casos o atacantes disseram que foi erro de identificação.

SPQR
SPQR
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

O caso do USS Liberty não foi por engano, foi uma tentativa deliberada de atrair os americanos para o conflito. https://www.haaretz.com/amp/us-news/but-sir-its-an-american-ship-never-mind-hit-her-1.5492908

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Se houver guerra entre o Egito e a Turquia a OTAN teria que se posicionar e entraria na guerra ao lado da Turquia ou faria sanções ao Egito sem entrar na guerra, mas se a guerra for Grécia/Egito contra a Turquia a OTAN teria que ficar neutra pois seria uma guerra entre dois países membros. Essa questão marítima pode levar a acontecer algo impensável décadas atrás que é Israel entrar numa guerra ao lado do Egito pois Israel tem interesses econômicos que junto com os gregos e tem atualmente uma boa relação com os egípcios e esse ano os turcos… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Acho quase impossível a participação de Israel.
Só se for atacado. A Turquia é uma grande potência militar. Porque Israel iria se meter contra um país tão forte?
A guerra só ocorre se o Erdogan quiser, ele iniciará a guerra ou não haverá guerra.
Caso ele inicie o conflito, o Egito tem todo o direito de se defender e a Otan não é obrigada a ajudar a Turquia.
Erdogan, caso queira mesmo uma guerra, iniciará somente contra 1 país. E negociara com o outro. Uma guerra de 2 frentes não seria bom para a Turquia, mas pode acontecer.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Existe um acordo entre Israel e Chipre para exploração de petróleo que a Turquia não reconhece, para a Turquia a região seria do Chipre Turco, e para piorar existe um acordo Chipre, Grécia e Israel para a construção de um gasoduto saindo de Israel, passado no Chipre e na Grécia e indo para a Itália para levar gás das reservas recentemente descobertas em Israel para a Europa, a Turquia esta reclamando que foi excluída do acordo e que o caminho escolhido vai passar por águas do Chipre Turco. Por conta destas confusões um navio da marinha turca colocou para correr… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Fabio Araujo
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Luís Henrique
1 mês atrás

Eu não acho impossível, Turquia é a China da região, ninguém gosta deles ali. Foram as disputas territoriais, os israelenses capaz de ajudarem por baixo dos panos, já fizeram isso pelo Irã radical no passado.

Moriah
Moriah
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

Quem diria…egípcios se aliando com gregos contra turcos…Há 200 anos isso seria impossível. Contrastes da história.

Teropode
Reply to  Moriah
1 mês atrás

200 anos atrás os egípcios eram escravos dominados .

nonato
nonato
1 mês atrás

Não gosto de Endorgan.
Mas pelo mapa com as zonas delimitadas, a Turquia não tem direito a nada.
Só uns 5 km da praia. Rs.
Deixem eles irem para Líbia.
Lá vão extrair petróleo e se aquietam um pouco.

Luiz Konfidera
Luiz Konfidera
Reply to  nonato
1 mês atrás

Deixe Hitler ficar com a Polônia, talvez ele se aquiete um pouco…

nonato
nonato
Reply to  Luiz Konfidera
1 mês atrás

Você prefere que a Libia caia nas mãos dos russos?
Se os turcos querem petróleo, podem se contentar em ter uma parceria com a Libia para explorar o petróleo líbio.
Os russos já estão lá dentro.
Prefiro que eles sejam derrotados.

Teropode
Reply to  nonato
1 mês atrás

Que toco heim ? Hummmmm ardeu .

Mgtow
Mgtow
1 mês atrás

Caramba! A Turquia praticamente não tem ZEE. E são uma maquina industrial militar que precisa de recursos. De muito recurso. Vão partir para o tudo ou nada.
 

Last edited 1 mês atrás by Mgtow
Miguel
Miguel
1 mês atrás

O Mundo se reconfigura de forma evidente e rápido. Sobre a Líbia após o ataque Imperialista da Otan de melhor IDH da Africa foi direto para até ter leilão de escravos… fartamente noticiado em 2017

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Pode juntar Egito e a Grécia que não serão páreo para os Turcos.
A Grécia não tem dinheiro e o Egito só tem a perder … a Turquia tem Exercito padrão OTAN de treinamento e equipamento além do grande trunfo NÚMEROS!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

A Grécia também faz parte da OTAN e tem um exército padrão OTAN e o Egito tem forças armadas com equipamentos modernos ocidentais e russos, não será um conflito fácil para nenhum dos lados, mas a Turquia teria uma pequena desvantagem devido ao tamanho das forças do Egito e da Grécia unidas.

Felipe Fg
Felipe Fg
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Tá sabendo legal hein? Grécia e Egito sozinhos, já dariam muito trabalho pra Turquia, (Não estamos falando de um EUA da vida, a Turquia é um potencia regional, comparável a França e UK). Unidos deixam a Turquia em considerável desvantagem.

Chuck Norris Do Paraguai
Chuck Norris Do Paraguai
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Quando a Turquia resolveu investir por terra na Síria, acabou não se saindo muito bem. Então o treinamento terrestre turco padrão OTAN, deixa a desejar, talvez pela falta de experiência.

Invadir por terra é uma arte que poucos dominam e mesmo assim com dificuldades.

Samuel
Samuel
1 mês atrás

Em um Eventual Conflito Armado… a OTAN vai defender quem??? huehue’

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Os defensores da China não vão levantar coro em defesa da Turquia?
 
Para mim não haverá conflito. Os Turcos são bem hábeis em movimentar os músculos em meio a economias destroçadas pela pandemia.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Nesse caso China e Turquia estão de lados opostos. A Unica ação militar estrangeira legal dentro da Libia é a Turca

Teropode
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Explique isso , por favor @ 🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔🤔