Home Aviação Naval Helicóptero SH-16 Seahawk da MB efetua resgate a 150 milhas da costa

Helicóptero SH-16 Seahawk da MB efetua resgate a 150 milhas da costa

3199
8

No dia 29 de junho, o 1° Esquadrão de Helicópteros Antissubmarino (EsqdHS-1) foi acionado para resgatar um tripulante com suspeita de malária, embarcado no Navio Mercante panamenho “Kapetan Sideris”.

O resgate, com a aeronave SH-16 Seahawk, ocorreu a 150 milhas náuticas, aproximadamente 280 quilômetros da cidade de São Pedro da Aldeia–RJ, com a retirada do enfermo pelo guincho da aeronave.

Devido às distâncias envolvidas no deslocamento, foi necessário reabastecimento da aeronave em São Pedro da Aldeia, antes de demandar o destino final: o Aeroporto Santos Dumont, onde uma ambulância já aguardava para realizar o translado até a Unidade Médica especializada.

Durante o evento, foram cumpridos os procedimentos de prevenção à contaminação pelo novo coronavírus, estabelecidos pelo Comando em Chefe da Esquadra, com base nas diretrizes do Ministério da Saúde e da Diretoria de Saúde da Marinha, incluindo o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) pelos tripulantes e a descontaminação de todos os envolvidos no resgate e da aeronave, realizadas pela equipe da Unidade de Descontaminação Volante da Esquadra em São Pedro da Aldeia.

FONTE: Marinha do Brasil

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
leonidas
leonidas
30 dias atrás

Estranho, tem noticia da Fab realizando a evacuação de um marinheiro com malaria também de helicóptero.
Mas alem de forças diferentes também foram em locais distintos.
Coincidência?
Enfim…

mk48
mk48
Reply to  leonidas
30 dias atrás

Estranho mesmo é um helicóptero antisubmarino ser utilizado numa missão SAR.

M65
M65
Reply to  mk48
30 dias atrás

Devia ser o meio disponível e mais adequado por causa da distância.

Fernando XO
Fernando XO
Reply to  mk48
29 dias atrás

MK48, basicamente, o SH-16 e o UH-15 são as ANV que possuem autonomia e recursos de navegação para alcançarem maior distanciamento de terra, tornando-as adequadas para a função de SAR… abraço…

Fernando Vieira
29 dias atrás

Uma dúvida:
Primeiro deixa eu colocar aqui que sou totalmente favorável a MB realizar esses resgates, a proteção da vida no mar deve ser feita sempre independente da nacionalidade da pessoa e se o dinheiro gasto nessa operação saiu dos meus impostos eu acho que eles foram muito bem gastos. Mas…

Quando ocorrem essas operações para resgate de um tripulante de embarcação privada, o dono dessa embarcação tem obrigação de reembolsar a Marinha pela operação? Existe seguro que possa ser acionado para isso?

J.Neto
J.Neto
Reply to  Fernando Vieira
29 dias atrás

A MB é signatária, como outras FFAA, de proteger e salvaguardar a vida no Mar…portanto não se trata apenas de um custo solto nas suas atribuições.

Sergio
Sergio
Reply to  Fernando Vieira
27 dias atrás

Excelente pergunta…….estou curioso…..

Sergio
Sergio
27 dias atrás

….é por isto que tenho orgulho destes caras…..