sábado, junho 19, 2021

Saab Naval

Navio turco reinicia atividades de exploração perto de ilha grega

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Navio de pesquisas Oruç Reis

Grécia acusa a Turquia de ‘ameaçar a paz’ ​​no Mediterrâneo

A Grécia convocou uma reunião militar depois que a Turquia retomou uma missão em busca de reservas de gás perto de uma ilha grega. Entretanto, Erdogan apelou ao diálogo para resolver as questões em curso entre os dois membros da OTAN.

Na segunda-feira, a Grécia acusou a Turquia, aliada da OTAN, de “ameaçar a paz” no Mediterrâneo oriental depois que Ancara retomou a busca por petróleo e gás perto da remota ilha grega de Kastellorizo.

O Ministério das Relações Exteriores grego disse que a decisão da Turquia de implantar um navio de pesquisa sísmica constituiu uma “nova escalada séria” e “expôs” o “papel desestabilizador” da Turquia.

O ministério grego disse que o país “defenderá sua soberania e seus direitos soberanos”.

O gabinete do primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, disse ter falado com o presidente do Conselho da UE, Charles Michel, e com o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg.

Chamadas para diálogo

Stoltenberg pediu respeito ao direito internacional durante sua conversa com Mitsotakis.

“A situação deve ser resolvida com o espírito de solidariedade dos Aliados e de acordo com o direito internacional”, tuitou Stoltenberg.

“Mais exploração sísmica neste ponto é certamente o sinal errado”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores alemão, acrescentando que Atenas e Ancara deveriam dialogar.

“Vamos todos nos reunir como países mediterrâneos e encontrar uma fórmula que proteja todos os nossos direitos”, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan em um discurso nacional após uma reunião com seus próprios ministros, apresentando um tom comparativamente conciliatório.

“Não podemos permitir que as nações ignorem um grande país como a Turquia e tentem nos prender em nossas costas.”

Acordo marítimo

A Turquia despachou o navio de pesquisas Oruç Reis para a região na segunda-feira — apenas três dias depois de Erdogan dizer que estava cansado de esperar pelo resultado de conversas esporádicas mantidas no mês passado com a Grécia e o atual detentor da presidência da União Europeia, a Alemanha.

Erdogan disse no mês passado que estava “suspendendo” a exploração de gás para dar tempo para negociações com a Grécia e a Alemanha, após um pedido da chanceler alemã, Angela Merkel.

O clima mudou, no entanto, quando Grécia e Egito — um rival da Turquia na Líbia — assinaram na semana passada um acordo para um acordo econômico exclusivo na região.

O Ministério das Relações Exteriores da Turquia disse que o “chamado acordo marítimo” era “nulo e sem efeito”.

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Turquia, Hami Aksoy, defendeu a pesquisa do Oruç Reis na segunda-feira e acusou a Grécia de ser responsável pelas atuais tensões, apontando o “acordo de piratas” que Atenas assinou com o Cairo como um sinal de que não era sincero sobre diálogo.

O presidente francês Emmanuel Macron pediu no mês passado sanções contra a Turquia, dizendo que “não era aceitável que o espaço marítimo de um Estado membro da União Europeia fosse violado ou ameaçado”.

A Turquia rejeitou as críticas e alegou que está dentro de seus direitos — ou dos cipriotas turcos — explorar áreas reivindicadas por Chipre e Grécia.

O ministro da Energia da Turquia, Fatih Donmez, referindo-se à população turca, tuitou que “83 milhões apoiam o Oruç Reis” depois que o navio chegou à sua área de operação na manhã de segunda-feira.

FONTE: Deutsche Welle

- Advertisement -

16 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Funcionário dos Correios

E lá vamos nós! Esses Turcos querendo criar confusão.

Fabio Araujo

O problema é que turcos e gregos não conseguem se entender ainda há muito ressentimento entre eles desde que a Grécia conseguiu a independência. A situação é complicada são muitas ilhas gregas próximas à Turquia algumas praticamente coladas na Turquia, o ideal seria conversarem e dividirem as ZEE dos dois países, mas nenhum abre mão de nenhum pedaço de mar.

Tomcat4,2

Fala isso pro Erdogan, já viu o tipo de conversa que ele teve em seu país pra se manter no poder? Aquilo ali é ruim até na alma !!!

Victor F.

“Não podemos permitir que as nações […] tentem nos prender em nossas costas.”

O próprio Erdogan explicou. Ele sabe que as águas não são turcas, e quer levar na base da força e do medo.

Marcos10

Vale aqui o título do artigo anterior:
A Turquia não quer conquistar, apenas explorar gás, petróleo, recursos naturais em águas territoriais dos outros.
Alguém dirá: Coitadinha, mal tem mar para navegar! Alguém já viu a área territorial dos turcos?
Eu faria no mano a mano. Eu cedo parte do meu mar territorial e você me cede parte do seu território.

Victor Filipe

eu não to achando que isso vai acabar bem…

Alison Lene

Grande demonstração à Grécia e ao Mundo de como realmente vale a Otan/UE se não for contra certos Inimigos históricos… Cadê que a UE apoia a Grécia (país membro) contra uma agressão de outro pais externo (não membro), a Turquia? Só porque faz parte da OTAN? Agressor é agressor.

Disso só uma leitura é possível: Só vale a pena ser aliado dos EUA se vc for o MAIOR aliado, caso contrário, o aliado mais importante (Turquia) pode se dar ao luxo de fazer o que quiser…

Tomcat4,2

Eu, sinceramente não queria estar neste navio bonitão de exploração o Oruç Reis, mas nem a pau pois uma hora o pau vai quebrar e o Erdogangster vai ficar lá em segurança só assistindo.

Luís Henrique

Eu não gosto do Erdogan e das ações agressivas da Turquia em vários locais, na Síria, na Líbia, etc.
Mas se eu fosse turco também apoiaria discutir uma nova ZEE. A Turquia ficou quase sem ilhas e com uma área marítima minúscula, enquanto que a Grécia possui diversas ilhas quase que coladas no território continental turco.

Theo Gatos

A Turquia ficou com a costa toda do Egeu, mesmo a maioria dela tendo sido reconquistada pelos gregos… Incendiaram cidades, expulsaram moradores gregos em diversos massacres… Mas na época não conseguiu continuar avançando pelo mar para conquistar as ilhas, mas boa parte da sua costa já tinha sido retomada pela Grécia…
.
Sds

Kemen

Acho que presidente Erdogan e os politicos eleitos de seu partido não aguentaram a pressão interna para reiniciar a exploração que tinham cancelado. Poderia ser uma provavel pressão dos militares.
Não entendi o mapa do site, a zona de licença para exploração pela Turquia então, deve ser um mapa turco, com as licenças expedidas pela Turquia.

Last edited 10 meses atrás by Kemen
ADRIANO MADUREIRA

“A Grécia convocou uma reunião militar depois que a Turquia retomou uma missão em busca de reservas de gás perto de uma ilha grega. Entretanto, Erdogan apelou ao diálogo para resolver as questões em curso entre os dois membros da OTAN”.

Esse Erdogangster é um cara de pau,comete uma atitude hostil e ilegal e depois quer dar uma de apaziguador,de conciliador…

Quem muito procura,certamente um dia acha oque quer !

alexandre

Ele pintou um belo alvo no navio….

Italo Souza

A Grécia pediu por essa confusão, diante negociações, ela vai e abre um acordo comercial exatamente na área disputada, aí é pedir por conflito, ainda pensando que o país provocado foi a Turquia que é um rival.

Gabriel BR

Não existe bom e mal , ambos os países estão certos ao defender seus interesses.

- Publicidade -

Reportagens especiais

Chevalier Paul: outra ‘Horizon’ no Rio

Estivemos ontem a bordo do mais novo navio da classe "Horizon" da Marine Nationale, a convite da DCNS, que...
- Advertisement -