Home Concursos Concursos Marinha 2020: previsão de datas de provas

Concursos Marinha 2020: previsão de datas de provas

1585
33

O Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM), na qualidade de Organização de Coordenação e Execução Geral (OCEG), das atividades relativas aos Concursos e Processos Seletivos, divulga os períodos previstos para realização das provas em 2020.

Concurso Previsão de Prova Edital Clique nos links abaixo para mais informações
QTPA Data a ser definida Data a ser definida QTPA
Colégio Naval 26SET e 27SET Publicado Colégio Naval
Corpo de Engenheiros da Marinha (CEM) 18OUT Publicado Corpo de Engenheiros da Marinha (CEM)
Escolas de Aprendizes-Marinheiros 11OUT Publicado Escolas de Aprendizes-Marinheiros
Corpo de Saúde da Marinha 1NOV (Médicos e Cirurgião-Dentista) e 22NOV (Apoio à Saúde) Publicado Quadro de MédicosQuadro de Cirurgiões-DentistasQuadro de Apoio à Saúde
Escola Naval 3OUT e 4OUT Publicado Escola Naval
Quadro Técnico 25OUT Publicado Quadro Técnico
Corpo Auxiliar de Praças Data a ser definida Data a ser definida Corpo Auxiliar de Praças
Quadro de Capelães Navais 22NOV Publicado Quadro de Capelães Navais
Quadros Complementares de Oficiais Fuzileiros Navais, do Corpo da Armada e Intendentes

DIVULGAÇÃO: Marinha do Brasil

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
1 mês atrás

Efetivo↑ Número de navios↓ 😠

Mateus Lobo
Mateus Lobo
Reply to  Adriano Luchiari
1 mês atrás

O gargalo da marinha não é nem tanto o efetivo, mas sim seu sistema de pensões e aposentadoria

MMerlin
MMerlin
Reply to  Mateus Lobo
1 mês atrás

Depende da eficiência da máquina administrativa.
Atualmente a MB possui embarcações com espaço para pouco mais de 7.500 tripulantes (entre meios de esquadra, meios distritais, pesquisa, instrução e navios-museus) e possui um total de efetivo de 80.500 militares.
Todos sabemos qual o percentual do total de orçamento gasto com pessoal e que ultrapassaria, em muito, o limite especificado na Lei de Responsabilidade Fiscal se as três Forças estivessem sujeitas.

Dalton
Dalton
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Merlin…o efetivo da US Navy por exemplo é de 340.000 o que é muito mais que cabe em todos os navios dela, isso que vários navios auxiliares e logísticos são tripulados por civis que não entram nessa conta assim como também não entra os quase 200.000 fuzileiros navais. . Isso se deve ao fato de que uma marinha nunca será apenas as tripulações dos navios, há o pessoal da saúde, engenharia, segurança, aviação, logística, alunos da escola naval, etc. E o total de 80.500 é o máximo permitido por lei, não o efetivo real que está abaixo de 80.000 incluindo… Read more »

MMerlin
MMerlin
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Dalton, não toquei questão da proporção exatamente por desconhecer se está na média das principais marinhas. Exatamente por isto apontei que dependente da eficiência da maquina administrativa, que refere-se aos demais números. A questão do máximo permitido por Lei deveria ter como base o orçamento. Sei que muitos aqui questionam o motivo de civis estarem sempre batendo na tecla, o que concordo com não é o assunto do artigo em questão, mas enquanto o custo para manter o pessoal consumir mais que 80% do orçamento (alguns cálculos apontam ainda pouco acima de 90%) deixando pouca margem para manter a estrutura… Read more »

Dalton
Dalton
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Tudo bem Merlin, mas, você chegou a um número de “7.500 tripulantes” provavelmente contando os efetivos de cada navio e embarcação da marinha, só que esqueceu de todo o resto, inclusive dos fuzileiros navais. . Então não me pareceu justo citar 80.500 sendo que pelo seu cálculo apenas 7.500 são embarcados o que deixa a entender que 73.000 é “peso morto”. . Comparar efetivos de marinhas é sempre complicado porque outras nações tem guardas costeiras independentes, meios de pesquisas controlados por outras organizações, navios auxiliares muitas vezes tripulados por civis, falta de tripulações que deixam navios subutilizados, forças militares de… Read more »

MMerlin
MMerlin
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Tratar os demais 73 mil de “peso morto” é uma tremenda ignorância e jamais chegaria a essa conclusão Dalton.
Na analise, realmente encontrei números referentes ao CFN, mas preferi não adiciona-los ao grupo porque apenas fazem parte da tripulação eventualmente, como exercícios.
Sinceramente, esse número não me importa. O que eu acho um tremendo de um absurdo é a fatia que o pagamento de pessoal consome do orçamento da pasta

Dalton
Dalton
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Merlin talvez você não tenha se expressado corretamente ou da minha parte não entendi, mas, meu comentário foi feito em cima dos 7.500 x 80.500 então peço desculpas sobre qualquer mal estar que tenha ficado.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Dalton
1 mês atrás

Boa noite Dalton
Isso ocorre também com o EB.
O efetivo autorizado é de mais de 30.000 homens além do existente.

Dalton
Dalton
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Talvez, Agnelo, isso se deva a um certo “papel social” do exército e de uma grande população então ainda acho complicado comparações com outras nações.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Dalton
1 mês atrás

É grande sim, principalmente se considerarmos que há organizações que poderiam ser compartilhadas com as outras Armas ou simplesmente extintas, e o elevado número de oficiais e almirantes. Veja por exemplo a desproporção entre o quadro do Corpo de Fuzileiros Navais e o número de meios disponíveis para uma compor uma força de assalto…e para invadir quem, onde, quando e porquê?

Dalton
Dalton
Reply to  Adriano Luchiari
1 mês atrás

Adriano, se consideramos o CFN apenas como “força de assalto” concordo que há poucos “meios disponíveis”, mas, não é o caso.
.
Penso que os fuzileiros navais são o melhor que temos e eles serão utilizados onde quer que se faça necessário no território nacional cooperando com o exército.
.
Se outras nações os tem em número reduzido ou mesmo não possuem, há outras considerações que foram feitas, como maior profissionalismo no exército e aliados que podem suprir o que falta.

Foxtrot
Foxtrot
1 mês atrás

Nisto nossas FAA,s são boas.
Não sei para que a MB contrata engenheiro naval se vive comprando projetos de embarcações importadas.
Não faz sentido algum.
Mas o ideal seria realmente acabar com esse atraso de serviço militar obrigatório e termos forças militares puramente profissionais e de carreira.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Foxtrot
1 mês atrás

Concordo cm sr. Foxtrot. Não tem sentido algum ter tantos profissionais auxiliares para uma Marinha que não possui número de belonaves considerável para dissuasão ou patrulha. Cabidão isso sim. Tem de ser realizado uma grande reforma. Proibição de concursos públicos só para os civis. Todo ano tem concurso para as Forças Armadas estas pífias em armamentos de dissuasão. Não há interesse simples. Vivendo dependendo sempre. Grande abraço.

Canarinho
Canarinho
1 mês atrás

Que contraste, acabo de ver aqui no Naval a ultima noticia tratando de mais um navio chines sendo construido e aqui agora vejo essa noticia de mais um concurso na nossa marinha. Não tem jeito mesmo o Brasil é o pais das corporações e das castas.

Ernani Borges
Ernani Borges
Reply to  Canarinho
1 mês atrás

É duro ter que concordar…

Rafael
Rafael
1 mês atrás

Essa MB é uma piada mesmo.

Cleber
Cleber
1 mês atrás

Deploravel isso . Triste mais e Brasil .

marcus
marcus
Reply to  Cleber
1 mês atrás

As forças armadas não são o quarto poder. O executivo tem colocar um freio nas forças armadas.

Caio
Caio
1 mês atrás

E dá lhe concurso, é isso aí, 80.000 mil homens podem pelo menos vigiar as praias a pé kkkkkkkk.

Marcos
Marcos
1 mês atrás

Marinha sem navio e lá vamos nós.

sergio ribamar ferreira
1 mês atrás

boa noite. tenho 59 anos. Há 40 anos até o presente sempre leio e ouço: não tem dinheiro, não tem verba, contingenciamento… mas para farras têm dinheiro do contribuinte para torrar. Diminuir o efetivo é apenas uma das soluções. Não é a solução. Quadro de temporários R2 deveria ser de 70% e R1, 30. Servindo para praças também. Vender prédios, bases inoperantes. Tudo que puder não ser mais aproveitado e que consome deve ser vendido . Qual guerra participamos? Lembrando: A leste temos um mar territorial que não é minimamente patrulhado. Não temos Navios- Patrulha . que temos não dá… Read more »

sergio ribamar ferreira
Reply to  sergio ribamar ferreira
1 mês atrás

Boa noite. Tenho 59 anos…..O que temos…apertando os cintos…Dia da artilharia…

Paulotd
Paulotd
1 mês atrás

Eh beleza hein! Já não basta 80 mil de efetivo. A maior marinha de terra do mundo!

Uma pergunta: o que esse pessoal fica fazendo o dia inteiro? Botaria esses caboclos pra terminar a classe Macaé…

Paulotd
Paulotd
Reply to  Paulotd
1 mês atrás

Cabidão de empregos! Isso que é a MB, que está competindo com os correios pra ver qual é a pior estatal, tô achando que a MB é pior viu!

Pelo menos os correios não gastam com lagostas e não estão abrindo concursos cabides de empregos.

Last edited 1 mês atrás by Paulotd
Farroupilha
Farroupilha
1 mês atrás

Enquanto o pessoal desce a lenha no efetivo da Marinha, para todo o país.
Já a polícia militar de São Paulo tem mais de 100.000 homens. E ainda tem a civil, os bombeiros, e a guarda municipal que anos atrás não existia.
É… Falta grana para nossas FFAA mesmo.
Culpa de quem?

Last edited 1 mês atrás by Farroupilha
Paulotd
Paulotd
Reply to  Farroupilha
1 mês atrás

PM de Sampa trabalha pra caramba por um salário ruim. Estado de Sp tem 44 milhões de pessoas, 100 mil tá na média. Os unicos pms que ganham bem são os do DF. Bombeiros acho que falta em Sp, fica evidente quando tem catástrofes, PM tá dentro a quantidade, nem muito nem pouco. Guarda municipal poderia ser incorporada pela PM na minha opinião, são pagas pela prefeiturs, mas poderiam ser geridas pela PM com o mesmo treinamento e armas mais simples no máximo pistolas .380. Acho que os recrutas.deveriam começar como GM antes de virar PM, por uns 2 anos,… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Paulotd
Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Paulotd
1 mês atrás

Não entendi: SP tem 44 milhões de habitantes, e o efetivo de 100 mil ¨tá na média¨. O Brasil tem 211 milhões de habitantes, e 80 mil (e o efetivo da MB não são 80 mil) é muito? Explica aí.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Ola Cel.Nery. Acredito que o erro esteja na ideia de manter uma polícia militar para fazer a segurança pública. Este modelo foi adotado na década de 60 para criar uma força de reserva ao EB. O resultado foi o fracasso da política de segurança pública. As polícias uniformizadas e ostensivas no mundo todo são guardas civis. No Brasil, são 600 mil PM estaduais (um contingente maior que os quase 400 mil militares federais das forças armadas). Um dado interessante para o debate é que tanto a Polícia Federal quanto a Polícia Rodoviária Federal são organizações civis, nem por isso piores… Read more »

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Pois é, Camargo. Essa história de efetivos é um discussão infinita. Também sou a favor da unificação das Polícias, mas o lobby contrário é fortíssimo. Meu irmão é policial civil em SC. O Brasil tem Polícias demais, cada uma com seu lobby, seu corporativismo, e seu orçamento. Quanto ao DECEA, já postei lá no PA a questão das greves, você se recorda. O Brasil, país continente, tem muitas desigualdades. E o Poder Civil nem sempre faz o que deve. Daí entram as missões subsidiárias das FFAA. O famoso ¨mão amiga¨. Na Amazônia, especificamente, se não fosse o EB aquilo não… Read more »

Camargoer
Camargoer
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Olá Cel.Nery. Aquele debate sobre os controladores foi muito bom. Aprendi bastante e sou muito grato. Sobre as PM, eu vejo que a política de segurança pública fracassou. O atual modelo não funcionou e não existe razão para achar que irá funcionar. Então é preciso mudar e aproveitar os modelos que funcionaram em outros países. Parece que uma polícia civil estadual, com parte dela atuando uniformizada e ostensivamente, seria o modelo mais adequado (a ideia de polícias municipais levaria a uma fragmentação desnecessária da ação policial). Eu gostaria de ler um estudo sobre a disposição das unidades do EB no… Read more »

Émerson Gabriel
Émerson Gabriel
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Camargoer, Não sei porque negativam tanto seus comentários, a matéria fala da marinha, são 80 mil militares para poucos navios. Dai misturam com a PM que é uma força policial; a PM é reserva do EB no papel, porque a PM tem treinamento policial e não treinamento para lutar em guerra. Forças armadas são para combater os inimigos do Estado, da nação. policia é para proteger a população, portanto é normal o efetivo policial ser maior que o da marinha. Uma pessoa reclamou que o efetivo da PM de SP de 100 mil é alto, mas não é, eles patrulham… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Émerson Gabriel
Paulotd
Paulotd
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Tu tá comparando alhos com bugalhos. Polícial vs Marinheiro sem navio