domingo, abril 11, 2021

Saab Naval

O sistema integrado de passadiço Manta NEO da Hensoldt

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Sistema de Passadiço Manta Neo

O Kelvin Hughes Manta NEO da HENSOLDT é a próxima geração de Sistemas de Navegação Integrados (INS). Com base em seu forte legado, com uma compreensão incomparável das necessidades do cliente, esta inovação entrega aos oficiais de navegação a melhor análise situacional possível utilizando tecnologias de ponta. Os navegadores estão no centro do design do Manta NEO.

Obter informações essenciais em um piscar de olhos, integrado de maneira moderna, eficiente e eficaz – essa é a filosofia por trás do Manta NEO. Com isso em mente, a HENSOLDT UK (nome comercial da Kelvin Hughes) criou um “passadiço limpo” que permite ao oficial de navegação de um navio priorizar tarefas e mesclar informações.

Flemming Haase, Diretor de Sistemas Marítimos Comerciais da Hensoldt UK, explica: “O Manta NEO leva o radar de volta ao seu uso fundamental, como uma ferramenta para evitar colisões, removendo itens opcionais e não necessários da tela e, ao maximizar o uso de monitores de tela plana modernos, oferece uma campo de visão estendido para o oficial de navegação”.

No passado, todos os fabricantes definiam o círculo tradicional de Indicação de Posição Planejada (PPI) no meio da tela. O espaço restante na tela era preenchido com informações que podem ou não ser úteis ao navegador. O que nos diferencia na HENSOLDT UK é o uso da tela inteira como um visor de radar. A periferia pode então ser aprimorada com as informações que o usuário deseja ver, maximizando assim as informações do radar disponíveis para o navegador.

Além disso, o novo Manta NEO incorpora sensores de radar Banda S e X de estado sólido, proporcionando desempenho de detecção de última geração.  Os sistemas de Radar Digital SharpEye™ banda S fazem uso de tecnologia de estado sólido que traz desempenho militar para o mercado comercial. O sistema não tem magnetron ou modulador e, portanto, tem o menor custo total de propriedade quando comparado a um radar S-Band convencional. Além disso, o  SharpEye™ funciona em um nível com o qual os radares analógicos não podem competir – principalmente ao detectar pequenos contatos em clima inclemente.

Assim, o Navio da Marinha Real da Nova Zelândia da classe HMNZS Aotearoa recebeu em 2019 um Sistema de Passadiço Naval Integrado Kelvin Hughes (INBS) totalmente aprovado. Com 26.000 toneladas, este é um dos maiores navios já construídos para a Marinha Real da Nova Zelândia e foi recentemente entregue pela Hyundai Heavy Industries.

HMNZS Aotearoa

O MANTA NEO – Visão geral

O Manta NEO da Kelvin Hughes oferece displays multifuncionais (MFD – Multi-Function Displays) personalizáveis que fornecem as informações que a tripulação precisa, quando necessário, em um sistema que pode ser compartilhado em várias telas. Isso significa que as tarefas podem ser priorizadas com base nos dados mais recentes

O display montado no console é um “Smart Display” com processador embutido que pode funcionar sozinho ou em parte em um sistema integrado por meio de uma rede Ethernet gigabit. Ele foi projetado para ser resistente, versátil e facilmente montado nos consoles do navio.

Cada Display Multifuncional (MFD) permite a operação como estações de trabalho multifuncionais completas para operação ergonômica aprimorada e redundância. Isso significa que não apenas os sistemas Kelvin Hughes (Radar, ChartRadar, ECDIS, Conning) podem ser operados a partir de qualquer display multifuncional designado (com as opções de software apropriadas carregadas), mas também sistemas de terceiros, como DP/Sistema Joystick, Sistema de Gerenciamento de Alarme de Passadiço, etc.

Todos os MFDs também se beneficiarão da numeração de contato comum, esta comunicação entre monitores permite uma comunicação clara e concisa entre vários oficiais de passadiço para discutir os alvos por um contato comum, independentemente do monitor em que estão operando no passadiço de navegação.

Modo de radar Manta NEO – Processamento de radar avançado

O Display do Radar Manta NEO oferece a mais recente tecnologia para detecção de alvos, pois os radares de Banda S e X de estado sólido fornecem desempenho incomparável com processamento de dados e fusão.

O radar pode hospedar outros recursos, incluindo Enhanced Target Detection (ETD) integrado em um único display, e pode ser gerenciado enquanto remove itens opcionais e desnecessários por meio de controles de menu simplificados. A Kelvin Hughes fez isso reempacotando algumas das capacidades encontradas em suas pesquisas militares e de navegação em campo de gelo para fornecer uma imagem de radar superior que é incomparável.

A “Detecção aprimorada de alvos” (ETD) da Kelvin Hughes aprimora significativamente a exibição de alvos em movimento lento ou estacionários sem interferir na aparência ou operação normal do radar.

A ETD trata os retornos estacionários e em movimento de maneira diferente, destacando os móveis exibindo-os em uma cor diferente.

Manta Digital ICE – Ice Radar System

O MDICE é uma tecnologia que fornece uma imagem de radar aprimorada de gelo, detritos e outros objetos que estão parados ou se movem lentamente, sem interferir na aparência ou nos controles normais do radar.

Mesmo massas de gelo relativamente pequenas, das quais apenas um nono de sua massa é visível acima da água, podem causar grandes danos ao casco ou ao sistema de propulsão de uma embarcação. Portanto, a navegação cuidadosa do navio para evitar massas de gelo é necessária para navegar com sucesso em águas geladas.

Embora uma vigilância visual cuidadosa ajude uma embarcação a evitar perigos de detritos e gelo, ainda há a necessidade de sensores aprimorados, como radar, para detectar riscos. Mesmo em mares calmos, pode ser quase impossível detectar os growlers, que geralmente são transparentes, verdes ou escuros. Os radares tradicionais podem ajudar, mas seu desempenho pode ser inadequado ao navegar em águas geladas.

Em um único sistema MDICE, uma técnica estendida de varredura de correlação é usada para integrar os retornos do radar de um grande número de varreduras, melhorando assim a detecção desses alvos. As técnicas de processamento de imagem são então usadas para melhorar a qualidade visual desses retornos, permitindo uma diferenciação mais clara do alvo por meio de uma representação quase 3D. Os controles de ganho ajustáveis permitem que o operador altere os pesos entre alvos fixos e móveis, para fornecer flexibilidade ao usuário e obter a melhor apresentação possível em condições variáveis.

O processamento MDICE pode ser aplicado na janela principal ou secundária do radar. Esse recurso exclusivo permite que o operador continue usando o radar da maneira normal, com a adição de uma visualização simultânea de detecção de gelo disponível sem obstruir o visor.

Quando a superfície da água é muito turbulenta ou crespa, os dados do radar tornam-se inconsistentes à medida que os pulsos do radar são esporadicamente refletidos nas ondas, ou o radar perde objetos que estão flutuando baixo na água e temporariamente escondidos atrás das ondas.

Para navegação em canais de gelo, limpeza de rotas ou operações de quebra gelo, o radar da Kelvin Hughes com tecnologia MDICE tem um desempenho tão bom quanto os radares de navegação no gelo para fins especiais. Ele pode detectar a diferença entre águas abertas e geladas, blocos de gelo congelado e fissuras de gelo.

Essa detecção ajuda os navegadores a selecionar rotas seguras e eficientes e pode reduzir o consumo de combustível e os tempos de viagem.

DIVULGAÇÃO: Hensoldt

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel BR

A Hensoldt é show de bola ! Tomara que o sistema de radar e de combate das Tamandaré provenham desta empresa.

OSEIAS

ponte da interprise

Carlos Campos

Muito bonito a configuração fisica do sistema, a Hensoldt só não é melhor para o Brasil pq é Alemã, om radar deles TRS seria incrível nas Tamandarés.

Mensageiro

Faltou lugar de segurar para manter o equilíbrio numa tempestade ou manobras bruscas.

Luis Gustavo

Temos noticias do Gaivota X da MB?

- Publicidade -

Guerra Antissubmarino

Marinha Francesa receberá sonoboias SonoFlash da Thales para fortalecer capacidades de guerra antissubmarino

A agência de compras de defesa francesa (DGA) concedeu à Thales um contrato para desenvolver, qualificar e fabricar...
- Publicidade -
- Advertisement -