Home Marinha do Brasil Navios da MB realizam Passex com o HMS Medway

Navios da MB realizam Passex com o HMS Medway

2536
19

O Grupo-Tarefa da Operação “Caribex 2020”, composto pelos Navios-Patrulha (NPa) “Macau” e “Bocaina”, realizou o exercício “Passex”, no dia 22 de novembro, com o navio “HMS Medway”, da Marinha Real Britânica, nas proximidades da cidade de Willemstad, em Curaçao.

Na ocasião, foram realizados exercícios de manobras táticas, encerrando com o “HMS Medway” passando em continência ao NPa “Macau” e NPa “Bocaina”.

Os exercícios com Marinhas Amigas, tais como o “Passex”, são uma das formas de emprego do Poder Naval em tempo de paz, capazes de contribuir com a política externa do País, proporcionando, ainda, a mútua troca de experiências e o incremento da interoperabilidade entre os meios navais.

Até o momento, o Grupo-Tarefa visitou os portos de Georgetown, na capital da Guiana, e de Willemstad, em Curaçao, e está programada visita ao Porto de Paramaribo, no Suriname, concorrendo para estreitar os laços de amizade nessa área de interesse estratégico.

Em 2020, o Grupo-Tarefa da Operação “Caribex” é comandado pelo Comandante do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, que está empregando o NPa “Macau” na missão, que conta, ainda, com a participação do NPa “Bocaina”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte.

FONTE: Marinha do Brasil

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 mês atrás

Eles deviam tirar fotos melhores, principalmente de drones.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Alexandre Galante
1 mês atrás

Deve ter uns 10 mil fotógrafos na MB também… pytamerda… se não são os canais com uma péssima qualidade e parece ser feito com desgosto e má vontade, são as fotografias que eles tiram. Na boa, que vergonhoso…

Renan
Renan
1 mês atrás

A marinha precisa urgente ir atrás de patrulhas oceânicas.
12 ou 14 unidades de 1800 toneladas ou 2000 t.

Faz um financiamento de 15 anos e construção em 5 anos.

Vamos precisar de muita bandeira nos nossos mares.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Renan
1 mês atrás

Exatamente Renan,temos que nos preparar para eventuais ameaças,como as matilhas de pesqueiros chineses que parecem gafanhotos…

comment image
comment image
comment image

Temos que sermos duros,como os japoneses…
comment image

Renan
Renan
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Exatamente vamos precisar urgente de meios capaz de dissuadir estes invasores.

Belas imagens representa bem os possíveis problemas

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Renan
1 mês atrás

Pior que os malditos ficam concentrados bem no limite da zona econômica dos outros países, mesmo não entrando na zona acaba prejudicando de qualquer jeito a fauna e os pescadores locais, sem contar que sempre vai ter uns que vão invadir. Atualmente estão concentrados próximos da zona econômica exclusiva do Peru.

Renan
Renan
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Imagina a degradação do meio ambiente
Estes barcos não deve ter as menores condições sanitária

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Renan
1 mês atrás

Porque não adquirir navios para patrulharem nossa costa?! Sei ! Sei! Claro, Falta o cascalho,o faz me rir… Por quê não adquirir navios com os colombianos da COTECMAR,com os chilenos ou até mesmo os russos,que fazem comércio conosco,podendo quem sabe adquirir OPVs do projeto 22160 ou da classe Rubin? ?fit=2560%2C1466&ssl=1 Vejo o governo russo negociando armas com outros países usando rublos na transação,o Egito por exemplo,assinou um acordo comercial onde irá adquirir 500 MBT T-90MS por RUB156BI de Rublos. Serão os Egípcios espertos em usar moeda russa na transação ou seremos nós incapazes de pensar em tal opção semelhante?! Lembrando… Read more »

Renan
Renan
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Ola amigo! Ótimos exemplos, sou fã dos equipamentos militares Russos, porém a uma escolha: Não iremos conseguir ter um sistema russo integrado com os sistemas atuais, e se for converter para conseguir integrar sairá muito caro. Então se partir para este tipo de escolha, teremos que descarta tudo o que temos e adquirir tudo da Rússia. Ou ter duas marinhas em uma só. Uma marinha de patrulha que só opera e conversar entre equipamentos Russos. E outra marinha de equipamentos padrão Otan. Uma não estará integrada com a outra, dificultando a fusão de dados. Mas por algum motivo escolhendo o… Read more »

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Renan
1 mês atrás

Se fosse um acordo onde se pudesse fazer a aquisição de navios usando a moeda do país fabricante, seria ótimo, pois a cotação do dólar não está favorável e agradável a uma transação comercial.

Renan
Renan
Reply to  Adriano Madureira
1 mês atrás

Atualmente acredito que o Brasil dependendo do nível de negociação, poderia utilizar o KC390, o Astro 2020 e commodities, pois o real é muito instável para alguém querer aceitar negociar em reais.
Estes seria os principais itens a negociar com países interessados.

Alang
Alang
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Mas não temos uma marinha como a dos japoneses nem o apoio naval dos EUA.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Alang
1 mês atrás

Sim, não temos nem um nem outro… Apesar de que para mim o segundo é dispensável…

Alang
Alang
Reply to  Adriano Madureira
1 mês atrás

Exato.

Salim
Salim
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Super tucano com ponto cinquenta põe eles pra correr facil

Astolfo
Astolfo
Reply to  Renan
1 mês atrás

Temos 3, você quer 14? Parecem os comentários completamente insanos de gente que já vem falando que a MB precisa de 20 submarinos! Como se ela conseguisse operar os que possui…

Renan
Renan
Reply to  Astolfo
1 mês atrás

Não sou eu que quero, não foi eu que fiz o número necessário. A marinha do Brasil divulgou este número como programa de aquisição de navios patrulha oceânica.
Vai dar uma pesquisada.

Ela quer tbm 48 navios patrulha de 500 toneladas.

Isso para a guarda costeira.

Marinha de águas azuis passa por 30 escoltas só para começa

Renan
Renan
Reply to  Astolfo
1 mês atrás

Agora com 3 navios patrulha como pretende vigiar nossa costa? Um lá na foz do rio Amazonas, outro perto de Fernando de Noronha, e outro lá no RS?

Isso sem contar a manutenção a troca de pessoal.

Onde é descabido o meu comentário?