segunda-feira, abril 12, 2021

Saab Naval

Navio-Escola Brasil e USS William P. Lawrence realizam novo exercício PASSEX

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Navio-Escola (NE) “Brasil” e o USS William P. Lawrence realizaram um novo exercício PASSEX, no dia 15 de dezembro, durante a travessia de Santo Domingo, de onde suspendeu no dia 08 de dezembro, a San Diego, por ocasião da XXXIV Viagem de Instrução de Guardas-Marinha (VIGM).

O exercício foi realizado nas águas do Pacífico, por oportunidade da passagem de ambos pelo local. Os navios realizaram manobras táticas com a participação ativa dos recém-nomeados Segundos-Tenentes, que colocaram em prática os conhecimentos adquiridos durante a viagem.

O NE “Brasil” atracará em San Diego, na Califórnia, no dia 26 de dezembro, onde permanecerá até o dia 5 de janeiro.

FONTE: Marinha do Brasil

- Advertisement -

25 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO

Esse navio escola atende perfeitamente as necessidades na qual ele foi posto. Só me responda uma coisa, ele tem helicóptero embarcado? Os radares e sonares deles são iguais aos seus irmãos?

Thor

Ele pode operar com helicópteros no convoo, até o porte de um UH-15, mas não os tem orgânicos. Quanto aos sensores, não possui sonar e os radares são apenas de navegação. Possui um MAGE, mas com finalidade de treinamento e gravação de ruídos eletromagnéticos.

É um Navio-Escola, não um escolta.

Alison

Perfeito.

Roberto Santos

O melhor passeio que a nação oferece, Navio Escola BrasilTur

Thor

O Brasil e outras dezenas de países cujas marinhas fazem viagens de instrução anuais…

Fernando XO

A Viagem de Instrução de GM faz parte do currículo de formação dos Oficiais, consta como fase pós-EN, e compreende aulas e adestramentos durante toda a sua duração.

mk48

Ridículo. Impressionante. Muito ridículo seu comentário.

Da Escola

Ridículo? ele está certo, sem necessidade alguma essa instrução em diversos países, eles precisam conhecer nossa ZEE, e ponto final. Gasta-se milhões de reais nessa viagem, uma ajuda de custo muito gorda para cada militar embarcado. Já entrei no Navio Escola, e vi a pompa, parece mais um cruzeiro de luxo, e não um navio para instruções de Guerra Naval. enfim, por isso não temos o mínimo para defender nosso litoral…a grana se usa para futilidades.

Fernando XO

Desculpe, eu já fiz parte da Tripulação do U27, seu comentário não condiz com a realidade… caso seja de seu interesse, saiba que a Viagem de Instrução de GM faz parte do currículo de formação dos Oficiais, consta como fase pós-EN, e compreende aulas e adestramentos durante toda a sua duração.

Da Escola

Entendi agora o motivo de defender algo tão oneroso para os cofres públicos, sem retorno estratégico nenhum para o país. Exceto as compras nos países, para exibir ao pagador de impostos seu dinheiro sagrado e suado onde está sendo usado .

Fabiano

Concordo contigo.que se use o navio para instrução e que isso JÁ está previsto no currículo como o prezado Fernando xo mencionou é ponto Pacífico. Isso é uma coisa. Outra coisa é visitar os portos mais atrativos e Europa e usa para a instrução. Porque não se faz a instrução pelos portos da África? Ou Ásia? Cabe lembrar que o zero um da aman e da afa tem vaga garantida no navio…dentre outros. Não a toa é chamado de viagem de Ouro…..

Thor

E quem disse que não visita portos da Africa e Asia? Ma Africa vai praticamente todo ano. Na Asia quando o roteiro é para aqueles lados.
E repito…por que será que dezenas de marinhas fazem o mesmo e mas mesmas regiões?
É só pesquisar…

Fabiano

Prezado, nunca soube do ne Brasil visitar a africa e Ásia…mas se ja o fez com certeza não com a mesma frequência dos EUA e Europa. Na minha humilde opinião deveríamos incrementar de fato nossa influência nesses continentes e o ne Brasil poderia fazer parte disso.

Rinaldo Nery

Ridículos, os três!

Fabiano

Prezado eu lhe faltei com o respeito? Acho que ridículo , principalmente em um fórum, é ter esse comportamento sem argumentar. O sr. Não concorda com opinião contrária. … Tudo bem é um direito seu. Mas partir pra infantilidade. …se espelha no nosso colega de fórum Fernando Xo , que discorda da minha opiniao mas tem educação e argumentos coerentes e sobretudo se comporta como um verdadeiro oficial das forças armadas do nosso Brasil.

Carvalho2008

E o amigo quer integrar a tripulação de aspirantes a atualidade ou com os mais atrasados?

Fabiano

Lê o comentário de novo que vc entenderá. …

Leandro Costa

Engraçado. Como civil eu tive oportunidade de visitar o NE Brasil. Achei bem espartano, assim como as fragatas (tanto Niterói quanto Greenhalgh) e os porta-aviões (Estive no Minas e no São Paulo) e sinceramente achei que uma comparação entre o Brasil e o Cisne Branco, o último tinha acomodações mais confortáveis nas devidas proporções, claro. Além do mais a viagem é sim importante. Além das instruções que são feitas ao longo do percurso, a viagem abre bastante a cabeça do GM, faz ele perceber algumas coisas que a maioria de nós, seu exemplo sendo bastante pertinente, simplesmente não percebe. O… Read more »

Demetrius

Isto é o que não ter o falar e acaba falando…

Dalton

O “destroyer” americano fez parte mês passado de uma ajuda internacional à Honduras
duramente atingida por um furacão.
.
O primeiro encontro entre ambos os navios, ocorreu no Caribe após o “destroyer” americano, baseado no Havaí, atravessar o Canal do Panamá.

Fabio Araujo

Ontem o Navio-Escola Brasil socorreu um pesqueiro no Pacífico, veja o Twitter da Marinha
Marinha do Brasil

@marmilbr
Hoje, o Navio-Escola “Brasil” prestou auxílio à embarcação pesqueira da Guatemala, que estava à deriva nas águas do pacífico. A embarcação estava com avarias em seu sistema de propulsão e solicitou ajuda. O Navio da Marinha forneceu o material para o reparo, além de água doce.
https://twitter.com/marmilbr/status/1339732867350482947

Last edited 3 meses atrás by Fabio Araujo
Fabio Araujo

Como anda a ideia de adquirir um navio de desembarque peruano para a função de navio escola?

Fernando

Por que os destróieres AB possuem aquelas “chapas” em forma de hexágono irregular na frente da superestrutura. A primeira vez que vi aquilo achei que fosse uma janela, mas obviamente não é. Alguém sabe?

Dalton

Trata-se do radar “SPY” , há quatro painéis na superestrutura cobrindo 360 graus.

Fernando

Obrigado!

Sempre tive essa curiosidade

- Publicidade -

Guerra Antissubmarino

A foto que irritou os almirantes da Marinha dos EUA

Durante uma manobra no Caribe em 2007, um submarino alemão diesel-elétrico (U24) rompeu o anel defensivo em torno do...
- Publicidade -
- Advertisement -