terça-feira, setembro 28, 2021

Saab Naval

IMAGENS: Helicóptero naval chinês Z-9D lança míssil YJ-9

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Este míssil antinavio leve recentemente entrou em serviço com a PLA Navy como parte do pacote de armas do helicóptero Z-9D. Até 4 mísseis podem ser transportados pelo Z-9D ao mesmo tempo. O YJ-9 pode ter evoluído do TL-10B anterior desenvolvido por Hongdu.

O YJ-9 é um míssil antinavio leve e ativo, guiado por radar, usado contra FACs e pequenos navios de guerra (< 1.000 toneladas). Seu alcance é de 15 km, a velocidade é de Mach 0,8, o peso é 105 kg e sua ogiva pesa 30 kg.

Além do Z-9D, o YJ-9 também deve ser transportado pelos novos helicópteros Z-18F e Z-20F ASW.

Sua versão de exportação é chamada de YJ-9E. O míssil tem três versões dependendo da orientação: YJ-9E (radar), YJ-9EA (TV) e YJ-9EB (laser semi-ativo).

Notícias de 2016) indicaram que a Força Aérea do Zambia encomendou alguns YJ-9E para suas aeronaves L-15AFT.

O último vídeo (dezembro de 2020) indica que o míssil pode ter sido atualizado com uma nova antena de datalink.

- Advertisement -

83 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
83 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vinicius Momesso

Como é bom ver a China evoluindo a passos largos em todas as aéreas. Um mundo unipolar abre espaço para exageros para dizer o mínimo.

Antonio Renato Cançado

Vc quer dizer ROUBANDO em todas as áreas, né?

Caloro

Não foi roubado. A antiga Aerospatiale (atual Airbus Helicopters) vendeu todo o projeto do Dauphin N2 (K) para a China.

Antonio Renato Cançado

Oi? Vendeu TODO o projeto? TEM CERTEZA?
Lembrando que a China fabrica o Su-33 sem licença da KnAAPO, e não tá nem aí pro que o Putin acha…

Palpiteiro

Vale lembrar que a Airbus (com sede na França) tem uma linha de montagem de A320 já faz tempo por lá. Mas bem antes este helicóptero já era montado em Harbin. Aliás, cederam o hangar onde era montado para a HEAI montar o EMB-145.

PACRF

Japão e Coréia do Sul também se desenvolveram às custas de muita “cópia” ou “roubo”, como queira. Aliás, vencida a II Guerra, os Aliados (EUA, Reino Unido e França) também “copiaram” ou “roubaram” projetos alemães, como o primeiro avião a jato, dentre outros. O que dizer do Wernher von Braun? Também foi “roubado” da Alemanha e se tornou o pai do foguete Saturno 5, que levou o primeiro homem à Lua.

Caloro

Absoluta certeza, de quem esteve 16 anos por dentro desse assunto!

José de Souza

Quáquáquá! Boa, vale sempre a máxima, “don´t feed the trolls”, mas esse mereceu!

Alison

Exatamente!

https://pt.qaz.wiki/wiki/Eurocopter_AS365_Dauphin

O modelo SA 365 M do Dauphin também foi fabricado sob licença na China como Z-9 pela Harbin Aircraft Manufacturing Corporation ; o Z-9 foi posteriormente desenvolvido para o helicóptero de ataque armado WZ-9 e Z-19″

Gustavo

supera seu ódio antonio. A China tem tecnologia espacial de ponta (foguetes, satélites e etc), projetar helicopteros é brincar no jardim pra ela.

Last edited 9 meses atrás by Gustavo
Jean Jardino

Helicóptero chines???? Isso ai eh uma copia fiel ao Dauphin francês.

Carlos Gonzaga

Ser copia pouco importa! O importante é ser feito na China, funciona, leva armas e cumpre a missão. Gostaria que as nossas FAs ao menos fizessem o mesmo.

Last edited 9 meses atrás by Carlos Gonzaga
Antonio Renato Cançado

Ah, é? pouco importa? Então tá..Inventa alguma coisa, aí vem um chinês, copia, não te paga nada, e ainda esfrega na tua cara…Vc vai achar que pouco importa?

Leandro Costa

Nesse caso foi pago sim Antonio. Os Chineses adquiriram os projetos dos Dauphin e dos Super Frelon dos Franceses.

Antonio Renato Cançado

Ok, se vc diz…

Alison

Se informa melhor antes de vomitar no teclado…

Kemen

“The Harbin Z-9 (NATO reporting name “Haitun“, Chinese: 海豚 for Dolphin) is a Chinese military utility helicopter with civilian variants. It is a licensed variant of the French Eurocopter AS365 Dauphin, and is manufactured by Harbin Aircraft Manufacturing Corporation.”

No inicio do texto abaixo vc pode comprovar, tem mais sobre desenvolvimentos…

https://en.wikipedia.org/wiki/Harbin_Z-9

Last edited 9 meses atrás by Kemen
Carlos Gonzaga

Na guerra vale tudo! O importante é cumprir a missão! O resto é conversa fiada! Ou você vai deixar de proteger sua família, casa ou Pátria para não “copiar” algo que pode salva-los?

Leandro Costa

Inglaterra e França demoraram um tempão antes de copiarem o dispositivo interruptor quando capturaram os destroços de um Fokker E.I durante a Primeira Guerra Mundial. 😛

joão Fernando

O minério de ferro é brasileiro, logo o aço é brasileiro e a frota chinesa, é brasileira. Fim.

Kemen

Foi por isso que o Donald limitou e sobretaxou a importação do nosso aço, 10 % da frota norte americana seria nossa. kkkkkk

Vinícius

Mimimi

Antonio Renato Cançado

Pra quem não tem, nem respeita princípios, talvez…

Antonio Renato Cançado

Cópia FIEL não, cópia DESCARADA.

Up The Irons

Os caras não respeitam NADA! Roubam e copiam descaradamente projetos, dos menores aos maiores. Do novo modelo de prendedor de roupas desenvolvido por uma pequena empresa colombiana até aeronaves militares. Só entrar nessas páginas chinesas estilo Ali Express para constatar o que digo. Imagine se fosse com você: muitas horas de estudo, pesquisa, ajustes no projeto, dinheiro investido, trabalho para cooptar parceiros… Aí vem um chinês e rouba tudo, faz uma cópia descarada sem autorização e não te dá satisfação e nenhum centavo por isso. Se isso é normal pra vocês, então tem algo muito errado acontecendo…

Esteves

Não foi roubado. É licenciado.

sub urbano

Invenção Colombiana? Latino americanos nunca inventaram nada além de bebidas destiladas e novas posições sexuais. Truco nisso aí.

Kemen

Acredito que somos considerados latino americanos, então sugiro ao colega se informar mais sobre o que inventamos. – Roberto Landell – Radio (transmissão de voz humana sem fio) Não foi Reginald Fessenden nem Marconi!___ – Carlos Prudêncio – Urna eletrônica em 1989.___ – Manuel de Abreu – Radiografia 1936.___ – Nélio José Nicolai – Identificador de chamadas (Bina) 1980.___ – Andreas Pavel (naturalizado brasileiro) – Walkman (stereobelt) 1972___ – Hercule Florence (frances vivendo no Brasil) – Fotografia 1833.___ – Padre João Francisco de Azevedo – Maquina de Escrever (adaptou a escrita em um piano, George Napoleon levou para os USA… Read more »

Eduardo

Cópia Descarada igual nossos Gripens e Scorpenes né Antonio?

Mgtow

E daí se é cópia cara?. A China cag@ e anda pra isso. Enquanto isso vai morrendo aí de dor no cotovelo vai.Seu ódiozinho em nada vai mudar a trajetória de desenvolvimento dos chineses. Chola mais

Esteves

Chinês. Licenciado.

Ponto.

Antonio Renato Cançado

Oi? Z-9? Não…Não seria AS 365 Dauphin?

737-800RJ

Os membros da OTAN sabem que os franceses estão fornecendo Dauphin pros chineses?

ednardo curisco

Já viu o Xea Lawk chinês?

Antonio Renato Cançado

Já…rsrsrsrsrss

Esteves

Conta pra eles.

Jadson Cabral

Muitos dos amigos foristas aqui são infantis demais. Tratam assuntos de defesa/diplomacia como se fosse um jogo de futebol, com pura emoção.
E daí que os chineses copiaram dos franceses? Desde quando isso passou a ser problema nosso? Não copiando da gente… aliás, parabéns aos chineses. Há méritos na cópia. Copiaram tanto que se desenvolveram a ponto de estarem mais avançados que o resto do mundo em alguma áreas, começando pelo 5g e pela tecnologia hipersônica.
Exemplo pro Brasil, que aos poucos, comendo pelas beiradas, poderia fazer a mesma coisa.

Antonio Renato Cançado

CLARO que estão mais avançados! Não tiveram que investir tempo e recursos, pegaram tudo pronto, sem pagar direitos a quem investiu tempo, conhecimento e recursos! Assim é fácil…
Aliás, se é que estão MESMO mais avançados, o que eu duvido…

Náufrago

Calma time América. Está todo mundo cançado dessa choradeira.

JUAO SEM TERRA

Cara, tive que comentar… Antonio como tu é infantil hein plmdds. Nada surpreso com sua fissura com a palavra “roubar”, deve ser daqueles que justificam as babaquices desse governo com os roubos dos antigos.

Alison

Pelo visto o Trump não pensa igual… Já que quer impedir qualquer um de comprar dos chineses…

Kemen

Copiamos o futebol dos britanicos e fomos campeões, pegamos tudo pronto, regras, como jogar, como treinar, como se organizar,etc. Assim foi fácil. kkkkkkk

Satyricon

Prezado Jadson, concordo, pois isso é simples pragmatismo em marcha. Veja que produzir sob licença ou adquirir o projeto é uma forma segura e rápida de se alcançar um objetivo, sem todos os riscos inerentes ao desenvolvimento autóctone, que pode levar a custos e prazos estratosféricos (vide o Tejas indiano). O engraçado é que é prática antiga, realizada até pela maior potência mundial (vide A-29 ST). E, no entanto, aqui na terrinha temos enorme preconceito com isso. Vá entender. A Koreia do Sul também desenvolve uma versão de ataque terrestre dessa plataforma em parceria com a Airbus: http://www.helicopters.airbus.com/website/en/press/Airbus-Helicopters-selected-for-the-partnership-development-of-South-Korea%E2%80%99s-Light-Civil-and-Light-Armed-Helicopters_1727.html Precisamos de… Read more »

ADRIANO MADUREIRA

Exatamente Satyricon ! Até os malandros Sul-Coreanos “copiam” aeronaves dos outros,uma bela aeronave por sinal,o H-155…

Investem em sua defesa em uma aeronave que irá trabalhar ao lado de seus Apaches,afinal os inimigos moram ao lado.

Uma aeronave que certamente cairia muito bem para países com o carteira não tão grande e que não pode adquirir os badalados AH-64 apache,AW-129 mangusta ,airbus Tiger,T-129 ATAK ou MI-28…

comment image

comment image
comment image
comment image
comment image
comment image
comment image
comment image

Last edited 9 meses atrás by ADRIANO MADUREIRA
Adriano Madureira

Militarmente, oque eles teriam para copiar de nós 😂😂?!

Cascavel?! AMX?! FAL?! Agrale marruá?!

Sim, eles compraram a licença do douphin, então podem fabricar e fazer suas modificações…

Parabéns a eles que priorizam a defesa, quanto a nós só tenho a lamentar, ao menos eles fabricam seus navios, de NAe a navios patrulha, quanto a nós nem terminar de construir nossos patrulhas temos competência.

ednardo curisco

“aiiiiiiiiiiiinnnnnnnn… chinês copia tudo” “aiiiiiiiiiiiiinnnnnnnnn … é xing ling” “aiiiiiiiiiinnnnnn… vams parar de vender para eles” 1) Todo mundo sabe que a China não tem pudor algum em copiar, piratear, fazer engenharia reversa ou comprar projetos dos outros. 2) Sabendo disso, cadê sanção ou coisa parecida? vai ficar só de mimimi? então mimimie e observe. 3) Ela tem investido pesadamente em tecnologias. Estão atrás ainda de EUA e vários outros países? sim. mas é uma questão de análise de curva de tendência. Onde eles estavam 30, 20 e 10 anos atrás e onde estarão daqui a 10, 20 ou 30… Read more »

Antonio Renato Cançado

Te garanto que essa ‘superioridade’ toda da China não se sustenta. Principalmente nesses teus tais 50 anos aí…A China não passa de um imenso blefe.

Last edited 9 meses atrás by Antonio Renato Cançado
Alison

Se não se sustenta, pq temer ela? cada minion que aparece aqui…

ednardo curisco

Os Chinas têm enormes desafios. e o maior mesmo é atender suas 1,3bi de bocas

sergio ribamar ferreira

Concordo om o Sr.ednardo curisco. Em defesa, tudo que eu saiba vem de cópia e evolução. copiaram e evoluíram. Alemães a frente 25 anos do EUA em questão de mísseis, nisso na II grande guerra. Idem para os russos. EUA e Rússia levaram cientistas e projetos nazistas e produziram e evoluíram seus armamentos. Os chineses fazem o mesmo( dizem que tudo é do povo). Copiam e evoluem. o que não é feito aqui.

ednardo curisco

Nem copiar a gente sabe

Farias

Pois é. Falam e falam que a China copia, mas é copiando que a China está aprendendo a criar suas próprias inovações e isso está gerando riqueza pro país. Enquanto isso o Brasil se contenta em ser exportador de produtos primários e continua estagnado.

Agressor's

Não são cópias exatas. Eles desenvolvem com atualizações e melhorias na aerodinâmica e na eletrônica/sensores.

Sagaz

O surpreendente é que a OMC não faz nada, nenhum país faz nada… Lembro como se fosse hoje os processos que o Brasil sofreu em relação a “subsídio” a aviação e também que ganhamos em relação à Bombardier, enquanto o governo chinês maqueia balanços, gastos, dinheiro público subsidiando tudo e nenhum país faz nada. Parafraseando Cazuza eu vejo o futuro repetindo o passado, uma tirania que se industrializa cada vez mais e expande na base da opressão tal qual a Alemanha de Hitler, controle de mercado e quem sabe rumo a destruição de democracias e ocupação de territórios. Onde estará… Read more »

Esteves

“A MTU Maintenance Zhuhai planeja estabelecer uma segunda instalação com foco nos motores de corpo estreito da Pratt & Whitney, como o turbofan com engrenagens. A instalação, que será chamada de Filial MTU Maintenance Zhuhai Jinwan, estará localizada no distrito de Jinwan de Zhuhai, na China.  A MTU Maintenance Zhuhai, uma joint venture entre a MTU Aero Engines e a China Southern Airlines, espera que a nova oficina tenha uma capacidade anual inicial para 250 revisões de motor e esteja operacional em 2024.  Após a compra de 1,6 milhão de pés quadrados de terreno, a MTU Zhuhai traçou planos para incluir… Read more »

Paulo Sollo

Vários colegas explicando que o projeto do helicóptero foi vendido pelos franceses aos chinos, e uns aborrescentes com dor de cotovelo não param de criar tumulto com essa coisa de cópia.
E daí? Eu já fui crítico disso mas percebi a estupidez. Os chinos estão fazendo de tudo e se agigantando, enquanto por aqui um monte de p@lermas ficam sonhando em receber equipamentos usados e defasados dos EUA. Valha-me Deus, que Zé Povinho ridículo!!

Antonio Renato Cançado

Será que o projeto foi MESMO ‘vendido’? Em se tratando de China, sobram motivos pra duvidar…
No mais, se agigantando na base da pirataria? Isso é mais ou menos a mesma coisa que admirar a riqueza do traficante de drogas…
Fala um monte de asneiras, e vem falar em ‘Zé Povinho’…

Paulo Sollo

Vai pesquisar pra não ficar postando um monte de m&rd@ ô Zé Povinho! Existem matérias e documentos sobre isto. Asneiras fala você que é um ignorante alienado, não sabe de nada, só repete um discurso histérico infantil que em nada mudará a realidade. Chola, glita,espelneia!

Leandro Costa

Antonio, a sugestão que eu te dou é: vá pesquisar por conta própria ao invés de ficar atazanando e atrapalhando debates.

Esteves

Melhor não.

Vai pesquisar, não vai ler, se ler não entenderá, vai postar link sem traduzir, se traduzir não compreende, fica agressivo e…o estoque de Rivotril tá baixo.

Deixa quieto.

Rogerio

Aceita dor menos

Adriano Madureira

Boa🤔! Enquanto eles produzem um produto licenciado, aqui nós que poderíamos fabricar mais OPVs classe River para patrulhar nossa costa, ficamos a ver navios…

Last edited 9 meses atrás by Adriano Madureira
sergio ribamar ferreira

Achina copia e evolui tudo que copia. vai esperar para ser novamente um país periférico como o nosso. pesquisa, tecnologia. tudo se faz na cópia. leia na história e verá que os ferreiros eram os mais requisitados quando um reino invadia outro e foi assim. Na 2ª guerra. Russos e americanos levaram cientistas e projetos nazistas. o que se tem hoje são evoluções destes projetos e benefícios para o mundo civil. A China apenas está fazendo o que todo país pragmático e potência faz evoluir tecnologicamente . e manter seu status de potência. aqui o pessoal está preocupado com o… Read more »

sub urbano

Exatamente, Sergio. Os japoneses quando invadiram a China no século XVI voltaram com artesãos e ferreiros chineses e coreanos. O período que se sucedeu foi a Era Edo marcada por uma revolução técnica e artística no Japão.

Rodrigo Maçolla

Porque será ?? que este helicóptero parece tanto com o Pantera (Panther) que o exercito brasileiro opera

Esteves

Porque é o mesmo helicóptero.

“Harbin Z-9 é um helicóptero militar chinês com variantes civis. É uma variante licenciada do Eurocopter francês AS365 Dauphin fabricada pela Harbin Aircraft Manufacturing Corporation.”

Foxtrot

É isso que precisamos.
Um sistema de armas nacional para dotar os diversos helicópteros que operamos.
Seria interessante um programa coordenado pelo MD de continuação de desenvolvimento do M.A.S do EB ou nacionalização do Sheeker do Mokapa Sul Africano ou mesmo ressuscitar o Fog MPM Avibras, porém com guiagem dispare e esqueça.
Uma parceria entre Avibras/ SIATT seria hiper interessante.
Nem vou falar em desenvolver helicópteros nacionais pois sabemos que enquanto tivermos o “espelho” da Eurocopter aqui nada será feito localmente sem a “benção ” da mesma.

Andreo Tomaz

Mudando um pouco de assunto…O KC 390 parece muito com o
Xi’an Y-20. Será que a embraer copiou a aeronave chinesa?

sergio ribamar ferreira

Parabéns à China. Lindo helicóptero. Excelente plataforma de ataque /defesa.. Transporta 4 mísseis YJ 9.

Bosco

Só de curiosidade, os mísseis antinavios leves, lançados de helicóptero, em produção no mundo: Sea Venon: 20 km, IIR/Data link RF, 110 kg, ogiva de 30 kg Hellfire II: 8 km + , laser semi-ativo, 48 kg, ogiva de 9 kg, supersônico (Mach 1.3). Martlet: 8 km, laser semi-ativo, 13 kg, ogiva de 3 kg Spike NLOS: 25 km, IIR/Data link RF, ogiva, massa de 70 kg, ogiva de 20 kg (?) YJ-9: 15 km, depende da versão (radar ou TV ou Laser semi-ativo) , peso de 105 kg, ogiva de 30 kg. – Mísseis como o AS-15 TT e… Read more »

sergio ribamar ferreira

O SR. é o crack dos mísseis . É um prazer ler suas pesquisas. Só por curiosidade temos condições para termos mísseis deste porte leve ? É vantajoso? Obrigado;

Bosco

Obrigado Sérgio, Eu considero essa uma classe de mísseis interessante. Um míssil antinavio leve lançado por helicóptero pode ser derivado ou mesmo ser um míssil “antitanque” pesado. Já houve interesse do Brasil em desenvolver um míssil antitanque pesado, denominado MAS 5.1, para ser lançado de helicóptero, mas nunca mais se falou do projeto. Tudo indica que seria baseado no MSS 1.2. Dependendo de como seria esse MAS 5.1 ele poderia ser aproveitado na função antinavio ou ter uma versão antinavio dedicada. O ideal é que tenha um alcance de mais de 5 km para estar imune a armas defensivas AA… Read more »

Last edited 9 meses atrás by Bosco
Caloro

Infelizmente não daria para ser aproveitado na missão antinavio!

Bosco

O que não daria?

Esteves

Acho que ele faz referência aos navios de 500 ton a 1 mil ton que vc menciona.

E que para engajar navios maiores como as Tamandarés, mísseis maiores que talvez não estejam disponíveis para o helicóptero.

Acho.

sergio ribamar ferreira

Muito obrigado sr. Bosco O A-Darter poderia ser uma opção com custo benefício como bem exposto pelo Sr. Infelizmente não depende de nós. Eu e creio grande maioria dos comentaristas adoramos seus comentários técnicos sobre tudo que se diz respeito a mísseis , foguetes e armamento. Um dos focos principais deste site. quando criticamos uma situação esdrúxula vindo das FA não é por depreciação e, sim por gostarmos das Forças querendo vê-las pujantes e vigilantes quanto a nossa soberania. Bem, penso assim. “Ideologias são como troncos de árvores podres boiando em rio caudaloso e pedregoso em direção ao Oceano. Quem… Read more »

Bosco

Sergio, Houve várias adaptações de mísseis ar-ar para a função ar-sup. Cito algumas: 1- foi proposta uma versão ar-sup do ASRAAM como míssil ar-sup tático, mas no fim escolheram o Brimstone; 2- o AIM-9X já foi testado com sucesso contra alvos tático em terra e com certeza está habilitado à função; 3- já teve várias versões do Sidewinder na função ar-sup, exemplo: Focus, SideARM, etc Ambas entraram em operação. 4- o Sparrow já foi testado com míssil ar-sup antinavio lançado de helicóptero e já foi usado contra navios em operação real, no caso lançado de caças; 5- vários projetos de… Read more »

sergio ribamar ferreira

Feliz Natal e Deus abençoe o Sr. e família.

Sagaz

Se é noticiado que aqui foi testado um míssel com alcance igual ao mencionado vira motivo de chacota, choradeira, “o helicóptero é abatido antes de lançar o míssel”, “dinheiro jogado fora”, e por aí vai..

Leandro Costa

A grafia correta é: ‘míssil’

Esteves

Impressionante.

Jorge Knoll

Helicóptero Z-9D, chinês, uma cópia do helicóptero francês Dauphin, o Helicóptero AS 365 K – Pantera do EB

Jorge Knoll

Está explicado:

Caloro

Reply to 
Antonio Renato Cançado
 1 dia atrás
Não foi roubado. A antiga Aerospatiale (atual Airbus Helicopters) vendeu todo o projeto do Dauphin N2 (K) para a China.

- Publicidade -

Últimas Notícias

Navio de guerra britânico ignora avisos chineses e navega pelo Estreito de Taiwain

A HMS Richmond, uma fragata Type 23, navegou pelo sensível estreito de Taiwan a caminho do Vietnã para demonstrar...
- Advertisement -