sábado, fevereiro 27, 2021

Saab Naval

Navio da Guarda Costeira americana visita Brasil em missão multilateral de combate à pesca ilegal

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Rio de Janeiro e Salvador estão na rota do primeiro cruzeiro da embarcação pelo Atlântico Sul

Rio de Janeiro, 15 de janeiro de 2021 – O recém construído navio da Guarda Costeira dos Estados Unidos, o USCGC Stone, partiu de Pascagoula, no estado americano do Mississippi, no dia 22 de dezembro do ano passado, iniciando sua primeira patrulha, a Operação Cruzeiro do Sul, cujo objetivo é combater a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (IUU, na sigla em inglês) no Atlântico Sul, estreitando, assim, as relações entre nações para cooperação e segurança marítima na região.

O navio entrou em águas brasileiras na última segunda-feira, 11, e sua tripulação conduzirá uma série de treinamentos junto com a Marinha Brasileira nos dias 18 e 19 no Rio de Janeiro. Depois de passar por outros países vizinhos, o USCGC Stone atracará em Salvador em 8 de fevereiro.

A pesca ilegal é a principal ameaça global à segurança marítima e estima-se que seja responsável pela perda anual de dezenas de bilhões de dólares em receita para pescadores legais. Ao depreciar acordos internacionais e medidas de conservação da pesca, essa atividade ilegal prejudica a segurança alimentar global, desestabiliza a segurança econômica de Estados costeiros e viola a soberania nacional.

“Essa missão multilateral exemplifica a importância dedicada pelos EUA aos esforços globais de combate à pesca ilegal, incluindo o fortalecimento das regras que regem a atividade internacionalmente, o aprimoramento da governança marítima e o fomento a parcerias que gerem resultados colaborativos e duráveis em segurança”, afirma o embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman.

Enquanto peixe é proteína essencial para mais de 40% da população mundial, a pesca IUU impede o acesso a esse valioso recurso, principalmente nos países costeiros mais vulneráveis. A Guarda Costeira americana é especializada em desenvolver e implementar mecanismos de fiscalização e transferir esse conhecimento a nações parceiras para que criem uma frente única de combate à pesca ilegal em qualquer oceano.

“Um oceano saudável, produtivo e resiliente é vital para se alcançar crescimento econômico e prosperidade, segurança alimentar, saúde humana e recursos marinhos sustentáveis. O problema mundial é muito maior do que qualquer nação pode resolver sozinha. Estou orgulhoso do trabalho que fizemos e faremos juntos para enfrentar esse desafio”, argumenta Chapman.

O USCGC Stone esteve na costa da Guiana antes de vir ao Brasil e daqui partirá para países vizinhos, entre eles o Uruguai.

DIVULGAÇÃO: Assessoria de Imprensa do Consulado dos EUA no Rio de Janeiro

- Advertisement -

75 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
75 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tupinambá

Esse tipo de operação dos EUA por aqui são comuns m frequentes ?

Junior

Não, mas com o enxame de barcos pesqueiros chineses circulando o pacífico sul e agora o atlântico sul, essas visitas serão cada vez mais constantes. Algo me diz que em um futuro não muito distantes esses pesqueiros chineses serão escoltados por fragatas da marinha chinesa, ai vai ser aquela briga dos países dizendo que os pesqueiros chineses estão invadindo a sua zona marítima e os chineses dizendo que estão em águas internacionais

jose

e precisamos de estadunidenses bozinhos para defender nossas águas territoriais? esqueceu das 200 milhas? acho interessante como muita gente aqui apoia o big stick do tio sam no nosso quintal no lugar de reenvidicar mais dinheiro para a mb cumprir sua função constitucional. você acrediva que o america para os americanos se refere a todos os cidadãos das três americas? basta deste falso nacionalismo e patriotismo!

DanielJr

Aquelas patrulhas da MB que não ficam prontas nunca vão fazer muita falta

Junior

Não apoio nada, só estou dizendo o que eu acho que vai acontecer, agora se você quer saber a minha opinião, creio que seja urgente a compra/fabricação de navios de 500T e OPVs para enfrentar os pesqueiros chineses que serão cada vez mais constantes em nossas costas

Adriano Madureira

comment image

temos nossos vizinhos que fabricam OPVs decentes, oque falta é uma aproximação de governos para estreitar laços na área de defesa.
comment image

comment image
comment image
comment image
comment image

Cristiano de Aquino Campos

Pois é, tambem concordo. Se estamos vulneraveis a culpa e nossa. E somos nos que temos que resolver. Se ficar pedindo ajuda para fazermos o nosso básico, duas coisas acontecem:
1-Continuamos na mesma, pois para quê ficar mais forte se eu sempre vou ter apoio.
2-Quem dá o apoio, se acha dono e resolve tomar de vez. Já que tô gastando com você e você depende dd mim, faz o quê mando e ponto.

Kemen

America para os americanos disse um presidente americano, mas as Malvinas para os nossos amigos britanicos. kkkkkkkk

Matheus S

kkkkkkk

Henrique

Você como a maioria dos latinos não entende o significado dessa frase. A elite política americana sempre foi ambiciosa e acreditava que os EUA seriam uma grande potência, sendo assim eles não queriam concorrentes europeus por aqui e queriam fazer do continente americano sua zona de influência. Isso não tem nada haver com simpatia por latinos. Óbvio que uma Inglaterra é muito mais importante do que uma Argentina pra eles.

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

Quem resolve isso é o povo kelper que aliás já deixou sua escolha bem clara pelos britânicos. Fim de papo.
Argentina age como estuprador, não se conforma com o fora que levou dos kelpers.

eudes

Exato! E ponto final.

Leandro Costa

Precisamos deles? Sim, no momento precisamos sim. Precisamos de mais navios patrulha? Sim, precisamos também.

E que papo é esse das 200 milhas? O fato de ser a ZEE?

Agressor's

Meu camarada, tem desenho da disney que mostra como desestabilizar um país…E desenho sobre uma raposa que usou estratégias para acabar com um galinheiro, é fábula, mas clareia bem nosso pensamento…Interesse estadunidense ou chinês?…nós temos mesmo que escolher a quem “obedecer”?…porque não se unem pelo interesse brasileiro?…

elcimar menassa

engraçado .vc pede mais navios pra MB..concordo
mas tem muita gente aqui que pede a diminuição do efetivo..vai entender né! os caras esculacham o propio país que vivem

R22

Desculpe mas não vi nada no texto que diz que os EUA estão substituindo nossa marinha na fiscalização do Atlântico sul ou mesmo em águas brasileiras. Eu acho inclusive muito importante esse tipo de cooperação com exercícios conjuntos entre os dois países.

elcimar menassa

caro amigo ,é sim,só é pouco divulgado ok.
sempre tem navios de guerra americanos em trânsito por aqui,claro agora deve aumentar com essa invasão chinesa.

Washington Menezes

Boa iniciativa

Fabio Araujo

Depois vai seguir em frente na cola dos pesqueiros chineses passando pelo Uruguai e Argentina, só estou em dúvida se vai seguir para o Pacífico!

Marcelo Andrade

Será que haverá visitação? Ha muito tempo eu visitei o Quebra Gelos Polar Star da USCG, no píer da Praça Mauá!

OSEIAS

Isso é uma vergonha, não aprendemos nada quando fomos atacados pela Alemanha nazista, não temos patrulhas e nem vontade, é uma inercia que assusta. Depois dos chineses arrasarem com Galápagos, agora é a vez do Atlântico Sul. Precisamos de patrulhas urgente, mas uma politica de estado e não governo. Reativar nossa indústria naval construindo patrulhas pois são mais baratas. Mas todo investimento feito nas forças aqui mesmo vem pensadores falando que tem que investir em educação e saúde antes, mas se esquece que 95% do nosso comercio passa pelo mar e agora que Manaus precisa de aviões transporte se esquece… Read more »

João Carlos

Dinheiro pra lagosta de almirante têm sim.
Têm tambem pra um carissimo sub nuclear…
Pra enviar um KC390 fazer exercicios no Tio Sam na mesma epoca que solicitamos um C-17 emprestado pra carregar tubo de oxigenio do mesmo Tio Sam… coisas da Banânia …

Marcelo Andrade

Amiguinho!! Por favor! Não seja igual a Foice de SP! A FAB trabalha há 11 meses na logística da Covid Quem lê e acompanha as publicações sobre Defesa sabe disso! Tem que perguntar ao Prefeito e Governo do AM o que eles.fizeram com o dinheiro repassado pelo GF? Tem que perguntar ao egrégio STF que tirou a coordenação de Brasília e passou para os Municípios e Estados! Agora tudo é culpa do Bolsonaro!! O exercício.militar já estava marcado há 2 anos! Até a Ford atrapalhada sair do Brasil agora é culpa.do GF! Desde 2018 ela avisou que ia sair!! Os… Read more »

Leandro Costa

Marcelo, por mais que eu não veja problema algum em o KC-390 estar no exercício, até porque a crise do oxigênio em Manaus aconteceu quando ele já estava em rota ou até mesmo quando estava lá, não seria um KC-390 que salvaria a situação. Muito menos se comparado à uma aeronave como um C-5 ou C-17. Não importa. O município errou, o estado errou e o governo federal errou. O STF não tirou competência NENHUMA do governo federal, que é o maior responsável sim pelo enfrentamento da pandemia no Brasil. Ele só reafirmou que na falta de um plano federal… Read more »

Adriano Madureira

O problema não é faltar aeronave para levar oxigênio aos manauaras, no brasil sempre falta tudo, se houvesse uma malha ferroviária para servir ao país seja para transporte de pessoas ou de produtos, não haveria desabastecimento de nada.

As multinacionais produzem e jogam no mercado e nas estradas milhares de caminhões por ano, e o governo federal investe em rodovias mas nunca investiu decentemente em ferrovias, é preferível ficar sendo refém das grandes empresas e dos caminhoneiros, afinal não é tão caro como gastar bilhões em ferrovias.



Bosco

Leandro, “A maioria dos ministros aderiu à proposta do ministro Edson Fachin sobre a necessidade de que o artigo 3º da Lei 13.979/2020 também seja interpretado de acordo com a Constituição, a fim de deixar claro que a União pode legislar sobre o tema, mas que o exercício desta competência deve sempre resguardar a autonomia dos demais entes. No seu entendimento, a possibilidade do chefe do Executivo Federal definir por decreto a essencialidade dos serviços públicos, sem observância da autonomia dos entes locais, afrontaria o princípio da separação dos poderes.” Portal do STF – O que você disse: “O STF… Read more »

Leandro Costa

Oi Bosco, não é assim que funciona a competência concorrente. O que ocorre é que sim, todos os municípios e estados tem sua autonomia em relação ao Governo Federal em diversas esferas, não apenas em saúde, mas também em educação, etc. Nada disso impede de o governo federal traçar planos federais que devem ser seguidos pelos entes federativos. Acho que o próprio plano nacional de imunização pode servir de exemplo. É algo que foi idealizado pelo governo federal e seguido pelos estados e municípios. A mesma lógica se aplica à covid. Os municípios tem sua autonomia para enfrentarem a covid… Read more »

Bosco

Entendo! Só que esse sistema de competência concorrente deveria funcionar e sempre funcionou até o Covid. Com o Bolsonaro , os governadores e alguns prefeitos fecharam questão contra sua determinação , e aí a vaca foi pro brejo. Eles quiseram implantar o isolamento horizontal e um lockdown com fechamento do comércio e o Bolsonaro era a favor de um isolamento vertical e de não fechar o comércio e sugeriu o uso da hidroxicloroquina. Por isso foi considerado um genocida. Aos governadores foi dada o poder de fazer à sua maneira, pelo STF. Ou seja, a competência concorrente sempre funcionou muito… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bosco
EduardoSP

O STF não tirou a coordenação do Governo Federal. Pelo contrário, reforçou esse papel.
O que fez foi impedir que o poder central atropelasse decisões tomadas pelo poder local.
Quem sabe mais o que está acontecendo em Jeremoabo? O prefeito ou o presidente?

Cristiano de Aquino Campos

Sou da area de saúde, e sou do Rio de Janeiro. Aqui, no mewmo ano e mês, a prefeitura assumiu um hospital estadual e o estado, assumiu um hospital municipal.
Obs. Os dois, alegaram o mesmo motivo, falta de verba do outro para manter.
Coisas do Brasil.

Kemen

“Dinheiro pra lagosta de almirante têm sim.”

Sai dessa historinha ridicula colega, esse fake já cansou.

Se for ao nordeste você pode comprar lagostas, te mandam de avião e a entregam na sua residência ainda vivas, em caixas de isopor com agua do mar.

Jefferson

Orçamento da forcas armadas é de 108 bilhões de reais…estrutura arcaica, efetivo enorme, privilegios absurdos. É invejável a corrupção nas forças armadas.

Rinaldo Nery

Vai no MPF e denuncia a corrupção. Sabe de alguma? tem provas?

silvom

não tem fake, é só ler os jornais…esquece o zap do seu tiozão.

Michel

Ele deve ser da Marinha.

Jorge Knoll

E advogado de defesa dos Almirantes

Michel

Então a Marinha precisa de mais recursos?

Kemen

Foi enviado um C-130 e um KC-390 acho. Se for verdade a noticia abaixo.
comment image

OSEIAS

Caro João, não devemos abandonar projetos da marinha de guerra, eles são importantes e precisamos deles. Mas negligenciar a patrulha isso sim é um grande erro. Vamos fazer um exercício mental, quanto custaria ter umas dez patrulhas de 1800T? Segundo o jornal Valor Econômico o prejuízo do derramamento de óleo em nossa costa ficará na casa dos bilhões. Somente esse casa já pagaria o programa e sobraria muito. Veja o risco que corremos a todo tempo, porque se conjuga o mantra “não tem dinheiro”, quando perder bilhões em recursos e turismo, ai não adianta chorar.

Marcelo Andrade

Mas os chineses não estão pescando em nossa ZEE!

Saldanha da Gama

por enquanto, mas vamos esperar invadirem para fazer algo?

Cristiano de Aquino Campos

Sim, estão no outro lado do continente, em outro oceano e na costa de outro pais.
Ele deve ser Equatoriano, dá um desconto.
Pesca ilegal, não e exclusividade Chinesa não. Lembrai da guerra da lagosta.

Matheus S

A China hoje é a maior ameaça em termos de pesca ilegal no planeta. Eles além de enviarem os barcos pesqueiros, enviam também navios para reabastecer as centenas de navios, onde os mesmos podem permanecer durante meses no mar. Um esforço conjunto dos países ameaçados pela pesca ilegal seja qualquer país for, é mais do que necessário no mundo de hoje.

Para entender essa ameaça: https://www.youtube.com/watch?v=FMhQ5zmm-pI

Agressor's

Sanduíches de atum com cebolas…Este é seguramente o lanche depois dos big macs que vemos nos filmes estadunidenses de quaisquer temas sejam policiais(que não comem donuts), românticos e/ou familiares, então um dos maiores predadores de atuns no mundo não são chineses ou japoneses, mas os estadunidenses que capturam no Pacífico ou no Atlântico norte…Será que a nossa prestigiosa Marinha de Guerra patrulha a região de Abrolhos contra isso????…A sanha dos estadunidenses pelos crustáceos produz ate uma série sobre Deadly Catch onde usam gaiolas com iscas de bacalhau…!!..!… O que os Russos e Chineses querem é o que os eua SÃO… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Marcelo Baptista

Sanduiche de atum com cebola! bleh! (kkk, brinks!)

OSEIAS

Prezado Marcelo, primeiro que os chineses não reconhece as 200milhas brasileira. Vou te explicar como eles operam, lá vai, presta a atenção: das centenas de pesqueiros eles tem navios de apoio, alguns desse navios são industriais de processamento de pescado. Os pesqueiro invadem água de outros países que não as protegem, utilizam pesca de arrastão destruindo o leito marinho, e rapidamente saem de lá, e encontram o navio indústria para descarregar. E volta para a invasão. É assim, apenas o rato invadindo, porque não tem gato. Se reclamar vão alegar que estão em águas internacionais, mas na verdade é isso… Read more »

Carvalho2009

Perfeito

Leandro Costa

Oseias, adorei seu post, mas eles podem alegar, e com razão, que estão em águas internacionais. Porém, se estiverem dentro da ZEE e estiverem pescando, não importa se estão em águas internacionais ou não. Estão errados e podem ser afugentado, apreendidos e até afundados se resistirem.

OSEIAS

Sim Leandro, você está correto nesse ponto. O que quero salientar é que devemos impedir a entrada dos pesqueiros em nossas águas, em nossa plataforma continental, e monitorar os navios de poio e indústria que estão em águas internacionais.

Carvalho2008

Veja que é complexo.

Atuam em enxame nos limites, ou voce esta la na hora ou ele foge e fica na margem, quando vc dá as costas ele foge. Se voce não o apreender enquanto dentro da ZEE, voce nao pode faze-lo depois. Como é um enxame, dois ou tres patrulhas tambem nao fazem muita diferença. O pesqueiro nao vai parar e existe o risco que mesmo você atirando, seja albarroado por dezenas de pesqueiros

Carvalho2009

Ainda, mas se fizeram no Equador porque não fariam aqui? Acredito que apenas começaram por lá pois parece que a costa do Pacifico é bem mais piscosa que a do Atlantico.

Eles selecionaram as costas com marinhas fracas na vigilancia

Saldanha da Gama

2!

Allan Lemos

Dói pensar que já tivemos uma das maiores e mais poderosas marinhas de guerra do mundo na época do Império.

Flanker

Sempre essa papagaiada……

Allan Lemos

A Marinha Imperial sempre será enaltecida pelos verdadeiros patriotas.

Flanker

Império foi…acabou…virou museu…história…..o mundo anda pra frente……corrijamos o presente e deixa o passado nas reminiscências.

Leandro Costa

Sim. Fluvial, claro.

carvalho2008

Dois países não signatários do acordo da ZEE de duzentas milhas

China e EUA

Um vem predar, o outro para impedir o avanço em seu quintal

Foxtrot

Será que até que enfim a MB está pensando em “larga o osso” e autorizar a criação de uma Guarda costeira nacional ?
Acho muito improvável, mas !

Flanker

Guarda Costeira para criar mais cargos, mais vagas, mais gente, mais custos? A MB precisa, sim, ela mesma cuidar disso, com vergonha na cara e gastando o dinheiro de forma correta.

Foxtrot

Melhor do que uma marinha que não faz bem nem uma coisa nem outra.
Bastaria transferir pessoal e bases das capitanias dos portos para a nova guarda costeira brasileira e extinguir outras sem noção nenhuma.
Como exemplo tem 2 capitanias dos portos em Belo Horizonte longe quilômetro de qualquer rio, lagoa, lago ou mesmo riacho!

Carvalho2008

Ate hoje não sei o que é melhor.

Acho que manter na MB talvez ainda seja o caminho para melhor compartilhar os recursos.

Vou exagerar provocativamente. A guarda costeira tem uns Cutter que são verdadeiras fragatas ou corvetas, só não levam misseis…então imagine o gasto co m treinamento…a redundancia fica grande

Allan Lemos

A MB prefere depender de um país estrangeiro para vigiar as próprias águas do que abandonar o orgulho e a vaidade para permitir que o Brasil possua uma guarda costeira.

Dalton

Os EUA costumam enviar os grandes e médios navios da Guarda Costeira para missões no exterior com certa regularidade, seja no Pacífico Ocidental, Oriente Médio e Atlântico Sul onde também exercitam-se com nações africanas.
.
O “Stone” é o nono dos 11 “grandes” navios da classe Legend substitutos dos 12 da classe Hamilton e durante um tempo especulou-se que apenas 9 seriam construídos.

Tomcat4,2

O bichão tem mais tonelagem que nossas futuras fragatas.

Bardini

No meu PEAMB, consta uma classe de navios chamada “Navio Proteção Amazônia Azul“. Nome bem sugestivo da sua missão e com viés político mesmo… Seria um navio barato, bastante “civilizado”, de caráter policial, voltado a operar exclusivamente dentro da ZZE, particularmente na zona mais externa, onde existe muito pouca presença do estado brasileiro. Fiscalizações, combate e repressão a pesca ilegal, crimes ambientais, SAR, etc… missão básica de “polícia”, sem frufru desnecessário pra ficar brincando de ir a Guerra. . Seria algo nessa linha, com um preço objetivo com teto casa dos 20 milhões de dólares: http://www.gondan.com/es/portfolio_page/rio-segura/ . Nas minhas contas… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bardini
Flanker

Esses navios, para essa missão, não teriam que ter algum tipo de armamento, como um canhão 30 mm tipo o dos classe Amazonas? Pelo link que vc postou, não aparece armamento algum.

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Junior

Concordo, acho que no mínimo deveria ter um 40 mm, esses pesqueiros chineses não são tão indefesos assim não, eles andam armados pelo que li de uma entrevista de pescadores do RN que foram enxotados por esses barcos

Bardini

Quanto custa um canhão de 40mm que seria completamente inútil para esses navios? uns 5 milhões de dólares no pacote completo, chutando baixo? A cada quatro peças tu deixaria de ter o que, um Navio novo para patrulhar?
.
Se tu não tem navio para patrulhar, tu não vai nem encontrar o tal do chinês armado…

Carvalho2008

Mas pela cara da coisa, vai precisar de armamento pesado.

Ninguem investe toda uma industria pesqueira apenas para blefar.

Tem armamento pesado bem mais barato que possa ser usado pois o enfrentamento é quase corpo a corpo. Lança rojões, morteiros, casulo de foguetes, canhões oerlikon 20 e 40 mm antigos e manuais…

Yuri Dogkove

Cadê a melhor Marinha da América do Sul para fiscalizar seu próprio quintal? Quando eu digo que quem manda nisso tudo aqui é o Tio Sam ninguém acredita…

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

Falta de senso de realidade. Quantos navios pesqueiros.o Tio Sam vem mandando para arrasar com o pescado da América do Sul ?

Carvalho2008

Numa eventualidade de um enxame abeirar o limite de nossa ZEE, ficar no entra e sai brincando de gato e rato e numa abordagem nossa para apreender um deles aqui dentro, caso eles ameacem abalroar nosso patrulha que estaria em menor numero, pergunto:

Um A29 poderia ser empregado para impor respeito e forçar os demais pesqueiros agressivos a se afastarem e não tentarem ajudar o pesqueiro apreendido?

O nosso barco patrulha apreende, se alguem tentar revidar o A29 senta o dedo. Seria inviável?

Carvalho2008

Não esqueça que os chineses estão lançando navios de guarda costeira de 10 mil ton e navio assim deste tamanho não será para ficar no quintal dela. Ta na cara que será para operações globais

Alang

Melhor um navio patrulha norte americano do que um navio patrulha chinês, concordam?

- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

A foto que irritou os almirantes da Marinha dos EUA

Durante uma manobra no Caribe em 2007, um submarino alemão diesel-elétrico (U24) rompeu o anel defensivo em torno do...
- Advertisement -
- Advertisement -