domingo, abril 11, 2021

Saab Naval

VÍDEO: NAM ‘Atlântico’ entrando no Porto de Itajaí (SC)

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Nas imagens feitas pelo canal Sobcontrolefilms, o NAM – Navio-Aeródromo Multipropósito ‘Atlântico’ entrando no Porto de Itajaí (SC), durante a Operação Aspirantex 2021.

A aquisição do então porta-helicópteros Atlântico foi anunciada em junho de 2018 pela Marinha do Brasil, que comprou a embarcação da Royal Navy (marinha britânica) por £ 84 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 415 milhões na cotação da época).

O navio, que antes se chamava HMS Ocean, foi construído na Inglaterra em 1995. De acordo com a MB, o NAM Atlântico pode navegar a velocidade de 18 nós (33,3 km/h) e tem um raio de ação de 8.000 milhas náuticas (14.816 km).

A embarcação tem capacidade para receber até 18 helicópteros, 40 veículos blindados e mais de 800 tripulantes.

Com a desativação do porta-aviões São Paulo, o Atlântico com seus 203 metros de comprimento e 21.578 toneladas de deslocamento (com carga máxima) assumiu o posto de maior embarcação da esquadra brasileira – e entre todas as marinhas da América Latina.

A embarcação é empregada pela Marinha em operações aéreas com helicópteros, operações anfíbias com tropas de Fuzileiros Navais e missões de controle de área marítima para proteção de linhas de comunicações marítimas, além de conduzir atividades de apoio logístico, de caráter humanitário, de auxílio a desastres naturais e operações de manutenção da paz.

- Advertisement -

42 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
42 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Adaime

Pergunta de leigo ao “marinheiro” Galante:
Por que o rebocador na proa do Atlântico vai de ré?

Jonas K

Para frear o navio caso seja necessário ou virar a proa rapidamente, em conjunto com os outros rebocadores. (Terá mais força)

João Adaime

Obrigado pelo esclarecimento Jonas.
Abraço

Luiz

Pessoal , uma pergunta de um leigo que pode ser uma pergunta idiota mas é uma duvida que eu tenho. Em tempo de paz, os pilotos da marinha, me refiro à marinha brasileira, neste caso os dos helicópteros ou mesmo pilotos de avião, tem outra função dentro das atividades diárias da tripulação embarcada que não seja ficar de prontidão?

Cleber

O Bichao e imponente mesmo ! Mas somente 2 aeronaves no convoo e pra matar e ainda nao vi um desembarque de FN nele usando a lancha rapida .

Fernando Martins

Exato.

Pablo

Se não me engano, na Unitas, teve desembarque!

Last edited 2 meses atrás by Pablo
Cristiano de Aquino Campos

Se teve, foi somente nesse evento. Que lastima.

Pablo

bom, sendo uma, então já foi usado. Estava vendo os vídeos da UNITAS e realmente teve sim o desembarque pelas lanchas do Atlantico.

Last edited 2 meses atrás by Pablo
Cristiano de Aquino Campos

Ver desembarque de um jipe marrua que seja pelo pontão ou guinchado pelos helicopteros tambem não vi.

WELLINGTON RODRIGO SOARES

Fico imaginando se não houvesse essa ótima compra de oportunidade, que foi o NAM Atlântico. Nossa esquadra é tão limitada, porém o NAM deu uma sobrevida, trazendo um radar moderno e podendo contribuir em muito com a vigilância dos nossos mares. Agora teremos os 4 Riachuelo para dar um fôlego na capacidade de combate. Agora nossos meios de superfície estão no osso, tirando a corveta barroso são todos velhos, porém a Barroso mal tem dentes para se proteger sozinha, principalmente na defesa antiaérea. Como eu gostaria de ver 3 RIM-116 no NAM, 1 no Bahia e uma atualização da Barroso,… Read more »

carvalho2008

Pois é….se está ruim agora…alguem imagina como seria sem ele ainda por cima….?

A C

Pelo jeito vamos ter mais perguntas do que comentarios. 😉

Gostei do video pois mostra alguns detalhes que ainda nao havia observado no NAM “Atlantico”. Sabem dizer se eh necessaria uma autorizacao da MB para sobrevoo de drone? Ou o sobrevoo eh feito a revelia e fica tudo por isso mesmo?

João Adaime

Caro A C
Também pensei o mesmo. E não só da MB. Da Força Aérea também, pois há um aeroporto pertinho dali.
Abraço

Fernando Martins

Cara, por mais providencial que tenha sido essa adquisição do Atlântico, ainda é muito pouco. Se for ver, em um hipotético cenário de conflito, se esse navio for abatido, não vamos ter mais nada. Nossos subs vão ficar sozinhos na parada com as “águias” dando volta em cima caçando um por um. É por isso que eu acho que, quem critica a Marinha por perseguir o projeto de ter um porta-aviões, não sabe muito bem o que está dizendo…

Felipe W.

Concordo com você mas o que o sr. sugere que façamos?

Last edited 2 meses atrás by Felipe W.
Pedro Tavares Nicodemos Filho

Um porta-aviões já é pouco, o mundo está armado DEMAIS! Temos de pedir logo mais 2 lotes de SAAB GRIPEN E/F, de preferência do SAAB GRIPEN NAVAL e com uma proporção maior da versão de 2 lugares, para JAMEAMENTO, TREINAMENTO e OFICIAL DE ARMAS, como nos BOEING F-18 SUPER HORNET GROWLER. Como o espaço de tempo é pouco para desenvolver um MBT de 50 toneladas, que é o máximo que nossas pontes suportam, então é bom pensar no PROTÓTIPO DE 5ª GERAÇÃO POLONÊS PL-01 OBRUM, da marca OBRUM, que tem BAIXO RCS, BAIXA ASSINATURA TÉRMICA E BAIXO PESO. O modelo… Read more »

Zé Luiz

Com relação ao Brasil pode esquecer estes planos, aqui as aquisições são feitas na base de grandes programas de custo elevado e de tempos em tempos. Vide os programas navais: Niterói, Inhaúma, Tupi, Scorpene e futuramente Tamandaré, por fora são compras de oportunidade. Quantos aos carros de combate do Exército, só cito aqui a carência absurda de armas anti carro, leia-se mísseis anti carro, enquanto em conflitos do Oriente Médio estas armas são usadas em larga escala e agora a moda dos drones kamikases. Então talvez tudo tenha que se repensado.

Cristiano de Aquino Campos

Se tivermo um porta-aviões que no caso ficaria no lugar do Atlantico e custaria mais e o mesmo for afundado, o cenário vai ser o mesmo.

Pedro Bó

O Atlântico, os três classe Amazonas e o Bahia foram ótimas aquisições da MB.

Pedro

O que vou falar é indigesto, mas é uma verdade: é um baita de um iate esse navio! Pois nao tem armamento, nao tem aeronaves para uso pleno e nem meios anfíbios, logicamente q ele é um iate de luxo para almirantes!

Wilson Look

O navio tem 4 canhões 30mm modelo DS30M, para auto defesa.
O navio não precisa operar sempre com sua dotação máxima de aeronaves, além de ter operado no ano passado com aeronaves do EB e da FAB em um exercício conjunto.

Iate de luxo militar é o porta aviões da Tailândia.

Zé Luiz

Os canhões de 30 mm do Atlântico, por estranho que seja são armas para tiro de superfície, porque tem baixa cadência de fogo e munição sem espoleta de proximidade. Quando o Atlântico era HMS Ocean a defesa de proximidade contra mísseis e aeronaves ficava a cargo de 03 CIWS. Mas com a remoção destes o navio ficou com uma capacidade de defesa contra mísseis/aeronaves bem complicada. Até interessante comparar a defesa do Atlântico com a do Bahia, que teóricamente é bem melhor, pois este navio veio com 03 armas de 20 mm francesas ( salvo engano na última visita pública… Read more »

SmokingSnake 🐍

O Artisan 3D conseguiu detectar o drone? E ele tem arma capaz de abater o drone??

Esteves

Eu acho que radar não derruba nada não.

Francisco

O navio continua sem CIWS, até hoje não resolveram isso.

Nilson

CIWS pode esquecer, não vai rolar… O que assusta é nem mesmo os Mistral terem sido instalados até hoje.

Esteves

Mistral…podem estar vencidos. Mistral para defesa de um navio desse tamanho?

Esteves

Não tem dinheiro.

Last edited 2 meses atrás by Esteves
Renan

Alguém fala para o presidente que se ele construir uma esquadra inteira no Brasil, irá alavanca o PIB nacional.
Necessitamos de uma esquadra
Necessitamos de PIB
Invista e terá os dois

Sagaz

Podemos ter smartphones nacionais, cpus nacionais e gastarmos dinheiro do contribuinte para arcar com a diferença. Ou aumentamos o PIB com o governo diminuindo os gastos (deixa eu gastar o meu dinheiro ao contrário do governo gastar por mim…)

Renan

Não infelizmente não dominamos tecnologia para fabricação de smartphone nacional, CPU nacional, então não tem como ter estes itens.
O dinheiro de imposto não é seu nem meu.
É da sociedade, e sim ele deve ser utilizado para fomentar o crescimento nacional.
Uma esquadra é formada por centenas de navios, e pode ter certeza a grande parte deles pode ter 70% de nacionalização.
E isso geralmente gera muito emprego e renda por uns 20 anos.

Marcelo Baptista

No momento eu prefiro uma reforma tributaria de verdade. Isso sim vai nos ajudar.

Renan

Marcelo me explica de forma macro o que foi a reforma da previdência, e eu te falo o que será a reforma tributário. Reforma da previdência: Custo poupado em 10 anos. 1,4 trilhões de reais. Isso significa que o governo deixará de pagar aos contribuintes 1,4 trilhões em 10 anos. Pode isso? Mas o que faremos com este dinheiro que não existe e não devolveremos ao Povo ? Já sei aumenta os salários, cria benefício, fundo partidário. A então a economia em 10 anos será de 850 bilhões. Tá ótimo. Pera aí mas tadinho do ministro do supremo ele precisa… Read more »

Teropode

Um faz tudo , solitário e angustiado , daqui a pouco vão usá-lo no para pescar sardinhas e atuns amarelos .

Cristiano de Aquino Campos

Foi projetado como porta-helicópteros, opera helicópteros, más no Brasil o almirantado que que seja Navio aerodromo.
Pense num coquitel por ai, um almirante estrangeiro pergunta sobre o captânia da nossa esquadra e o mesmo responde que e um navio aerodromo. Ai o estrangeiro pergunta, quais os caças embarcados? Segue um silêncio constrangedor..

Esteves

Sociedade rotular. Vive na rotunda. Anos passados…as empresas faziam o pré-lançamento de produtos em 3 cidades. SP, Curitiba e Campinas. Marcas. Consumo. Apelo. Publicidade. Identidade. A MB chegou no Ipen e foi pintando. Comprava e pintava. Lembro uma vez ou duas que CNEN foi pintado tão grande que quando abriam a porta do veículo ficava CN numa parte, EN na outra. Quando a LG patrocinou as camisas do Tricolor Maldito exigiam o LG bem grande. Quando fazíamos ações de venda e pedíamos dinheiro a eles…bota o LG bem grandão. Os prédios públicos no RJ…presídios principalmente…escrevem de um jeito que qualquer… Read more »

carvalho2008

Segue um excelente documentario sobre a vida a bordo enquanto ainda HMS Ocean

Esteves

É uma cidade. Passando dos 25 anos. Deveríamos ter um orçamento destacado para levar esse navio mais 20 anos sem sustos.

E protegido.

José Luiz

Só assim para conhecer o interior do navio. Detalhe um dos tripulantes das máquinas fala da idade do navio. Pensei por tá novinho.

Carvalho2008

Pois é…

- Publicidade -

Guerra Antissubmarino

Londres teme que submarinos russos ‘super silenciosos’ operem em águas britânicas

Segundo o The Telegraph, novos submarinos russos supostamente representam uma ameaça à segurança britânica, rastreando a frota da Grã-Bretanha,...
- Publicidade -
- Advertisement -