quinta-feira, janeiro 20, 2022

Saab Naval

Índia testa com sucesso míssil de cruzeiro autóctone ‘Nirbhay’

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Índia testou com sucesso um míssil de cruzeiro subsônico autóctone ‘Nirbhay’ de 1.000 km de alcance, com o motor Manik desenvolvido localmente substituindo completamente o motor russo anterior.

A Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa (DRDO), no dia 11/8, lançou o míssil de cruzeiro Nirbhay de uma instalação de testes em Chandipur, Odisha, de acordo com uma reportagem do Hindustan Times. O míssil foi disparado pouco antes das 10h e permaneceu no ar por 15 minutos, cobrindo uma distância de 100 km.

O engenho é um míssil de cruzeiro subsônico de longo alcance projetado localmente, com capacidade nuclear, que pode, supostamente, transportar ogivas pesando até 300 kg.

Diz-se que o LRLACM (Long Range Land Attack Cruise Missile) é capaz de alcançar velocidades máximas entre 0,6 e 0,7 Mach e pode atingir alvos terrestres a uma distância de 1.000 km. Também pode ser lançado de várias plataformas, marítima, terrestre, aérea ou subaquática.

O míssil de última geração tem 0,52 metros de largura e 6 metros de comprimento, com uma envergadura de 2,7 metros. Em 2020, o The Diplomat relatou que o Small Turbo Fan Engine (STFE) estava sendo desenvolvido pelo DRDO’s Gas Turbine Research Establishment.

O míssil também tem capacidade de espera que permite que a plataforma de lançamento mude de direção dele durante o voo e conforme se aproxima de seu alvo por meio de correções de voo em curso. É um míssil de dois estágios, o primeiro usando combustível sólido e o segundo, combustível líquido.

De acordo com alguns informes, sua habilidade de deslizar sobre o mar e acompanhar o terreno permite que ele escape dos radares inimigos e evite ser detectado.

O míssil será, supostamente, entregue ao Exército Indiano, que fará mais testes antes de sua indução.

Assim que o míssil for introduzido, espera-se que seja implantado ao longo da Linha de Controle Real (LAC) para melhorar as capacidades da força de fronteira da Índia em meio a um longo impasse com as forças chinesas em vários pontos no leste de Ladakh.

A versão lançada de navio do míssil deverá ser introduzida na Marinha até 2023, de acordo com alguns informes. Os testes de uma plataforma submersa também podem ocorrer ainda este ano.

FONTE: Times Now

- Advertisement -

51 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
51 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner

E o brasileiro? Tá na fazendo autocad ainda?

Douglas Rodrigues

Ah, não acompanha as notícias?
Se já tem uma réplica voando em testes em F5, já passou bastante da fase do desenho em Autocad.

737-800RJ

Calma, falta pouco!

images - 2021-08-13T160147.835.jpeg
737-800RJ

🙂

images - 2021-08-13T160103.807.jpeg
737-800RJ

FB-IMG-1627992295823.jpg
Antonio Ferreira

26 GMF?

Foxtrot

Só mais 5 anos ! Rsrsrs

Airton

5 anos??? Isso me lembra aquela passagem do filme Top Gun quando o comandante do porta aviões é informado que leva 20 minutos para arrumar a catapulta e ele responde “ em 20 minutos essa guerra estará terminada” rsrsr

Marcos Borges

Poderia utilizar o Av-MTC para desenvolver um míssil de cruzeiro anti-navio, aproveitando a expertise do Mansup.

Mameluco Pernambucano

Se eu posso descontruir, por qual motivo então vou dá crédito!!!

Heinz Guderian

Você foi diagnosticado com síndrome de vira-lata.

Fernando

Respeite os patamares. A Índia está na primeira divisão, países que vão à Marte.
O Brasil está na Série D, países que não conseguem replicar uma V2

Adriano RA

Infelizmente, sou obrigado a concordar. Talvez nem mesmo uma V1.

Adriano Madureira

Isso se sabendo que o programa espacial brasileiro e indiano começaram quase que paralelamente…

Hoje eles chegaram onde estão e nós estamos empacado, tanto que foram eles que lançaram nosso mais recente satélite, e os chineses antes deles.

Nós estamos relegados a foguetes sonda…

comment image

Nonato

Não pergunte o que seu país pode fazer por você.
Mas o que você pode fazer pelo seu país…
Quem não ajunta, espalha…

Cristiano de Aquino Campos

No caso do nosso país, o que a nossa elite politica e econômica quer que façamos e pagar os impostos. Na verdade a elite politica quer que se pague impostos e a elite econômica quer que o povo, pague impostos por ela.

Diogo de Araujo

É mesmo Nonato, vou lançar um foguete hoje mesmo, obrigado!

Felipe Morais

Ué, minha parte estou fazendo por meu país. Trabalhando e pagando altíssimos tributos. E o que meu país tem feito por mim na área militar e tecnológica, custeados pelos tributos que eu pago?

Bosco

As Forças Armadas são o espelho dos outros serviços públicos brasileiros: inchados, ineficientes e cheio de direitos e regalias que ofendem o cidadão comum. Nem dos Poderes, civil e militar , federal, estadual e municipal, estão isentos de críticas acerca do fim que fazem com nossos tributos que além de mal geridos não raro são desviados. “A Marinha não tem navios e tem um quadro de pessoal enorme”. Essa afirmação serve para todos, literalmente todos, os outros setores públicos brasileiros. É só a gente trocar os termos “Marinha” e “navios” e colocar por exemplo “Ministério da Educação” e “escolas”, ou… Read more »

Faver

Prezado Bosco. Admiro seu conhecimento, mas se me permite vou discordar do senhor. Quem ficou 29 anos no congresso, tem parentes senador e deputado, e está há 3 no máximo do poder deste país é o próprio establisment. Esta luta contra inimigos imaginários já não cola mais… Juntar tudo no mesmo balaio parece desonestidade intelectual… Professores e a maioria de funcionários públicos não aposentam com salário integral, com subida de patente (promoção), não tem hospital e justiças próprias, não tem vilas militares com casa subsidiada para morar em área nobre da maioria das cidades que tem FA…. A lista é… Read more »

Bosco

Faver, Eu não defendi as Forças Armadas. Só citei que elas são o espelho do setor público brasileiro. Há juízes que ganham 500… 600 mil por mês. E não são casos isolados. Quanto ao presidente , sua opinião é válida e a respeito. Exerça seu direito de voto nas próxima eleições e reze para que o processo seja transparente. Mas devo confessar que não concordo. Não foi o “establishment” que o colocou no poder e sim o povo, pela primeira vez no Brasil. E discordo em relação aos “inimigos” imaginários. Até onde sei seus inimigos são bens reais. Um grande… Read more »

Carlos Alberto Soares

Pois é …..

Fernando

Sua análise está corretíssima, eu não poderia concordar mais. Só no último parágrafo que, talvez seja ironia que eu não peguei (se for retiro o comentário), que tenho que discordar. Eu acredito que o presidente foi escolhido realmente pela vontade popular, o resultado das eleições prova isso, mas ele mesmo acha que não, afinal ele vive dizendo que as eleições foram fraudadas. Ele tem diversos problemas psicológicos e parece que tem falta de auto estima também. Já quanto a não ser produto do estabilishment, só posso tomar como ironia pois ele é produto do estabilshment. O mérito dele foi, sendo… Read more »

Nostra

DRDO tested ITCM ( indigenous technology cruise missile ) which is derived/based on Nirbhay technology demonstrator

Nirbhay used Russian Saturn 36MT turbofan & Indian PTAE7 turbojet engines

ITCM used newly designed GTRE Manik turbofan engine which is the definite engine for the various subsonic cruise missiles under development

DgH2gw_XkAAyHJm.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra

The current testfire of ITCM was to test & evaluate the performance of GTRE STFE Manik engine in-flight

Manik turbofan engine has state of the art digital control, advanced fuel control, and pyro systems

It is a twin-spool engine without an afterburner and with high-speed alternator, un-cooled high-pressure turbine blades and shrouded low-pressure turbine blades

Pic of high altitude ground test

images.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Teropode

Chineses dando deslikes em você , por isso que somos conhecidos mundialmente como o banana de pijama ,😂😂😂, se a Índia chutar a China vai quebrar muito dente no Brasil 😂😂😂. Google translate .

André Macedo

Não diria que são chineses, já implicaram com ele por falar em inglês aqui no blog, bando de fresco.

Omaha

Se chutar o saco dos chineses alguns aqui saem de queixo quebrado

Slow

Se chutar o dos americanos acaba o blog ..

Teropode

Mr Nostra , traga notícias sobre o andamento do programa AMCA para nós , assim que possível .

Nostra

Development and testing of various systems and sub systems to be used in AMCA has progressed considerably

Recently Titanium alloy Beta21S (Titan 44A) material was certified for use in high thermal zones of AMCA

First prototype 2024 , first flight 2025

Pic Sensor housing prototypes using AlSi10Mg alloy. It is for housing highly sensitive intertwined fiber optic cables that are connected to radar & sensors and also part of AMCA fly by light ( optics ) flight control system

Et_vO6AXYAQhGTv.jpeg
Carlos Campos

legal, aqui nos temos um turbofan para mísseis e drones, pelo que eu sei não está sendo usada para nosso projeto de míssil de cruzeiro, Nostra, gostaria de saber o que o povo está falando aí na índia sobre o Talibã voltar os controle do Afeganistão, já que eles podem ser um problema na Caxemira futuramente.

Nostra

Very bad, india already fought taliban terrorists fighting on behalf of Pakistan in Kashmir in the 90s , things will get worse not only for India but around the world

Russia will be also in trouble since the 3 neighbouring predominantly islamic countries bordering Afghanistan will be at risk of influence of Taliban. These 3 countries are under the Russian zone of influence and so if Taliban gains inroads in them they will be at the doorsteps of Russia

M.@.K

Interessante…

Nostra

Old pic of Nirbhay sea-skimming ( wave top flight ) over the sea during test

13068195_fbimg1609919204828_jpeg9d07964d7cbc71e83a38881b4c025bc8.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra

Under ITCM program the following subsonic cruise missiles under development

1. Long range land launched subsonic cruise missile

2. Long range air launched subsonic cruise missile

3. Long range ship launched subsonic cruise missile

4. Long range submarine launched subsonic cruise missile

5. Dual speed cruise missile (DSCM) with supersonic terminal stage

Nostra

Two other subsonic cruise missiles are in development but under a different program

1. NASM-SR : Naval anti ship missile – short range . Launch by helicopter, aircraft & ship

2. NASM-MR : Naval anti ship missile – medium range . Launch by helicopter, aircraft & ship

Nostra

But unfortunate reality is DRDO has been facing some difficulties with the long range range cruise missile

There has been more than normal test failures eg due to lack of local engines untill now etc

Hopefully it will get sorted out soon

Nostra

Also under hypersonic cruise missile development program two hypersonic cruise missiles are in development

1. Long range land launched hypersonic cruise missile. It will combine a booster with a HCV running a Scramjet engine ( previously flight tested in HSTDV )

2. Long range air launched hypersonic cruise missile. It will combine a small booster to a HCV running a DMRJ ( combined ramjet & scramjet ) ( previously flight tested by ISRO )

Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra

Both the DRDO hypersonic cruise missiles mentioned above are completely indigenous and not to be confused with Brahmos-2 which is a joint venture (JV) & is a different program.

Nostra

Old pic of testfire of DRDO Hypersonic technology demonstrator vehicle (HSTDV) where a HCV ( hypersonic cruise vehicle ) running a scamjet engine achieved ignition and sustained combustion to reach speeds of Mach 6, an achievement which is similar to trying to lit a matchstick inside a cyclone and than keep it burning

13066328_addtext112005_40_39_jpeg5ab7e4e249ac6946b9d70104644dd823.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
Nostra

Pic of Supersonic RTRS ( rail track rocket sled ) facility testing of HSTDV cylindrical fairing seperation & intake cowl opening

In the test setup HSTDV ( which contains the scramjet engine ) nose is exposed while the rest of the body is enclosed by cylindrical fairings

Order of operation is

1st nose shields get seperated

2nd cylindrical fairings get seperated

3rd air intake cowl leading to scramjet engine opens

4th booster seperates

E6ASq3rWEAE_JZ3.jpeg
Last edited 5 meses atrás by Nostra
rui mendes

Mesmo, é assim mesmo Chile, parabéns.

Teropode

A figueira quando bem regrada da frutos , frutos de ótima qualidade .

Foxtrot

Enquanto isso estamos engatinhando com nosso Masup de 70km e que se não foi cancelado, ao que parece está no caminho de ser.
Nosso MT-300 que até hoje está em fase de “término” e sob sigilo idiota.
Parabéns Índia.

Agressor's

Em era de tecnologia, quem produz é rei. A cada década que passa o abismo aumenta…Um país como o Brasil, era pra estar entre as 4 maiores potências mundiais em todos os aspectos, uma pena que a corrupção e a mentalidade do brazileiru não deixam o progresso fluir!….

Last edited 5 meses atrás by Agressor's
fewoz

Parabéns à Índia, que vem evoluindo muito com seus programas nacionais.

Nonato

O Brasil poderia comprar.
1.000 km de alcance sea skimming.

_RR_

nonato

A menos que se faça uma versão convencional com 300km de alcance…

Brasil e Índia são signatários do MTCR, que controla a circulação legal de armas desse tipo.

Antonio Ferreira

So para exportação

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

40ª força-tarefa da Marinha Chinesa é enviada para missão de escolta no Golfo de Áden

A 40ª força-tarefa da Marinha do Exército de Libertação Popular da China (PLA Navy) partiu de um porto militar...
- Advertisement -