quinta-feira, janeiro 27, 2022

Saab Naval

Marinha da Coreia do Sul comissiona primeiro submarino classe KSS-III com capacidade SLBM

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Marinha da República da Coreia (RoKN) comissionou seu primeiro submarino de ataque diesel-elétrico (SSK), desenvolvido localmente, capaz de transportar mísseis balísticos lançados por submarino (SLBM).

Chamado Dosan Ahn Changho (indicativo visual SS 083), o submarino de 83,5 m de comprimento, que é o primeiro de uma frota planejada de nove submarinos da classe KSS-III do RoKN, entrou em serviço em uma cerimônia realizada em 13 de agosto nas instalações da Daewoo Shipbuilding and Marine Engineering (DSME) em Okpo na Ilha de Geoje.

Equipado com baterias de chumbo-ácido feitas localmente e um sistema de propulsão independente do ar (AIP) com células de combustível de hidrogênio, o Dosan Ahn Changho deve operar a partir de agosto de 2022, após passar por uma série de avaliações de desempenho e capacidade operacional, de acordo com uma declaração da RoKN.

Modelo do KSS-III com SLBM

Equipado com tecnologia de redução de ruído, o submarino, que desloca 3.358 toneladas quando na superfície e 3.705 toneladas quando submerso, tem uma velocidade máxima declarada de cerca de 20 nós, um alcance de cruzeiro de 10.000 milhas náuticas, e pode acomodar uma tripulação de 50.

Lançado pela DSME em setembro de 2018, o Dosan Ahn Changho, que tem uma boca de 9,6 m, é agora o maior submarino na RoKN: cerca de 18 m mais longo e 3,3 m mais largo do que o os submarinos classe KSS-II de 1.800 toneladas.

É equipado com um conjunto de sonar ativo e passivo da LIG Nex1, incluindo o cilíndrico da proa, flanco, interceptação, alcance e arrays rebocados, bem como o Sistema de Gerenciamento de Combate Integrado (ICMS) Naval Shield da Hanwha Systems. Ele também possui o periscópio de ataque Safran e o mastro optrônico, e o sistema de medidas de apoio eletrônico por radar Indra Pegaso (RESM).

FONTE: Jane’s

- Advertisement -

42 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
42 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
rui mendes

Excelente submarino.
Parabéns Coreia do Sul.

sergio

E tão compacto, eu contei 8 lançadores verticais, qual o alcance desses misses balísticos, duvido que ultrapasse os 500 km, não seria melhor uma capacidade maior de misses de cruzeiro com alcance bem maior, do que esses misses balísticos. não consigo entender essa dos sul Coreanos.

Victor Filipe

Pra que algo maior? o principal alvo deles ta literalmente do lado e a coreia do norte tem de uma ponta a outra uns 800km de comprimento.

Se precisar atacar alvo mais longe eles tem alcance pra ir mais próximo. mas o inimigo mais imediado ta do lado e o pais que suporta ele, china, ta só um pouquinho mais acima e se aproximar com o submarino não levaria tanto tempo

MMerlin

Este suporte será mantido até a Coréia do Sul alcançar um grau econômico e político mais independente em relação aos EUA. Quando a Coréia do Sul e China voltarem ao seu relacionamento natural (existente desde a unificação das três Coreias), a segunda pressionará para unificação de ambas, em um processo similar ao que ocorreu com a Alemanha. Uma potência como a China tem poder político e militar para “impor” de forma amigável, a paz e estabilidade na vizinhança.

Andromeda 1016

Viajou forte na maionese aí companheiro. Existe uma forte repulsa dos coreanos aos chineses que está ficando pior a cada dia por causa da tentativa chinesa de tornar a Coreia um país satélite deles. A China está tentando “comprar” o país com o dinheiro investindo em cultura local (para deturpar e fabricar a visão de que a Coreia foi sempre uma parte da China) e a criação de Chinatowns pelo país mas os cidadãos reagem contra isso de forma feroz levando ao cancelamento de várias projetos existentes no país. Os coreanos não querem entrar no no círculo de influência chinesa… Read more »

Fabio Martinelli

Trabalhei e trabalho com sul-coreanos.Na sua imensa maioria querem a reunificação com a CN e igual distância da China. Além de se referirem aos chineses de forma até preconceituosa, afirmam serem os mesmos tão imperialistas como os japoneses do século XX. Enfim (…)

Andromeda 1016

Isso mesmo.

MMerlin

Não colega. Não viajei. A China é um país histórico e seu modo comportamental deve ser tratado como tal. Principalmente seu relacionamento com a Coréia, que é das mais complexas entre países. Esta repulsa que você diz, de verdade, não encontrei quando estive lá. Mas nem de perto. Referente a influência, ora, a Coréia absorveu vários regimes e correntes filosóficas da China durante toda suas história. Referente aos EUA e a Guerra da Coréia, veja, a época era bem diferente, a força militar e influência econômica do primeiro também. Em 20 anos, a balança entre EUA e China estará bem… Read more »

Gerson

Melhor estudar mais um pouco a geopolítica da região!

Inimigo do Estado

Sem falar da falta de armas nucleares. Ao meu ver não tem muita aplicação esse submarino, sequer para ataque de saturação com apenas 8 mísseis.

Carlos Campos

descordo, imagina atingindo um QG, uma fábrica de munições, uma ponte importante, uma fábrica de aviões e etc. seriam danos gigantes para qualquer país que teria sua capacidade bélica reduzida.

Jorge Knoll

Os nossos Sub só lançam mísseis Exocet, a partir dos tubos de lançamento de ,torpedos e não são nucleares, esse pelo menos é mais completo, e próprio para lançamento de mísseis, independente do usos dos tubos.

Omaha

Mas eles planejam equipar os submarinos com um míssil de cruzeiro nacional com um alcance de 1.500Km, mas mísseis balísticos eles tem um com alcance de 800Km.

Carlos Campos

os Sul-Coreanos junto de alguns outros países são potências nucleares latentes, ou seja em questão meses ou um ano podem ter armas nucleares, agora eles tem lançadores para essas armas.

Segatto

Ao meu ver, 2 motivos: os sul-coreanos querem mísseis balísticos pois as ogivas deles, mesmo convencionais, têm maior energia cinética do que as de mísseis de cruzeiro subsônicas de maneira que tenham maior chance de penetrar os bunkers norte-coreanos (isso eles já liberaram na imprensa, não é suposição minha, mas ficaria difícil achar a fonte de novo) e o outro motivo, suposição minha, é que são uma potência nuclear latente, assim já tem os submarinos e mísseis prontos, todos os vetores, precisando somente desenvolver as armas nucleares quando o relógio chegar bem perto da meia-noite

EduardoSP

Está aí o resultado do Prosub deles, com os alemães.
Compraram vários submarinos, montaram estaleiro, aprenderam como se faz, desenvolveram seus próprios modelos (certamente com algum apoio alemão).
Daria para fazer o mesmo com os 8 bilhões de Euros do PROSUB brasuca.

EduardoSP

Complementando, a Turquia está indo pelo mesmo caminho. Adquiriram 6 Type 214 a serem construídos na Turquia com crescente conteúdo local.

A6MZero

Sem contar que estão projetando um de propulsão nuclear como próximo passo.

Carlos Campos

esse texto envolvendo subs alemão e capacidade replicar e melhorar eles é um assunto proibido na MB.

Rafael

Um país com um programa nuclear maior e mais desenvolvido que o brasileiro; uma indústria naval de ponta e com os maiores estaleiros do mundo; líder em rankings internacionais de inovação e competitividade e ainda assim escolheram construir quase trinta submarinos convencionais, incrementando capacidades e o nível de nacionalização a cada subclasse.

Retenção de pessoal qualificado, fabricantes e fornecedores saudáveis financeiramente, braço armado equipado, desenvolvendo doutrina e adestrando gerações de submarinistas.

Há um caminho: é lento, caro e difícil, mas dá resultado. O outro promete ser rápido, não é; é caríssimo e não dá resultado.

Caio

O outro caminho e para o carnaval.
Criar um carro alegórico nuclear só pra dizer que tem, mesmo que as custas de se realmente ter uma Marinha, capaz de guardar o nosso patrimônio marítimo.

Pedro Bó

Não dá para comparar a paciência e disciplina típicas da cultura do Extremo Oriente com a complacência e displicência típicas da América Latina.

Caerthal

Não é votando do Carniça, no Calcinha Apertada ou em um Coroné Maluquinho que iremos mudar o panorama.

Estamos colhendo o que plantamos.

Palpiteiro

O problema é que continuamos plantando a mesma coisa.

Carlos Campos

se vc mandar esse comentário para um almirante ele chora de vergonha

Teropode

Sera que possuem a capacidade d sentir vergonhs ? Nao acredito em nada .

Rafael

Ter vergonha é uma qualidade rara. A maioria já morreu por dentro, envenenados de robalos, salmões, destilados e frisantes.

Gabriel BR

Solução inteligente

Luiz Trindade

A necessidade é que faz as Forças Armadas evoluírem. É um fato inexorável!

Esteves

Metade do preço dos Scorpenes. Metade do prazo também.

Jorge Knoll

Ainda bem que o Desfile de 7 de Setembro foi suspenso, depois daquela “fiasqueira” que foi o “DESFILE DO VOTO IMPRESSO”.

Esteves

Querem imprimir o voto. O cidadão vota e o votado não foi eleito.

O cidadão vai lá na Justiça Eleitoral reclamar com o voto impresso na mão que o candidato votado não foi eleito. Quer recontagem.

— Meu candidato foi roubado. Tá aqui meu voto. Quero ver todos os votos e contar aqui no balcão. Voto por voto.

Salim

Sou contra a maioria das maluquices e incompetências deste governo, perdemos 4 anos e perdemos muito. Porém sou a favor de colocar impressora na urna eletrônica. O resultado sai rápido e pode se fazer a conferência por amostragem, trazendo uma confiança enorme ao resultado do pleito. O cara vota, confirma, imprimi o voto, verifica o mesmo em visor acrílico e confirma voto, daí o próprio equipamento destaca e coloca urna, se não confirmar, volta e imprimi cancelado. Impressora simples com papel com guia furada ( papel vai pra frente e para trás sem risco ). o custo e baixo ,… Read more »

Teropode

Economizaram na capacidade tecnica , o brasil teve que pagar ate pelos engenheiros e professores franceses .

Jorge Knoll

Voltar ao tempo de conferir voto por voto, representa retrocesso. Imaginem recontar120 milhões de votos manualmente, levaria quanto tempo para conferir voto por voto, e ainda possibilidade de descobrir o nome do eleitor? Já que possibilitaria o eleitor levar uma cópia do seu voto para casa, e assim como combinado receber o pagamento pela venda do voto! Por quatro anos fui Escrivão Eleitoral da 82ª Zona Eleitoral, São Sepé/RS, estavam contando os votos no Clube do Comércio, e um dos candidatos à vereador, reclamou que só apareceu 1 voto para ele, na seção eleitoral que ele votava, logo o voto… Read more »

Salim

A urna eletrônica continua e voto vai para urna. Levar voto pra casa e insano. Voto impresso seria só para confirmar por amostragem pleito .

Helio M

O que é aquela escotilha na proa logo acima das marcas de calado a bombordo?

Andromeda 1016

É a saída da contramedidas para ataque de torpedo. Os chamados “Decoys”. Esse aparato apresentou muitos defeitos durante as provas e foi uma das causas de demora de 3 anos para que o submarino fosse entregue à marinha coreana.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1129762174098463&id=100011940726804

Carlos Campos

Segundo a MB esse sub teria sido melhor com a França que tem capacidade SLBM, parabéns a CS que levou a frente a tecnologia alemã e hoje pode até competir com os mesmos no mercado de subs diesel-elétricos, esse deslocamento é bem grande, daria para dar uma volta tento pelos mares da China quanto o Japão.

paulo araujo

Silenciosos, em grande número, com mísseis balísticos…
Isso não é para caçar subs.
Mais parece para ataques de surpresa.
Uma sub Pearl Harbor?
Ou retaliação…

Carlos Campos

retaliação na minha opinião.ou seja tu bate,ma também leva, podendo ser para qualquer desafeto da CS,

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Construção da primeira fragata classe ‘Tamandaré’ deve começar em setembro

Em 20 de janeiro, na parte da manhã, como parte da Operação “ASPIRANTEX/2022”, o Comandante de Operações Navais, Almirante...
- Advertisement -