sábado, outubro 16, 2021

Saab Naval

Marinha do Brasil participa de exercício de sistemas marítimos não tripulados em Portugal

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O Diretor do Centro de Guerra Acústica e Eletrônica da Marinha (CGAEM), Capitão de Mar e Guerra Marcelo Chagas de Lima, e o Encarregado do Grupo de Sistemas Digitais, Capitão de Fragata (EN) Ali Kamel Issmael Junior, participam, no período de 8 a 24 de setembro, na Península de Troia, em Portugal, como observadores do exercício Robotic Experimentation and Prototyping augmented by Maritime Unmanned Systems – REP (MUS) 2021.

O evento conta com mais de 40 entidades, entre as quais 17 Marinhas (incluindo a dos EUA e a do Reino Unido), 15 Entidades de Investigação & Desenvolvimento, 1 Universidade e 8 organismos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

O REP (MUS) é um exercício de experimentação para Sistemas Marítimos Não Tripulados. Ele foi iniciado em 2010, com um protocolo entre a Marinha Portuguesa e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que ao longo dos anos tem crescido e suscitado interesse nacional e internacional de outras entidades. A edição de 2021 é coorganizada pela Marinha Portuguesa, Faculdade de Engenharia da FEUP, Centro da Organização de Ciência e Tecnologia da NATO para a Investigação e Experimentação Marítima (NATO STO CMRE) e a NATO Maritime Unmanned Systems Initiative (NATO MUSI).

A presença da Marinha do Brasil como observadora no REP (MUS) abre caminhos para a participação da Força, com veículos autônomos, bem como do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, de Empresas e Universidades, em próximas edições do exercício, além de prospectar o Estado da Arte na área de Veículos Autônomos nos possíveis Teatros de Operações Marítimos em ambientes de superfície, submarino, aéreo e terrestre.

FONTE: Marinha do Brasil / IMAGENS: Marinha Real Holandesa

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bueno

Que legal!!
 
Muito bom a aproximação da Defesa do Brasil com a de Portugal, uma parceria que pode gerar frutos em divisar áreas para a duas nações.

Nilo

A Marinha do Brasil esta distante, mal adentrou no uso de veículo não tripulado aéreo, fazendo uso do sistema “ScanEagle” fabricado pela pela Boeing. Desconheço qualquer trabalho em conjunto com a Força Aérea ou com empresas privadas, quanto mais veículos maritimos não tripulados. Este veículos maritimos capazes de operar em áreas de grande risco e permanecer por longos períodos sobre uma área de interesse com sensores ambientais e de vigilância dispostos em aéreas predeterminadas da navegação mercante, em regiões piscosas e portuárias, seria a forma mais barata, não só em termos de equipamentos mais também de tripulação (treinamento e formação),… Read more »

Bueno

OFF TOP Portugal Brasil
 
tem 2 C-130H FAB em Portugal
 
FAB2477 C-130H dia 24/09/21
 
https://www.flightradar24.com/data/aircraft/fab2477#2943e4d7
 
FAB2473 C-130H dia 22/09/21
 
https://www.flightradar24.com/data/aircraft/fab2473#293d8c9a
 
um KC-390 – PT-ZNG esteve Portugal dia 24/08/21

Moisés

A Marinha do Brasil utiliza meios não tripulados a bordo dos seus navios varredores.

- Publicidade -

Últimas Notícias

Japão lança o ‘Hakugei’, segundo submarino classe Taigei

O Japão lançou ao mar o segundo de uma nova classe de submarinos diesel-elétricos. O novo submarino, que foi batizado...
- Advertisement -