quarta-feira, dezembro 1, 2021

Saab Naval

R7: Marinha desenvolve o 1º motor com tecnologia nuclear para submarinos

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A renovação da frota é uma parceria entre o Brasil e a França. O primeiro motor deve entrar em operação até o fim deste ano

Por Pedro Paulo Filho, da Record TV

No interior de São Paulo, a Marinha prepara os testes do primeiro motor brasileiro movido a energia nuclear, que será instalado em um submarino. A tecnologia foi totalmente desenvolvida no Brasil e faz parte do projeto de renovação da frota de submarinos do país.

É no Centro Tecnológico da Marinha em Iperó, a 125 quilômetros da capital paulista, que está sendo montado o primeiro motor de submarino brasileiro movido a energia nuclear. Trata-se de uma técnica dominada por apenas seis países no mundo: Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França, China e Índia. No Brasil, foi concebida de forma inédita.

Tudo é desenvolvido com muito sigilo. O comandante Luís Cláudio Farina, diretor do Centro Industrial Nuclear de Aramar, explica que é para que se tenha a segurança do projeto e do conhecimento gerado. “O objetivo é que esse conhecimento permaneça na marinha e não seja desviado para outros projetos que não sejam pacíficos como o nosso”, diz.

O jornalismo da Record TV teve acesso à preparação do laboratório de geração nucleoelétrica. É um gigante de aço, igual ao submarino nuclear. Tudo é feito em tamanho real, para que os engenheiros possam simular a operação do reator e fazer as modificações necessárias antes da instalação definitiva.

No centro tecnológico, equipamentos também vão monitorar a radioatividade, que é nociva ao corpo humano. Por isso, esses testes de segurança são fundamentais.

“Seria inadmissível que os testes de desempenho, em condições adversas, fossem processados no mar, porque, se algo der errado, é a vida dos tripulantes que estão lá naquela situação”, diz o comandante Salvador Ramos, vice-diretor do Centro Tecnológico da Marinha.

LABGENE e seus equipamentos
LABGENE e seus equipamentos (clique na imagem para ampliar)

Homens trabalham no compartimento turbo gerador de prototipo em terra de submarino nuclear em predio em construcao da LABGENE (Laboratorio de Geracao de Energia Nucleo-Eletrica) no Centro Experimental Aramar em Ipero, interior de Sao Paulo. Centro Tecnologico da Marinha em Sao Paulo e responsavel pelo desenvolvimento do Programa Nuclear Brasileiro da Marinha – FOTO DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

Visão em corte simplificada do SN-BR. Observar a semelhança com o Scorpene S-BR
Visão em corte simplificada do SN-BR. futuro submarino brasileiro com propulsão nuclear

“Todas as situações de emergência serão testadas e validadas para, depois, termos a planta instalada no submarino, já sabendo como ela se comporta e a nossa capacidade de controlar essa planta nuclear”.

Antes o projeto esbarrava em uma limitação: nenhum país fornece combustível nuclear para essa finalidade. A dificuldade foi superada pelo Centro Nuclear Industrial da Marinha, que hoje domina o enriquecimento de urânio.

Parte da fábrica está em construção e, até 2025, deve entrar em pleno funcionamento. A tecnologia será instalada no último dos cinco submarinos que estão sendo construídos na região metropolitana do Rio.

A renovação da frota é uma parceria entre o Brasil e a França. O primeiro motor deve entrar em operação até o fim deste ano. As entregas vão até 2034.

Em um submarino tradicional, as baterias são carregadas por geradores movidos a diesel, mas a autonomia é de até 45 dias. Já com a energia nuclear, são sete anos. O processo de enriquecimento do urânio é todo desenvolvido no Centro Tecnológico. São 48 megawatts de potência. Isso significa que um reator nuclear de submarino poderia iluminar uma cidade de 20 mil habitantes.

Os submarinos ajudam a garantir a segurança de toda a costa brasileira. Pela chamada “Amazônia Azul” passam 95% do comércio exterior do brasil e a maior parte do petróleo (93%) e gás natural (75%) consumidos no país.

Os engenheiros acreditam que, em um futuro próximo, a tecnologia dos reatores nucleares possa ser utilizada em outras áreas. Tornar a água do mar potável e levar energia elétrica a áreas remotas já estão no radar.

O casco do submarino nuclear brasileiro (SN-BR) empregará muitas tecnologias absorvidas na construção da classe Riachuelo (S-BR) da Marinha do Brasil

FONTE: R7

- Advertisement -

289 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
289 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vovozao

24/10/2021 – domingo, Paravens a MB, mais um grande passo no sentido de termos um submarino nuclear; e, que seja o inicio de muitos, pois a nacao brasileira necessita muito de uma marinha digna de nossas necessidades .

Allan Lemos

Espere sentado. Esse ai só vai sair porque é um fetiche do almirantado. Mas chance zero do Brasil operar uma frota de submarinos nucleares, não há dinheiro e nem vontade política para isso. Não adianta ficar se iludindo.

Camargoer.

Olá Allan. Uma coisa de cada vez. A partir do momento que a MB contratou quatro novos SBR, é razoável imaginar que eles serão operados por uns 30~40 anos. Uma frota exclusiva de SBN só daqui algumas décadas. Ao longo dos próximos anos, a MB irá operar uma frota mista. A questão é se a MB irá manter uma cadência de construção de submarinos nucleares após o SN10. Como é um programa de longo tempo, seria um equívoco assumir que a atual situação será a mesma ao longo das próximas décadas… nem mesmo dá para considerar que o atual comando… Read more »

Allan Lemos

Camargoer, acho que você é muito otimista. Não tem como o Brasil, que nunca tratou os assuntos de defesa com seriedade, e nem tem dinheiro para investir nas forças armadas(com exceção das benesses e dos privilégios dos oficiais que querem viver como marajás as custas do erário), levar adiante um projeto desse nível. Não tenho bola de cristal, mas posso lhe dizer o que acontecerá, o Álvaro Alberto será concluído, passará um ano encostado na base para cada mês em operação e é isso. Nunca mais falarão em construção de submarinos nucleares na MB. A não ser quando os almirantes… Read more »

André Macedo

Ele pode até ter exagerado, mas mentir não mentiu, na conjuntura atual isso não seria nada surpreendente de acontecer.

Camargoer.

Caro Allan. Sou um pessimista na análise e um otimista na ação. Qualquer planejamento se faz em torno de cenários, geralmente um otimista e outro pessimista. A realidade ocorre entre estes dois extremos. No caso do Brasil, o histórico dos últimos cem anos mostram que ciclos econômicos são mais curtos que ciclos políticos e nenhum ciclo político é mais longo que uma geração. Durante o regime militar, os gastos militares giraram em torno de 2,5~3% do PIB e foram insuficientes para tornar o Brasil em uma potência militar porque o país tinha enormes deficiências sociais e educacionais. A partir da… Read more »

JT8D

Não adianta Camargo, muitos não enxergam que o que está sendo feito não é meramente um submarino para esta geração, mas o domínio de uma tecnologia que pode ser vital para as gerações futuras. Homens pequenos pensam pequeno. Paciência

Allan Lemos

Meu caro, em qual país você acha que estamos? Noruega? Austrália? Japão? Qual?

Mas não estou me referindo a estes países, mas ao Brasil, quando foi que a nossa defesa e a soberania foram tratadas com seriedade por aqui?

Você acha, sinceramente, que daqui há 30 ou 40 anos o Brasil estará operando uma frota poderosa de submarinos nucleares autóctones?

Neste mesmo mês, mais de 90% da verba que custearia bolsas de pesquisa científica foi cortada. Você acha mesmo que eu estou pensando pequeno? Acorde, camarada. Ainda não conhece o país em que você vive?

JT8D

Você enxerga um horizonte de tempo ínfimo. Mas é um direito seu, não vou tentar convencê-lo de nada

Andre

Nem Japão, nem Noruega e nem Austrália têm uma poderosa frota de submarinos nucleares.

Paulo

Porquê não era o objetivo.

Last edited 1 mês atrás by Paulo
Andre

E onde foi declarado que o objetivo da marinha brasileira é ter uma poderosa frota de submarinos nucleares?

César

Porém, lembre-se de que a Austrália mudou os requisitos para construção de submarinos nucleares ao invés de convencionais há poucas semanas atrás. Tudo é muito dinâmico.

horatio nelson

a australia terá rsrsrsrs

RICARDO RODRIGUES RIBAS

A Austrália terá uma poderosa frota de 8 SSN em 20 anos

Camargoer.

Caro Allan. A solução para este problema que você descreve passará necessariamente pelas eleições presidenciais de 2022. Temos que lutar muito e explicar pacientemente para todos os que conhecemos a necessidade de um voto consciente e correto nas próximas eleições. Estou contigo nesta luta.

Falcon

Quanto mais longe ficarmos da esquerda, mais chance teremos de ter um país rico e adiantado …

Teropode

Mais não com esta direita acéfala que está aí , mas voltando ao Subnucle , sabemos que todo projeto militar de Alta tecnologia sempre da frutos excelentes para a aplicação civil e este reator será um complemento para a renovação de nossa matriz energética , EU TO NA TORCIDA desde 1982 🤞e , faço uma observação : Os subs convencionais não serão impecilho para um segundo ou terceiro nuclear , se a Marinha optar por operar apenas 5 vasos , nada a impede de revender um ou dois Scorpenes assim que o nuclear 2 estiver iniciando os testes no mar… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Teropode
Camargoer.

Caro Falcon. Quanto mais longe da democracia pior ficamos. Esquerda e direita são faces da democracia. A extrema direta e a extrema esquerda, por outro lado, só existem longo dela.

Caerthal

A fantasia de democracia está rasgada, a CF88 é tábua rasa. Temos uma ditadura do STF, gente que não tem legitimidade do voto, manda por tempo excessivo e que sonha com uma país completamente hostil aos valores e aspirações do cidadão comum. Não será fácil sair dessa sinuca.

Slow

Não é oque os dados mostram ..

Cristiano GR

Excelente Falcon.

O exemplo mais próximo é a Argentina.

A Venezuela, outrora, país mais rico da América Latina, hoje é um dos mais pobres e com a população passando fome, mesmo tendo as maiores reservas de petróleo do mundo. E aí sempre aparecem os esquerdopatas para dizer “é culpa do embargo americano”, como se tal embargo surgisse do nada e por nada e como se o país fosse formado por deserto e sem água para plantarem alimentos.

André

Recomendo ler a respeito da “doença do petróleo” antes de falar asneiras. São “direitistas” como você que fazem um discurso raso e limitado que tornam a vida da esquerda mais fácil. Em tempo: Venezuela era exportadora de alimentos até o início do século XX.

Sequim

Pois é. Essa doença do petróleo é a chamada “doença holandesa” que é quando um país rico em recursos naturais, em função dessa riqueza “fácil” deixa de investir em sua indústria e agricultura, fontes reais de riqueza. Quando a Venezuela estava afogada em petróleo, com o povo na miséria, mas com governos conservadores estava “tudo bem”. Eu particularmente acho que o Maduro já deveria ter entregue o poder, mas ele tomou gosto e não quer largar o osso. Mas isso compete aos venezuelanos resolverem.

Last edited 1 mês atrás by Sequim
André

Quanto mais longe de pensamentos estúpidos como esse de Falcon melhor. Todo radicalismo é estúpido por natureza.

João Fernando

Mais esquerda que Bolsonaro impossível

Sequim

Ai, aí. Este tópico só existe por causa de um contrato firmado em 2008. Só estamos comemorando a chegada do primeiro Gripen por causa de uma escolha feita em 2013. Quais eram os governos nesses dois períodos?

Renato de Almeida

Tu acha mesmo que roubo e corrupção tem lado?
Se até o Guedes não acredita nem nele.próprio e mandou grana para fora do país.
O presidente com certeza não vai sair mais pobre da presidência
Muito pelo contrário.
Ah….essas vacinas…

Michel

Só se você se referindo a uma “direita” norueguesa.
A direita aqui é para manter milhões na miséria com discurso e práticas neoliberais. E o mundo está abandonando isso, pois se vê que na prática não há como dar certo.

Já se vê pelas ruas multidões correndo atrás do caminhão do lixo para tentar encontrar alguma comida.

E me diga… no que o Brasil está melhor? Em qual setor? Te ajudo com um item… o setor bancário.

Teropode

Se der ladrão ou palhaço as coisas continuarão na mesma , ladeira abaixo , pra mim a solução vem do Ceará ou de …….. qual o estado do Ran***** heim ?

Adriano Madureira

“Meu caro, em qual país você acha que estamos? Noruega? Austrália? Japão? Qual? Mas não estou me referindo a estes países, mas ao Brasil, quando foi que a nossa defesa e a soberania foram tratadas com seriedade por aqui? Você acha, sinceramente, que daqui há 30 ou 40 anos o Brasil estará operando uma frota poderosa de submarinos nucleares autóctones?”. Seriedade com a defesa aqui chega a ser piada Allan Lemos ! Não temos seriedade e comprometimento com a defesa, uma pasta como a defesa não deveria ser contingenciada, houve até três senadores aqui, Crivella, Pedro Simon e Demóstenes Torres ,que… Read more »

Cel. Bilac Davi

No continente americano, somente as FFAA dos EUA é mais poderosa que a nossa, nem mesmo o Canadá se equipara, o Brasil tem tecnologia para ter um artefato nuclear em 6 meses se assim o quiser, o que não temos é tecnologia de foguete para entregar o artefato no destino. Teremos até 2034, 5 submarinos nucleares.

Cristiano GR

A tecnologia de foguete foi 2 x sabotada durante a construção do VLS, sendo uma a proibição à Ucrânia de cumprir sua parte no acordo com o Brasil e outra a explosão do VLS, seja por míssil ou sabotagem.

André

Fonte a respeito da explosão do VLS na plataforma? Pois é…..
O problema é que as pessoas perderam a vergonha de passar vergonha. Francamente patético.
Fonte: vozes da minha cabeça e grupos da família de Whatsapp.

José Carlos David

Infelizmente os fatos mostram que você está coberto de razão.

Carlos Henrique Batista de Barros

Bolsa de pesquisa científica para discutir ideologia de gênero? Tem que cortar o barato dos universitários de esquerda que ficam pesquisando merda. Tem que estabelecer critérios de utilidade para essas bolsas.

Cristiano de Aquino Campos

Tecnologia sem uso e evolução se perde! Se não construirmos mais submarinos convencionais e nucleares e não aperfeiçoar a tecnologia nesse processo, anos na frente vamos ter que voltar a comprar tecnologia de fora.

Allan Lemos

Você não deveria analisar os cenários, mas o histórico. Acho que nós dois conhecemos a lista infindável de projetos das forças armadas que foram abandonados por “falta de verba”, além é claro da velha mentalidade “o Brasil não tem inimigos” ou “o Brasil é um país pacífico”.

Camargoer.

Caro Allan. O planejamento futuro se faz por meio de cenários. O passado deve ser estudado para elaborar cenários. Não existe relação deterministica entre o passado e o futuro de médio ou longo prazo.

Allan Lemos

Existe sim, Camargoer. A melhor forma de prever o futuro é observar o passado. Se você namorar com uma mulher que costumava trair os seu parceiros, então é bem provável que ela faça o mesmo com você. Se uma pessoa roubou várias vezes, é provável que ela volte a roubar.

Da mesma forma, se o Brasil não levou a defesa a sério em 500 anos de existência, então é provável que isso não mude.

Camargoer.

Caro Allan. O passado distante é um objeto de estudo histórico. Não faz sentido avaliar o Brasil do Sex XIX, por exemplo, latifundiários, escravocrata, analfabeto e rural para montar cenários para o futuro do Brasil nas segunda e terceiras décadas do Sec XXI. Por outro lado, o passado recente (últimos 5 anos) servem para elaborar cenários de curto prazo (próximos 2 anos) porque a história é um contínuo. Para cenários de médio prazo (10 anos) ou longo prazo, o passado vale menos que o presente.

Teropode

Não ignore todo fator psicológico ( e aplicável ) que um Subnuclear põe sobre a mesa , imagine : os ” pesqueiros” verão um navio de patrulha mas certamente temerao o ” peixe grande ” que pode estar por perto e , o custo será diluído nos 7 anos de duração do reator , eh uma energia barata e de toda forma tem” gordura ” para ser queimada no setor de pessoal . Tem que dar certo e vai dar certo !

Leonidas

Isso é conversa para uma Ong. Nação não tem como prescindir de soberania em defesa alegando que tem gente passando fome. Estado nacional tem OBRIGAÇÃO de ter forças de defesa em condições a revelia do seu quadro social Seria como se um estado como Alagoas não tivesse PM ou Bombeiro alegando que não dá para gastar em viatura quando crianças estao morrendo de fome e sem saneamento basico. Esse papo de ONG’s já encheu o saco, e explica o tamanho do buraco em que estamos. Se entre pessoas supostamente esclarecidas em assuntos de defesa, ele tem lugar garantido no “colo”… Read more »

Marcelo Baptista

Leia de novo, não foi isto o que ele falou.

Leandro Costa

Leonidas, não é exatamente à isso que se refere, mas uma coisa está ligada à outra. O Brasil está em uma posição geopolítica que o permite fazer o trabalho direito, com desenvolvimento interno ajudando a consolidação de qualquer aparato militar defensivo. Felizmente não somos a Índia nesse caso, nas quais as prioridades com Defesa são imperativas à muitas outras.

Camargoer.

Caro Leônidas. È um equívoco misturar forças regulares de defesa (essencialmente as forças armadas) com forças policiais de segurança pública. Aliás, não existe nenhuma razão para que as forças policias (e os bombeiros) sejam militares. A PF é civil. A PRF é civil. Nos EUA, as polícias são civis e municipais. No Japão as polícias são metropolitanas e civis. Esse modelo de manter uma polícias ostensiva militar como tropa auxiliar das forças armadas talvez fizesse sentido na guerra fria. Hoje, o modelo de segurança pública brasileiro é um fracasso. Entre as várias razões deste fracasso, uma delas é a militarização… Read more »

Leonidas

Colega é obvio que não é necessário que forças de segurança sejam necessariamente militares, foi só uma analogia tosca. O ponto colocado por mim é que essa história de “não haver uma ameaça iminente” ou “há muita carência social” para com isso justificar falta absoluta de capacidade mínima de defesa e com soberania tecnológica é um CRIME contra nossa soberania e interesses, é absolutamente chocante que alguém realmente leve em consideração o momento atual para achar ser necessário haver pressa ou compromisso em defesa. Investimento em defesa e ciência só dá frutos no médio longo prazo, logo estamos para lá… Read more »

Sidnei Lopes Ribeiro

Perdão por me intrometer, mas o projeto das centrais nucleares com a Alemanha (Presidente Geisel, por volta de 1975) era de 8 centrais… Hoje ainda estamos construindo Angra 3.

Paulo

Refute!

Marcos Villela

Por que, em vez de agredir, você não argumenta com suas idéias e tenta nos convencer? Demonstre conhecimento sobre o assunto, mostre alguma alternativa exequível e adequada e todos o ouvirão. E podem concordar ou discordar, mas sempre usando a inteligência e sendo educado, por favor.

horatio nelson

vc esqueceu de citar que aqui no br caso haja propina nos projetos eles vão em frente…

Edson Medeiros de Almeida

Nunca é demais em 1880 com D.Pedro II ,o Brasil tinha a segunda maior Marinha e a mais poderosa e moderna.

Flanker

Isso nãp é verdade….era uma Marinha importante, mas não era a mais moderna e poderosa, não. Leia e indorme-se melhor.

Renan

O Brasil e os brasileiros levam a defesa muito a sério tanto que é o terceiro maior orçamento da União.
Quem não leva a sério são os militares que destina 90% do orçamento para gastos que digamos não seja. A atividade fim

Camargoer.

Olá Rena. Excelente argumento.

Adriano Madureira

Cadência de produção aqui no brasil é falácia e utopia amigo, basta ver oque foi a teoria e a realidade ,das classe Inhaúma, onde o projeto original previa a construção de 16 corvetas, mas apenas quatro foram construídas.

Fora o navio da classe Barroso, que depois de quase 14 anos de espera, ficou pronta, sendo o único de sua classe( V-34)…



 

Camargoer.

Caro Adriano. Eu já escrevi diversas vezes que a MB errou ao cancelar o S35 e a V35. Estes navios (talvez até a V36) poderiam ter sido construídas entre 2007 e 2014. È um equívoco esperar “escala” de produção para equipamentos militares como aviões, caças, navios ou submarinos. São equipamentos muito caros, que levam anos para serem fabricados e em praticamente todas as marinhas do mundo (tirando as supepotências) têm numeros limitados. Para este equipamentos praticamente fabricados sob demanda, é mais importante cadência de produção do que escala.

Neto

Durante a entrega do SBR exisitirá também os Tupis na fileiras da MB. . Quando da entrega do 4º SBR a marinha estará para entregar o SBN e … terá que escolher comprar mais 2 SBR ou mais um SBN… Ou jogar fora o Ecossistema de contrução criado. . O mais interessante para a Marinha é conseguir manter a construção de Submarinos. Idealmente conseguir repassar para marinhas amigas um ou dois SBR mais antigos para manter a cadencia construtiva. . Achismo meu, uns 6 subs seriam um mínimo ideal para nossas aguas. . Antes porém é necessário operacionalizar outra base… Read more »

Camargoer.

Olá Neto. Nos próximos 3~4 anos a MB incorporará 4 SBR novos. Considerando a idade dos IKL, seria razoável imaginar que pelo menos dois eles poderiam ser retirados de serviço, mas talvez eles tenham ainda algum tempo de vida útil, bastando concluir o PMG. O Tikuna é o mas novo. Deve ter uns 20 anos de serviço. Após a entrega do S43, será iniciada a construção do SN10. A grande pergunta é sobre o que será feito após o SN10.

Fernando Vidalenergetico

Pelo andar das coisas no mundo. É bem provável que o Brasil se veja obrigado a construir mais submarinos convencionais e nucleares, assim como novas Fragatas . Primeiro porque a esquadra está no osso e segundo porque o mundo caminha para um cenário de conflito de grandes proporções.

Edson Medeiros de Almeida

Agora é desenvolver um reator capaz de operar em Porta Aviões e construir um e deixar o mundo de boca aberta.

Stemp

Se não roubar, dá até pra construir e operar mais 10. Basta ver o que o governo atual está fazendo, com o auxílio emergencial por mais de 1 ano, você imagina que isso seria possível com o Estado operando como era, onde o país era “fatiado” entre os partidos políticos? Torça para este governo ser reeleito e você verá um verdadeiro Brasil ressurgindo das cinzas. Quem viver, verá.

Slow

Kkkkk tem gente que não pode ver uma vergonha que ja quer passar ..

Auxílio emergencial aquele que seu pr era contra ?

Angelo

Todos esses projetos foram iniciados pelo Lula, Bolsonaro está destruindo o Brasil.

Mauricio Pacheco

Jumento detectado!

Renato de Almeida

Ofensa desnecessária Maurício.
Discuta no campo das idéias e argumentos sustentáveis.

Camargoer.

Ola Renato. Acho que precisamos dar um basta nestas ofensas. Exigir desculpas ou ignorar os comentários.

Fernando Veiria

Era? Engraçado, achei que continuava sendo. Um governo sem força, incompetente, foi totalmente dominado pelo centrão. A realidade não mudou. Não mudará.

Hoje esses partidos que fatiavam o governo anterior tomaram tudo. Em parte porque o presidente atual veio desse meio. Em outra porque ele é fraco, eles farejaram logo essa fraqueza e hoje o presidente é uma versão caricata da Rainha da Inglaterra (em que pese que Elizabeth tem em sua biografia grandes feitos enquanto o daqui é marcado por uma tentativa de motim)

C M

Quanta asneira escrita em tão poucos caracteres. Pelo amor de Deus.

Você é igual mulher de malandro, sofrendo e contando vantagem.

Teropode

Kkkkkkkkkkk, conte a do papagaio agora !

HUGO ROBERTO FREIRE DE ANDRADE

Sim , mas agora a coisa vai andar, nós vamos morrer mas o Brasil vai ficar e. O futuro vamos sim ter uma frota, tudo e o começo
Brasil

Adriano Madureira

também duvido muito disso, uma frota de quatro ou seis SUBNUC…

Nesse país vontade política só sobra para coisas deploráveis e de interesse próprio.

Teropode

2 seria o mínimo e 3 o ideal , somando forças com uns 3 ou 4 convencionais .

Cristiano GR

Au, au. Au, au.

Leonidas

Infelizmente tenho que concordar.
Todas essas décadas e toda a expertise adquirida será jogado na lata do lixo.
Pois como sempre a compra ocorrerá a conta gotas, e não haverá projetos para manter esse pessoal e essa infra estrutura altamente capacitada.
Logo o conhecimento se perde.
Isso deveria ser considerado crime contra a soberania nacional e todos os envolvidas em algo assim responder legalmente por prevaricação …

Alexandre Cardoso

Óbvio que será bem como o Allan Lemos disse, se não for pior ( INFELIZMENTE ). O almirantado se assustou em ver qto que sairá a fatura da manutenção do submarino nuclear que está sendo construído ( notícia dada nesse site, mesmo )… e tb como o Allan disse, ” não adianta ficar se iludindo “.

Jorge Knoll

Nossa geração nascidos, década 50, 60, 70 e 80 não verá o Submarino Nuclear ser lançado, navegar ser comissionado pela MB, infelizmente, essa é a nossa realidade.

Mauricio Pacheco

Falou o vira lata!

Bruno

Allan, construir o motor com tecnologia nuclear e o caça Griphen foram ótimos projetos realistas (a transamazônica até hoje não terminou) que nos ajudaram a diminuir o atraso tecnológico.
Será bom esperar uns 8 anos de operação deles para aprender e pesquisar evolução, antes de começar a construir a nova geração deles. Espero que vários
Faça críticas construtivas, quer construir uma esquadra sem ter em operação nenhum antes?
Ou construir o produto mais avançado do mundo, sem sequer ter construído um produto bom ou intermediário?!

Antonio Palhares

O Brasil que dá certo. Uma ilha de excelência num mar de mediocridade.

Camargoer.

Olá Palhares. Excelência sempre será a exceção. É a própria definição de excelência. Assim como a mediocridade representa o pensamento médio, portanto sempre será majoritário. Agora, a estupidez também são restritas á ilhas. O que precisamos é deixar os estúpidos isolados nestas ilhas… ignorantes devem ser ignorados.

Antonio jose bruno

Sera que precisa desenhar? Tava gostando do papo, daí vem umas figuras que pensa que entende do alfinete ao foguete.

Camargoer.

Olá Antonio; Quais figuras? Do que você está falando?

Teropode

O setor das Ciências , nunca decepcionam ( apesar dos contigenciamentos ).

Antoniokings

Excelente notícia.
É assim que se faz.

JT8D

Pô Kings, conseguimos concordar em alguma coisa, até me emocionei. Brincadeiras à parte, acho ótimo que hajam pontos de convergência entre pessoas com visões de mundo diferentes. O debate democrático das ideias sempre será o melhor caminho

Antoniokings

É isso aí!
Cada um pode ter sua visão de Mundo..
De como as coisas podem ser resolvidas, contanto que não se use argumentos absurdos, quando não, mentirosos ou agressivos.

SDS

Tomcat4,2

Kings nacionalista??? Caramba, me surpreendeu viu😳😳😳👏👏👏👏🙏🏾🙏🏾🙏🏾😎🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Antoniokings

Não é apenas nacionalista.
É desenvolvimentista.
É aplicar ciência de maneira inteligente de forma a fazer o País avançar.

SteelWing

é isso aí kings, só governso de esquerda que fazem projetos que nem esse, subnuc, gripens. mas os “nacionalistas” de verde amarelo, acham que nacionalismo é ficar vestindo camisa da cbf e admirando tudo que os norte-americanos sabotadores fazem.

Antoniokings

SteelWing

Exatamente.
É fundamental o investimento do Estado como implementador de desenvolvimento.
Ainda mais em países subdesenvolvidos como o nosso..
Principalmente em setores que considero fundamentais como Educação, Ciências, Tecnologia e etc.
Essa macaquice de querer imitar e bajular o que vem dos EUA já era.
Não dá mais ‘camisa’ para ninguém.
E o Mundo está percebendo isso.

Americo Roscia

Esses seus governos de esquerda só iniciaram projetos! Foram ate o ponto que não davam mais para roubar e as interromperam. Deixaram obras e obras inacabadas! Va se informar melhor! Terminaram sim; obras no exterior de mais de Hum trilhão de reais, pois recebiam propinas em dolar! Se informe do numero de obras inacabadas e compare com as atuais obras finalizadas! Saia da globo e procure melhores informações!

SteelWing

e qual o projeto nacionalista da direita? entrgar tudo aos gringos… se não fosse a esquerda não tinha subnuc nem gripens nem nada.

SteelWing

trouxa foi que caiu na história de “lula ladrão”, todo mundo sabe, inclusive quem o prendeu, como Moro e Dallagnol, em conversas vazadas, que esta história toda foi só pra ele não poder participar das eleições, tanto que foi absolvido de todos os processos após passar a eleição…

FERNANDO

Parabéns a MB.
Alguém poderia me explicar uma coisa, tudo aquela estrutura é o motor?
Se sim, cabe dentro do submarino?
É muito grande.

Camargoer.

Olá Fernando. Tudo aquilo é a estrutura propulsora, que inclui o reator, os condensadores, o sistema de geração de vapor secundário, o sistema de refrigeração do reator, o gerador de energia elétrica e enfim, o motor elétrico, que no caso do labgene, fica ligado a um dispersor de potência.

Camargoer.

Riso. Ohhhh negativador. Corrige o que está errado. riso.

Fernando Veiria

Eu acho que eu ligaria o motor elétrico no sistema elétrico nacional. Daria uma forcinha em tempo de crise hídrica 🙂

Pedro Moura

Basta pra isso as manutenções e o término nas Angras. Já ajudaria em muito, smj.

Camargoer.

Caro Pedro. O país paga o preço de ter paralisado Angra 3 no contexto da lava-jato. Pode colocar o custo da bandeira mais cara na conta do Moro.

Paulo

Negativo.

Colique o custo na incompetência de todos os governos desde FHC.

E no esquema de corrupção petista.

Camargoer.

Caro Paulo. É muito mais caro manter a obra inacabada. Um vez identificado um crime, a justiça processa a pessoa (pois crimes são cometidos por pessoas) e conclui-se a obra. Se o pedreiro que está reformando a sua casa roubar as suas roupas, você o despede, faz um BO e chama outro para terminar a reforma…

Flanker

No caso, os pedreiros eram as empreiteiras…..gosto muito do seu modo de escrever e expor suas opiniões, mas no caso da Lava-jato, relativizações não cabem. Não culpe Moro pelo roubo da Odebrecht, OAS, etc……isso é fazer o poste mij@r no cachorro…..

Camargoer.

Olá Flanker. Empresários que cometem crimes devem ser investigados, processados e punidos. Isso é fato. Por outro lado, as empresas são entidades jurídicas que precisam ser preservadas. O que a LavaJato fez foi relativizar os criminosos, dando privilégios em torno das delações premiadas (quantos criminosos ficaram com fortunas em troca da delação) enquanto empresas foram fechadas, trabalhadores demitidos e obras públicas paralisadas? Moro cometeu crimes na condução dos processos, ao ponto de serem anulados (sem falar na divulgação do áudio da presidente). Quem cometeu os crimes eram os administradores das empreiteiras. Eles deveriam ter sido punidos por terem cometidos crimes… Read more »

carvalho2008

se tem fraude, fraude é….a vida real não pode ser uma fantasia como a do corno que sabe que é e finge que não é….se te tem sapato masculino de numeração diferente debaixo da cama do sujeito….então….

Camargoer.

Olá Carvalho. Como expliquei em outro comentário. Caso seja identificado uma fraude, deve-se abrir uma investigação, processar o suspeito e caso condenado, aplica-se a pena. A obra não pode parar.

Carvalho2008

Nao está embargada

Camargoer.

Ola´Carvalho. As obras de Angra 3 estão paradas.

carvalho2008

Infelizmente, não é uma premissa verdadeira. É uma questão matemática a qual a legislação infere e preve: se existe propina, então existe sobrepreço e favorecimento; Se existe sobrepreço e favorecimento, o preço pode ou deveria ser menor? Se existe sobrepreço e favorecimento, quais as empresas e agentes publicos e privados beneficiados ou prejudicados? A aquisição do bem e serviço, alem dos parametros de mercado, eram necessários, contornaveis ou fomentados apenas para a circulação financeira criminosa? Compreende que não é simples? Compreende que em tema relacionado a proprina e corrupção empresarial, ela nunca ocorre de forma isolada, qer seja o presidente… Read more »

Teropode

Estancaram a sangria , talvez isto tenha te afetado particularmente , sinto muito professor 😂😂😂😂😂😂

Camargoer.

Olá Teropode. Os atuais cortes orçamentários na ciência e educação me afetaram sim. Por exemplo, o CNPq mantinha anualmente um edital de pesquisa chamado “Universal” abertos para todas as áreas de pesquisa. Há vários anos o CNPq não abre mais este edital. Eu tenho uma aluna de doutorado que esta fazendo o curso sem bolsa (sendo sustentada pelos pais). Tenho duas recém-doutoras que estão sem emprego e sem bolsa de pós-doutorado mas estão fazendo pesquisa voluntária para manter o currículo. Perdi um aluno de doutorado que ganhou uma bolsa no Canadá. Isso só para começar. Na verdade, a sangria ou… Read more »

Teropode

Não tem como não concordar com o argumento que vc coloca agora , mesmo tendo a intenção de tergiversar 😂😂😂😂 , este governo eh de desconstrução perder o mandato eh pouco , mas isto não apaga o passado da corrupção sistêmica instalada anteriormente e era sobre esta sangria que me referi , o super faturamento nas obras de Angra 3 , ou os bilhões recuperados foram frutos da imaginação …..pode ser 🤔🤔🤔🤔🤔

Last edited 1 mês atrás by Teropode
Teropode

Ta , mas eu me referi ao seu comentário sobre a interrupção nas obras de Angra 3 ,, pontuar o erro atual para tergiversar em relação aos roubos anteriores eh desonestidade intelectual , vc cita verdades atuais para CORTINAR a sangria criminosa feita anteriormente , sei que eh moda possuir um “malvado favorito “. Não eh meu caso.

Camargoer.

Caro Teropode. Assim que você pedir desculpas por me chamar de desonesto, a gente volta a debater. Temos que acabar com este hábito de ofender as pessoas. Um debate só vale a pena quando as pessoas são educadas. Esse é o meu caso.

Antoniokings

Camargoer

Perfeito.

Ted

O Moro é o responsável pela roubalheira? Credo!!!

Camargoer.

Caro Ted. O que eu escrevi foi que a LavaJato foi responsável por parte queda da atividade econômica. Segundo um relatório da FIESP, em 2015, a queda da atividade econômica que resultou da paralisação de atividades econômicas decorrentes da LavaJato foi da ordem de R$ 150 bilhões. E olha que quem fez a conta foi o Pato Amarelo da FIESP.

Flanker

Então seria melhor ter deixado a roubalheira continuar??

Camargoer.

Olá Flanker. Um criminoso deve ser investigado, processado e sentenciado baseado nas provas coletadas. Até o mundo mineral concorda com isso. O problema foi que a LavaJato destruiu empresas, empregos e causou enormes danos econômicos ao país. Como disse, a FIESP publicou um estudo sobre os danos que a LavaJato causou ás atividade econômica do país. Se por um lado, é um erro aceitar que criminosos fiquem impunes, também é um erro achar que a LavaJato agiu corretamente ao punir as empresas. A LavaJato causou um dano ao país centenas ou até milhares de vezes maior que os valores recuperados.… Read more »

Antoniokings

Ted

O ladrão comum, arrisca sua liberdade ou sua vida ao ‘desenvolver’ seu ofício.
Uma pessoa que se utiliza do seu posto oficial, na certeza da impunidade, é bem pior.
E foi exatamente o que esse sujeito fez.
‘Aos inimigos, a Lei’.
Mesmo que sem provas e atropelando os códigos de processo.
Acho que isso já está bem claro para toda a Sociedade.

Flanker

“Uma pessoa que se utiliza do seu posto oficial, na certeza da impunidade, é bem pior.” Esse foi o modus operandi de todas as autoridades que foram pegas pela Lava-Jato……confiaram na impunidade conferida pela influência dos cargos que ocupavam…..e deu certo!!! Se a Lava-jato era tão errada assim, por que foram devolvidos, até agora, mais de 2 bilhões de reais aos cofres públicos….entre os que devolveram, está Palocci….ministro da fazenda de Lula……hummm…..esse discurso de vcs não se sustenta. Pode servir para corroborar a ideia e o fanatismo cego que vcs nutrem pelo líder populista que vcs veneram. Para alguém não… Read more »

Ted

Discordo totalmente. Foi a incompetência da senhora guerrilheira que levou o pais pra m… e Se a coisa continuar com a prática da injustiça vai terminar em guerra Civil. Os esquerda não vão voltar pro poder.

Camargoer.

Caro Ted. Moro é um criminoso. Ele grampeou ilegalmente a presidente e divulgou ilegalmente o diálogo. A LavaJato envolveu outros juízes e promotores. Ao invés de investigarem e processarem as pessoas segundo a lei, eles puniram as empresas causando prejuízos ao país de centenas de bilhões de reais. A decisão do STF anulando os processos contra o ex-presidente mostra que Moro cometeu muitos crimes. Ele é criminoso.

Camargoer.

Olá Vieira. O reator naval projetado tem apenas 48 MW de potência (para comparação, Angra I são 650 MW e Angra II são 1,2 GW). Felizmente, o país ampliou bastante as plantas eólicas no NE. Como o Labgene é um reator experimental, ele será ligado e desligado diversas vezes, irá operar em condições limites para compreender o seu desempenho. Ele na verdade seria um fator de instabilidade na rede de distribuição comercial.

Fernando Veiria

Tenho certeza que você sabe que foi uma piada. Do mesmo naipe que, para mandar Marty McFly de volta para o futuro seria necessária toda a Angra II e mais um pouco de Angra I

Camargoer.

Olá Fernando. Enviar para o futuro demanda muita energia, de fato, mas para mandar para o passado teria que reduzir a entropia do universo. Aí não dá

Pedro

Hahaha. Boa

Carlos Crispim

É beeeeem menor que o diâmetro do casco, cabe sim com bastante folga.

Paulo Augusto Vasconcellos

Fernando, está dito que o SB tem 101m de comprimento. É uma distância entre balizas de um campo de futebol.

Pedro Fullback

A parte mais sensível de um submarino nuclear são os motores. É claro que dá pra encurtar o prazo de entrega do submarino, mas infelizmente só da pra encurtar o projeto com o $$$. O ideal serie um novo lote de submarinos convencionais, porém com uma maior nacionalização visando nacionalizar ainda mais o nosso submarino nuclear.

Carlos Crispim

A parte mais sensível é o reator e circuitos de refrigeração e trocadores de calor, o resto é convencional.

Last edited 1 mês atrás by Carlos Crispim
Allan Lemos

Desnecessário o comandante falar que esse projeto militar é “pacífico”, isso é um contrassenso, para dizer o mínimo.

Pedro Fullback

Nos bastidores, existe muita pressão estrangeira contra esse projeto. Ninguém quer a ONU ou uma ONG fiscalizando um projeto tão estratégico.

Camargoer.

Caro Pedro. Nem a ONU nem nenhuma ONG tem força para interromper um projeto como o ProSub. No caso do SBN, existem alguma organizações internacionais estão acompanhando o projeto por opção da MB, como a AEIA e a ABACC. As externas vêm de governos (principalmente os EUA).

carvalho2008

num mundo virado de valores como está…basta uma ação no ESSETEEFE….

Camargoer.

Olá Carvalho. É lícito que qualquer pessoa possa recorrer à justiça caso se sinta prejudicado. Existem regras para recursos ao STF. Nem é todo mundo nem para qualquer situação ou para qualquer assunto.

Carvalho2008

Mas hoje esta para todo mundo, toda situação e qualquer assinto. assuntos privativos do executivo, assuntos privativos do legislativo, assuntos de iniciativa privada

Camargoer.

Olá Carvalho. Existem regras para entrar com pedidos no STF. Caso contrário, os pedidos são indeferidos. Agora, se aqueles que atendem as regras do STF entrarem com pedidos lá, então estão em seu direito.

carvalho2008

Eles aprovam as regras do que pretendem deferir. A lei é clarissima e a constituição tambem. La estão definidas as competencias de cada instancia. Numa sociedade de disciplina e observanciaas leis, a instancia Superior não entra no mérito se determinada lei ou regulamento deveria ou não existir para acatar a ação demandada. Ela devolve o pepino ao Congresso ao qual ele sim, como instancia escolhida democraticamente, é que deve abrandar, aprofundar ou alterar uma lei. Instancia Superior não legisla, ela existe apenas para julgar ou esclarecer eventuais duvidas de pontos cinzas. Mas no Brasil, qualquer que seja o tema, da… Read more »

Carlos Crispim

Não tem pressão nenhuma, de onde vc tirou isso?

Last edited 1 mês atrás by Carlos Crispim
carvalho2008

correto, ONU, ONG e politicos de oposição….infelizmente….

Camargoer.

Olá Allan. A gente sabe que um projeto militar não é pacífico, mas existe uma diferença entre ser um projeto defensivo ou agressivo. O problema novamente é para quem é destinada a reportagem do R7. Acredito que tirando as imagens atualizadas, nenhum de nós teria interesse em ouvir a reportagem.

Carlos Crispim

Vale lembrar que só existe a necessidade de força militar por que existem países belicosos querendo te invadir; assim como só existe polícia por que existem criminosos…e por aí vai. Se todo mundo fosse praticante da paz e do amor livre e não quisesse invadir ninguém não precisaríamos de forças armadas ou policiais, mas isso não existe, é fala mole de esquedistas que andam com seguranças armados. Foi a doutrina da mútua destruição assegurada que salvou o planeta da destruição e da extinçao da humanidade. “Si vis pacem, para bellum

Camargoer.

Caro Crispim. Existem apenas dois tipos de organização militar. Tem aquela que está estruturada para autodefesa e tem aquela que é organizada para a agressão. Ao longo do Sec.XX, diversos países se armaram visando uma operação de agressão e de conquista. Outros países se organizaram de força defensiva. As corridas armamentistas são iniciadas em torno de organizações agressivas. Na Grande Guerra, a Alemanha declarou guerra contra a Rússia porque sua política externa estava organizada em torno da “inevitabilidade da guerra”. A decisão de declarar a guerra foi pensando que era melhor iniciar a guerra em 1914, enquanto a Rússia ainda… Read more »

Allan Lemos

Aceitar que qualquer país deva usar seus escassos recursos para alimentar uma corrida armamentista ao invés de investir em sua infraestrutura e na educação e saúde da população é anacrônica e desprovida de legitimidade empírica.

Discordo, o conflito faz parte da natureza humana. Todos os grandes impérios e reinos só existiram porque seus líderes buscaram os conflitos e as conquistas, independente de suas razões serem nobres ou egoístas. É o que move a humanidade.

Camargoer.

Caro Allan. Você tem razão quando afirma que na maior parte da história humana, os impérios se organizaram em torno de forças militares agressivas. Mas também é verdade que eram todos Estados absolutistas nos quais uma pequena elite muito rica governava sobre uma população analfabeta e miserável essencialmente rural. O advento do capitalismo e da democracia liberal (mesmo que imperfeita) retirou o poder do déspota, do governante tirano cuja celebração pessoal era essencialmente a guerra, até porque a expansão destes Estados primitivos baseados na propriedade da terra e na mão de obra escrava o servil dependia de guerras de agressão… Read more »

Allan Lemos

Camargoer, nem todos os governantes eram déspotas tiranos. As vezes, a guerra é necessária para trazer a paz.

Por exemplo, as guerras de Oda Nobunaga e de Tokugawa Ieyasu trouxeram mais de 200 anos de relativa paz ao Japão unificado, durante o Período Edo. Já outras guerras trouxeram liberdade e/ou independência. Guerras também podem ser travadas por necessidade, como quando os góticos foram empurrados para dentro do território romano para fugir dos hunos.

A guerra não deve ser vista de forma simplória, ela é simplesmente a política por outros meios, como bem disse Clausewitz.

Camargoer.

Caro Allan. As guerras no Japão feudal eram guerras feudais, conduzidas por governantes absolutistas em um contexto de população rural e camponesa (pelo menos existiam muitos camponeses e artesãos japoneses fora da nobreza que eram alfabetizados). Ainda assim, eram governantes de tradição samurai, com valores militaristas. São contextos muito diferentes de uma democracia moderna.

Carlos Crispim

Energia nuclear como essa do subnuc e das usinas nucleares de potência visam apenas geração de eletricidade, somente isso, não sei como pode ser mais pacífico do que isso.

Allan Lemos

Ela está gerando energia para um submarino, que é uma arma de guerra, então é um contrassenso dizer que o projeto é pacífico. Com a exceção de projetos de cunho social, como o atendimento médico às populações indígenas, por exemplo, nenhum projeto desenvolvido pelas forças armadas é “pacífico”.

Camargoer.

Caro Allan. Um motor diesel de uso naval também fornece energia para a propulsão de meios mitates mas também para navios civis e servem para inúmeras outras aplicações. O que torna a propulsão nuclear pacífica ou militar é onde está instalada. Ela em si tem função dual

Marcelo Baptista

Por que quando um militar usa palavra nuclear, o leigo associa com bomba nuclear, dificilmente com geração nuclear.
O comandante não esta falando para entendedores, esta falando para o publico leigo em geral que lê o Portal.

Mk48

Contrassenso é você ficar escrevendo suas baboseiras aqui.

Burgos

Fascinante!!!👏⚓️🇧🇷💪
Parabéns a todos envolvidos!!!
Obs: sem contar também que pode ser desenvolvido um protótipo de navio de superfície com propulsão nuclear baseado nessa mesma tecnologia e talvez em um futuro mais distante em um porta avião Brasileiro.
Afinal, sonhar ainda é de graça !!! 😬

Mk48

Grande Burgos !.
.
Cara, não força a barra com essa idéia.
.
Assim o Bobão do Bardini vai ter que fazer outra planilha de custos e o borra botas do Allan vai ter mais um assunto para agourar !
.
😂😂😂😂😂😂

Burgos

Como falei MK !!!
Sonhar ainda é de graça e não paga imposto !!!
Aqui tá cheio expert com conta de padaria pro País !!!🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Allan Lemos

Você tá de brincadeira, né?

O Brasil não consegue nem finalizar a construção de dois navios patrulhas de 500t e você vem falar de navio de superfície e porta-aviões nuclear?

A internet ai no mundo da fantasia é boa?

Camargoer.

Caro Allan. O problema do NAe seria que ele não é prioritário para uma estratégia de defesa do Atlântico Sul. Caso fosse fundamental, a MB teria que buscar um. Novamente é preciso lembrar que o atraso nas Macaé foram causados pela falência do estaleiro privado contratado. Outras Macaé foram construídas no Ceará dentro do contrato. A conclusão do S40 mostra que existe capacidade técnica para construir meios muito mais começos que um navio de patrulha de 500 Ton.

Adriano Madureira

Bem lembrado Allan ! NPa Stealths de 500t que não saem da arte 3D ou da maquete…

Burgos

O Brasil não !!!
Acho que vc quis dizer o estaleiro lá da Ilha do Governador-RJ que faliu !!!
E era particular e que venceu uma licitação com a MB !!!
Desculpa meu nobre !!!
Mas tenta não por pano quente tentando culpar uma coisa que o próprio Governo também não tem culpa !!!
Tá ruim pra vc aqui no Brasil ?!
Tá ruim pra todo mundo !!!
Infelizmente !!!🤷‍♂️

Canarinho

Pergunta que os nobres colegas do forum poderiam me responder, o turbogerador sera fornecido pela WEG, atraves da TGM? E o MEP? Tambem sera fornecido pela WEG?

Camargoer.

Olá Canarinho. O motor elétrico foi importado da França. Segundo uma reportagem antiga, o custo para a sua nacionalização seria similar ao valor de seu desenvolvimento totalmente nacional, só que isso levaria muito tempo. Por isso, o motor do Labgene foi importado. O reator e todo o equipamento relacionado á caldeira será fabricado pela Nuclep. Eu não sei quem fornecerá a turbina para o submarino. Acredito que ela já tenha sido contratada para o Labgene. È uma excelente pergunta.

Carlos Crispim