quarta-feira, maio 25, 2022

Saab Naval

Nuclep tem maior superávit de sua história

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Em ano desafiador de pandemia, Nuclep reduz custos e surpreende com maior superávit de sua história

No dia 30 de dezembro de 2021, a Gerência Geral de Planejamento da Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A (NUCLEP) encerrou suas atividades orçamentárias de 2021.

A empresa virou o ano com cerca de R$ 7,2 milhões em caixa e por volta de R$ 7 milhões em restos a pagar não processados. O faturamento da empresa em 2021 foi em torno de R$ 37,8 milhões com um viés de superávit, pela primeira vez na história da empresa, cerca de R$ 105 mil.

“Mesmo com os desafios impostos pela pandemia em 2021, o resultado orçamentário deixou evidente o esforço dessa gestão e de todos por uma NUCLEP em ascensão. Todas as nossas despesas e investimentos foram executadas, conforme planejamento. Encerramos a execução junto ao Ministério de Minas e Energia ratificando a integração e sinergia de todos os setores da NUCLEP por um 2022 ainda mais bem sucedido.” destacou o Gerente Geral de Planejamento e Finanças, CMG (RM1) Genildo Rodrigues de Araújo.

Tanque de inundação do Labgene produzido pela Nuclep
Seção de submarino SBR feita na Nuclep

DIVULGAÇÃO: Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A

- Advertisement -

64 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
64 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo Andrade

Isso não só está ocorrendo na NUCLEP como em várias estatais, o segredo é simples, é só fechar as ^bicas^e as ^tetas^ !!!!

Camargoer.

Caro Marcelo. No caso da Nuclep, tenho a impressão que o superavit é resultado da participação da empresa no ProSub. O setor de empresas de maquinário e de bens de capital está praticamente parado no Brasil há anos. Nenhuma empresa esta investindo em ampliação ou modernização dos seus setores de calderaria em função da enorme capacidade ociosa dos setor industrial. As outras estatais estão tendo superávits é consequẽncia da elevação das tarifas (como por exemplo a elevação dos preços dos combustíveis e de energia).

Joelson

Uma panca de estatais europeias precisando de aporte do governo desde 2020 até hoje, já as daqui não e você matando a charada fácil assim?!
As outras estatais estão tendo superávits é consequência da elevação das tarifas (como por exemplo a elevação dos preços dos combustíveis e de energia)”. Tem de ensinar os europeus a fazerem conta… Talvez as tarifas lá não subiram nem 1%.

Camargoer.

Olá Joelson. O caso da Nuclep, o governo federal detém 100% das ações da empresa. O conselho tem sete membros, sendo um representante dos funcionários, três almirantes (representando o MME, a MB e o presidente da Nuclep). Os outros três membros são representantes do MinEconomia. Em 2021, a Nuclep teve contratos de R$ 25 milhões com a MB, R$ 23 milhões para o setor nuclear (Eletronuclear) e 39 milhões em um contrato para o fornecimento de torres de transmissão. Foram apenas R$ 3 milhões em equipamentos para o setor industrial. Acho interessante o fato da MB assinar nas duas pontas.… Read more »

Esteves

“Os princípios e diretrizes estabelecidos nesta Política de Dividendos buscam garantir que os acionistas serão remunerados de acordo com as leis que regem esse tema, pelo seu Estatuto Social e pelas melhores práticas de governança corporativa. A decisão de distribuição de dividendos e demais proventos levará em consideração diversos fatores e variáveis, tais como os resultados da Companhia, sua condição financeira, necessidade de caixa, perspectivas futuras dos mercados de atuação atuais e potenciais, oportunidades de investimento existentes, manutenção e expansão da capacidade fabril.”

Ta na fila do dia.

Esteves

Precisa ver o balanço. Em razão da pandemia de COVID houve postergação da execução tributária em vários setores. Significa que recolhimento de impostos de 2021 ficou para 2022.

Esteves não aposta em nenhum balanço de 2021.

Esteves

Superávit é aumento do lucro. Pode ser consequência da redução de margens e menores custos de operação.

Esteves

Aumento do lucro é sinônimo de eficiência. Mais eficiência.

Carlos Pietro

Boa noite, nem sempre.

Esteves

Lucro é uma apuração no tempo. Lucro é o resultado medido em 12 meses.

Custos menores, margens maiores, aumento das receitas, redução de despesas principalmente as despesas de operação do negócio, renegociação de devedores, antecipação de recebimentos, fechamento de unidades, redução de folha de pagamento, postergação de tributos…

Precisa ver o balanço.

Jadson S. Cabral

Não adianta. Ainda tem muita gente que acha que as tetas secaram e que não existe mais corrupção no Brasil, pois esse é o governo mais honesto e transparente que já tivemos no país. Fanatismo é duro e aqui não tem pra onde correr. Quando não são os loucos da esquerda, são os da direita, cada um babando o seu politico favorito.

J. Ricardo

Venha a SC conhecer o parque industrial que vc vê o que é planejamento e desenvolvimento! Aqui nivel tecnológico não perde pra nenhum lugar na América Latina! Ex: WEG

Camargoer.

Olá Ricardo, Concordo com você com a qualidade do parque industrial de SC. Aliás, o Brasil tem um parque industrial bastante diversificado e moderno. Não obstante, a industria brasileira está operando abaixo de sua capacidade máxima de produção. Isso significa que as industrias poderão ampliar a sua produção (caso a demanda aumente) sem a necessidade de novos investimentos. Por isso, o setor de máquinas e equipamentos está praticamente sem encomendas, a não ser para reposição e manutenção. A Nuclep, por exemplo, além de equipamentos especializados para o setor nuclear, também tem capacidade de fornecer equipamentos para caldeiraria para o setor… Read more »

Saldanha da Gama

Marcelo, Boa noite, a coincidência dos superávits é gritante….Até a caixa está tendo lucro depois de anos e anos no prejuízo, talvez se explique, porque algumas ideologias adoram empresas estatais…..

Jadson S. Cabral

hummm.. eu conheço um governo de uma certa “ideologia” aí que também adora uma estatal. É um governo que foi eleito defendendo um pauta liberal e não privatizou nenhuma grande estatal. Aliás, até aparelhou uma ou outra que prometeu extinguir, como é o caso da TV estatal que eu não preciso mencionar o nome.

Adriano Luchiari

Não é tão simples privatizar ou extinguir uma estatal. O atual governo, ao defender privatizações, teve essa intenção posta em cheque pelo STF, que determinou que elas teriam que passar pela aprovação do Congresso Nacional. Agora eu pergunto, por que não sei: Precisou da aprovação do CN para a criação de alguma estatal?

Camargoer.

Olá Adriano. SIm. Toda estatal é criada por meio de lei que precisa ser aprovada em votação na Câmara e depois no Senado.

Adriano Luchiari

Obrigado pelo esclarecimento!

Cerberosph

A caixa econômica federal da lucro desde 2003, última vez que não deu lucro foi com FHC.

Cerberosph

Mas o banco se recuperou, e em 2002 o lucro foi de pouco mais de R$ 1 bilhão. Estudo recente do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) com dados a partir de 2003 atesta que a instituição vem registrando lucro em todos os anos seguintes desde então.

Em valores atualizados a Caixa contabilizou lucro líquido acumulado de R$ 39,7 bilhões durante o governo Lula (2003 a 2010), de R$ 51 bilhões no governo Dilma (2011 a 2016) e de R$ 25,4 bilhões no governo Temer (2017 e 2018).

Fonte: DIEESE Não fake news

Alessandro

Verdade Cerberoph, vc está CORRETO!

Eu fiz confusão e misturei prejuízos da corrupção ao longo do tempo, com o lucro líquido anual da caixa, misturei alho com bugalhos.

Imagina se a caixa não tivesse sido usada para fins nada republicanos, teria feito muito mais.

Camargoer.

Caro Alessandro. Vocẽ tocou um ponto importante. Um banco público como a Caixa, essencialmente responsável pelo financiamento imobiliário e pelo pagamento previdenciário, deve priorizar o lucro? Faz sentido pensar na Caixa como um banco privado que prioriza o lucro dos acionistas ou ela deve aplicar os saldos positivos em políticas públicas, como por exemplo, taxas de financiamento menores? Seria adequado a Caixa usar os saldos positivos para ampliar o crédito imobiliário para famílias de baixa renda? Seia adequado usar parte dos lucros para programas de fundo perdido para moradias de baixa renda? Haveria algo mais republicando que subsidiar moradia de… Read more »

Alessandro

Olá Camargoer “deve priorizar o lucro?” Sim, pq senão o povo pagará caro o prejuízo com juros e correção monetária por ser um banco público. “Faz sentido pensar na Caixa como um banco privado que prioriza o lucro dos acionistas ou ela deve aplicar os saldos positivos em políticas públicas, como por exemplo, taxas de financiamento menores?” Se for usada da forma correta sem cabide de emprego para os amigos do partido e do governo, a segunda opção (aplicar os saldos positivos em políticas públicas), mas como ficou demonstrado em VÁRIAS denúncias, a Caixa foi mais uma estatal que foi… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Alessandro
Salim

Se até Núcleo ta ganhando neste descaso, imagina os franceses…. São USS 10 bi pra 4 Suns. O quinto vai ter que ter aporte monetario pelo prazo incerto de inicio producão.

Tomcat4,2

Exatamente ,tudo se baseia em gestão e acompanhamento o q nos faz perceber que nem tudo deve ser passado pro privado, estatais estratégicas devem sim continuar estatais mas sob uma boa ,capaz e controlada direção.

Alessandro

Quando coloca pessoas SÉRIAS e COMPROMETIDAS eu até concordo, agora quando não coloca como aconteceu recentemente, ae meu amigo, se segura na poltrona que é tu e eu que vamos pagar o prejuízo.

Esse é o problema da Estatal, vc nunca sabe quem vai comandar e qual é a estratégia do governo em questão, já com as empresas privadas se falir é problema do proprietário.

Last edited 4 meses atrás by Alessandro
Adriano Luchiari

Concordo com o Tomcat, penso que o ideal seria que as empresas consideradas estratégicas fossem 100% controladas pelo governo e tivessem suas atividades operacionais terceirizadas à iniciativa privada pelo custo marginal dos serviços. Poucos e qualificados funcionários dessas estatais atuariam somente na padronização das operações e fiscalização dos serviços terceirizados.

Allan Lemos

E pensar que queriam privatizar essa empresa extremamente estratégica para o país. Ainda bem que não aconteceu.

Paulo

a pessoa acredita que que uma empresa dá lucro por questões ideológicas… o cara nem sabe analisar um balanço e fala m… se pegasse, por exemplo, a Petrobras… além dos altos preços do petróleo e da desvalorização do real ainda podemos colocar… venda de ativos… amadurecimento de investimentos passados, sim da época do sapo barbudo… é, mas no mundo virtual tá cheio de especialista de botequim… no momento que tiverem que sustentar suas afirmações não sai uma coisa descente para confirmar o que dizem…

Esteves

Venda de refinarias, fechamento de unidades, venda de ativos, redução de margens, aumento diário dos preços, congelamento de salários, autorização para não contabilizar despesas tributárias, autorização para não pagar impostos…

A empresa está no caminho da privatização. Só falta quebrar o monopólio.

Nilo

Com o dólar a 5,50 estão fazendo a festa.

Fflyer

Não há mais monopólio no setor de combustíveis há tempos.
O monopólio na prática é dado pelo volume de investimentos que uma concorrente teria que fazer para construir refinarias, e o retorno em longo prazo.
O que as empresas querem é comprar tudo pronto e funcionando e receber o investimento o mais rápido possível

Mensageiro

Receita de bolo para o sucesso:
#Estado estatiza todos os novos setores ainda não descobertos. Exemplo descobriu a cura do Alzheimer, cria uma estatal para a produção de remédios.
#Dá subsídios para o setor alcançar grande produção nacional com superávit
#E privatiza! No lugar de encher de compadres sugando/administrando.

Estado como um financiador e inovador tecnológico, colocando grande montante de dinheiro pra inovação, que empresas privadas não conseguem. Após gerar lucro vende, antes que os políticos tomem conta.

Last edited 4 meses atrás by Mensageiro
João Augusto

Sua proposta é tão genial que vou até traduzir:
Estado, aka, tributos dos brasileiros, investe em pesquisa e desenvolvimento e na instalação da planta industrial necessária e no amadurecimento do negócio para, depois de tudo pronto, quando está na fase de colher dividendos, alienar para o grande capital, inclusive, frequentemente, grande capital estrangeiro.
Parabéns, se você for um dos integrantes do grande capital. Agora, se for um cidadão ordinário, volte pros estudos.

Mensageiro

O bilhões com a venda serve para bancar novos projetos, e aí o país vai enchendo de empresas privadas de alta tecnologia e empregos, progresso. O estado como fomentador e não como cabide de empregos. Subsídio- forma grande empresa – venda – com o dinheiro da venda subsídio pra outra e assim vai enchendo o país de emprego e tecnologias.

Nilo

Lugar de ladrão é na cadeia, essa é a solução, tb ressarcindo o prejuízo dos cofres públicos.

Camargoer.

Olá No.lugar de ladrão é na cadeia, de criança é na escola, de militar é no quartel.

IBZ

Pq no país do capitalismo de compadrio ainda tratamos políticos e empresários como dois grupos diferentes?! No Brasil os dois são lixo do mesmo saco!

Guilherme Thuran

Pessoal, alguém sabe informar sobre o comissionamento do submarino Riachuelo? Não era pra dezembro? Não vejo ninguém falando sobre, obrigado.

jorge domingos

NENHUMA SURPRESA NAS ESTATAIS QUE DERAM LUCROS NOS ÚLTIMOS ANOS : ACABOU O DESVIO DE $$$ PARA VAGABUNDOS QUE MINAVAM NO REINADO DO PT.

Nilo

Papagaio aprendeu a repetir “acabou o roubo” parece um disco riscado.

Esteves

Curupaco…curupaco…pareço um carro de som quebrado.

É o carro do ovo, aproveitem o preço do ovo…o dia inteiro.

Camargoer.

Olá Esteves. Além do ovo fresco, tem o botijão de gás e pão-de-queijo. Sinto falta das pamonhas.

Esteves

Aqui ainda tem o homem do curau e da pamonha a pé.

Quando Esteves mais jovem era Teve o homem da pamonha…era um sujeito que gravava pamonha em uma fita (CD?) e vendia a mesma fita para todo e qualquer vendedor pamonha de carro…lembro desse em uma Variant no bairro do Butantan.

Pao de queijo bom tinha em BH. Depois virou commodity.

Jadson S. Cabral

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk acreditar em papai noel na vida adulta seria menos vergonhoso que acreditar nisso a ainda sair repetindo por aí… “acabou a corrupção”, “a teta secou”, “o pt isso o pt aquilo”

Nilo

A Nuclep esta produzindo torres de transmissão de energia para Angra 3, ao desnacionalizar empresas de energia vendendo para chineses….(entre outros), pergunto, os chineses irão deixar de comprar de fornecedores chineses “bem balatinho” ou vão comprar da Nuclep e ajudando a manter uma empresa estrategica em um momento dificil de dúvidas de novos pedidos de SUBs.
Ainda bem que temos Angra 3,, na mão do Estado.

Last edited 4 meses atrás by Nilo
Camargoer.

Olá Nilo. Sua pergunta é válida. Praticamente 50% do faturamento da Nuclep em 2021 foram torres de transmissão. Teríamos que ver qual foi a empresa que contratou a Nuclep. Lembre que o ministro das Minas e Energia também é um almirante e que a Nuclep está vinculada ao MME. Talvez isso tenha sido um arranjo junto á Eletrobras para viabilizar economicamente a Nuclep. Sobre os submarinos, que sabemos é que nos próximos anos a empresa irá fornecer o casco do SN10, que em termos de tamanho seria o equivalente a três Scorpenes, e o seu reator. Assim, a Nuclep tem… Read more »

Nilo
Last edited 4 meses atrás by Nilo
Camargoer.

Olá Nilo. Segundo apurei, praticamente metade do faturamento da Nuclep em 2021 foi com a fabricação de torres para linhas de transmissão. A outra metade foi praticamente meio-a-meio para o ProSub e Angra 3.

Nilo

Portanto vemos a importância dos contatos de Angra 3 junto a Nuclep na sustentação de emprego de alto nível técnico do qual depende o projeto PROSUB. A continua campanha sórdida, baixa sem análise da posição estratégico de empresa como de Angra 3, Embraer, Petrobrás,…., visa tirar do Estado a capacidade indultora de produção de bens de tecnologia de alto valor agregado, e tola pretensão de que o mercado financeiro com seus recursos que visa tão apenas a maximização de retorno de seu dinheiro irá formentar os interesses de Estado, onde o risco dos investimentos são altos. Não é a esquerda… Read more »

Esteves

Esse tem sido e é o caminho da militância negacionista. A pobreza avança na América com imagens nunca vistas. Famílias vivendo de auxílios, milhões de desempregados nas filas para retirar cestas básicas. 24% do conteúdo falso, as ditas fakes News, são produzidas no Brasil. Todo fato tem um antefato produzido por quem deseja desinformar. Redes sociais estão lotadas de conteúdo produzido em quarto e sala. Periodicos médicos, pesquisas científicas, até bula de remédio é falsificada para afirmarem contra sensos…como a estatística da mortandade de crianças. 300 crianças. Proporcionalmente aos quase 700 mil brasileiros que morreram…porque elas (as crianças) Estavam em… Read more »

Esteves

Contratos são realizados por…alguém mandou fazer com alguém.

https://jornalatual.com.br/nuclep-assina-contrato-com-empresa-internacional/

Jadson S. Cabral

Se 105 mil foi o maior superávit da história, eu não quero nem saber os dados anteriores, sobretudo dos prejuízos… isso é o país que quer ser grande, que quer ter uma industria pujante e diminuir sua dependência externa…

Rogerio de Faria

Estranho, sempre passo em Itaguaí e vejo tudo ali devagar, quase parando.
Depois daquela “mudança técnica” na fórmula de cálculo do desemprego pelo IBGE, não acredito em nenhuma informação econômica deste governo.

Last edited 4 meses atrás by Rogerio de Faria
J. Ricardo

Uma coisa interessante é ver muitos comentários rebaixando o nível do Brasil perante alguns países que nem parque industrial tem! O Brasil é uma potência sim! Engulam o choro que é livre…

Adriano Luchiari

É fato. O Brasil não é tão bom como poderia ser, mas também não está tão ruim como parte da mídia e o pessoal da esquerda afirma. Ainda mais considerando as consequências da pandemia e o atual cenário mundial.

Esteves

O que o “pessoal da esquerda” tem afirmado? Qual é o cenário mundial?

Camargoer.

Olá Esteves. Qual esquerda? Riso. A sorte da direita é que existem muitas esquerdas.

Camargoer.

Caro Adriano. Pelo que tenho acompanhado, há queixas da esquerda até a direita e vice-versa. Aliás, fico impressionado com o fato de apenas “parte” da mídia apresentar os problemas do país. O que anda fazendo a “outra parte”? Recomendo que eles demitam o departamento de jornalismo e contrate gente que trabalhe.

Esteves

Qual comentarista rebaixou o Brasil? Quais países não possuem parque industrial? O que é país potência?

EduardoSP

Depois de décadas de existência teve um superávit de R$ 105 mil.
Muito bom…

Edésio Mendes Ferreira

Quando se mitiga o roubo, a consequência é de bons resultados.

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Navios de guerra britânicos podem ser enviados para quebrar o bloqueio de Putin aos portos do Mar Negro

A Grã-Bretanha está coordenando com seus aliados um plano potencial para enviar navios de guerra ao porto de Odessa,...
- Advertisement -