quarta-feira, maio 25, 2022

Saab Naval

Dois porta-aviões dos EUA entram no Mar da China Meridional para ‘combater influência maligna’

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Dois grupos de porta-aviões dos Estados Unidos entraram no disputado Mar da China Meridional para treinamento, disse o Departamento de Defesa nesta segunda-feira no que um comandante sênior disse ser para tranquilizar aliados e demonstrar determinação em “combater influências malignas”.

A hidrovia disputada é uma das muitas áreas de tensão entre os Estados Unidos e a China, que reivindica uma grande faixa de águas e construiu bases militares em ilhas artificiais.

Navios da Marinha dos EUA costumam navegar perto dessas ilhas para desafiar as reivindicações de soberania chinesas, para a ira de Pequim.

O Departamento de Defesa dos EUA disse que os dois grupos de ataque de porta-aviões da Marinha dos EUA, liderados por seus navios-capitânia USS Carl Vinson e USS Abraham Lincoln, iniciaram operações no Mar da China Meridional no domingo.

Os grupos de porta-aviões realizarão exercícios, incluindo operações de guerra antissubmarino, operações de guerra aérea e operações de interdição marítima para fortalecer a prontidão de combate, disse em comunicado.

O treinamento será realizado de acordo com o direito internacional em águas internacionais, acrescentou o Departamento de Defesa, sem dar detalhes.

“Operações como essas nos permitem melhorar nossa capacidade de combate credível, tranquilizar nossos aliados e parceiros e demonstrar nossa determinação como Marinha para garantir a estabilidade regional e combater a influência maligna”, citou o contra-almirante J.T. Anderson, comandante do grupo de ataque liderado pelo USS Abraham Lincoln.

Ambos os grupos de porta-aviões foram informados no domingo pela Marinha dos EUA que estavam se exercitando com a marinha do Japão no Mar das Filipinas, uma área que inclui águas a leste de Taiwan.

As notícias das operações dos EUA coincidem com Taiwan relatando a mais recente incursão em massa da força aérea chinesa em sua zona de identificação de defesa aérea em uma área próxima às Ilhas Pratas, controladas por Taiwan, no extremo norte do Mar da China Meridional.

A China ainda não comentou, mas disse anteriormente que essas missões visam proteger sua soberania e evitar interferência externa em suas reivindicações de soberania sobre Taiwan.

O Mar da China Meridional, atravessado por rotas marítimas vitais e também contendo campos de gás e ricas áreas de pesca, também é reivindicado por Taiwan, enquanto Vietnã, Malásia, Brunei e Filipinas reivindicam partes dele.

mar do sul da China.png
A China reivindica a área delimitada pela linha verde tracejada

FONTE: Reuters

NOTA DA REDAÇÃO: Em 16 de janeiro, havia três navios da Marinha dos EUA no Oceano Pacífico; USS America (LHA 6) com caças F-35B no leste do Mar da China, o USS Carl Vinson (CVN 70) e o Abraham Lincoln (CVN 72) desdobrados no sul do Mar da China para completar operações conjuntas de treinamento. Em 16 de janeiro, o porta-aviões Shandong (CV 17) da Marinha Chinesa também estava operando no Mar da China Meridional, cerca de 461 quilômetros a sudoeste da Ilha Dongsha de Taiwan.

Shandong CV-17

- Advertisement -

199 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
199 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
SPalhais

Impressionante !

Satyricon

Meu sonho é ver a MB com apenas 10% dessa decadência toda…

737-800RJ

[Quase OFF] Galante, lembra que você fez aquela simulação intitulada “Operação Pólvora” no Command Modern Operations? Eu gostei bastante e assisti novamente esses dias. Se não for pedir muito, você poderia refazer, só que dessa vez com um ou dois CSGs completos do lado americano e do lado brasileiro algo que você julgue necessário para detê-los, tipo o cenário ideal, onde teríamos, chutando muito mal, 14 Riachuelos, 12 Tamandarés, 8 FREMM (ou similares), mais de 100 Gripens com ​RBS-15 MK4, etc? Penso que nos daria a dimensão do que temos e do que precisamos ter para TENTAR frear superpotências militares… Read more »

Alexandre Galante

Opa, vou fazer sim rs, abs!

Leo Barreiro

Galante não esquece por favor, de avisar hein!! kaakak

Antoniokings

Perderam, malandros!

Eduardo Angelo Pasin

Sim vai nessa leitor de Sputnik

Vinicius Momesso

Um cara que lê “National Interest” não está muito melhor não.

Joe

Para a China só resta reclamar. Manda quem pode. Só existe uma superpotencia no mundo atualmente.

Red Pill - 红色药丸

ja hasteou a bandeira hj ?

Antoniokings

Too late. Too late.

Flanker

Quem perdeu o que? Os navios dos EUA entraram e vão sair quando quiserem. O mesmo que o Queen Elizabeth fez uns meses atrás. O resto é conversa mole.

WSilva

Os DF 21, DF 26 e misseis hipersônicos já estão prontos para transformar esses sitting ducks em sucata, se necessário.

Ricardo Machado

Chinaboy, parece que você está achando que não é haverá repercussão mundial? Isso “escala” rapidamente para um conflito mundial e e imprevisível seus efeitos, outros países podem, com certeza, querer “resolver” suas questões aproveitando que “o guarda” está ocupado, como se os países debaixo do “guarda-chuva” americano também não estivessem bem equipados e alertas. Não confunda os afegãos com Israel, Coréia do Sul ou ainda a Polônia, nenhum país que esteve debaixo do “jugo” Russo vai “para baixo” sem cobrar um preço MUITO ALTO da Mãe Rússia.

WSilva

China e Russia já pagaram alto para chegar até aqui, são meio que sobreviventes, especialmente a China.

Resta saber se os EUA estarão dispostos a pagar o preço que China e Russia pagaram no passado para daqui 100 anos ainda estar lá grande e forte.

Os demais países mencionados nem levo em consideração, são países que são liderados, jamais vão liderar.

Nelson Junior

Se não fosse os EUA os Chineses hoje estariam falando Japonês !!!
O Japão cometeu o mesmo erro que a China pode estar prestes a cometer, achando que tem mais poder bélico, subjugando um “oponente” muuuuito mais forte…
Deu no que deu no caso do Japão…
A China até pode passar os EUA como maior potencia mundial, mais ainda vai levar pelo menos 100 anos !!!

WSilva

Na verdade é o contrário, os japoneses é que ”falam” chinês, mais de 60% do vocabulário japonês é chinês, o sistema escrita japonês é chinês, a cultua do Japão é baseada na chinesa. O Japão teve sucesso militar contra a China pois aderiu a revolução industrial do ocidente, movimento este que os chineses se recusaram a aderir(se provou um erro crasso mais tarde), se não o Japão seria até hoje uma espécie de estado tributário chinês. O Japão hoje seria eliminado da face da terra se tentasse se aventurar de novo contra China ou Rússia. Como brasileiro não quero hegemonia… Read more »

Antoniokings

Essas demonstrações inúteis nada mudarão o destino daquela região e do resto Mundo.
Meros espasmos de uma potência que vê sua decadência se acentuando.

Eduardo Angelo Pasin

Sim meia dúzia de ditaduras vão subjulgar todo o ocidente, dentro dos países mais ricos a China conta só com o apoio da Rússia

Nemo

Eu fico pensando que na hora que a primeira bomba explodir quem realmente estará do lado de quem. A Rússia e a devem formar um bloco porque não têm opção. Já os EUA poderiam ter o Austrália Taiwan e Japão, Coreia do Sul seria uma dúvida enorme. Canadá apoiaria por obrigação e não é assim tão poderoso militarmente. Os europeus são a grande dúvida, se um lugar vai ficar bem destruído esse lugar será a Europa, será que eles embarcariam nessa? Espero nunca ter respostas para essas dúvidas.

WSilva

A frase ” para inglês ver” nunca fez tanto sentido como esses desfiles patéticos de PA dos EUA.

O filhinho colonizado se mostrando para o pai inglês ao desafiar o vovô chinês.

Guilherme Lins

Eu não sei, realmente, o nível de ingenuidade de um comentário deste! Considerando a ideia que tudo que é dito pelos chineses em relação a tais mísseis seja verdade, e que esses mísseis destruam a frota americana, tu acha que ia acontecer o que com a China? Melhor ainda, tu acha que o russo iria se meter, após a resposta NUCLEAR americana, para garantir as ambições chinesas naquelas aguas? Meu amigo, só resta a China reclamar, e mais nada!

WSilva

A resposta nuclear dos EUA irá provocar uma resposta nuclear da China, e aí os EUA terão que rezar para a China ter apenas 350 bombas atômicas. rs Ainda que a China tenha somente 350 bombas atômicas, vamos separar 300 para o território americano, 25 para o Japão e 25 para a Inglaterra pois estão em divida com a China, logo se a China for destruída, fará questão de levar esses dois juntos, então teríamos o seguinte resultado: Japão e Inglaterra dizimados. China totalmente destruída e EUA parcialmente destruído. Os EUA estão dispostos a pagar esse preço? Eu duvido que… Read more »

Guilherme Lins

certo, vou discutir não, então manda a China afundar os porta-aviões americanos que estão “invadindo” seu território, que tudo fica resolvido e os EUA não farão nada por causa do Japão…

WSilva

E por que a China faria isso? É muito mais fácil a China continuar avançando sua marinha e fazer exatamente o mesmo no ”território americano” e aumentar ainda mais seu arsenal de misseis DF 21, DF 26 e ogivas nucleares. O meu comentário lá no inicio deixa claro ”se necessário…”, isto é, numa possível reunificação de Taiwan, qualquer návio de guerra não-chinês que entrar no mar do sul da China será afundado sem muito remorso. Diferente do que vocês pensam, não haverá nenhuma guerra nuclear entre as superpotências por Taiwan ou Ucrânia Esses dois não compensam todo o sofrimento, sangue… Read more »

Rogerio

Manda americano defender Taiwan caso há uma guerra

Grozelha Vitaminada Milani

Tá jogando Wars???

WSilva

Eu tenho board game do War 1 e War Império Romano, mas já faz muito tempo que não jogo.

Alex Barreto Cypriano

A matéria não fez muita questão nem de mostrar o botes da JMSDF junto dos CVNs e LHA/Ds (mas conseguiu encaixar sem engulhos o solitário Shandong), nem de dizer que era um exercício conjunto. Tudo bem, o Japão não precisa ficar se mostrando…

DDH183-JSIzumo09.jpg
Alex Barreto Cypriano

Ops, a bem da verdade, não foi o Izumo, foi o Hyuga. Nem precisa trocar a fotim, é só acrescentar essa:

DDH-181JSHyiuga-1.jpg
Last edited 4 meses atrás by Alex Barreto Cypriano
Alexandre Galante

Esses barquinhos ainda estão sem aviõezinhos 😉

Alex Barreto Cypriano

Assim eles não dão tiro em ninguém, certo? Naves da Paz…

Hyiuga&Izumo.png
Gilson Moura

Verdade.

comment image

Dalton

Alex, o “Hyuga” aparece na foto entre o “America” e o “Essex”, uma participação modesta ao menos nessa ocasião.

Alex Barreto Cypriano

Sim, mestre Dalton, estava lá. Só não estava no texto.

Carlos

“combater a influência maligna”

Chama um padre, um pastor…

Rogerio

Kkkk…

Nilo

Atualmente o Playground preferido da Marinha Americana.

Camargoer.

Olá Colegas. Creio que seria mais apropriado levar alguns religiosos para uma operação de exorcismo contras estas “Influências malignas”. A propósito, dois porta-aviões nucleares também são muito distantes de qualquer coisa parecida de “influências benignas”. Estes comandantes militares precisam de algum “media training”.

Wellington Kramer

Todo Estado procura exercer sua influência e está pode, muitas vezes ser maligna, mas num Estado comunista, a influência será sempre maligna, não tem jeito, é anti-ser, anti-realidade, anti-humano. Todo o mal que um Estado democrático poderia causar é exponencialmente aumentado num Estado comunista.

Camargoer.

Caro Wellington. O comunismo se opõe ao capitalismo. A democracia se opõe á ditadura. Assumir que todo estado comunista é uma ditadura equivaleria a dizer que todo estado capitalista é uma democracia, o que é um enorme equívoco. Estados fascistas, por exemplo, foram essencialmente capitalistas, antiliberais e antidemocraticos (e obviamente anticomunistas). Todos eles foram (e são) “influências malignas” que insistem em nos assombrar.

Flanker

Tu conhece algum país comunista e democrático?

Camargoer.

Caro Flanker. Coloco a questão de outro modo. Existem inúmeros países capitalistas que são ditaduras. Hoje, existem apenas 5 países que se declaram comunistas, o que torna a avaliação sobre a existência de um país comunista descabida. Mas são quase 200 países capitalistas. Se o capitalismo fosse essencialmente um regime democrático, todos eles seriam democracias. Por outro lado, as democracias escandinavas implementaram estados de bem-estar social. Durante a Guera Fria, alguns experiências democráticas em regimes comunistas foram violentamente reprimidos pela ex-URSS. Não sabemos como aqueles países teriam evoluído.

Flanker

Tergiversou e não me respondeu. Sabe por que? Porque nao existe, nem nunca existiu, país comunista democrático. Lembro de, ainda criança e adolescente, ver panfletos e propaganda eleitoral do PCB e do PCdoB onde ambos se intitulavam democráticos. Dizem até hoje, que lutaram pela democracia contra a ditadura militar. Lutaram contra os militares, mas para implantar uma ideologia e um governo comunistas. Já li entrevistas de alguns daqueles que pegaram em armas, que lutaram contra os militares, dizerem que eles não queriam a democracia aqui. Só acredita em comunismo democrático quem não enxerga, ou não quer enxergar. É óbvio que… Read more »

Camargoer.

Olá Flanker. Exatamente. As ditaduras ocorrem em regimes á direita e á esquerda, As democracias também. A díade é capitalismo x comunismo (ou socialismo). A outra díade é democracia x ditadura. È um erro assumir que todo país capitalista será uma democracia assim como é um erro assumir que todo regime comunista será uma ditadura. O primeiro país comunista surgiu ha pouco mais de 100 anos. As tentativas de implantar regimes comunistas com maior liberdade democrática foram rapidamente esmagados pelo modelo soviético. A experiência comunista é recente na história, talvez tão nova quanto a experiência democrática (que tem uns 200… Read more »

WSilva

O erro é achar que democracia é um requisito para praticar capitalismo, essa noção foi quebrada de vez com o colapso da União Soviética e a ascensão da China.

Fascismo e nazismo ficaram para trás, comunismo não é viável, sobra democracia e autocracia, ambos capitalistas.

O plano chinês chamado Prosperidade Comum tem como objetivo, entre outras coisas, dar um update no capitalismo tradicional.

Antonio Palhares

Ou os especialistas em vudu.

Camargoer.

Olá Palhares, Como nos ensinou o PicaPau, Vudu é pra Jacú.

Pablo Maroka

E nesse dia os povos livres da terra média ops mundo, respiraram um pouco mais aliviado vendo US chegando!

Francisco Lucio Satiro Maia Pinheiro

Se os americanos fazem isso, com certeza aprenderam com soviéticos e chineses.
Comunista acusa nos outros aquilo que ele próprio faz. Se um único caça F-16 de Taiwan por descuido cruzasse a Adiz chinesa, a China continental iria acusar a ilha de grave violação da soberania chinesa e ato de agressão, sendo que a China faz isso contra Taiwan todos os dias.
Os americanos tiveram ótimos professores.

André Macedo

A questão de Taiwan tem muito mais a ver com a própria Guerra Civil deles do que com “comunismo”, sua análise é tão profunda quanto um pires.

Teropode

Perfeito , eu comentei lá encima , aprenderam rápido , devem usar as mesmas artimanhas do inimigo , incluindo falácias , provocações , blefes e a boa e velha mentira ….

Machado

Vai chegar o dia que um desses porta aviões norte americanos vai ser posto a pique. Espero estar vivo pra ver isso. Vai ser um evento divisor de águas na política internacional norte americana.

Fernando Vieira

Não sei se seria uma boa ideia não. Esses navios carregam reatores nucleares. O afundamento de um desses pode causar um desastre ambiental de proporções bíblicas. Prefiro que ninguém precise chegar as vias de fato.

_RR_

Vai ser mesmo… Vai ser o dia em que os americanos vão perder a estribeira de vez e mandar pra idade da pedra qualquer desafeto, independente de quem seja.

Uma coisa é atacar um navio de suprimento ou mesmo um destroier. Outra é atacar um dos símbolos de poder dos Estados Unidos.

Quem afundar um carrier e mantar 5000 marinheiros americanos, vai sofrer consequências. Pode ter certeza…

Pablo Maroka

tirou minhas palavras, se forem 5k de vidas provavelmente alguém sofreria uma invasão e seria ocupado.
Para se ter uma noção World trade center faleceram 2.996.

Adriano Madureira

E foi muito pouco considerando o tanto de pessoas que em nome da liberdade eles mataram direta e indiretamente…

André Macedo

Nem parece que os chineses também tem capacidade nuclear e a Tríade né…

Reinaldo Deprera

O EUA tem o poder de fazer a guerra no território de qualquer país. Nenhum país no mundo, nem mesmo Rússia ou China tem os meios para fazer guerra no EUA continental. Ninguém.

Durma com isso. Tenho certeza que essa é uma realidade que não te faz ter bons sonhos. Então, invente, sonhe, viva em outro mundo…
… no mundo dos terroristas e loucos

WSilva

”O EUA tem o poder de fazer a guerra no território de qualquer país.”

Tem o poder tem, vencer já é outra história. rs

Vide guerra da Coreia…

Agnelo

Uééééé???????
A Coreia do Norte conseguiu anexar a Coreia do Sul??????
Quando?
Quando?
Não saiu nas mídias???
Caramba!!!!!

WSilva

Ué, os EUA conseguiram anexar a Coreia do Norte?

André Macedo

Estou falando de poder nuclear amigão, uma guerra aberta entre esses países terminaria numa guerra nuclear, a menos que você ache que os EUA teriam capacidade de sair intactos de um ataque nuclear em grande escala vindo da China… Ou você acha que os chineses ou russos, caso perdessem uma guerra, iam simplesmente cruzar os braços e ser ocupados pelos americanos? Kkkkkkkk melhore a interpretação.

Reinaldo Deprera

Mas aí até a Bolívia pode sair gastando 20% do PIB durante uns 10 anos para construir seus ICBM para sair peitando o EUA. Já pensou? Que estridente que você ficaria? Guerra nuclear é outro cenário. Achar que comandantes de um país entrariam em uma guerra suicida contra o EUA é apostar no improvável. A pior parte de uma guerra nuclear contra o EUA é o dia seguinte. O shock and awe só que em maior escala e com menos preocupações com efeitos colaterais. Em uma guerra contra o EUA, ainda mais em se tratando de guerra nuclear, quem tem… Read more »

André Macedo

Então você negou ao mesmo tempo a dificuldade de se desenvolver uma capacidade nuclear e a M.A.D? Rapaz, tem que ter coragem. Desenvolver a bomba por si só é difícil, depois tem miniaturizar e desenvolver a tecnologia de foguetes, ainda depois desenvolver a tríade nuclear pra lançar ao mesmo tempo de bases, aeronaves e submarinos também nucleares. A Bolívia conseguiria isso tudo em 10 ANOS e em números expressivos como Rússia ou China? Só isso aí já compromete toda a sua análise. Só faltou falar que os EUA tem uma tecnologia que revestiria Nova York inteira numa bolha de proteção… Read more »

Teropode

Leia novamente o que ele escreveu , o cara nem citou armas nucleares , quem tem este fetiche são vcs , os cooptados do oriente .

André Macedo

Você acha que numa guerra entre Rússia, China e EUA poderíamos simplesmente ignorar as armas nucleares? O país perdedor simplesmente iria cruzar os braços e ser ocupado pelo vencedor? Fica aí no seu conto de fadas.

Wellington Kramer

Você deve ter molhado as calças no 11 de setembro.

Camargoer.

Olá Zeus. Pois é. Lembro a história de “Pedro e o lobo”. depois de 50 anos de Guerra Fria, inúmeros golpes de estado financiados e organizados pela CIA, pela Guerra às Drogas, Guerra ao Terror.. agora tem a ameaça “laranja” (mistura da ameaça amarela com a ameaça vermelha, ignorando que os russos já deixaram o vermelho soviético há décadas).

Gilson Moura

agora tem a ameaça “laranja” (mistura da ameaça amarela com a ameaça vermelha”

kkkkkkk

Essa foi boa.

Grozelha Vitaminada Milani

Cuidado com a Acerola, que é muito mais potente que a Laranja!

Kkkkkklkkkkkk

Seção Comédia.

Gilson Moura

Não como frutos vermelhos. Tenho medo de comer e virar comunista, com uma forte tendência em admirar Stalin e ler “O Capital” do humanista Karl Marx.

Camargoer.

Caro Gilson. Todo mundo que vive em um regime capitalista deveria ler “O capital”. Gosto de lembrar que Delfin Netto sempre se orgulhou de ter a mais completa biblioteca sobre marxismo do Brasil. Acho que ninguém precisa ser nazista para ler a excelente biografia de HItler escrita por Ian Kershaw.

Antonio Palhares

Muito correto professor.
Para falar tem que conhecer. Largar a preguiça e se informar.
Aprender contextualizar. Fora disso é palpiteiro de boteco

Camargoer.

Obrigado Palhares. Acho que essa discussão sobre capitalismo/comunismo é muito importante e ainda precisa ser feita com mais profundidade. O problema é que muitas vezes o assunto acaba sendo tratado por um viés superficial. Tem muita coisa legal para ser debatida.

Gilson Moura

Caro, Camargoer. Você é um dos muchachos mais admiráveis aqui no blog, sua paciência para lidar com a oposição obstinada deve ser reverenciada. Mesmo diante de insultos, você não perde a classe, o que não é o meu caso, tenho sangue de barata.

Mas como sabe, sou um coringa capitalista.

Nakayama

Deve ser muito bom ter uma vida controlada sem direito a NADA. TUDO CONTROLADO, internet, sua opinião, religião, onde se somente tiver opinião ou ideias contrário ao governo, simplesmente sera preso e depois some da face da terra. Vai defendendo um lugar desses. Nenhum sistema de governo é bom e ou perfeito. Somente o menos ruim. Inclusive aqui, onde TODOS nós podemos expressar próprias opiniões. Vai fazer isso na china ou russia e cia.

WSilva

”Deve ser muito bom ter uma vida controlada sem direito a NADA.”

https://www.youtube.com/watch?v=XXWYPeEfOb8

Que dó!

Last edited 4 meses atrás by WSilva
Grozelha Vitaminada Milani

Da onde sai tanta mediocridade???

Porque não muda pra China e seja um feliz controlado.

Sim, já estive várias vezes na China. Conheço e já interagi com a população local que tem muito medo de ir contra o sistema e pleitear coisas melhores e liberdade.

Vá correndo ou nadando seu socialista vermelhinho barato.

Taiwan livre! Tibet livre! Hong Kong livre!

Gilson Moura

Mentir é feio, cidadão.

Grozelha Vitaminada Milani

Um dia Gilson Moura encontrou um Mestre Sábio e perguntou:

– Mestre, qual é o segredo da sabedoria?

Sábio respondeu: – nunca discuta com um idiota.

Gilson do alto da sua humilde respondeu:

– Não concordo Mestre!

Gilson Moura

Se esse é o segredo da sabedoria, parece que você não anda seguindo, meu caro. O “mestre’ deveria te dar mais conselhos e você deveria segui-los.

WSilva

”Sim, já estive várias vezes na China. Conheço e já interagi com a população local”

Acho que tu confundiu o Bairro ou Rua China aí com o país Asiático e confundiu os japas mestiços com chineses. rs

E antes que eu me esqueça, Free Texas, Free California, Free Novo Mexico, Free ilha Diego Garcia.

Grozelha Vitaminada Milani

Não existe nenhum movimento de independência na Califórnia, Texas, Novo México em nem na ilha Diego Garcia. E ninguém, moradores e habitantes desse lugares querem sair dos (como o próprio nome diz:) Estados UNIDOS da América. Vejo muitos mexicanos e latino americanos querendo fazer parte ou morar nos EUA. Inclusive Brasileiros tentando de tudo para estarem lá. Sobre eu ter ido a China, e ter visitado e trabalhado em Chongqing e Shangai, não preciso provar nada pra vc e pra ninguém. Fique aí no seu mundinho socialista e insignificante. Junto com os mesmos hipócritas que tem I-phones, curtem NY e… Read more »

WSilva

”Não existe nenhum movimento de independência na Califórnia, Texas, Novo México” Não mesmo, os americanos colonizados exterminaram os movimentos de resistência. Não seria interessante a China copiar os EUA? Exterminar os grupos de independência agora(2022) para daqui 100 anos bater no peito e dizer que ”não existe nenhum movimento de independência por aqui” igual você pateticamente faz? rs Você ainda desconhece história, os chineses coexistem com os muçulmanos e tibetanos há mais de 800 anos, nunca houve um guerra de extermínio entre eles. Os muçulmanos de Xinjiang estão todos lá, os Tibetanos estão todos lá, o dificil mesmo é achar… Read more »

Grozelha Vitaminada Milani

Um dia Zews encontrou um Mestre Sábio e perguntou:

– Mestre, qual é o segredo da sabedoria?

Sábio respondeu: – nunca discuta com um idiota.

Zews do alto da sua humilde respondeu:

– Não concordo Mestre!

André

A qualidade de vida na China é mil vezes melhor que a do Brasil, aqui você pode falar mal do governo, mas não consegue alimentar sua família, pagar as contas, abastecer o carro, fica desempregado ou num sub-emprego, mas o brasileiro compra o discurso dos EUA e enche a boca pra falar da China, enquanto o Brasil tá numa M cada vez maior e eles só crescem, desenvolvem tecnologias e aumentam cada dia mais o poder de compra da população chinesa!

Rogerio

Vc falou td, os maior parte dos brasileiros são fantoches

Grozelha Vitaminada Milani

Vão pra China serem felizes.

Parem de mimimi e amarguras, de sofrer … Até a internet e tv a cabo na China são livres.

Vão ao paraíso enquanto é tempo e vazem desse inferno Brasil

Tenham uma boa refeição de insetos, larvas e lacraias. Proteína pura em abundância.

Flanker

Eu não troco minha vida no Brasil por uma vida na china…..de jeito nenhum!!!

Grozelha Vitaminada Milani

Mais um discípulo da Manuela D’Ávila que fez enxoval na Big Apple e fez self de I-phone na estátua da Liberdade.

Dalton

Não é bem assim Camargo, a estrela vermelha continua ornamentando por exemplo aeronaves russas.

Camargoer.

Olá Dalton. A estrela vermelha é um símbolo poderoso, mas o regime russo nada tem a ver com aquele existente na ex-URSS. Existem vários artigos sobre o equívoco de buscar qualquer paralelo entre o regime político e econômico da Russia hoje com aquele da ex-URSS. Faria mais sentido figurativo a Rússia colocar uma estrela azul em seus aviões.

Reinaldo Deprera

A US Navy está aos poucos conquistando o direito de constituir uma frota exclusiva para o Mar da China. É do interesse do Bem deixar a China na cordinha.

Save Ferris :mrgreen:

Last edited 4 meses atrás by Reinaldo Deprera
Slow

Não foi pra Ucrânia ainda ? Estão concentrando tropas na linha de contato com donbass e você aqui ainda ?

Reinaldo Deprera
_RR_

É o que vai acontecer, no final das contas…

Aliás, esse movimento já começou desde o inicio da década passada, com o deslocamento do melhor do efetivo americano para o Pacífico.

Pablo Maroka

Sensacionak!

Santiago

Esses dias também emergiu um visitante incomum na base naval de Guam. Trata-se do Submarino Nuclear americano USS Nevada, da classe Ohio. O Submarino é armado com 20 mísseis balísticos Trident-II e ogivas nucleares. A coisa tá esquentando por aquelas bandas!

Dalton

Já faz alguns anos que SSBNs recomeçaram a fazer visitas a portos no exterior, continua sendo relativamente pouco comum, mas, dois anos atrás o USS Alaska visitou Gibraltar
por exemplo e houve também visitas a Escócia, Havaí, etc.
.
Enquanto o USS nevada surgia em Guam muito provavelmente outros 2 SSBNs da Frota do
Pacífico, pelo menos, estavam em patrulha de dissuasão prontos para lançar seus mísseis
e isso é de conhecimento de aliados e potenciais adversários.

Guilherme Lins

Pois é amigo, você errou somente o número, não são 20, são 24 mísseis Trident!

Dalton

Na verdade ele acertou Guilherme. Quatro dos silos foram definitivamente inativados
por conta de um Tratado entre EUA e Rússia anos atrás.
.

Guilherme Lins

Eita! não sabia disto, valeu Dalton! e parabéns ao Santiago pelo comentário atualizado!

Dalton

Então talvez você goste de saber que 2 dos 14 SSBNs ao menos até agora foram armados com o que se acredita ser 2 Tridents cada um com uma única ogiva de 5 a 8 quilotons “apenas” no caso de ser necessária uma “resposta” mais “suave”.
.
Foi uma resposta um tanto quanto polêmica pelo surgimento do torpedo poseidon russo que poderia ser usado contra portos, então, foi uma forma que os EUA encontraram a curto prazo e barata para empregar no mar armas atômicas táticas.
.
Possivelmente também serve ou mesmo é mais direcionada à Coréia do Norte.

Teropode

Inclusive os novos já saírão de fabrica com a capacidade para apenas 20 .

Last edited 4 meses atrás by Teropode
Dalton

Na verdade não Teropode. Os da classe “Columbia” terão 16 silos mesmo número dos existentes a bordo da classe russa Borei, embora durante anos
se especulasse 20 silos enquanto os similares britânicos futura classe Dreadnought terão apenas 12 silos.
.
Isso reverterá em uma boa economia com mísseis já que pensando bem já há mais do que o suficiente para causar muita “desgraça”.

Jadson S. Cabral

Essa coisa de influência malígna me lembra aquela frase lá do Reagan quando disse que a URSS era… sei lá, o império do mal ou algo assim. Pleno 2022 e ainda tem gente que cai nesse papinho de povo bonzinho e povo do mal

Adriano Madureira

Americanos adoram dar conotações aos outros ! Império do mal, eixo do mal, suspensão do mal…

E ainda tem gente que acredita nessa fábula de baluarte da democracia e defensor da paz que os americanos pintam em seus filmes hollywoodianos.

Não passam de ladrões bem vestidos e cheirosos ! Basta ver oque fazem na Síria e seus campos petrolíferos.

Zorann

Estamos muito bem!! Influência maligna combatendo influência maligna. Qual influência maligna será que ganha?

Camargoer.

Olá Zorann. Parece “Senhor dos Anéis” ou “Game of trones”.. riso. Tem os bonzinhos de um lado e os zumbis e trolls do outro. “The (nuclear) winter is coming”. Quem sabe agora a molecada consiga entender o que era o pavor que sentíamos durante a guerra fria. Como disse Dr Strangelove, “como parei de me preocupar e passei a amar a bomba”

Adriano Madureira

Ótimo filme !

comment image

Mas eu gostei de um remake feito no ano 2000,o elenco era de primeira…
Walter Cronkite ,Richard Dreyfuss,Noah Wyle,Brian Dennehy,Sam Elliott,James Cromwell,Hank Azaria,George Clooney,Harvey Keitel entre outros…

https://www.youtube.com/watch?v=P73Gz0TaJgE

https://www.youtube.com/watch?v=p-6xcIUwPto

Last edited 4 meses atrás by Adriano Madureira
Leandro Costa

Adriano, o remake na verdade foi de um outro filme, do mesmo ano de Dr. Fantástico, chamado ‘Failsafe’. Enquanto o Dr. é um filme satírico, Failsafe é um thriller ao estilo ‘The Bedford Incident’. O enredo é bem parecido e ambos os filmes foram lançados no mesmo ano e baseados em livros distintos. O interessante é que o autor de um dos livros (não lembro qual), processou o outro por plágio hehehehe. O remake é decente. Gravado em preto e branco e ao vivo. Chamavam isso de teatro televisivo. Filme original é com Henry Fonda e Walther Mathau, se não… Read more »

Jadson S. Cabral

A quer for mais malígna (ou menos malígna dependendo do ponto de vista)

Grozelha Vitaminada Milani

Ainda bem que He-man e o Gato Guerreiro ainda protegem o castelo de Graysikoll.

É muito cachorro latindo atrás do portão enquanto a caravana passa.

Vai dar em mais uma narrativa … Segue o jogo.

Carvalho2008

comment image

Alex Barreto Cypriano

Hehehehehe!

Dalton

As Alas Aéreas de ambos NAes estão exatamente com a mesma composição e quantidade 10 F-35C para cada a diferença é que um esquadrão pertence a US Navy e o outro ao USMC
também ambas operam com um destacamento de 3 CMV-22B que substituiu os 2 C-2As.

Jean Jardino

Aos amantes da China, eles nao aguentam duas semanas de combates contra a marinha americana com seus poderosos porta-avioes e submarinos de ataque nucleares, Podem chorar na cama que eh quentinho.

WSilva

Talibã mandou um abraço.

Leandro Costa

LOL

Alex Barreto Cypriano

Talibã tá pedindo ajuda pro povo afegão não morrer de fome depois que expulsaram os americanus mauvadus e seus bilhões…

Flanker

Os Talibãs são a pior versão de seres humanos….talvez, parecidos em maldade com os assassinos do Kmer Vermelho.

WSilva

As pessoas já morriam de fome com o governo corrupto fantoche colocado pelos EUA. rs

A vida das pessoas por lá não vai mudar muito, a diferença é que agora o país tem um dono legitimo, não um invasor.

Alex Barreto Cypriano

Bora mandar uns sábios da EMBRAPA pra salvar a agricultura do Afeganistão? Afegãos, venham pro Brasil: aqui, tudo que se planta, dá; respeitamos a religião de todos; nossa cidadania já lhes é garantida por lei como refugiados. Tem lugar pra todo mundo, traz irmão, irmã, mamãe, papai, titia, titio, prima, primo, avô, avó; só não traz Taleban ou Kharzai, ok?

Flanker

Talibã tem Marinha??

Leandro Costa

Shhhhh!!! Deixa ele continuar contando a piada da igualdade de guerra assimétrica vs. convencional. É hilaria, até porque parece que ele acredita nisso hehehehehe

WSilva

Tem não, mas tem coragem.

O Talibã me lembra um pouco os chineses quando lutavam contra invasores americanos, japoneses e britânicos usando apenas paus e pedras e o peito aberto.

Tem que ter muita coragem para resistir o imperialismo.

Flanker

Não tem Marinha, né? Então, não mistura laranjas com maçãs. Teu discurso, não cola.

Last edited 4 meses atrás by Flanker
Antonio Palhares

Inusitado.
Uma força tarefa descomunal. Poderosa, com alta tecnologia empregada no combate a força maligna.
Naturalmente formada por anjos e arcanjos brandindo suas espadas de ferro em brasa, contra os capetas da hostes do mal Chinesas ?

André Macedo

Se os EUA forem combater influência amiga vai ter fogo amigo aos montes.

Carvalho2008

Debater a vida dis outros…e a nossa?

O que podemos ensaiar sobre nosso futuro caso surja uma via de fatos?

Acho improvável, mas o que poderia ocorrer? Nossos navios e produtos correriam mais riscos por qual lado?

Americanos representariam riscos a nossa remessas a China?

Chineses representariam riscos a nossas remessas a Europa e USA?

Leandro Costa

Sabe a arca de Noé? Já sabendo que o ideal seria termos nossa própria capacidade de manter nossas linhas de comunicação, mas também sabendo que isso não vai acontecer, eu proponho construir uma arca onde possamos colocar todos os animais de Brasília (contanto que usem ternos corriqueiramente), a arca de Maomé, batizada assim talvez hehehehe, e largamos essa turma à deriva em alto mar até que eles tomem uma decisão que não favoreça seus próprios bolsos.

Aí talvez a gente consiga responder suas indagações hehehehe

Fernando Vieira

Por que não despachar essa arca para a zona de conflito?

Leandro Costa

É bom dar esperança, Fernando. Torna tudo mais cruel hehehehehe

Alex Barreto Cypriano

Excelente pergunta, mestre Carvalho. Militarmente não tem solução: o Brasil é um pato sentado incapaz de fugir ou de defender-se. Economicamente, a solução é a de sempre: depender o menos possível do comércio internacional, estimular a produção local de itens hoje adquiridos fora, diversificar parcerias e sobretudo mitigar ou reverter a desigualdade. Politicamente, ter uma postura clara e sólida (me dispenso aclarar os adjetivos) no palco diplomático internacional alinhada com valores ocidentais consensualmente universais e, internamente, rechaçar o autoritarismo, o gosto pela violência, malícia e logro. E se sobrar tempo, revogar as licenças dos chatos… 😉

Last edited 4 meses atrás by Alex Barreto Cypriano
Adriano madureira

Impressionante a disposição desses cretinos de Washington em arranjar problemas mundo afora…

Para essa raça, um WTC por ano seria pouco,no mínimo três ??‼️

São esses pilantras que esticam a corda e depois posam de bons moços,defensores da liberdade e baluarte da democracia.

Last edited 4 meses atrás by Adriano madureira
Reinaldo Deprera

Acho que o Vietnã, Taiwan, Japão e Índia, que são alguns dos países da região que se sentem ameaçados pela China, não concordam com você. Mas é claro que eles devem estar errados.

Gilson Moura

Caramba, quer dizer então que a China pobre, desiludida e sem aliados consegue provocar essa reação nesses países e estes sendo obrigados a solicitar aos americanos presença para inibir o imperialismo chinês?

Você tem que se decidir, rapaz.

Flanker

Tu é fã do Coringa??

Last edited 4 meses atrás by Flanker
Gilson Moura

Rapaz, eu sou o coringa.

WSilva

O Japão reclamar de alguma coisa depois das atrocidades cometidas é tipo colocar um bandido para criar leis sociais e educacionais. rs

Vietnã sim, de certa forma é uma vitima.

A Índia também não é flor que se cheire, Sri Lanka que o diga.

Flanker

Esses tempos, tu disse num comentário que achava os EUA, Rússia e China, todos iguais, mas eu só vejo tu criticando e chamando de criminosos os EUA. Não há problema, todos temos direito à opiniões, mas fala de foram clara: Eu não gosto dos EUA! Ponto! Mas, tu querer no mínimo 3 WTC por ano te coloca de uma maneira melhor do que aqueles que tu critica? Acho que não…

Adriano Madureira

Flanker, diretamente e indiretamente por décadas esses libertadores de Washington D.C mataram milhares de pessoas pelo mundo, tão inocentes quanto os pobres cidadãos americanos que estavam naquela torre e nos aviões… Porque eu deveria me compadecer da dor deles?! Porquê os americanos são mais limpinhos, bonitos e cheirosos do que os cidadãos de segunda classe?! Os EUA bombardearam o Iraque com 340 toneladas de mísseis contendo urânio empobrecido. Investigações denunciaram, desde 1998, que a radiação dessas armas envenenou o solo e a água do Iraque, tornando o ambiente cancerígeno e contribuindo para o aumento dos casos de cancro entre os… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Adriano Madureira
Flanker

Então, tu não é diferente deles! Morte de civis que nada tem a ver com os atores de uma guerra, sempre deve ser denunciada, combatida e sentida, independente de qual país sejam. Podem ser iraquianos, afegãos, sírios, norte-americanos ou qualquer outro. Sua indignação é seletiva e com isso, perde qualquer credibilidade.
E mais uma coisa: de onde tu copiou as informações que colocou no texto?

Adriano madureira

Flanker,agora não teria como mostrar,pois minha postagem foi feita do computador,mas posso mais tarde lhe enviar os links….

Luis

Aceita a realidade que o sofrimento é menor.

Adriano Madureira

Sofrimento ? Até parece…

Varg

Nativos pré-colombianos, mexicanos, filipinos, havaianos, cubanos, porto-riquenhos, panamenhos, vietnamitas, granadinos, iraquianos e afegãos tiveram ótimas experiências com a influência benigna de Washington.

E há aqueles os quais desejam que essa influência um dia chegue à Brasília!

Reinaldo Deprera

Acho que é contrário em amigo. Mais de 50% da população do EUA é imigrante, nenhum país do mundo chega perto de ter uma população imigrante tão grande.
Não vejo norte-americano no sistema penitenciário dos países latinoamericanos. Já a recríproca não é verdadeira.

Se você estivesse falando dos índio norte-americano, teria um pouco de razão. Mas com ressalvas. O ameríndio daquela região era em sua maioria tribos guerreiras, que não aceitavam o branco por questões morais.

Camargoer.

Caro Reinado. De fato, os EUA tem uma enorme parte de sua população formada de imigrantes e filhos de imigrantes. Contudo, é preciso separar as populações latina que eram residentes nos territórios originalmente colonizado pela Espanha e que depois se tornaram território dos EUA. Sobre o sistema carcerário nos EUA, é preciso avaliar todo o contexto no qual ele se insere, principalmente no encarceramento da população negra e latina. Esse é um tema controverso até mesmo dentro dos EUA. Por fim, os EUA fizeram uma guerra de genocídio contra as populações nativas.

Alex Barreto Cypriano

Sobre sistemas carcerários: foi Biden quem, décadas atrás, estimulou o encarceramento em massa de negros e latinos. Por aqui, no estado de São Paulo-BR, foi o Alckmin, hoje cumpanheiro unha e carne do fuhrer de Garanhuns.

Camargoer.

Caro Alex. O problema do encarceramento em massa nos EUA (e no Brasil) é mais complicado e antigo. Nos EUA teve início com Nixon em sua política de “Law and Order”, acelerando a partir da década de 80 durante a “Guerra ás drogas” de Reagan. Recomendo os artigos “Crime e castigo nos Estados Unidos: de Nixon a Clinton” de 1999 e “Encarceramento em massa como política social nos Estados Unidos e Brasil” de 2019. Boa leitura.

Alex Barreto Cypriano

Mas, mestre Camargoer, segundo o próprio Biden, ele seria o autor solitário de toda lei contra o crime dos sons of a gun desde 1976. Deu no NYT:
https://www.nytimes.com/2019/06/25/us/joe-biden-crime-laws.html

Reinaldo Deprera

Não tenho como não admitir que houve uma época onde poucos índios queriam guerrear e ainda assim houveram massacres contra índios que não estavam armados e não tinham intenção de enfrentamento. O EUA reconhece isso. Se o EUA reconhece que massacrou o índios em várias ocasiões, porque aqueles que estavam presentes fizeram o que fizeram? Acontece que o contexto da época precisa ser compreendido. O índio era visto como ameaça, ele aterrorizava o homem branco. Já imaginou ser um homem branco adulto encontrando, junto com outros brancos, um acampamento de índios perto da sua casa? Sendo filho de alguém que… Read more »

Reinaldo Deprera

Faço meia culpa para os norte-americanos por conciência, pra mim é difícil defender o EUA na questão do índio. Meu avô era ameríndio, foi pego criança no laço, não falava nada de português e vivia sozinho na região de Atibaia em mato fechado. Foi do Exército. Quintino de Oliveira. Meu avó era um indiozinho lindíssimo. Acho o que o US Army faz com os helis, batizando-os com nome de tribos indígenas, uma homenagem que emociona. Especialmente os helicópteros de Ataque. É como se a alma deles estivessem por cima da infantaria. O negro (a força) do exército norte-americano é o… Read more »

Dalton

Sabe Reinaldo, um livro que tenho chamado “A Fate worst than death” de quase 500 páginas mostra um lado sombrio dos índios, entre as várias histórias, bebês brancos segurados pelos pés e batidos contra rochas ou árvores na frente das mães que seriam então estupradas e escravizadas. . Os próprios índios exterminavam e escravizavam tribos rivais, não a toa George Custer levou dezenas de índios “Rees” como batedores eles sendo inimigos mortais dos Sioux, para o Little Big Horn, aliás, um assunto que me fascina tanto quanto navios de guerra . . Os próprios espanhóis antes também não foram nada… Read more »

Esteves

Dalton, Nesse nível levaremos em conta os empalamentos na Europa Oriental e o massacre de crianças vietnamitas com napalm. O mesmo Napalm que caiu sobre Dresden. Também o massacre das freiras em Nanquim. Ou os pés decepados dos escravos negros para que não fugissem nas Américas. O que Charles Darwin viu na Bahia a ponto de tê-lo levado a condenar o Brasil? Colocar os índios norte-americanos no mesmo nível e no mesmo contexto social que os imigrantes europeus muitos deles fanáticos religiosos que incendiavam as próprias crianças acusando-as de bruxarias…não é certo. Cada povo tem seus valores como dizimar uma