segunda-feira, agosto 15, 2022

Saab Naval

Ex-porta-aviões USS ‘Kitty Hawk’ chega ao Texas para desmanche

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O último dos super porta-aviões convencionais da Marinha dos EUA chegou a Brownsville, Texas, esta semana, depois de uma última viagem rebocada antes de ser desmantelado.

O ex-USS Kitty Hawk (CV-63) chegou a South Padre Island, perto da fronteira Texas-México, na terça-feira (31/5), enquanto veteranos de um dos últimos porta-aviões convencionais da U.S. Navy observavam, de acordo com uma reportagem do The Brownsville Herald.

O navio está agora na International Shipbreaking Limited, que comprou o supercarrier por um centavo no ano passado para desmontelar e reciclar. O estaleiro também irá desmantelar o ex-USS John F. Kennedy (CV-67), similarmente comprado por um centavo.

Um porta-voz da International Shipbreaking Limited disse que o estaleiro começará “o desmantelamento estrutural real em julho” e planeja terminar o processo de desmantelamento em cerca de 18 meses. A previsão de conclusão é dezembro de 2023.

O Kitty Hawk deixou Bremerton, Washington, em 15 de janeiro para fazer sua última viagem para Brownsville antes do desmantelamento, informou o Kitsap Sun na época.

Um dos últimos porta-aviões com propulsão convencional, o antigo Kitty Hawk foi comissionado em 1961 e desativado em 2009. O super porta-aviões participou de conflitos que vão desde a Guerra do Vietnã até a Operação Iraqi Freedom em 2003. Na época, o Kitty Hawk era o porta-aviões da Marinha dos EUA que ficava baseado no Japão, mas foi desdobrado no Golfo Pérsico para ajudar no início da guerra no Iraque. Foi a última vez que um porta-aviões baseado no Japão faria isso até 2021, quando o USS Ronald Reagan (CVN-76) foi enviado para o Oriente Médio.

A compra do Kitty Hawk pela International Shipbreaking Limited em 2021 deu um golpe final nos desejos de alguns veteranos de transformar o navio em um museu, semelhante aos cinco outros porta-aviões museus nos Estados Unidos.

Um problema enfrentado pelos esforços para tornar o navio um museu foi encontrar uma cidade para abrigar o super porta-aviões que ainda não tinha um porta-aviões museu, disse Ryan Szimanski, diretor executivo da Historic Naval Ships Association.

James Melka, um ex-marinheiro do Kitty Hawk que tentou transformar o navio em um museu, disse no ano passado que planejava ver o porta-aviões deixar Bremerton e chegar em Brownsville, Texas.

“Ao ver o Kitty Hawk, haverá muitas lágrimas”, disse ele na época.

USS Kitty Hawk no seus tempos de glória

FONTE: USNI News

- Advertisement -

61 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

61 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Burgos

Vai que é sua MB!!!

comment image

Fui!

Last edited 2 meses atrás by Burgos
Jonathan Pôrto

Muito boa 😂😂😂😂😂

Esteves

Não entendi a piada.

Camargoer.
Esteves

Pois é. Jesus tá vendo.

Alex Barreto Cypriano

Hahahaha… os caras não perdoam nada…

Esteves

Não aprovo piadinhas com a MB.

Flanker

Por que? Muitas vezes a própria já é uma piada pronta, graças à certos projetos “brilhantes”.

Tutor

O auditor de piadas do fórum kkkkk
É só que faltava rsrsrss

Fernando "Nunão" De Martini
Flanker

🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Camargoer.

Olá Nunão. Voltamos no tempo ou a “TV Pirata” estava á frente?

Fernando "Nunão" De Martini

Ambos! Dejavu Matrix.

Carvalho2008

Excelente!!! This is us….

Camargoer.

“esse é o meu pai”

Burgos

Não fui eu que postei isso não !!!

Camargoer.

Olá. Vocês que são “burgos” que se entendam.

Burgos

Alou Galante !!!
Clonaram o meu Nick Name de novo !!!
Dá Block nesse abestado aí e apaga esse post👀🤦‍♂️

Last edited 2 meses atrás by Burgos
Burgos Oliveira

Desculpa ai meu!

Vou colocar meu sobrenome no final de cada comentário então!

Que o Galante perceba que nossos emails são diferentes.

Neto

Nesse meio tempo na França:

Alex Barreto Cypriano

Gosto muito da popa do PANG. Com todo o respeito.

Camargoer.

Olá Neto. Talvez a MB esteja de olho no CDG. Eita.

Burgos Oliveira

Só de olho mesmo!

Quando a França perguntar ela vai dizer: SÓ ESTOU DANDO UMA OLHADINHA!!!

Burgos

Ou vira museu ou desmantela e seu aço servirá para construir outros navios e até de Guerra mesmo !!!
Paciência !!!
Mesmo sendo de propulsão convencional acredito que poderia ter sido vendido a outra Marinha aliada, ou por ser estratégico o seu País não tem como costume vender grandes navios ainda mais sendo como um Porta aviões, mas pode vender a 1 centavo para o ferro velho.
Vai saber agora !!!🤷‍♂️

Camargoer.

Olá Burgos. Não sabemos o estado das caldeiras e das catapultas e nem sabemos o custos de operação. Caso fosse uma boa opção, talvez a RN tivesse adquirido. Acredito que se vai para desmanche é porque chegou a vez.

Willber Rodrigues

Considerando-se sua idade, e considerando-se que a USN usa seus navios sem dó e até o limite, esse aí deve estar só o pó da rabiola.

Leandro Costa

Burgos, eu tenho contato com um cara que serviu no Kitty antes de ser aposentado. Comentei com ele na época sobre rumores que a MB estaria interessada. Ele falou que achava improvável que vendessem mas que se ocorresse, ele disse ‘Boa sorte, porque o navio está em PÉSSIMO estado.’

Foi literalmente usado até o osso mesmo. Seria necessária uma reforma extraordinária e caríssima para fazê-lo operar por mais algum tempo. Provavelmente bem mais naquela que foi cotada para o A-12.

Carlos Crispim

Claro que é uma piada que a MB estivesse interessada, mas que o bicho é imponente isso ele é, com a bandeira brasileira ficaria sensacional, é um navio de respeito, mesmo em mau-estado, não é aquela porcaria que os corsários nos venderam sabendo dos problemas insolúveis que tinha. Além disso, é muuuuuuita areia pro nosso caminhãozinho, a gente nem tem aviões pra colocar nele, botar uma ala aérea de A4 seria uma tremenda sacanagem, ou seja é muita fartura: farta tudo!!!!!!!!!!!

Last edited 2 meses atrás by Carlos Crispim
João Adaime

A marinha dos Estados Unidos nunca ofereceu estes convencionais a algum aliado?

Luiz Blower

Esse aí mesmo, pra gente inclusive. Imagina o custo operacional…

Guizmo

Quais sao os 5 ex-Naes que viraram museu?? Só conheço o Midway, em San Diego e o Intrepid, em NYC

Esteves
Last edited 2 meses atrás by Esteves
CVN76

Os outros 3 são o Lexington, Hornet e o Yorktown.

Fernando

O Hornet não afundou na IIGM? Ele inclusive foi o responsável por lançar os B-25 para o ataque ao Japão, o famoso ataque Doolittle

CVN76

Esse foi o primeiro, USS Hornet CV 8 da classe Yorktown.
O segundo USS Hornet CV 12 da classe Essex que virou museu em Alameda/CA

Guizmo

Valeu pessoal!

Jonathan Pôrto

Os EUA Mandaram 02 Porta-aviões de propulsão convencional pro desmanche e nenhum pra MB? A parceria BolsoTrump em nada resultou para nossas FFAA !!

Esteves

Quando assinaram essa “parceria”?

Last edited 2 meses atrás by Esteves
Camargoer.

“I love you”.

Jefferson Ferreira

kkkkkkkk

Jonathan Pôrto

Fora os M-109 Paladin do EB é lógico

CVN76

Na realidade, somente falando de “super-carriers”; foram 7 para o desmanche e um foi usado como alvo num exercício.

Pablo Maroka

Seria bem recebido na MB

Régis

Sai pra lá com essa ideia! Se for pra adquirir uma NAe para MB prefiro o modelo que foi oferecido pelo governo indiano, não outra sucata usada até o osso.

BraZil

Agora é tarde, mas com a atual política de Washington de moldar o entorno da China para reprimir sua expansão, seria uma opção vendê-lo a um aliado da Ásia/Pacífico. Índia, Austrália e até o Japão de equipamentos moderníssimos e caríssimos, com certeza achariam bom uso para ele, desde que as condições de cessão fossem boas, (manutenção, atualização etc) claro. Abraços.

Fernando

Esse navio deve estar no osso, como é o padrão das forças armadas americanas usarem seus equipamentos desde que se livraram do excedente da segunda guerra. Não dá pra nenhuma marinha operá-lo decentemente por um período que seja economicamente viável. Torná-lo um museu seria a única forma de preservar o navio e creio que todos os que serviram a bordo dele desejavam isso. Mas se todo navio virar museu vai ter muito museu e pouco lugar nos portos para os navios atracarem. No Brasil por exemplo, a Niterói deveria virar museu. A Inhauma também. Mas não dá para tornar a… Read more »

Alex Barreto Cypriano

OffTopic: Padre é uma enorme ilha (boa parte dela de dunas arenosas) entre o Golfo do México e a lagoa Madre. P.A.D.R.E. também foi um lugar misterioso, supostamente um abrigo seguro, e muito procurado pela Alicia em FTWD. Parece que Madison, que afinal não morrera no incêncio do estádio, fora resgatada por P.A.D.R.E.. Ela e Morgan embarcam num bote e se dirigem, vendados a um National Security Cutter da USCG. Pra onde irão? South Padre island onde se desmantela navios? Então está explicado o desmantelo da série nessa última temporada após o bombardeio nuclear (hehehe): o Kitty Hawk foi lhes… Read more »

Flanker

Assisti só os primeiros episódios da 1a temporada de FTWD. Já TWD eu assisti desde o primeiro episódio da 1a temporada. Não perdi nenhum episódio. Estou aguardando o terceiro e último terço da 11a e última temporada. Uma série que já virou um clássico…épica! Depois, vou assistir toda a saga de FTWD. E aguradando também os filmes de Rick Grimes.

Alex Barreto Cypriano

Sou fã de primeira hora do TWD. Inclusive deixei minha namorada, que então me visitava em casa, ir deitar sozinha porque eu queria ver a série… bons tempos. 😀

Dalton

Após o descomissionamento em maio de 2009 o “Kitty Hawk” passou para a reserva sendo bem mantido para em caso de necessidade ser reativado e/ou até o “Gerald Ford” ser incorporado por volta de 2015. . O que na prática ocorreu é que o “Gerald Ford” foi comissionado incompleto em 2017 mas antes de 2015 falta de fundos estava causando uma grande deterioração do “Kitty Hawk” provavelmente inviabilizando já uma possível reativação, mesmo assim oficialmente seu status apenas mudou no fim de 2017 quando passou a receber cuidados apenas contra inundações e incêndios. . Passados outros 4 anos onde a… Read more »

Reinaldo Deprera

Desmanchar um NAe como o Kitty Hawk é um atentado contra a história do século XX.
Dificilmente surgirá outro NAe com tanta história pra contar.

Porque não tentam doá-lo ao Vietnã? Pelo menos teria um fim diferente (provavelmente inusitado) do de uma embarcação qualquer 😆

Camargoer.

Salve Ferris. E depois? Os EUA vão continuar bancando a manutenção? A USN vendeu o casco por US$ 0,01. Ele é um problema, não uma solução

Burgos Oliveira

Ta louco!?!?

Limpou ta novo!

Alou MB! Já sabe o que fazer!

A-4, KC2 Turbo Trader, Niteróis e Kityhawk!

Pra que usar F/A-18 no Top Gun? Já temos tudo aqui!!!

Camargoer.

Caro Burgos.Podemos complementar com M113 e M41 no EB e trocar o FAL pelo M16.

Burgos Oliveira

SK-105 e M113!

Só chamar o EB pra vir com os CCs Gatinho 1A5!!!

Ai é covardia!

Neto

Problema dele ir pro Vietnan é cair no colo dos Chineses.
.
Simplesmente não é viável.
.
Aliás, ele não ser um museu e ser desmantelado é uma maneira de apagar como um super carrier convencional foi construído.
.
Imagino que a papelada de plantas de engenharia devem estar bem guardadas em um biblioteca federal com boa restrição de acesso.

Alexandre

Tinha que levar o São Paulo no reboque até o Rio Amazonas perto de Manaus para servir de heliporto, o casco bom na agua doce dura décadas.

Flanker

🤦‍♂️🤦‍♂️🤦‍♂️

Neto

Um baita base naval para tudo, até hospital ofertaria aos militares da região.
.
Seria um hipótese interessante. MAS manter um mínimo de operação deve ter um custo fora do orçamento da Marinha.

Camargoer.

Caro Alexandre. Será que Manaus precisa de um heliporto? Caso precise, talvez seja mais simples e econômico aproveitar um terreno dentro da cidade, o que facilitaria o acesso das pessoas, teria uma manutenção mais simples e custos de operação menores.

Luiz Trindade

E assim se fecha uma era na US Navy.

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

Estônia e Finlândia integrarão sistemas de mísseis antinavio costeiros

A Finlândia e a Estônia integrarão sua defesa antinavio costeira, o que permitirá aos países fechar o Golfo da...
Parceiro

- Advertisement -