INS Kolkata – D63

A Marinha Indiana vai posicionar destróieres de mísseis guiados no Mar Arábico como medida de dissuasão após um ataque a um navio mercante afiliado a Israel, ocorrido perto da costa indiana no fim de semana. O ataque ao navio MV Chem Pluto, que atracou em Mumbai na segunda-feira, está sendo investigado pela Marinha, com relatórios iniciais indicando um possível ataque de drone, conforme um comunicado da Marinha. O comunicado acrescentou que análises forenses e técnicas adicionais são necessárias para determinar a natureza do ataque, incluindo o tipo e a quantidade de explosivos utilizados.

O ministro da Defesa da Índia, em declarações na terça-feira, enfatizou o compromisso do país em manter as rotas marítimas na região do Oceano Índico seguras e abertas para o comércio marítimo. “A Índia desempenha o papel de provedora de segurança na região do Oceano Índico. Garantiremos que o comércio marítimo nesta região se eleve do mar às alturas do céu”, disse Rajnath Singh durante a cerimônia de comissionamento de outro destróier de mísseis guiados em Mumbai.

INS Mormugao – D67
INS Kochi – D64

O governo do Primeiro Ministro Narendra Modi está tratando o ataque ao MV Chem Pluto e um ataque anterior ao navio comercial de petróleo bruto MV Sai Baba, no Mar Vermelho, com extrema seriedade, afirmou Singh. Ele destacou que a Marinha Indiana intensificou a vigilância marítima e está determinada a encontrar e punir os responsáveis pelos ataques.

O Ministério das Relações Exteriores do Irã, na segunda-feira, classificou como “infundadas” as alegações dos Estados Unidos de que o Irã teria atacado o navio perto da Índia. O Pentágono havia declarado no sábado que um drone lançado pelo Irã atingiu o MV Chem Pluto no Oceano Índico. O ataque ocorreu em meio a esforços de uma força-tarefa liderada pelos EUA para combater desafios semelhantes no Mar Vermelho.

Em resposta aos recentes ataques no Mar Arábico, a Marinha Indiana mobilizou destróieres de mísseis guiados, incluindo o INS Mormugao, o INS Kochi e o INS Kolkata, para manter uma presença dissuasiva na região. A tripulação do navio atacado era composta por 21 indianos e um cidadão vietnamita, de acordo com o comunicado da Marinha.

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest

18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
PY3TO - Rudi

INS Kolkata – D63 Bela belonave!

Victor F

Gosto do Visual desses Destroyers indianos, acho mastro deles bem legais.

Heinz

São lindas belonaves, será que todo armamento é nativo da Índia? Tirando o brahmos.

Utama

Usam mísseis AA israelenses além de outros sensores e munições ocidentais.

Marcos R

Bonito e com bons dentes…8 brahmos e 32 barak

O vingador com cérebro

É… o Irã tá pedindo pra virar estacionamento…

Wellington R. Soares

Países como Irã e Venezuela só latem, mas quando sentem a presença das potências ficam quietinhos, até porque eles sabem que são muito inferiores.
O Madurete já baixou a bola também rsrrr…

Last edited 3 meses atrás by Wellington R. Soares
MATROSE

Não menosprezemos Maduro. Consta que o exército da Venezuela tem cerca de 2000 (isso mesmo,dois mil) generais! Uma boa parte deles acumulam, inclusive, funções civis na distribuição e controle de mercadorias, movimentação financeira, etc. Imagino que o poder de mobilização de reservistas deve ser um verdadeiro despautério! No momento os cucarachos estão fazendo inflamados discursos de conteúdo bélico ameaçando conflagrar a Sudamérica. Há presidentes esquerdopatas apoiando o proselitismo madurete.

Bueno

Vendo o mapa, não tinha ideia de como a índia tem Mar para patrulhar e defender suas rotas marítimas , é uma área enorme! Com estas agressões e “bloqueios” no mar Vermelho as tensões navegam direto para a Ásia. A China se antecipou e já tem uma base no Chifre da Africa , meios navais na costa do Iêmen, demonstra que tem a maior capacidade naval e estratégica da Ásia. Da Costa da Índia ao Iemen são 3.100km , peso que se Posicionar seu PA mais avançado de sua costa no Mar Arábico daria mais folga para lançar seus Mi-29 contra… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Bueno
Ivan

Bueno,
O MAPA, sempre procure o MAPA.
.
Nenhuma análise sobre questões militares, estratégicas ou, como virou moda, geopolítica, pode ser feita sem observar o mapa da região em tela.
É básico.
.
A Trilogia tem sido muito competente em apresentar mapas relacionados ao tema analisado, facilitando muito a compreensão e introduzindo mais amigos ao uso do velho e bom MAPA.
.
Saudações,
Ivan, o antigo.

Bueno

Ivan, que bom ler seus comentários.
Este final de ano a mapoteca da trilogia esta em atividade frenetica, até esperei ver seus comentários na situação de Essequibo, tivemos que voltar para os mapas para aprender onde fica esta terra cheia de riquezas na fronteira com o Brasil.

Desejo um extraordinário 2024 para você e família, que seja marcante de tão bom!!

Last edited 3 meses atrás by Bueno
Burgos

Caramba !!!
O Bicho é Parrudão !!!😳

Dod

Que navio bonito!

Bigliazzi

Rússia… Uma vergonha em Terra, Ar e Mar… Uma trilogia patética.

Robinson Salvador

______

COMENTÁRIO APAGADO. VOCÊ FOI AVISADO.

https://www.naval.com.br/blog/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

leonidas

Nação de verdade né?
Faz jus a seu tamanho, aqui a gente só fica olhando e pedindo para alguém colocar nossa soberania no nome dele…

GRAXAIN

Bichão imponente!

Orivaldo

As vezes eu e o Mundo esquecem que a Índia está armada até os dentes