Home Aviação Naval China constrói ‘mock-up’ de navio-aeródromo para treinamento em terra

China constrói ‘mock-up’ de navio-aeródromo para treinamento em terra

810
26

Mockup NAe China 7

A China está construindo uma réplica em tamanho real do navio-aeródromo Varyag, para treinar seus futuros tripulantes, enquanto o navio não fica pronto.

As fotos publicadas na internet mostram que as instalações vão ser usadas para a familiarização das futuras equipes de voo, nas operações embarcadas. Um hangar também está sendo construído.

Mockup NAe China 6

Mockup NAe China 5

Mockup NAe China 1

Mockup NAe China 3

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
26 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Omega
Omega
10 anos atrás

Acho a idéia interessante. Eles podem começar o adestramento bem antes de incorporar o navio, e assim que o fizerem, podem já lança-lo ao mar com mais tranquilidade, e durante o período de manutenção podem continuar treinando e não acontecer como acontece aos países que possuem apenas um NAe. Além de ser mais barato e em caso de acidentes, fica a salvo o navio de guerra.

gaspar
gaspar
10 anos atrás

muito interessante…
quando receberem seu porta avioes ele ja terao toda a doutrina…
uma pergunta para os especialistas, o treino num mock-up de concreto eh muito diferente de uma aerodromo em alto mar, correto ?? no mar te as ondas, o sobe e desce da embarcacao… esse mock-up chines tem algum valor mesmo ????

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
10 anos atrás

Eu acho esses caras meio megalomaníacos. Sei lá, o custo de construção de um negócio desses!!!

Como disse o Gaspar, um navio é uma plataforma instável e em movimento, além da velocidade do vento.

Sei não, com a palavra algum aviador naval que frequenta o Blog.

Sds,

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
10 anos atrás

Esses caras são meio megalomaníacos!! Não sei até onde seria econômico construir um negócio desses. Como disse o Gaspar, os navios são plataformas instáveis e em movimento.

Sem saco
Sem saco
10 anos atrás

coisa de doido…

Alfredo.Araujo
Alfredo.Araujo
10 anos atrás

Tem 2 pontos que essa réplica não conseguirá reproduzir…

A primeira é que o balanço do mar, como os amigos disseram, é um desafio a mais que tem q ser dominado…

A segunda é q um CV sem catapulta, ao lançar seus avioes, quando esses estão com pesada carga de combustivel e armas, se posiciona contra o vento para melhorar a sustentação do aviao em baixas velocidades durante a decolagem… e isso nao poderá ser simulado…

Mais o mais dificiu q eu acho, q é o pouso, eles poderão treinar de montao !!

JP
JP
10 anos atrás

+ fotos;

comment image
comment image
comment image
comment image

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
10 anos atrás

A US Navy tem algo parecido. É um Nae pintado no chão mas tem catapulta. Até o Rafale já esteve treinando por lá, acho que é em China Lake ou Patuxent River, não lembro.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
10 anos atrás

Uma coisa que ninguém reparou é que a maquete do Flanker que está lá. A china não possui o Su-33 e a Rússia se nega a vender pra eles. Será que ele conseguirão fazer seu próprio Flanker naval? Será que não vão tentar desenvolver uma versão naval do J-10?

Caipira
Caipira
10 anos atrás

Clésio Luiz em 21 out, 2009 às 11:04

Ia fazer questionamentos justamente sobre essa questão quando li o teu coment, mas não sabia que os russos se negaram a fonecer SU33 para a China….

Alfredo.Araujo em 21 out, 2009 às 9:01

Será mesmo que não vão montar uma catapulta neste ‘mock-up’ ?
Vindo dos chinas eu não dúvido…rsrsrs

O olecram sepol não vai gostar dessa parte, mas alguém saberia me dizer qual a aeronave que aparece “embarcado” na qunta foto???

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Gente como disseram eles são megalomaníacos, daqui a pouco eles irão contruir um túnel de vento em volta do mock-up só para treinar com as condições de vento encontradas no mar.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

General
General
10 anos atrás

Os chineses não são megalomaníacos.Uma empreitada desse tipo demonstra a mentalidade inovadora dos chineses.

Cada país merece o que tem e nós não somos diferentes

Temos muito que aprender com eles……..

Tomcat
Tomcat
10 anos atrás

Alfredo,

Imagino que eles devam treinar principalmente todas as operações de convôo e hangares, exceto CATRAPO, pelos motivos que você mencionou.

LOBO DO MAR
LOBO DO MAR
10 anos atrás

Isso se chama “PLANEJAMENTO”. Gostei da idéia da réplica. Pode baratear bastante o treinamento das equipes de operação e manutenção. Os chineses não estão para brincadeira. Isso me leva a imaginar daqui a cinquenta anos ou mais. Pessoalmente eu tenho é inveja. A segurança de um país deveria ser levada mais a sério (estou me referindo ao nosso país). Nâo se pode ser amador, improvisador. Eu que servi no Nael Minas Gerais, posso entender a importância das equipes de convôo. Precisa ter know-how. E nesse quesito até o Brasil está ajudando os chineses. Saudações marinheiras a todos!

Marcelo Tadeu
Marcelo Tadeu
10 anos atrás

Sou mais o Minas Gerais pintado no piso da BASC!!! rsrsrsr

gaspar
gaspar
10 anos atrás

se eu nao me engano, a MB tem uma pista de pouso no Rio, na qual estao pintadas as dimencoes da pista do “Sao Paulo”… mas so os pilotos treinam la, ja a tripulacao do Sao Paulo nao sei o que faz…
o Sao Paulo ja tem uma tripulacao completa ?!?!?!? eles treinam ???? onde ???

Jonas Rafael
Jonas Rafael
10 anos atrás

Ah, é eu vi isso esses dias e esqueci de comentar aqui. Bom, pelo menos não existem mais dúvidas que os Chineses vão mesmo utilizar o Varyag. Até a pouco tmepo atrás tudo era especulação. Aliás cruzei por esses dias com fotos dos trabalhos em andamento nele também.

Jonas Rafael
Jonas Rafael
10 anos atrás
Henrique Sousa
Henrique Sousa
10 anos atrás

Perfeito o comentário do Lobo.

Pessoal fica muito focado só em caças, subnucleares, AEGIS e tudo mais. Muito legal, mas quem coloca isto para funcionar são os tripulantes, e as vezes uma equipe de controle de avarias e mais importante que um piloto de um caça super-caro. Só que sem o mesmo glamour…..

Gosto d+ desta parte de tripulações, manutenção, intendência e por ai vai, acho realmente que são eles que ganham uma guerra.

André Castro
André Castro
10 anos atrás

Um caça decolando de cima de um prédio(é o que parece ),só na China mesmo ! qual será a próxima invenção chinesa ?

sonic wings
sonic wings
10 anos atrás

Srs. é bom estarmos participando dos treinamentos da marinha chinesa, que os proximos NAes chineses podem ser construidos em parceria com outro abaixo da linha do equador.

Abs

fullcrum
fullcrum
10 anos atrás

estão a passos seguros se preparando para ocupar a posição que almejam, politica e militarmente,acho bom acelerarmos nosso barquinho…

Jorge
Jorge
10 anos atrás

Este j-11 cabe no São Paulo?

Jonas Rafael
Jonas Rafael
10 anos atrás

Jorge, não, não “cabe”, o J-11 é a versão chinesa “devidamente copiada” do Su-27 Flanker russo, um dos mais pesados e maiores caças em operação no mundo hoje. O Porta-Aviões Chinês (que vai se chamar Shi-Lang) é muito maior que o São Paulo.