sexta-feira, setembro 17, 2021

Saab Naval

LCUs em ação

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

edcg-tambau

Nas fotos, duas LCU (Landing Craft Unit) ou EDCG (Embarcação de Desembarque de Carga Geral), em operação durante o exercício Southern Exchange 2009, realizado na Marambaia.

A unidade acima é a GED-11 (ex-EDCG Tambaú), da Marinha do Brasil e a mostrada abaixo é a LCU 1643, que veio a bordo do LSD USS Oak Hill.

Essas embarcações podem transportar 172 toneladas de carga ou 120 fuzileiros, dos navios para a cabeça de praia.

O atual estado-da-arte da guerra anfíbia preconiza o desembarque “over-the-horizon” (além do horizonte), com o emprego de aeronaves, mas esse tipo de embarcação ainda é válida em conflitos de baixa intensidade.

edcg-1643

- Advertisement -

19 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Dalton

Oi Celio…

vc serviu a bordo do Santa Catarina? Um amigo meu serviu…na epoca da guerra das Falklands/Malvinas!

quanto aos confiaveis canhoes de 5 polegadas dos nossos antigos contra-torpedeiros a US Navy há muito utiliza canhoes de 5 polegadas mais avançados e com melhor performance contra alvos terrestres e está desenvolvendo muniçao de 5 polegadas com alcance extendido que permita aos navios de superficie atirarem de distancias mais seguras pois misseis baseados em terra podem facilmente inutilizar navios que se aproximem demais da terra para bombardeio.

abraços

Marine

JSilva,

Nada a adicionar, explicou bem e sim sao chamados de desembarques administrativos a La MacArthur nas Filipinas – “I shall return” Hehehe.

Semper Fidelis!

Bosco

Mudando de assunto mas falando da mesma coisa, foi uma pena o cancelamento do programa de munição guiada de longo alcance (ERGM e BTERM) para os canhões Mk45. Também uma pena o cancelamento do DDG1000 com seu canhão AGS de 155mm e 100NM de alcance. Pelo jeito a USN quer dar um salto e partir logo para soluções mais exóticas como os canhões eletromagnéticos e os projéteis SCRamjets que terão alcances acima de 500 km. Para compensar, imagino que a USN deverá adquirir a munição italiana Vulcano já que o canhão EM não deverá estar pronto antes de 2020. Um… Read more »

JSilva

Em praia fortificada nem a maior, mais bem equipada e mais experiente força anfíbia do mundo é louca de desembarcar. Mais louco ainda é quem perde tempo em fortificar uma praia ou posição, ignorando o conceito básico de operações de forças anfíbias e das modernas forças terrestres, que é a Guerra de Manobra. Forças Anfíbias bem equipadas praticam o chamado assalto anfíbio/aeroromovel na manobra conhecida como “Alem do Horizonte”, onde o LCACs, os AAV-7 e os novos AAAV dominam o cenário como o que há de mais moderno em termos de equipamentos. Mais ainda a USN/USMC já estão um passo… Read more »

CosmeBR

Obrigado pelo esclarecimento. Mas o que eu realmente quis dizer é que, desembarque em praia tudo bem. Desembarque em praia ‘fortificada’ não.

Fully

Os fuzileiros navais são levados ao ponto de desembarque em uma cabeça de praia,após reconhecimento aéreo e terrestre,feitos pelas Cia reconter e reconaf.E logicamente sob o apoio de fogo naval e também da aviação naval.Ninguém é maluco de servir de alvo pro inimigo,abordo de uma EDCG,ou EDVP,sem esses princípios básicos.E com certeza esses meios de desembarque apenas serão modernizados,e não abandonados!AD-SUMUS!!!

CosmeBR

Hoje em dia é quase impossível utilizar um meio desses. Podemos ver isso no filme ‘O Resgate do Soldado Ryan’. Um desperdício impressionante de vidas.

Marcelo Ostra

Er …

,vc deve estar se referindo a um desembarqe classico frontal em um tomada de praia sob defesa de terra

A utilização de EDCG´s em complementação e apoio a OPERAÇÕES ANFIBIAS faz sim ainda parte do conceito

Não misturar as coisas

Abd
Mod MO

Marine

MO,

Muito bem colocado, tem gente sem nocao qualquer da concepcao de operacoes anfibias que acha que tudo tem que vir de helicopteros e AAV…

Semper Fidelis!

Marine

MO, e como vc disse (alias me matou de rir!) Querem que os caminhoes venham pra praia como? De FedEx??!!

SF!

Marcelo Ostra

Isso

Tem versão local de SEDEX 10

Estes battlefields PS 3 e X box 360 não mostram isso, da nisso, a culpa é deles, so mostra o desembarque em si, o que vem atrás nao existe ….

Queria ver a cara do Howling “Mad” lendo isso …

Bom ,”Quase Semper Fi … Se o correio entregar … ”

Mod MO

Virtualxi

Com os hovercrafts, velozes e capazes de adentrar a praia e, após, voltar para o mar com agilidade tornam esse tipo de embarcação mostrada uma obsolescência só. Acabam servindo de resto para os países de terceiro mundo.

Dalton

Virtualxi…

a US Navy continua utilizando os LCUs até porque transportam o dobro da carga de um hovercraft (LCAC), portanto em areas de conflito de baixa intensidade por exemplo,ou no caso de ajuda humanitaria, estas embarcaçoes continuarão sendo extremamente uteis seja para paises de primeiro ou terceiro mundo.

abraços

CELIO ANDRADE

Nao adianta! para cabeça de praia é otimo um contra torpedeiro e seus canhões…
quebram qualquer resistencia…
Imagina um Ex-D-32 santa catarina atacando e bombardeando a resistencia na praia?

Azul&branco

A END parece prever a operação d´um LHD pela MB, será que veremos a substituição dessas embarcações por LCAC?

JSilva

Esses unimog a bordo estao parecendo até com os Zastros (MB) que são maiores. Gostei tambem do MVTR (Oshkosh) que esta a ré da embarcação. Esse iria cair como uma luva para ficar no lugar dos M-34 Leo.

JSilva

Humm tem mais. Se não me enganam desembarque assim, numa boa, o pessoal chama de “desembarque administrativo”.

Azul&branco

Não se pode esquecer que os LCAC, além de velocidade, ainda proporcionam mais flexibilidade ao desembarque, já que sofrem menos restrições às prais que podem ser atacadas.

Marcelo Ostra

Tão obsoleto, mas Tão obsoleto … que eles ainda utilizão e não dispensão …

Que coisa eim … , devem ser burros eles por insistirem com estas coisas, ospreis e afins

é .. um dia eles aprendem e talves os outros comecem a imita-los

Talves lendo a “sapiencia anfibialis” (oia categoria nova) aqui no belogue

Mod MO

- Publicidade -

Últimas Notícias

Austrália abandona acordo de submarinos de 56 bilhões de euros com o Naval Group francês

A Austrália decidiu abandonar o acordo de A$ 90 bilhões (€ 56 bilhões) de 12 submarinos convencionais com a...
- Advertisement -